2º Seminário Catarinense de Prevenção ao Assédio Moral no Trabalho recebe trabalhos acadêmicos

08/06/2011 16:00

O 2º Seminário Catarinense de Prevenção ao Assédio Moral no Trabalho está recebendo inscrições para trabalhos. Serão aceitos aqueles já concluídos que apresentem o tema assédio moral como assunto principal, tendo como autoria de no máximo três pesquisadores. O envio deve ser feito até 3 de julho, pelo e-mail .

Em caso de aprovação pela comissão científica, a pesquisa constará nos anais do evento. O seminário ocorrerá no dias 25 e 26 de agosto, no Canto da Ilha Hotel, em Ponta das Canas, Florianópolis. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas a partir de 1º de julho, através do site http://www.assediomoral.ufsc.br. As vagas são limitadas.

(mais…)

Tags: 2º Seminário Prevenção Assédio Moral

Escritores argentinos segundo Miguel Rep

08/06/2011 15:32

O Núcleo Juan Carlos Onetti de Estudos Literários Latino-Americanos da UFSC em parceria com o Instituto Cervantes de Florianópolis promove nesta quinta-feira, dia 9, às 18h30mim, na sala Hassis, Bloco B, Centro de Comunicação e Expressão (CCE), um encontro com o cartunista argentino Miguel Rep.

A exposição “Escritores argentinos segundo Miguel Rep”, uma mostra com 18 desenhos de escritores argentinos, está em cartaz no Hall do Centro de Cultura e Eventos da UFSC, andar térreo. A entrada é franca.

Sobre Miguel Rep

Cartunista autodidata, nascido em 1961 em San Isidro – Província de Buenos Aires passou sua infância no bairro de Boedo. A pedido de Hector Locurátolo (Torino) publica seu primeiro desenho em 1976, em 1980 criou sua primeira personagem e recebeu seu primeiro prêmio. Colaborou com a revista Humor, onde desenhou  El Recepcionista de Arriba e La clínica del Dr. Cureta.

No terceiro período da revista Caras y Caretas, Rep desenhou os quadrinhos Pitodoro. O cartunista também colaborou com as publicações argentinas El Brulote, Feriado Nacional, La Sombrilla, Magazine, entre outras, e com o jornal El País da Espanha.

Atualmente colabora com o jornal Página 12 e seus suplementos. Miguel Rep tem mais de quinze livros publicados, entre os quais incluem Platinum Plus, La Grandeza y la Chiqueza, Rep hizo los barrios, Gaspar y el revolú 1 y 2 e Joven Argentino. Recebeu prêmios nacionais e internacionais, que incluem Fin de Siglo del ICI de Buenos Aires e os prêmios Fine Work e Excellent Prize do concurso de humor The Yomiuri Shimbun de Tóquio. Também vem realizando mostras na Argentina e o exterior.

Informações: (48) 3721-9288 Ramal 203, ou http://www.onetti.cce.ufsc.br/.

Tags: exposiçãoMiguel Repnúcleo Onetti/UFSC

II Workshop Pensando os Estados Unidos

07/06/2011 12:26

O Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Estudos dos Estados Unidos (INCT-INEU) da UFSC convida todos para o II Workshop Pensando os Estados Unidos – A Economia Política do dinheiro.

O evento será realizado nos dias 13 e 14 de junho, no auditório do Centro Sócio-Econômico, e tratará de assuntos relativos à política e à economia dos EUA, com ênfase para as questões monetárias e financeiras que afetam as relações internacionais.

No dia 13, às 14h30, ocorre uma mesa redonda com os professores Ary Minella, Jaime Cesar Coelho e Patrícia Arienti. No dia seguinte, às 14h30, o professor Benjamin Cohen, da Universidade da Califórnia e um dos mais importantes pesquisadores da Economia Política Internacional, participa da conferência sobre “O futuro da moeda internacional”. Às 18h30 acontece o encerramento com o professor Sebastião Velasco Cruz que vai falar sobre “Estados e Mercados: O impasse na rodada Doha e o futuro da OMC”.

Para participar é necessário inscrever-se com antecedência, pois as vagas serão limitadas de acordo com a lotação do auditório e o número de aparelhos para tradução simultânea.

Informações:

Tags: Estados UnidosINCT-INEU

Salim Miguel recria a infância em seu 31º livro

07/06/2011 11:28

O escritor Salim Miguel lança nesta quinta-feira, dia 9, no espaço cultural Governador Celso Ramos, no BRDE (avenida Hercílio Luz, 617, centro, fone 3221-8100), em Florianópolis, o livro “Reinvenção da infância”, que sai pela editora Novo Século. Esta é a 31ª. obra que o autor publica em 60 anos de carreira, iniciada com “Velhice e outros contos”, em 1951. O lançamento tem hora para começar e terminar: vai das 19h às 21h30.

Aos 87 anos, Salim Miguel afirma que “Reinvenção da infância” não é um livro de memórias, mas se baseia em reminiscências do período que vai até a adolescência para descrever, com as cores da ficção, os anos em que sua família morou em Biguaçu, Três Riachos, São Miguel, Antônio Carlos e Florianópolis. A Capital entra como complemento, porque foi em Biguaçu e redondezas que ele teve os contatos iniciais com a leitura e rabiscou os primeiros escritos.

No romance, Salim rememora passagens em família (era filho de comerciante), na escola, entre os amigos que fez – a maioria diferente dele, que chegou do Líbano aos três anos de idade e falava o árabe praticado em casa. Bem cedo, teve contato com os livros, e chegou a ler para um livreiro cego as obras que este recebia em consignação e não conseguia decifrar. Dali para frente, foi uma vida inteira de convívio com as palavras, no exercício do jornalismo e da literatura.

Entre seus livros anteriores se destacam “Primeiro de abril – Narrativas da cadeia”, que ganhou o prêmio da União Brasileira de Escritores em 1994, e “Nur na escuridão”, eleito o melhor romance do ano pela Associação Paulista de Críticos de Arte em 1999 e que também recebeu o prêmio Zaffari-Bourbon na 9ª. Jornada Nacional de Literatura de Passo Fundo, em 2001. Também publicou “A morte do tenente e outras mortes”, “Voz submersa”, “Maré nostrum”, “As confissões prematuras”, “A vida breve de Sezefredo das Neves, poeta” (indicado para o prêmio Jabuti), “Jornada com Rupert” e muitos outros.

