Reitor Alvaro Prata, vice-presidente da Andifes, recebe Prêmio Anísio Teixeira 2011

06/07/2011 15:11

Professor Nelson Maculan e Alvaro Prata

O ex-presidente da Associação das Instituições Federais de Ensino Superior – Andifes, professor Nelson Maculan da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e o atual vice-presidente, reitor Alvaro Prata da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), irão receber no próximo dia 11 de julho, em Brasília, o “Prêmio Anísio Teixeira 2011” concedido a personalidades brasileiras que tenham contribuído de forma relevante ao ensino e a pesquisa ao país.
Alvaro Prata
Reitor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e atual vice-presidente da Andifes, Alvaro Prata é graduado em Engenharia Mecânica e em Engenharia Elétrica pela Universidade de Brasília (UNB). Mestre em Engenharia Mecânica pela UFSC e doutor em Mechanical Engineering, pela University of Minnesota. É professor titular do Departamento de Engenharia Mecânica. Há 30 anos na UFSC, atua na graduação e pós-graduação, coordenando projetos de ensino, pesquisa e extensão. De 2000 a 2004 foi pró-reitor de pesquisa e pós-graduação da UFSC e ocupou a presidência do Fórum Nacional de Pró-Reitores de Pesquisa e Pós-Graduação das Instituições de Ensino Superior. É pesquisador nível 1A no CNPq e reconhecido com a Comenda da Ordem Nacional do Mérito Científico, dirigida a personalidades que se distinguem por relevantes contribuições à ciência.

Nelson Maculan

O ex-presidente da Andifes Nelson Maculan exerceu seu mandato no período de 1992 a 1994. Dentre as suas principais contribuições ele concretizou a institucionalização da Andifes, registrou-a como entidade, implantou a secretaria administrativa e instalação de sua sede.Nelson Maculan ingressou na UFRJ como Professor Assistente da COPPE e do Instituto de Matemática em 1971, passando a Adjunto em 1978. Em 1989, tornou-se Professor Titular do Programa de Engenharia de Sistemas e Computação da COPPE. Durante estes anos e até hoje ele atua na graduação e na pós-graduação do Instituto de Matemática, onde leciona diversas disciplinas, entre as quais Cálculo, Cálculo Numérico, Probabilidade e Estatística, Álgebra Linear, Computação e Pesquisa Operacional.

Títulos

Engenheiro (Minas e Metalurgia) – Escola de Minas de Ouro Preto – 1965. Diplôme d’Etudes Approfondies (Estatística-Matemática) – Faculté des Sciences de l’Université de Paris – 1967. Doutor (Engenharia de Produção) – Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ – 1975. Diplôme d’Habilitation à Diriger des Recherches (Matemática da Decisão) – Université Paris-Dauphine – 1988. Livre-docente (Otimização) – UFRJ – 1988. Professor assistente – Coordenação de Pesquisa e Pós-graduação em Engenharia, COPPE e do Instituto de Matemática da UFRJ – 1971/1978. Professor adjunto – COPPE e do Instituto de Matemática da UFRJ – 1978/1988. Professor visitante – Département d’Informatique et de Recherche Opérationnelle, Université de Montreal – 1982/1984. Professor titular (Programa de Engenharia de Sistemas e Computação) – COPPE/UFRJ – 1988. Professor visitante – Department of Industrial Engineering and Operations Research, University of Massachusetts, Amherst – 1994/1995. Directeur de Recherche associé – Conseil National de Recherche Scientifique, CNRS, Paris – 2001/2002. Doutor Honoris Causa – Universidad Nacional Mayor de San Marco (Lima, Peru) – 2003. Maculan recebeu em 2010 o Prêmio do Mérito Científico da Sociedade Brasileira de Computação. É recipiente da Ordem Nacional do Mérito Científico no grau de Grã-cruz.

Prêmio Anísio Teixeira
O Prêmio Anísio Teixeira instituído pela Portaria do Ministério da Educação e Cultura n° 215 de 9 de março de 1981, por ocasião do trigésimo aniversário da CAPES, é constituído de uma escultura de um diploma, concedidos a cada cinco anos a personalidades brasileiras que tenham contribuído de modo relevante para o desenvolvimento e fortalecimento das instituições de ensino e de pesquisa do pais.

