Laboratório de Moluscos Marinhos comercializa sementes de ostras excedentes

19/04/2017 11:07

O Laboratório de Moluscos Marinhos (LMM) do Departamento de Aquicultura do Centro de Ciências Agrárias (CCA) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) comunica a disponibilidade de sementes de ostras do pacífico excedentes produzidas por sua unidade de pesquisa, extensão e ensino, situado na Estação de Maricultura Professor Elpídio Beltrame, na Barra da Lagoa, em Florianópolis. Em atendimento a Portaria Normativa No 68/2016/GR, de 23 de fevereiro, que regulamenta essa atividade no âmbito da UFSC, O LMM torna pública a oferta para comercialização do excedente que não foram aproveitados pelas unidades universitárias.

Ainda há disponível para venda um lote de 2.780.000 sementes diploides de ostras do pacífico no valor de R$ 20,00 o milheiro. O valor do milheiro é baseado no histórico de custos do laboratório e no preço praticado por laboratório privado em Santa Catarina.

Os interessados devem entrar em contato com Claudio pelos telefones (48) 3721-2709 ou 9 9972 2791, ou pelos e-mails  ou 

Tags: CCAcomercializaçãoexcedenteslaboratórioLMMmoluscos marinhosprodutosUFSC

Laboratório de Moluscos Marinhos comunica produtos excedentes para comercialização

12/04/2017 09:36
O Laboratório de Moluscos Marinhos (LMM) do Departamento de Aquicultura do Centro de Ciências Agrárias (CCA) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) comunica a disponibilidade de sementes de ostras do pacífico excedentes produzidas por sua unidade de pesquisa, extensão e ensino, situado na Estação de Maricultura Professor Elpídio Beltrame, na Barra da Lagoa, em Florianópolis. Em atendimento a Portaria Normativa No 68/2016/GR, de 23 de fevereiro, que regulamenta essa atividade no âmbito da UFSC, O LMM torna pública a oferta para comercialização do excedente que não foram aproveitados pelas unidades universitárias.

Ainda há disponível para venda um lote de 2.010.000 sementes diploides de ostras do pacífico no valor de R$ 20,00 o milheiro. O valor do milheiro é baseado no histórico de custos do laboratório e no preço praticado por laboratório privado em Santa Catarina.

Os interessados devem entrar em contato com Claudio pelos telefones (48) 3721-2709 ou 9 9972 2791, ou pelos e-mails  ou 

Tags: CCAcomercializaçãoexcedentelaboratórioLMMmoluscos marinhosostrassementesUFSC

Universidade sedia capacitação sobre desinfecção de contaminantes em moluscos

03/05/2011 07:55

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) sedia o curso de curta duração “Estudo da desinfecção de contaminantes virais em moluscos bivalves e água do mar em depuradora de moluscos acoplada com radiação ultravioleta”, promovido pelo Centro Brasileiro-Argentino de Biotecnologia (CBAB). As inscrições  estão abertas e podem ser feitas até o dia 5 de julho através do e-mail , da professora Célia Barardi.

A capacitação será ministrada no Laboratório de Virologia Aplicada do Departamento de Microbiologia, Imunologia e Parasitologia, no Centro de Ciências Biológicas (CCB), no período de 8 a 19 de agosto.

São 15 vagas para estudantes que serão distribuídas da seguinte maneira: oito para brasileiros, cinco para argentinos e duas para uruguaios, colombianos ou paraguaios. Caso as vagas para estrangeiros não sejam preenchidas poderão ser apoiados mais estudantes brasileiros. Quanto ao subsídio, os brasileiros não-residentes em Florianópolis serão apoiados pelo CNPq/MCT através de pagamento de passagens aéreas e diárias (tabela CNPq) pelo tempo de duração do curso; estudantes estrangeiros terão passagens pagas pelo Governo Argentino e diárias pagas pelo CNPq (tabela CNPq).

Ministrantes:

– Profª Veronica Rajal – pesquisadora e docente do Instituto de Investigaciones para la Industria Quimica-INIQUI – Universidade Nacional de Salta – Argentina.

– Profª Célia Regina Monte Barardi – professora Associada 3 do Departamento de Microbiologia, Imunologia e Parasitologia, CCB – UFSC.

Patrocínio:

Ministério da Ciência e Tecnologia e CNPq

Apoio:

Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia e Biociências – CCB – UFSC.

Telefone: (48) 3721-9049 – FAX: (48) 3721-9258

Programa resumido:

Aulas teóricas:

– Principais vírus contaminantes do meio ambiente aquático;

– Principais técnicas utilizadas na desinfecção (depuração) de moluscos bivalves e de águas de cultivo;

– Técnicas de extração de ácidos nucléicos de tecidos de moluscos e de água do mar;

– Técnicas de PCR em tempo real para quantificação de vírus no ambiente aquático; preparo de Standards para PCR quantitativo pela técnica do Taqman e tratamento enzimático (DNAse/RNAse) para verificar viabilidade de vírus em amostras ambientais por métodos exclusivamente moleculares.

Aulas práticas:

Visita técnica a uma fazenda de cultivo de ostras e mexilhões, onde serão coletados os animais;

– Contaminação artificial dos moluscos bivalves que serão utilizados com os adenovírus humano sorotipo 2 (HAdV-2) como modelo de vírus de genoma DNA e com norovírus murino (MNV) como modelo de vírus de genoma RNA;

– Alocação dos moluscos bivalves em tanques de depuração acoplados com luz ultravioleta;

– Análise da água da depuradora e dos moluscos em tempos zero, 48h, 72h, e 144h pós-depuração: aprendizado prático de técnicas de processamento de moluscos, concentração de água do mar e extração de ácidos nucléicos para ensaios de QPCR; uso de tratamento enzimático para acessar viabilidade de vírus por técnicas de QPCR.

Outras informações: Célia R. M. Barardi:

Tags: cursodesinfecçãomoluscos marinhos