Um dos mentores do Grupo Sul, que revolucionou as artes e a literatura no final dos anos 40 em Florianópolis, Salim Miguel escreveu com a mulher, a também escritora Eglê Malheiros, o roteiro do longa-metragem “O preço da ilusão”, que marcou o nascimento do cinema catarinense. Perseguido pelo regime militar, mudou-se em 1965 para o Rio de Janeiro, onde editou a respeitada revista Ficção e trabalhou nas publicações da editora Bloch. De volta a Florianópolis, em 1979, dirigiu a Editora da UFSC e a Fundação Franklin Cascaes.

Salim recebeu o título de doutor Honoris Causa da Universidade Federal de Santa Catarina em 2001 e foi eleito o Intelectual do Ano pela Folha de S.Paulo e União Brasileira de Escritores em 2002, ano em que também ganhou o troféu Juca Pato. Em 2009, foi agraciado com o Prêmio Machado de Assis, pelo conjunto da obra, pela Academia Brasileira de Letras.

Mais inforções: (48) 3233-1599

Por Paulo Clóvis Schmitz / Jornalista da Agecom

Tags: Salim Miguel

Trabalhadores técnico-administrativos da UFSC aderem à greve nacional

07/06/2011 10:18

Na assembleia geral realizada na manhã desta segunda-feira (6 de junho), na tenda em frente da Reitoria, os  servidores técnico-administrativos da UFSC entraram em greve por tempo indeterminado, seguindo uma orientação nacional da Fasubra – Federação de Sindicatos de Trabalhadores em Educação das Universidades Brasileiras. Nesta terça-feira, a partir de 12 horas, está prevista uma concentração no Restaurante Universitário.

Nesta Campanha Salarial Emergencial 2011 a categoria reivindica, de acordo com panfleto distribuído pelo campus, “reajuste salarial, piso de três salários mínimos e step 5%, racionalização de cargos, reposicionamento de aposentados, mudança no Anexo IV (incentivos de qualificação), devolução do vencimento básico complementar absorvido, isonomia salarial e de benefícios, contra a terceirização, revogação da Lei nº 9.632/98, abertura imediata de concursos públicos para substituição da mão de obra terceirizada e precarizada em todos os níveis da carreira para as áreas administrativas e dos HUs e extensão das ações jurídicas transitadas e julgadas”.

Participaram como delegados do Sintufsc na Plenária da Fasubra, Celso Ramos Martins, Teresinha Ceccato, Jorge Luiz Fernandes e Vilma da Silva Luiz. No próximo dia 16, uma nova caravana deverá seguir para Brasília, visando pressionar para abertura de negociações com o Governo.

Em entrevista à imprensa, o coordenador do Sintufsc, Celso Martins, lembra que o atendimento no Hospital Universitário (HU), área considerada essencial no atendimento à população, continua normal, situação que pode mudar conforme a evolução da greve.

Já Administração Central da UFSC respeita o movimento e considera justas as reivindicações, reconhecendo, contudo, que a instituição passará por dificuldades com a possível paralisação de setores importantes como o Restaurante Universitário e a Biblioteca Universitária. Para a Administração Central, o movimento se insere no direito à autonomia e a instância é a assembleia geral, mas ratifica que a resposta à pauta tem que ser dada por Brasília.

Segundo a Fasubra, o primeiro dia de greve dos técnico-administrativos da educação começou com adesão de algumas das grandes universidades do País.  De acordo com o coordenador-geral da entidade, Rolando Malvásio Júnior, até esta segunda-feira estavam paradas 13 instituições federais de ensino superior. As duas primeiras universidades que aderiram ao movimento foram as universidades Federal e Federal Rural de Pernambuco, seguidas pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Mais informações: 3721-9220 ou 3721-9614 / www.sintufsc.ufsc.br /  www.fasubra.org.br

Tags: Paralisação dos servidores 2011

Restaurante Universitário não funcionará nesta terça-feira

07/06/2011 08:38

A Administração Central da UFSC e a direção do Restaurante Universitário comunicam que em função do movimento reivindicatório dos servidores técnico-administrativos o RU não terá condições de produzir e atender a comunidade universitária.

A Administração Central comunica ainda que fará avaliações diárias acompanhando o movimento de paralisação dos servidores técnico-administrativos e informando a comunidade interna e externa sobre o funcionamento dos diversos setores da instituição.

Tags: paralisaçãoRestaurante

Vencedores são premiados no 3º Concurso de Cartazes sobre Homofobia, Lesbofobia e Transfobia

07/06/2011 07:04

A tarde da quarta, 25/05, foi de premiação aos melhores cartazes produzidos por alunos de escolas públicas de Santa Catarina durante a terceira edição do concurso organizado pelo Núcleo de Identidades de Gênero e Subjetividades (NIGS), vinculado ao Laboratório de Antropologia Social da UFSC. Professores, alunos, diretores de centro, representantes políticos – da deputada Angela Albino (PC do B) – e de grupos que defendem a igualdade sexual – representação da Associação Brasileira de Gays, Lésbicas e Transexuais (Ablgbt) em Florianópolis – lotaram o auditório do Centro de Filosofias e Ciências Humanas (CFH) para homenagear os melhores cartazes. A programação fez parte das atividades do Dia Municipal contra a Homofobia, Lesbofobia e Transfobia, dia 17 de maio, instituído por lei no município de Florianópolis e comemorado mundialmente.

Ao todo, foram 103 cartazes oriundos de 16 escolas públicas, envolvendo a participação de 378 alunos. Os cartazes ficaram expostos no CFH e foram julgados em três categorias: júri científico, júri popular e júri NIGS. Os vencedores ganharam certificados e levaram para a biblioteca de suas escolas um kit de livros sobre gêneros e sexualidades. Os professores também foram homenageados com certificados de educador destaque. A surpresa da premiação foi a premiação da categoria NIGS, escolhida pelos bolsistas do núcleo. A organização também anunciou a exposição de um dos cartazes produzidos no Museu Quarri – Museu indigena do Oiapoque (AP).