Além do ex-reitor Nelson Maculan (UFRJ) e reitor Alvaro Prata (UFSC), a Andifes parabeniza os outros três agraciados que receberão o prêmio. Os professores Luiz Bevilacqua (UFRJ), João Fernando Gomes de Oliveira (Instituto de Pesquisas Tecnológicas/SP), e Fernando Galembeck (Unicamp).

Fonte: Assessoria de Imprensa da Andifes (www.andifes.org.br)

Tags: 2011alvaro prataPrêmio Anísio TeixeiraUFSC

Oficina ” Como elaborar um artigo” tem inscrições até quinta-feira

05/07/2011 15:11

A boa elaboração de um artigo é fundamental para que ideias interessantes tenham maior chance de publicação. Como vencer o crivo e análise das comissões de seleção editorial? A última oficina deste semestre de apoio aos estudantes,  promovida pela UFSC – Reuni aborda este assunto.  Será realizada dia 9 de julho, sábado, a partir das 9h. Os participantes acompanharão, passo a passo, as principais etapas de elaboração de um artigo e colocarão em prática os conhecimentos, simulando, no laboratório de informática, como executar com sucesso esta tarefa. As inscrições estão abertas e encerram-se dia 7 de julho . A lista dos selecionados será publicada no dia 8 de julho. Os participantes receberam certificado emitido pela UFSC. São apenas 30 vagas. Inscrições e informações: http://oficinasdich.blogspot.com
Local da oficina: CFH, Laboratório de Informática, Sala 327, UFSC.

Tags: Como elaborar um artigooficinaUFSC

Novo prédio do Departamento de Gestão Patrimonial é inaugurado

04/07/2011 15:39

O reitor Alvaro Prata , o vice-reitor Carlos Alberto da Silva, o Pró-reitor de Infraestrutura João Batista Furtuoso, o superintendente de compras e gestão patrimonial Mario Kobus, o  diretor do Departamento de Gestão Patrimonial João Santana e o diretor do Departamento de Obras e Manutenção Predial Jairo Rodrigues Lopes inauguraram na manhã desta segunda-feira, dia 4,  o novo prédio do Departamento de Gestão Patrimonial da universidade.

(more…)

Tags: Prédio Departamento Gestão PatrimonialUFSC

Chamada de trabalhos para o Simpósio sobre Centenário do Movimento do Contestado

01/07/2011 11:11

O Simpósio sobre o Centenário do Movimento do Contestado: História, Memória, Sociedade e Cultura no Brasil Meridional, 1912 – 2012 ocorrerá em três sessões: na Universidade Federal de Santa Catarina (29 de maio a 1° de junho de 2012), na Universidade Federal de Pelotas (29 a 31 de agosto de 2012), e na Universidade Federal da Fronteira Sul (18 a 22 de outubro de 2012) . A ideia do evento é reunir um grupo expressivo de pesquisadores que investigam este movimento nos aspectos que envolvem a história, a historiografia, a memória, a cultura, a literatura, a economia e a sociedade da região atingida pelo movimento do Contestado. Será uma oportunidade para análise e reflexão sobre as trajetórias dos Monges, o tropeirismo, a pecuária, as especificidades econômicas, sociais e culturais da fronteira num território mais amplo do sul do Brasil.

Cronograma de inscrição de trabalhos:

Até 30 de setembro de 2011: envio de mensagem com ficha de inscrição para o e-mail .

Até 30 de outubro de 2011: serão divulgados os trabalhos aceitos pela Comissão Organizadora.

Até 30 de abril de 2012: envio do texto completo para comunicação no Simpósio. Os textos deverão observar as normas técnicas estabelecidas pela Revista Esboços, do Programa de Pós-Graduação em História da UFSC (http://www.periodicos.ufsc.br/index.php/esbocos/about/submissions).

Os inscritos devem possuir, no mínimo, o título de graduação em História ou áreas afins e podem se inscrever para apresentar seus trabalhos em uma ou mais sessões do Simpósio. Em breve serão divulgados os prazos para a inscrição de banners para graduandos e bolsistas de Iniciação Científica.

Promoção: Universidade Federal de Santa Catarina, Universidade Federal de Pelotas e Universidade Federal da Fronteira Sul.

Coordenação: Paulo Pinheiro Machado, Márcia Janete Espig, Delmir José Valentini.  Grupo de Investigação sobre o Movimento do Contestado.

Outras informações pelo endereço http://simpsiocentenriocontestado1912-2012.blogspot.com/.

Tags: centenáriochamada de trabalhosmovimento do contestadosimpósioUFSC

NETI forma mais uma turma do Curso de Monitores da Ação Gerontológica

01/07/2011 10:51

O Núcleo de Estudos da Terceira Idade (NETI) da UFSC realiza nesta sexta-feira, 1º de julho, às 20h, no auditório da Reitoria, a formatura de mais uma turma do Curso de Formação de Monitores da Ação Gerontológica. O curso, que completa 20 anos em 2011, já formou mais de 700 monitores para atuação em trabalhos voluntários junto à comunidade.

Com o objetivo de qualificar pessoas idosas em gerontologia ao proporcionar o desenvolvimento de novos conhecimentos e ao estimular a prática do voluntariado, o curso faz com que elas se sintam úteis e capazes dentro da sociedade. “Os alunos são beneficiados e ao mesmo tempo beneficiam a uma instituição”, complementa Maria Cecília Antonia Godstfriedt, professora do núcleo.

Na última fase do curso, que tem duração de seis semestres, os alunos fazem um estágio em alguma instituição de sua escolha. Segundo Maria Cecília, mais de 110 instituições como ONGs e grupos de convivência contam com a presença dos monitores formados pelo NETI. “Com os alunos trabalhando nas comunidades, o NETI pulveriza o seu trabalho e o monitor passa o seu conhecimento para muitas pessoas”.

Esse curso de formação é voltado para pessoas com mais de 60 anos, preferencialmente. Os encontros acontecem duas vezes por semana em salas de aula do Centro Sócio-Econômico (CSE), com duração de duas horas. As disciplinas contemplam as áreas humanas, sociais e jurídicas e são ministradas por professores de graduação e pós-graduação do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH), Centro de Ciências Jurídicas (CCJ) e Centro de Ciências da Saúde (CCS) da UFSC.

As matrículas para o segundo semestre, com início em agosto, estarão abertas de 25 a 29 de julho e devem ser feitas na sede do NETI, no campus da Trindade.

O NETI serve de referência para estudos de graduação e pós-graduação. Com enfoque na educação permanente, oferece cursos, grupos, oficinas e projetos voltados para alunos idosos, objetivando a sua atualização e inserção social. O núcleo também presta assessoria e consultoria à comunidade, através de parcerias com entidades governamentais e não-governamentais.

Mais informações pelo telefone (48) 3721-9445 ou pelo site http://neti.ufsc.br/.

Por Bianca Amorim / Bolsista de Jornalismo na Agecom

Tags: Curso de Formação de Monitores da Ação GerontológicaformaturaNETIUFSC

Ex-aluna do CEART recebe menção máxima de academia francesa em seu doutorado

01/07/2011 10:12

Andrea Eichenberger, egressa do Curso de Licenciatura em Artes Visuais do CEART/UDESC, obteve no dia 29 de junho, na Université Paris VII – Paris Diderot, aprovação em seu doutorado com a menção “Très Honorable avec Félicitations du Jury à l’Unanimité”. Andrea vive entre Brasil e França e atua em Paris como fotógrafa e pesquisadora. Sua tese, intitulada “Images d’indiens: d’objet à sujet. La photographie chez les Guarani du village Yynn Morotĩ Wherá à Santa Catarina (sud du Brésil)”, apresenta a vivência e a prática fotográfica de Andrea com os índios Guarani de Biguaçu, inserida no processo de revitalização cultural e de afirmação identitária daquela comunidade.

A tese foi orientada pelo professor Pascal Dibie, da Université Paris VII, em co-tutela com a professora Carmem Silvia Rial, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), ambos estudiosos da Antropologia Visual. A professora Sandra Ramalho, do Departamento de Artes Visuais do CEART/UDESC, e o professor Acácio Piedade, do Departamento de Música, foram convidados para participar da defesa. Sandra foi convidada também para ser a presidente da banca. Acácio Piedade encontra-se em Paris, fazendo um pós-doutorado e, embora seja da área da música, foi chamado por conta da sua formação em Antropologia.