Para a coordenadora do NIGS, Miriam Grossi, nas escolas onde esse assunto não é discutido é onde se registram mais casos de preconceito e de expulsão de alunos por homofobia.. “O concurso de cartazes é a reflexão dos ensinamentos passados às escolas através das oficinas do NIGS, além de uma luta pela inclusão de gays, lésbicas e transexuais na UFSC” salienta Miriam Grossi.

Homofobia – A validade do concurso é reafirmada ante a divulgação da pesquisa feita pela Fundação Perseu Abramo e coordenada pelo professor da Universidade de São Paulo (USP) Gustavo Venturi. O estudo indica que um em cada quatro brasileiros é homofóbico. Além disso, segundo a instituição, a escolaridade é um dos fatores que mais influenciam o nível de preconceito da população em relação a homossexuais: quanto mais anos de estudo, maior é a aceitação do indivíduo em relação à diversidade sexual. O estudo, com 2 mil entrevistados em 150 municípios, foi feito em 2009 e transformado em um livro que será lançado em junho deste ano.

Resultado do 3º Concurso de Cartazes sobre Homofobia, Lesbofobia e Transfobia

Júri científico:

1º  lugar – Cartaz 38 Colégio Estadual Francisco Tolentino
Título do cartaz: Somos iguais nas diferenças sexuais
Autores: Ana Karoline Loz de Melo, Anderson Lima, Isabela Martins e Lucas

1º  lugar – Cartaz 27 EEB Idelfonso Linhares

2º  lugar – Empate: Cartaz 72  e Cartaz 76 da Escola Básica Municipal Dr. Paulo Fontes

3º  lugar – Cartaz 19 Instituto Estadual de Educação

Júri popular:

Título do cartaz: Amplie seu olhar, diga não as fobias
Autores: Rafaela lima Macedo, Hestéfany da Silveira e Charles Constantino

1º  lugar – cartaz 62 EEB Jurema Cavallazzi

2º  lugar – cartaz 12 Escola Básica Altamiro Guimarães

3º  lugar – cartaz 65 Escola Municipal Beatriz de Souza Brito
Categoria NIGS: surpresa durante a cerimônia de premiação

1º  lugar – “Preconceito Nunca +” da EEB de Souza Brito.

2º  lugar – “Diga não! Vamos criar novos caminhos”  da EEB Porto Rio do Tavares

3º  lugar – “Abra a janela para a vida e veja que um amor diferente não é pecado” da EEB Governador Ivo Silveira

Por Gabriele Duarte/Bolsista de Jornalismo na Agecom


Tags: homofobia

Exposições culturais marcam o Dia de Portugal

06/06/2011 17:47

Fotos: Joi Cletison / Diretor do Núcleo de Estudos Açorianos

O povo português cultua os seus poetas mais do que as glórias militares e os conflitos bélicos. Por causa disso e porque a data de fundação de Portugal é bastante controversa, os portugueses escolheram comemorar o Dia de Portugal em 10 de junho, data da morte de sua maior expressão literária, Luiz de Camões. Para marcar esse dia, o Núcleo de Estudos Açorianos e o Projeto Fortalezas da Ilha de Santa Catarina, ligados à Secretaria de Cultura e Arte da UFSC, realizam duas exposições: Os Portugueses da Ilha de Santa Catarina e Fortificações da Ilha de Santa Catarina.

As duas mostras abrem no próximo dia 10, no Museu Histórico de Santa Catarina, localizado junto ao Palácio Cruz e Sousa. Na primeira exposição, o fotógrafo Joi Cletison, coordenador do NEA, reúne 18 imagens no tamanho 80X100 cm, que mostram a presença portuguesa na Ilha de Santa Catarina. São fotos ampliadas em papel fotográfico brilhante que flagram vários aspectos do legado do povoamento português na arquitetura, na religiosidade, no folclore e no artesanato catarinenses.

Embora a cultura deixada pelos portugueses tenha incorporado outros elementos, mas conserva traços de autenticidade, explica Cletison, que atua como fotógrafo há mais de 25 anos e tem várias dezenas de exposições realizadas no Brasil e no exterior. A exposição destaca essa arquitetura luso-brasileira com suas técnicas construtivas e apresenta o artesanato com as rendas de bilro, cerâmica utilitária e tapeçaria. No folclore, mostra as danças folclóricas, os ternos de reis e na religiosidade, as festas de igreja e romarias.

A segunda exposição que comemora o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas é composta por várias fotografias das fortalezas, trajes de época, réplicas de um canhão e maquetes das fortificações de São Jose da Ponta Grossa (Ilha de Santa Catarina/Praia do Forte), Santa Cruz (Ilha de Anhatomirim) e Santo Antonio (Ilha de Ratones Grande).  Com visitação de terça a sexta das 10 às 18 horas, a mostra é organizada pelo Projeto Fortalezas, que atua para promover o estudo, a preservação, a divulgação e a valorização das fortificações históricas da Baía Norte da Ilha, onde a UFSC administra três monumentos abertos à visitação pública que são verdadeiros museus ao ar livre.

O ano de 2011 é um marco histórico nessa luta pela preservação das fortalezas. A história comemora os 272 anos do início da construção do Sistema defensivo da Ilha de Santa Catarina, idealizado pelo brigadeiro José da Silva (1739); 31 anos que a UFSC assumiu a tutela da primeira fortaleza, Santa Cruz de Anhatomirim (1979); 26 anos da abertura da Fortaleza de Anhatomirim à visitação pública (1984); 21 anos do início do Projeto Fortalezas da Ilha de Santa Catarina/UFSC (1989), que em parceria com o IPHAN e com o apoio da Fundação Banco do Brasil concluiu a restauração de Anhatomirim, e realizou a restauração completa das fortalezas de Ratones (1990) e São José Ponta Grossa (1991), que passaram também a ser administradas pela Universidade Federal.