De acordo com a professora Sandra, alguns procedimentos em defesas de doutorado, na França, diferem das do Brasil. Quando a banca delibera, após a apresentação da tese, a arguição e a defesa final, seus membros optam por uma de três possibilidades: não aprovar, aprovar com restrições – o que obriga o doutorando a refazer algumas questões -, e aprovação sem restrições, na íntegra.

No caso de aprovação sem restrições, pode-se: aprovar, simplesmente (concede-se a menção “Honorable”), aprovar sem necessidade de alterações, quando é muito boa (recebe a menção “Très Honorable”) ou, quando raro, é tida como excepcional (recebe a menção “Très Honorable avec Félicitations du Jury à l’Unanimité”). Para que isto ocorra, há, no ato, uma votação secreta em que cada membro – geralmente cinco pessoas – escreve “oui” ou “non”. Se a votação for unânime, isto é, todos os membros votarem “oui”, é concedida a honraria máxima, como aconteceu com Andrea.

Leia mais: http://www.ceart.udesc.br/noticias/2011-06-30_aluna_franca.php

Fonte: Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)

Tags: Andrea EichenbergerCarmem RialdoutoradoUDESCUFSC

Reitor Alvaro Prata recebe o Prêmio Anísio Teixeira 2011

30/06/2011 15:43
O ex-presidente da Associação das Instituições Federais de Ensino Superior – Andifes, professor Nelson Maculan da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e o atual vice-presidente, reitor Alvaro Prata da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), irão receber no próximo dia 11 de julho, em Brasília, o “Prêmio Anísio Teixeira 2011” concedido a personalidades brasileiras que tenham contribuído de forma relevante ao ensino e a pesquisa ao país.
Tags: alvaro prataAndifesPrêmio Anísio Teixeira 2011UFSC

Massimo Canevacci lançou livro sobre arquitetura e antropologia na UFSC

30/06/2011 15:26

O antropólogo italiano Massimo Canevacci lançou na segunda, 27 de junho, no auditório do Curso de Arquitetura da UFSC, a 2ª edição do livro A cidade Polifônica – Ensaio sobre a antropologia da comunicação humana. O evento contou com o apoio do Programa de Pós-Graduação em Urbanismo, História e Arquitetura da Cidade (PGAU-Cidade) da UFSC e teve como intermediador o professor e arquiteto César Floriano dos Santos.

(more…)

Tags: Massimo CanevacciPGAU/CTC/UFSCUFSC

Eventos esportivos são destaque no último dia do Congresso de TV Digital

29/06/2011 15:29

O I Congresso de Televisão Digital do Mercosul encerrou na manhã desta quarta-feira, dia 29, a sua programação. Neste último dia de evento, três palestrantes apresentaram suas experiências em relação à nova tecnologia e também sobre as oportunidades de geração de riqueza do Brasil por sediar os dois maiores eventos esportivos do mundo: Copa (2014) e Olimpíadas (2016).

Depois de uma introdução do professor do Departamento de Engenharia e Gestão do Conhecimento da UFSC, Tarcísio Vanzin, que retratou aspectos importantes estudados nos programas como hipermídia, foi a vez de Marco Antônio Munhoz da Silva fazer a sua apresentação onde abordou de forma detalhada o Projeto “TV Digital Social”, desenvolvido pela Dataprev – INSS, na qual é colaborador desde 1989. O projeto tem como objetivo disponibilizar serviços públicos interativos para os brasileiros através do Sistema Brasileiro de Televisão Digital Terrestre, contribuindo para o processo de inclusão digital. O programa permite, por exemplo, que o cidadão marque o atendimento em uma agência do INSS pelo televisor, sem precisar sair de casa para realizar o agendamento.  O intuito é que até 2014, ano da Copa, cerca de 100 milhões de brasileiros tenham acesso à TV Digital e possam fazer uso de recursos como interatividade, multiprogramação e mobilidade.

Para falar sobre o Instituto Nacional de Convergência Digital (INCoD) o convidado foi Mathias Weber que ressaltou que convergência é um fenômeno que integra comunicação, entretenimento e computação. Ele apresentou ainda projetos desenvolvidos no INCoD e lembrou que há um conjunto de grupos que pesquisam e desenvolvem produtos e processos convergentes e são parceiros do Instituto como a UFSC, Univali, Unifesp, Fiocruz e TV UFSC.

A terceira e última palestra foi a do professor Eduardo Costa, da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP) que enfatizou o importante momento do Brasil para a criação de ideias inovadoras, principalmente pelo fato do país ser sede da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas no Rio de Janeiro em 2016. Eventos que, segundo o professor, oferecem um campo de possibilidades enorme já que o mundo estará de olho na nação brasileira. A estimativa é que 3,3 bilhões de pessoas, ou metade da população do planeta, assistam ao menos a um jogo da Copa daqui a três anos. Com uma audiência tão significativa, a televisão é um instrumento para a geração de lucros e para a construção de uma imagem positiva do país e para isso deve contar com uma eficiente e estratégica produção de conteúdo.

O I Congresso de Televisão Digital do Mercosul foi promovido pelo projeto TVD Sambaqui – Grupo de Pesquisa em TV Digital do Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento da UFSC e em seus três dias de programação teve como tema: Criando, Gerindo e Disseminando Conteúdos e Serviços em TVD.  Todas as atividades foram exibidas na TV LED e estão disponíveis no endereço tvled.egc.ufsc.br/biblioteca.

Por Claudia Xavier/ Jornalista LED/UFSC

Leia mais:

Congresso discute implantação da TV Digital no Brasil

Tags: congressomercosulTV DigitalUFSC

Processo Seletivo Simplificado – 13 vagas para professor substituto

28/06/2011 17:36

Estão abertas, de 27 de junho a 8 de julho, exceto sábados e domingos, as inscrições para o Processo Seletivo Simplificado para Professor Substituto – Edital 093/DDPP/2011 – da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Confira o Edital: http://www.prdhs.ufsc.br/arquivos/Edital_093DDPP2011.pdf

O prazo para inscrição no processo seletivo regido pelo Edital 93/DDPP/2011 foi estendido até o dia 08/07/2011, conforme a Retificação do Edital (http://www.prdhs.ufsc.br/arquivos/RetifEdital93DDPP2011.pdf).

Fonte: DDPP/PRDHS

Tags: professor substitutoUFSC

HU convoca doadores de todos os tipos de sangue

27/06/2011 17:24

O Serviço de Hemoterapia do Hospital Universitário da UFSC solicita a cooperação de todos os potenciais doadores de sangue. Além da maior de demanda dos sangues tipo “A” e de sempre reforço no sangue ” O negativo”, há uma necessidade de melhorar os estoques do Banco de Sangue, já que nas férias escolares diminui o número de doadores.

Local e horário para doação: Unidade de Coleta de Doadores de Sangue do HU – UFSC Ed. Voluntária Dona Cora – Prédio da AAHU- Trindade – Florianópolis  (SC) Horário: segunda a sexta-feira, das 7h30min às 12h.

(more…)

Tags: Banco de Sangue HUUFSC

Inscrições para pós-graduações na UFSC

27/06/2011 17:23

Mestrado e Doutorado em Química: até 30 de junho

Mestrado em Biologia Vegetal: até 30 de junho

Mestrado em Biologia Celular e do Desenvolvimento: até 25 de julho

Doutorado em Biologia Celular e do Desenvolvimento: até 25 de julho

Mestrado em Engenharia Civil: até 31 de julho (3º trimestre)

Mestrado e Doutorado em Engenharia e Gestão do Conhecimento: 1º de julho a 1º de agosto

Doutorado em Educação Científica e Tecnológica: 1º a 5 de agosto

Mestrado e Doutorado em Engenharia de Produção: 24 de agosto a 24 de setembro

Doutorado em Educação Física: 1º a 30 de setembro (3º trimestre)

Doutorado em Engenharia Ambiental: até 9 de setembro (3º trimestre)

Mestrado em Educação Científica e Tecnológica: 12 a 16 de setembro

Mestrado em Ciência da Informação: 12 a 21 de setembro

Mestrado em Relações Internacionais: 15 a 30 de setembro

Mestrado em Engenharia Elétrica: 15 de setembro a 30 de novembro

Mestrado e Doutorado em Engenharia Química: 19 a 23 de setembro (3º trimestre)

Mestrado em Agroecossistemas: 19 de setembro a 7 de outubro

Mestrado e Doutorado em Letras/Inglês e Literatura Correspondente: 26 de setembro a 28 de outubro

Mestrado e Doutorado em Engenharia Mecânica: 1º de outubro a 30 de novembro

Mestrado em Matemática e Computação Científica: até 17 de outubro

Mestrado em Antropologia Social: 13 a 31 de outubro

Doutorado em Antropologia Social: 13 a 31 de outubro

Doutorado em Ciência e Engenharia de Materiais: fluxo contínuo (ingresso no início de cada trimestre)

Doutorado em Engenharia Civil: fluxo contínuo (avaliação feita 15 dias antes do início de cada trimestre)

Doutorado em Aquicultura: fluxo contínuo (ingresso no início de cada trimestre)

Mestrado em Farmacologia: inscrições previstas para a primeira e segunda semana de dezembro

Doutorado em Farmacologia: “janelas” de entrada em setembro e dezembro.