Maiores Informações: telefone 48 3028-8090 ou 3721-8605 ou também via E mail

Fotos para divulgação: http://ftp.identidade.ufsc.br/Expo_OsPortugueses.zip

Raquel Wandelli: jornalista na SeCArte/UFSC

9911-0534 e 3721-9459

www.secarte.ufsc.br

Exposição “Fortalezas da Ilha de Santa Catarina”

Local: Museu Histórico de Santa Catarina

Período: 10/06 a 10/07/2009

Terça a sexta, 10 às 18h, e sábados e domingos, das 10 às 16h.

Promoção: Universidade Federal de santa Catarina/SeCArte

Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esportes/FCC

Fundação Catarinense de Cultura

Realização: Núcleo de Estudos Açorianos

Museu Histórico de Santa Catarina

Exposição Fortalezas da Ilha de Santa Catarina

LOCAL: Palácio Cruz e Sousa – Museu Histórico de Santa Catarina.
Praça XV de Novembro – Florianópolis/SC

DATA: 10/06 a 10/07/2011 (terça e sexta, das 10 às 18h, e nos sábados e domingos, das 10 às 16h)

Maiores Informações: telefone  48 3721-8302 c/ Joi ou 3028-8090

Fotos para divulgação: http://ftp.identidade.ufsc.br/Fortalezas.zip

Para conhecer mais sobre essas fortificações mantidas pela UFSC, acesse na Internet o endereço: www.fortalezas.ufsc.br
Para conhecer sobre essas fortalezas e todas as demais fortificações da Ilha de Santa Catarina acesse na Internet o endereço: www.fortalezasmultimidia.com.br/santa_catarina

Promoção:

Universidade Federal de Santa Catarina/ Secretaria de Arte e Cultura

Secretaria do estado do Turismo, Cultura e Esportes

Fundação Catarinense de Cultura

Realização:

Projeto Fortalezas da Ilha de Santa Catarina/UFSC

Museu Histórico de Santa Catarina

Apoio:
Agência de Comunicação da UFSC (Agecom)

Texto de apresentação da Exposição Os portugueses na Ilha de Santa Catarina:

“Nem tudo o que se vê em Florianópolis é português, mas de quase tudo o que é português se  veem e escutam traços e reminiscências na Ilha de Santa Catarina. Um exemplo está nas vivências religiosas: faltam algumas importantes devoções, mas duas das manifestações mais notáveis estão  presentes: a Festa do Divino Espírito Santo e a Procissão do Senhor  dos Passos. A fotografia de Joi Cletison exprime tão bem a presença  portuguesa que parece falar e mover-se, e em poucas imagens evidencia  até algumas diferenças: a arquitetura portuguesa comum das fortalezas,  igrejas e prédios públicos, e a particularidade dos sinais açorianos,  mais sutis, nas rendas, nas danças e nos ofícios manuais, culminando com as notas de atualidade que sobre esse fundo compõem esta pequena  sinfonia luso-brasileira.”

João Lupi – Cônsul Honorário de Portugal em Florianópolis

Tags: Dia de PortugalSeCArte

Equipe de xadrez da UFSC se sagrou campeã da Liga do Desporto Universitário

06/06/2011 16:53

Equipe campeã e Pró-reitor Claudio Amante

A equipe de xadrez da UFSC – formada pelos alunos Claudionor Pirola, Diogo Luiz de Oliveira, João Pedro Uczai e Karoliny Taiane da Cruz – foi campeã da Liga do Desporto Universitário 2011. Equipes de 23 estados disputaram o torneio que aconteceu entre os dias 25 a 28 de maio, na cidade de Goiânia/GO.

(mais…)

Tags: campeã liga do desporto universitárioequipe de xadrez UFSC

Projeto 12:30 recebe banda The Rocktunes nesta quarta

06/06/2011 16:21

The Rocktunes

O Projeto 12:30 recebe a banda The Rocktunes nesta quarta-feira, 8/6, às 12h30min na Concha Acústica. O espetáculo é gratuito e aberto à comunidade.  The Rocktunes é o novo projeto do baixista, compositor e vocalista Ciro Castro. Após alguns anos na cena de rock underground/alternativo brasileiro, com destaque para a banda NEM que em 2003 lançou o disco Harmonicaótica (Monstro Discos) produzido pelo guitarrista dos Mutantes, Sérgio Dias, Ciro volta agora com esse projeto de rock de garagem.

(mais…)

Tags: Projeto 12:30The RocktunesUFSC

Inscrições para pós-graduações na UFSC

06/06/2011 16:11

Mestrado em Biologia Vegetal: 7 a 30 de junho

Doutorado em Engenharia Ambiental:  9 de setembro (3º trimestre)

Doutorado em Língua Inglesa e Linguística Aplicada: até 6 de junho

Doutorado em Literaturas de Língua Inglesa: até 6 de junho

Doutorado em Serviço Social: 1º a 20 de junho

Mestrado e Doutorado em Engenharia Química: 13 a 17 de junho (2º trimestre), 19 a 23 de setembro (3º trimestre)

Mestrado em Biologia Vegetal: até 30 de junho

Mestrado em Engenharia Civil: 15 de junho a 31 de julho

Mestrado e Doutorado em Engenharia e Gestão do Conhecimento: 1º de julho a 1º de agosto

Mestrado em Engenharia Elétrica: 15 de setembro a 30 de novembro

Mestrado em Agroecossistemas: 19 de setembro a 7 de outubro

Doutorado em Ciência e Engenharia de Materiais: fluxo contínuo (ingresso no início de cada trimestre)

Doutorado em Engenharia Civil: fluxo contínuo com avaliação feita 15 dias antes do início de cada trimestre

Mestrado em Relações Internacionais: Inscrições previstas de 15 a 30 de setembro

Tags: editaispós-graduaçõesUFSC

Documentário O fim do sem fim será exibido nesta 5ª no auditório do CFH

06/06/2011 15:16

O Núcleo de Antropologia Visual e Estudos da Imagem/Navi e o PPGICH/UFSC convidam para exibição do filme O fim do sem fim de Cao Guimarães, Lucas Bambozzi e Beto Magalhães, dentro da programação da “Mostra de Documentários In (ter) disciplinados”, nesta , quinta-feira,  dia 9, no auditório do CFH,  às 18h30min.