Doutorado em Engenharia Elétrica: fluxo contínuo

Tags: inscrições pós-graduaçãoUFSC

Departamento de Odontologia promove curso prático de radiologia

27/06/2011 15:26

O Setor de Radiologia do Departamento de Odontologia promove  um curso teórico prático, com 120 horas-aula, com o objetivo de proporcionar conhecimentos relativos à radiologia odontológica, e desenvolvimento da capacidade de executar radiografias intrabucais e extrabucais de uso odontológico, a partir do conhecimento e da aplicação prática das técnicas radiográficas. Período de realização: de agosto a dezembro de 2011, dois a três encontros por mês, com aulas aos sábados em período integral. Investimento: Seis parcelas de R$315,00. Informações e incrições: FAPEU –  UFSC / Tel: (48) 3721-8767 c/ Claiton ou  

(more…)

Tags: curso prático radiologia odontológicaUFSC

Seminário “Desastres Naturais e Defesa Civil”

22/06/2011 16:46

O Seminário “Desastres Naturais e Defesa Civil” será realizado no dia 1º de julho, sexta-feira, às 14h30, no anfiteatro B, Departamento de Engenharia de Produção e Sistemas da UFSC, com a participação de Caroline Margarida, gerente de Prevenção e Preparação da Secretaria de Estado da Defesa Civil. O evento é gratuito.

SERVIÇO:

O QUÊ: Seminário “Desastres Naturais e Defesa Civil”, com Caroline Margarida (gerente de Prevenção e Preparação da Secretaria de Estado da Defesa Civil)

QUANDO: Dia 1º de julho de 2011, sexta feira, às 14h30

ONDE: Anfiteatro B – Departamento de Engenharia de Produção e Sistemas – UFSC – Florianópolis – SC

QUANTO: Gratuito

CONTATO: Professora Mirian Buss Gonçalves (48) 3721-7009 –

Promoção:

Grupo de Pesquisa em Logística Humanitária: otimização de sistemas de logística e transporte para atendimento em situações emergenciais

Projeto PRONEX – integração dinâmica, otimizada e sustentável entre produção, logística e transporte

Tags: PronexSeminário “Desastres Naturais e Defesa Civil”UFSC

Greve de servidores de universidades não deve afetar matrículas do segundo semestre, diz Haddad

22/06/2011 15:50

Fonte:  Isabela Vieira – Agência Brasil (matéria publicada no dia 21/6/11)

Andifes – Qua, 22 de Junho de 2011 12:02

Rio de Janeiro – O ministro da Educação, Fernando Haddad, disse hoje (21) que a greve dos servidores técnico-administrativos das universidades federais não prejudicará as matrículas do segundo semestre de 2011.

O ministro espera pôr fim à paralisação até o final do mês de agosto, quando devem recomeçar as aulas. A greve teve início do mês de junho.

“Há tempo. Preciso verificar até onde podemos ir para atender as demandas da categoria. Mas há boa vontade do governo e tempo”, disse Haddad, durante visita aos laboratórios do Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade (Inmetro), em Xerém, no Rio de Janeiro.

O ministro contou que se encontrou com representantes dos servidores técnico-administrativos, ontem (20), em Brasília, e reforçou a proposta de intermediar as negociações com o Ministério de Planejamento.

“Discutimos um cronograma com uma data final para o governo oferecer uma proposta. Isso faz o movimento sentir que o calendário está correndo, com providências do governo”, afirmou.

Haddad também comentou o anúncio de paralisação dos docentes de Instituições Federais de Ensino (Ifes) – prevista para 5 de julho – e disse que, desde 2005, o Ministério da Educação não enfrenta graves crises.

“É natural que se abram negociações periodicamente”, avaliou. “Temos um histórico de sucesso. Há seis anos estou no ministério e não temos tido grandes greves, a última foi em 2005”, citou.

A greve dos servidores técnico-administrativos atinge 47 universidades federais e paralisa, principalmente, restaurantes e bibliotecas. Nos próximos dias, a expectativa é que o atendimento nos hospitais universitários seja reduzido.

A Federação dos Sindicatos dos Trabalhadores das Universidades Brasileiras (Fasubra) pede reajuste de três salários mínimos sobre o piso de R$ 1.034.

Edição: Lílian Beraldo

Site Andifes – Última atualização em Qua, 22 de Junho de 2011 12:38

Tags: Andifesfasubragreve técnico-administrativoUFSC

Pesquisas reforçam potencial da Cannabis no alívio da ansiedade provocada por trauma

21/06/2011 11:53

Um componente químico da maconha mostra cada vez mais potencial de se transformar em aliado no tratamento das sequelas emocionais deixadas pelo trauma. Experimentos indicam que o canabidiol, um dos mais de 80 constituintes da Cannabis sativa, pode ajudar no tratamento de indivíduos que sofrem de ansiedade provocada por experiência traumática. Resultados positivos têm sido obtidos em pesquisas desenvolvidas junto ao Laboratório de Psicofarmacologia, ligado ao Departamento de Farmacologia da UFSC. Os estudos com animais em laboratório resultaram em artigos científicos publicados em importantes periódicos internacionais, como o European Neuropsychopharmacologye.

Assalto ou atropelamento

Nestas pesquisas os animais recebem um choque moderado nas patas, simulando uma situação traumática. Quando são novamente expostos ao ambiente de condicionamento, relembram a situação e expressam uma reação de medo, caracterizada por imobilidade e conhecida como congelamento. Registrando o tempo de congelamento, os pesquisadores avaliam a intensidade do medo provocado pela lembrança do trauma.

O coordenador dos estudos, professor Reinaldo Takahashi, explica que é semelhante ao que acontece com uma pessoa que foi assaltada numa determinada rua da cidade e fica com medo sempre que tem que passar por ali. Ou ao medo sentido por uma pessoa que foi atropelada. toda vez que ouve uma freada de carro.

Segundo ele, em uma perspectiva terapêutica, a maneira mais eficaz de se reduzir o medo em animais de laboratório consiste em realizar sucessivas exposições ao ambiente de condicionamento. Assim os animais se adaptam à situação e reaprendam que aquele local deixou de ser ameaçador.

Em humanos, este tratamento é chamado de terapia de exposição e funciona mais ou menos da mesma forma. “Os principais resultados de nossos estudos demonstraram que o canabidiol facilita esse processo de reaprendizado emocional, tornando a exposição terapêutica muito mais eficiente e com efeitos prolongados”, explica o professor Takahashi.

Função ansiolítica

A pesquisa indica que o canabidiol poderia ser associado a tratamentos psicológicos como a terapia comportamental, ajudando a atenuar traumas. Além disso, o canabidiol reduziu a ansiedade dos animais que passaram pelo processo de condicionamento. A avaliação faz a equipe supor que esse constituinte da maconha funciona como um ansiolítico, o medicamento que combate a ansiedade. A vantagem é que o canabidiol possui características mais interessantes do que as substâncias benzodiazepínicas comumente usadas nesta terapia e que podem ter entre seus efeitos colaterais dependência, sonolência excessiva, piora da memória, tonturas e zumbidos.

Outra vantagem sinalizada pelos estudos realizados na UFSC é que o canabidiol também não provoca efeitos típicos da maconha, como falhas na memória recente, taquicardia, boca seca, incoordenação motora, agitação e tosse. Esses sintomas são causados principalmente por outro canabinóide, o conhecido tetrahidrocanbinol (THC). “Então, além de ser terapêutico, estima-se que se o canabidiol for utilizado como medicamento, terá poucos efeitos colaterais”, complementa o professor.

Reaprendizado emocional

Os estudos desenvolvidos na UFSC auxiliam também na compreensão da fisiologia do cérebro, dos processos cerebrais relacionados à retomada da memória traumática e ao consequente reaprendizado emocional. Dando continuidade aos experimentos, o doutorando do Programa de Pós-Graduação em Farmacologia da UFSC Rafael Bitencourt, orientando do professor Reinaldo Takahashi, aprofundou as pesquisas e obteve resultados importantes.