(mais…)

Tags: O fim do sem fimUFSC

Sarau Boca de Cena nesta quarta-feira no Teatro da UFSC

06/06/2011 15:01
Arte e Cultura, em todas as suas manifestações, é assim que o projeto de extensão Sarau Boca de Cena promove mais esta edição. Dia 8 de junho, no Teatro da UFSC,  a partir das 19h30min, com música autoral, teatro, poesia e artes plásticas, promovendo uma miscelânia cultural. Ingressos: R$4 e R$2 ( estudantes)
Poetas:
Washington Yohan
Marcelo Colossi
Flôr Kepah
Juliana Impaléa
Joseph Syghor
Bárbara Mafra

Artes Plásticas:
Rogerio Messias
Bruno Barbi
Renata Barros

Mágica:
Bob Carvalho

Bandas:
3Jay
Um Par de Ímpar
Alquimistas
Estou Cavando um Buraco
Numb


Local: Teatro da UFSC.
Data: 8 de junho.
Hora: 19h30m.
$: 4 / 2 estudante.

contatos:
Tags: Sarau boca de cenaUFSC

II Festival de Música da UFSC contabiliza 133 inscrições presenciais

03/06/2011 18:14
I Festival aconteceu para marcar o cinquentenário da UFSC

I Festival aconteceu para marcar o cinquentenário da UFSC/Foto: Cláudia Reis

Das  músicas  inscritas, apenas 20 irão ao palco. Organização considera crescimento surpreendente

O II Festival de Música da UFSC somou até agora um total de 133 inscrições presenciais, fora as que estão chegando pelo correio. O número de participantes – três vezes maior ao da edição do evento no ano passado -surpreendeu a comissão organizadora da Secretaria de Cultura e Arte da UFSC. “Esperávamos atrair mais compositores, mas não imaginávamos tanto sucesso”, afirma a secretária Maria de Lourdes Borges. Com esse crescimento muito acima do esperado, a comissão prorrogou a divulgação do resultado de 20 de junho para início de julho, de modo a dar tempo de selecionar as canções que irão ao palco em agosto.

O Festival vai mobilizar o meio musical da Grande Florianópolis com a realização de dois eventos: o lançamento do CD e do DVD da primeira edição, no dia 13 de julho, às 20 horas no Auditório Garapuvu do Centro de Eventos da UFSC, e a mostra dos selecionados para o II Festival, que ocorrerá nos dias 27 e 28 de agosto, das 18 às 22 horas, na Praça da Cidadania do campus universitário. A escolha das 20 composições que integrarão a mostra também foi estendida para o período de 8 a 30 de junho, para que a Comissão de Seleção, integrada por cinco músicos e produtores, consiga concluir o trabalho de avaliação.

O nome dos músicos, bandas e composições vencedores será divulgado no site www.secarte.ufsc.br e os músicos premiados receberão troféu e terão suas composições gravadas em CD e DVD com produção profissional. Apenas no último dia previsto para o encerramento inicial das inscrições (31 de maio), 76 músicos apresentaram suas composições na SeCArte. A maior parte é integrante de bandas de Florianópolis e de bairros próximos a UFSC, já que a participação se limita a moradores da Grande Florianópolis e estudantes, professores e servidores técnico-administrativos dos Campi de Florianópolis, Curitibanos, Joinville e Araranguá.

“Vamos redimensionar o Festival para o próximo ano considerando esse potencial de crescimento surpreendente e a possibilidade de ampliação para nível estadual”, avalia o coordenador do evento, Marco Valente, que coordena também o Projeto 12:30 do Departamento Artístico-Cultural da UFSC. A secretária acredita que o impacto do Festival mostra um interesse emergente da juventude de Florianópolis pela produção musical. “E também aponta que nos dois últimos anos a universidade tornou-se uma referência importante na área, com a realização do projeto 12:30, 12:30 acústico, Madrigal, Coral, Festival de Música e UFSCstoock e que deve desembocar na criação do seu primeiro curso de graduação em música.

Primeiro festival de música na UFSC desde a década de 80, o evento iniciará com a apresentação dos grupos selecionados e será encerrado pelo show de duas bandas consagradas de Florianópolis: no dia 27, a banda John Bala Jones (pop) e no dia 28, o Grupo Engenho (rock regional que fez muito sucesso nos anos 70 e 80). Com o intuito de repetir a experiência dos grandes festivais universitários, o evento quer incentivar a pesquisa, a diversidade de estilos e a produção musical com excelência.

Por Raquel Wandelli (jornalista, SeCarte)

Contatos: (48) 99110524 – 37219459

www.secarte.ufsc.br

Tags: festival de músicaSeCArte

Universidade prepara seu “Circo da Ciência”

03/06/2011 15:51

Pavilhão da Sepex em 2010

Mudanças climáticas, desastres naturais e prevenção de riscos, tema da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2011, será também contemplado na Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFSC, de 19 a 22 de outubro. O grande evento de popularização da ciência realizado pela Universidade é aberto ao público em geral e atrai especialmente escolas de Santa Catarina.

Além de visitar a grande mostra de projetos realizada no “circo da ciência”, estrutura tradicionalmente montado em frente à Reitoria, a comunidade poderá conhecer os brinquedos interativos instalados na UFSC e que dão origem ao Parque Viva a Ciência de Florianópolis, visitar o Planetário e o Observatório Astronômico. A programação desse ano vai contemplar também o Ano Internacional da Química.

Cronograma preliminar da 10ª Sepex e horário de funcionamento:

– Lançamento do evento: 7 de julho

– Inscrições para proposição de estandes e minicursos (comunidade acadêmica): 7 de julho a 7 de setembro

– Encaminhamento dos termos de compromisso/cessão de espaço físico dos minicursos: 21 de setembro

– Assinatura dos termos de compromisso dos estandes: 30 de setembro

– Definição da programação artístico-cultural: até 28 de setembro (inscrições de 7 de julho a 7 de setembro)

– Inscrições para participar de minicursos: a partir de 1° de outubro, até quando terminarem as vagas

– Realização do evento: 19 a 22 de outubro

Horário de funcionamento da 10ª Sepex
Montagem: 18 de outubro, 13h às 18h
Evento: 4ª a 6ª, das 9h  às 19h, e sábado, das 9h às 13h

Mais informações:

Por Arley Reis / Jornalista da Agecom

Tags: sepex

Diretor Jorge Durán faz palestra sobre roteiro de filme no Teatro da UFSC

03/06/2011 09:33

O premiado roteirista e diretor Jorge Durán fará uma palestra sobre o roteiro do filme “Não se pode viver sem amor”, no Teatro da UFSC, ao lado da Igrejinha, no dia 3 de junho, sexta-feira, às 14h30min. O encontro é gratuito e aberto à comunidade.

Jorge Durán – diretor de “É Proibido Proibir” de 2006 – vai falar sobre o roteiro do seu último trabalho, o longa “Não Se Pode Viver Sem Amor”, protagonizado por Cauã Reymond. O filme, que estreou neste mês de maio, já participou de vários festivais nacionais e internacionais.

Ainda no dia 3 de junho haverá exibição do filme no Cine Paradigma, às 19h25, seguida de debate com o diretor. A palestra e a exibição do filme em Florianópolis fazem parte do lançamento nacional do longa que agora chega a Santa Catarina.

A realização da atividade na cidade é uma parceria com o Departamento Artístico Cultural (DAC), vinculado à Secretaria de Cultura e Arte (SeCArte) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), com o Apoio Cultural do Paradigma Cine Arte.

Sobre Jorge Durán

Nascido no Chile e radicado no Brasil desde 1973, Jorge Durán assina a direção e a história original de “Não se pode viver sem amor”, filmado em 2009, no Rio de Janeiro. Esse é o segundo filme que Durán dirige depois de um período de quase 20 anos voltado para produção de roteiros. Em 2006, lançou o longa “Proibido proibir”, premiado internacionalmente.

Seu primeiro longa, “A cor do seu destino” (1986), foi exibido no Festival de Berlim, em 1987 e foi o grande vencedor do Festival de Brasília, em 1986, com os seguintes prêmios: melhor filme, melhor diretor, melhor roteiro, melhor ator coadjuvante (Chico Diaz), melhor atriz coadjuvante (Júlia Lemmertz) e o prêmio da crítica.

Jorge Durán produziu e dirigiu em 2005 o filme “É Proibido Proibir”, projeto que foi selecionado no Concurso de Filmes de Baixo Orçamento do Ministério da Cultura do Brasil e foi patrocinado pela Petrobras. O filme, ainda não finalizado, ganhou o Prêmio “Cine em Construcción 8, do Festival Internacional de Cinema de San Sebastián 2005, o Prêmio SIGNIS de ajuda a finalização do filme, no mesmo Festival, o que permitiu que fosse finalizado na Espanha.

Recebeu a Margarida de Prata 2006, da CNBB além de numerosos prêmios que valeram o segundo lugar no Prêmio Adicional de Qualidade 2009. O filme estreou com 12 copias no Brasil, em Abril de 2007, alcançando um publico de 40 mil espectadores na época do lançamento. Foi lançado em DVD pela Europa Filmes em 2008. Foi exibido em diversos países no cinema e televisão aberta e cabo: França, Alemanha, México, Chile, Austrália, Bélgica, Suíça. Na França estreou com 18 copias, fazendo um publico de 38 mil espectadores. O canal Brasil exibe o filme desde 2008. A TV Globo comprou o filme. Os numerosos prêmios, exibições em festivais, mostras e eventos nacionais e internacionais, devem aumentar consideravelmente o publico que alcançou esta produção.

Com a Nativa filmes Ltda, firma da qual Jorge Durán é sócio, produziu o filme “A Cor Do Seu Destino”, premiado no Brasil e no exterior. Na sua estreia em 1987, o filme foi assistido por mais de 150.000 espectadores. Teve distribuição para o cinema e TV nos Estados Unidos da América, Canadá, Chile, Argentina, Austrália, França, Turquia. Foi exibido em horário nobre pela TV Manchete. O filme está sendo apresentado atualmente na programação do Canal Brasil.

Produziu escreveu e dirigiu o curta-metragem “Rio de Janeiro”, premiado no Concurso Nacional de Filmes de Turismo. Como roteirista, Jorge Durán escreveu, entre outros filmes, “Pixote ”, indicado para o Golden Globe como Melhor Roteiro, “Gaijin ”, “Gaijin II”, “Lucio Flávio”, “O Sonho Não Acabou ”, “Doida Demais ”, “Como Nascem os Anjos ”, “Quem Matou Pixote ”, “Uma Onda no Ar”, “Jogo Subterrâneo”, e o filme chileno “Mi Último Hombre ”, que participou da Semana da Critica do Festival de Cannes de 1996.

Não se pode viver sem amor

“Não Se Pode Viver Sem Amor” recebeu os prêmios de Melhor Roteiro, Melhor Fotografia e Melhor Atriz (Simone Spoladore) no 38º Festival de Cinema de Gramado (Agosto 2010); prêmios de Melhor Filme para Reflexão outorgado pela Associação dos Cineclubistas de PE e prêmio especial do júri para Rogério Fróes no 14º Cine-PE Festival de Audiovisual do Recife, Brasil (Abril 2010).

Esse é o terceiro longa do diretor chileno que há 38 anos abraçou o Rio de Janeiro como sua cidade. “Adoro essa cidade e busquei locações em bairros que acho belos, como o Centro, o Morro da Conceição, e a zona portuária do Rio”, diz Durán. O filme foi realizado em 2009, em apenas cinco semanas e, mesmo com um elenco de peso, o diretor conseguiu realizá-lo com um orçamento modesto.