Seus estudos sugerem que há uma interação entre o sistema responsável por parte das respostas ao estresse, o sistema corticosteróide, e o sistema endocanabinóide, que ocorre no decorrer do processo de reaprendizado.

O primeiro está relacionado a hormônios que possuem um papel importante na regulação do metabolismo e o segundo, o sistema endocanabinóide, é formado por mensageiros cerebrais produzidos pelo próprio organismo e que parecem ter evoluído como parte da comunicação entre os neurônios (uma espécie de “fábrica natural” de maconha que os vertebrados possuem).

“Um determinado nível de estresse diante de uma situação traumática é necessário para que ocorra liberação de substâncias no nosso cérebro, levando à indução da produção dos endocanabinóides. Estes endocanabinóides facilitariam o processo de reaprendizado emocional, impedindo ou amenizando as chances de uma pessoa desenvolver um trauma”, explica Rafael.

Para os pesquisadores, o melhor entendimento do processo de reaprendizado emocional em situações potencialmente traumáticas pode facilitar a procura por condutas terapêuticas para aqueles indivíduos que desenvolvem algum transtorno relacionado à persistência de uma memória traumática. O conhecimento sobre os endocanabinóides também pode ajudar na concepção de terapias que aproveitem as propriedades terapêuticas da maconha.

“O futuro dirá se os canabinóides um dia passarão de substâncias proibidas a aliados no tratamento das sequelas emocionais deixadas pelo trauma”, complementa o professor Takahashi, pesquisador que será homenageado em outubro com o Prêmio Destaque Pesquisador UFSC 2011.

Mais informações: / Telefone: (48) 3721-9764 Ramal: 227

Por Reinaldo N. Takahashi e Rafael M. Bitencourt, com edição de Arley Reis

Em busca de pesquisadores, consulte o Guia de Fontes da UFSC

Leia também:

UFSC intensifica divulgação científica com Prêmio Destaque Pesquisador 2011

Pesquisa busca produção sustentável de carvão vegetal

UFSC estuda produção de nanopartículas de prata e impregnação em diferentes materiais

Universidade prepara seu “Circo da Ciência”

Caso inédito de processamento penal do aborto é estudado na UFSC

UFSC implanta comitê para avançar na inovação e na transferência tecnológica

Telemedicina reforça parceria entre governo do Estado e Universidade

Tags: Cannabis sativaUFSC

Plano Diretor e comunidade orientam mudanças no entorno da UFSC

17/06/2011 11:02

A discussão entre a Prefeitura de Florianópolis e a UFSC sobre as mudanças no entorno viário próximo à universidade continua. Na universidade quem acompanha o assunto é uma comissão interna, formada por servidores indicados pelo reitor e outra mista composta por representantes da Prefeitura Municipal de Florianópolis (PMF), do Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis (IPUF) e pela comissão da UFSC. João Carlos Fagundes, que participa das duas comissões, explica que a última ação realizada foi a entrega do relatório formulado pela comissão mista ao vice-prefeito e secretário de Transportes, João Batista Nunes. “A entrega do documento foi feita pessoalmente pelo reitor. Na ocasião ficou acertado que a prefeitura iria responder às solicitações feitas pela UFSC, o que, até agora, ainda não aconteceu”, assinala Fagundes.
(more…)

Tags: entornoPlano DiretorUFSC

Professores de Matemática do Ensino Médio de SC têm curso de atualização

17/06/2011 09:37

O Departamento de Matemática da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em parceira com o Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), promoverá no período de 18 a 22 de julho o Curso de Atualização para Professores de Matemática do Ensino Médio.

Podem se inscrever professores da rede pública e privada no Estado do Santa Catarina. As inscrições já estão abertas e terminam no dia 10 de julho. O curso visa oferecer treinamento gratuito, abordando assuntos relativos às séries do Ensino Médio. As aulas (videoconferências) ocorrerão das 9h às 12h, e no período da tarde será feita a monitoria presencial com professores do Departamento de Matemática da UFSC.

Informações e inscrições pelo site http://mtm.ufsc.br/ensinomedio/.

Tags: curso de atualizaçãoensino médioEstado de Santa CatarinamatemáticaProfessoresrede pública e privadaUFSC