“Não Se Pode Viver Sem Amor” também participou do 25º Festival de Cinema de Guadalajara, México; do Festival de Montreal, no Canadá (Setembro 2010), Pusan International Film Festival, Coréia (Outubro 2010), do 41º Festival Internacional de Cinema da Índia, Goa, entre muitos outros. Em abril deste ano, o filme estará na mostra principal do Festival Latino-americano de Chicago, EUA. O filme foi selecionado pelo Programa Petrobras Cultural para sua produção e comercialização.

Serviço:

O QUE: Palestra com o roteirista e diretor Jorge Durán

QUANDO: Dia 03 de junho de 2011 (sexta-feira), às 14h30

ONDE: Palestra: No Teatro da UFSC, ao lado da Igrejinha, Praça Santos Dumont, 117, Trindade, Florianópolis-SC.

Exibição do Filme: Paradigma Cinema Arte (dia 03/06) às 19h25 – Local: Rodovia SC 401, n° 8600 – Centro Empresarial Corporate Park, Santo Antônio de Lisboa – Florianópolis – SC, (48) 3239-7777

QUANTO: Palestra: Gratuito e aberto à comunidade

INFORMAÇÕES: DAC / Teatro da UFSC: (48) 3721-9348 e 3721-9447 – www.dac.ufsc.br e

SITE DO FILME: www.naosepodeviversemamor.com.br/ofilme/

Fonte: Rafael Gomes – Acadêmico de Jornalismo – Assessoria de Imprensa do DAC: SeCArte: UFSC, com material do site do filme.

Tags: Jorge DuránSeCArte/UFSC

Abertas inscrições para 153 vagas: concurso público para técnico-administrativos

02/06/2011 13:01

A Universidade Federal de Santa Catarina está com inscrições abertas para o concurso público destinado ao provimento de cargos à carreira técnico-administrativa em Educação. As inscrições podem ser feitas até o dia 13 de junho e as taxas para as 153 vagas distribuídas nos campi de Florianópolis (128), Araranguá (9), Curitibanos (8) e Joinville (8) foram assim definidas no edital:

Cargos de Nível de Classificação E – R$ 90,00 (noventa reais).

Cargos de Nível de Classificação D – R$ 70,00 (setenta reais).

Cargos de Nível de Classificação C – R$ 50,00 (cinquenta reais).

Antes de efetuar a inscrição, que pode ser feita pelo site http://www.coperve.ufsc.br/concursos/ddpp/2011/index.html até às 20 horas do dia 13 de junho de 2011, o candidato deve certificar-se de que preenche todos os requisitos exigidos para a participação no concurso e realizar uma única inscrição. Havendo mais de uma inscrição do mesmo candidato, será considerada a de data mais recente.  Após o envio do requerimento de inscrição, imprimir o boleto bancário e o comprovante de requerimento.

Efetuar o pagamento da taxa de inscrição até o dia 13 de junho usando o boleto bancário impresso. Esse pagamento poderá ser efetuado em qualquer agência bancária do Território Nacional (observado o horário de atendimento externo das agências), em postos de auto-atendimento ou via internet (observado o horário estabelecido pelo banco para quitação nesta data).

A inscrição somente será efetivada após a UFSC ser notificada do pagamento da taxa de inscrição pelo sistema bancário. A partir de 1º de julho, o candidato deverá verificar no site www.prdhs.ufsc.br, link “Concursos”, se a sua inscrição foi deferida, bem como, o local onde fará a prova. Confira o edital.

Informações sobre o concurso pelo fone (48) 3721-9913.

Veja também:

TV UFSC apresenta entrevista sobre o Concurso Público para UFSC

Tags: concurso públicoUFSC

Fundação José Arthur Boiteux empossa nova diretoria

02/06/2011 12:43

Fotos: Paulo Noronha / Agecom

O professor João dos Passos Martins Neto assumiu na manhã desta quinta-feira, dia 2, a presidência da Fundação José Arthur Boiteux (Funjab), que dá apoio às atividades de ensino, pesquisa e extensão da Universidade Federal de Santa Catarina. Compõem a nova diretoria também os professores Miriam Marques Moreira Reibnitz (vice-presidente de Administração), Luiz Henrique Urquhart Cademartori (vice-presidente de Finanças), Antonio Carlos Brasil Pinto e Leilane Mendonça Zavarizi da Rosa (suplentes).

Prestigiaram a posse, realizada no auditório do Centro de Ciências Jurídicas (CCJ), a pró-reitora de Pós-Graduação, Maria Lúcia de Barros Camargo, representando o reitor Alvaro Toubes Prata, que está viajando, vários pró-reitores, diretores de centro, dirigentes de outras fundações e autoridades da área da Justiça, como o desembargador Francisco de Oliveira Filho, que já foi professor na Universidade. O ato foi comandado pela diretora do CCJ, professora Olga Maria B. A. Oliveira.

O professor Eduardo de Avelar Lamy, que deixa a presidência, disse que sua passagem pela Funjab “foi uma experiência árdua, mas muito gratificante”. Ele procurou aumentar o número de projetos e afirmou que deixa a fundação “mais forte e preparada”. Falando em nome dos ex-presidentes, o professor José Isaac Pilatti destacou o trabalho feito pela fundação desde a criação, em 1958, e afirmou que a grande presença de autoridades na posse “atesta a sua importância para a UFSC e a comunidade”. Para ele, “as fundações são imprescindíveis para a saúde da instituição”.

O novo presidente, João dos Passos Martins Neto, atribuiu o convite para concorrer ao cargo à confiança dos amigos que fez na Universidade, prometendo dar continuidade ao trabalho realizado nas últimas gestões. Ele elogiou as conquistas dos presidentes anteriores, incluindo o professor Luiz Carlos Cancellier de Olivo, e a “equipe fantástica” da fundação. Também pregou a integração com as outras fundações, com o Centro de Ciências Jurídicas, o Departamento de Direito, o centro acadêmico e o Escritório Modelo de Advocacia. “Vou cumprir o que manda a lei, ou seja, contribuir com o ensino, a pesquisa e a extensão na UFSC”, concluiu.

Mais informações: (48) 3233-0390 /e-mail:

Tags: Fundação José Arthur Boiteux

Circo da Ciência

02/06/2011 12:35

Mudanças climáticas, desastres naturais e prevenção de riscos, tema da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2011, será também contemplada na Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFSC, evento que será realizado de 19 a 22 de outubro. O encontro é aberto ao público em geral, mas tem atraído especialmente escolas de Santa Catarina. Além de visitar a grande mostra de projetos realizada no “circo da ciência”, tradicionalmente montado em frente à Reitoria, a comunidade poderá conhecer os brinquedos interativos instalados na UFSC e que dão origem ao Parque Viva a Ciência de Florianópolis, visitar o Planetário e o Observatório Astronômico. A programação desse ano vai contemplar também o Ano Internacional da Química.

Mais informações: / (48) 3721-9601 (Agecom)

Tags: sepex

Abertas inscrições para oficina de bonecos do Festival Internacional de Teatro de Animação

02/06/2011 10:59

No ano em que a ordem é reciclar e reutilizar, com advento da Lei dos Resíduos Sólidos, de 2010, o Festival Internacional de Teatro de Animação, o FITAFloripa, dá o exemplo. Em sua 5ª edição, o cortejo de abertura contará com bonecos gigantes reciclados confeccionados em oficina ministrada a partir do dia 6 de junho. As inscrições estão abertas e podem ser feitas até 2 de junho. O FITA conta com o apoio institucional da Universidade Federal de Santa Catarina.

No conteúdo programático da oficina está coleta seletiva, reciclagem, técnicas de não utilização de cola e tinta, exploração de materiais, utilização de arame, parafuso e encaixe como alternativa primária e técnicas de montagem. A oficina será ministrada por Valdinei Marques, artista plástico, dono de uma peculiar criatividade. “Neiciclagem”, como também é conhecido, é monitor de educação ambiental e coordenador do Museu do Lixo.

Cada participante deverá levar tesoura, estilete, chave de fenda e chave Philips. É livre a utilização de materiais como embalagens coloridas, CDs e sucata de todos os tipos.

Vagas e inscrições
São apenas 15 vagas, e a seleção será por ordem de chegada das inscrições. Os interessados devem fazer download da ficha de inscrição que está no site www.fitafloripa.com.br, e preenche-la e enviá-la para o e-mail .

Lei de resíduos sólidos
A Lei Nº 12.305, de 2010, conhecida como a Lei dos Resíduos Sólidos, institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos que prevê a criação de um plano municipal de gestão integrada de resíduos sólidos por cada município que contemple, como previsto no artigo 19°, metas de redução, reutilização, coleta seletiva e reciclagem, entre outras, com objetivo de reduzir a quantidade de rejeitos encaminhados ao aterro, além de ações de educação ambiental para viabilizar esses objetivos. Florianópolis, atualmente, segundo dados da Comcap, recicla somente 5,12 % do total coletado.

FITAFLORIPA 2011
O Festival Internacional de Teatro de Animação de Florianópolis, o FITAFloripa, será realizado  na Capital catarinense de 12 a 18 de junho, e em mais seis cidades do Estado de 13 a 19 de junho, através do projeto Fitafloripa e SESC: Uma Viagem com o Teatro de Animação.

O Festival Internacional de Teatro de Animação tem como objetivo principal ampliar o acesso ao teatro de animação no Brasil. Em sua última edição atingiu 35 mil pessoas. Até 2010, contando todas as edições anteriores, aproximadamente 95 mil espectadores já prestigiaram a programação do FITA. Com a itinerância, a expectativa é que o público duplique em 2011.

Serviço
O quê: Oficina de bonecos gigantes reciclados
Quando: 6 a 10/6, das 9 às 13h
Onde: Museu do Lixo da Companhia de Melhoramentos da Capital (Comcap), rod. Admar Gonzaga, 71 – Itacorubi, Florianópolis
Quanto: Gratuito

Mais informações
Assessoria de imprensa: Manoela Pinheiro – (48)9989-5440
Atriz/Produtora: Fabiana Lazzari: (48)9969-7976/ http://fabianalazzari.com

Tags: Festival Internacional de Teatro de Animação

Debate sobre homofobia

02/06/2011 08:22

O encontro terá a participação da senadora Marinor Brito (PSOL-PA), integrante da comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa e da Frente Parlamentar pela Cidadania LGBT. No dia 3 de junho, 10h, auditório do Centro de Ciências Jurídicas da UFSC. O evento é aberto à comunidade. Informações:

Tags: homofobia

Abraço no HU em protesto contra a criação da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares S.A.

01/06/2011 17:11

“Ciranda, cirandinha, vamos todos abraçar. Abraçando o HU a MP vou derrubar”. A adaptação da tradicional cantiga de roda, puxada por terapeutas da alegria fantasiados de palhaços, era cantada pelos mais de 300 manifestantes que circundaram, ao meio-dia desta quarta,1º de junho, em um abraço simbólico seguido de um minuto de silêncio, o Hospital Universitário. O “Abraço no HU” foi realizado em protesto à Medida Provisória 520/10, aprovada pela Câmara dos Deputados em 25 de maio, que autoriza a criação da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares S.A. (Ebserh) para administrar os hospitais universitários brasileiros.

(mais…)

Tags: Abraço no HUUFSC

UFSC é candidata a sediar treinos da Olimpíadas de 2016

01/06/2011 16:13

Pista olímpica da UFSC - Foto Francisca Nery/Agecom

O  Seminário de Orientação para representantes das cidades e instalações pré-selecionadas para a aclimatação e treinamentos das Olimpíadas de 2016  aconteceu dia  23 de maio, no Rio de Janeiro. A UFSC concorre a uma vaga através da pista olímpica do Centro de Desportos (CDS). Para receber delegações olímpicas, a pista, que é atualmente de carvão, deve ser transformada em uma pista sintética.

(mais…)

Tags: Olimpíada de 2016UFSC candidata