Laboratório do curso de Aquicultura da UFSC recebe Prêmio Expressão de Ecologia

03/08/2017 21:14

Um projeto do Laboratório de Biologia e Cultivo de Peixes de Água Doce (Lapad/Aquicultura/UFSC) foi premiado com o 24ª Prêmio Expressão de Ecologia durante o Fórum de Gestão Sustentável 2017, realizado no dia 28 de julho, na Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc).

Com o título “Conservação da Ictiofauna no Alto Uruguai”, o projeto foi desenvolvido em parceria com o Consórcio Itá, o Consórcio Machadinho e a Engie, promovendo um conjunto de ações para conservação da ictiofauna na área de abrangência das usinas hidrelétricas Itá e Machadinho. Os estudos se concentraram principalmente na conservação e no manejo do dourado (Salminus brasiliensis), do suruvi (Steindachneridion scriptum) e da piracanjuba (Brycon orbygnianus), espécies que são consideradas ameaçadas de extinção na região. O projeto é resultado de mais de uma década de pesquisa, tendo sido objeto de estudo de trabalhos de conclusão de curso, dissertações e teses, auxiliando na formação de recursos humanos.

O prêmio

O Prêmio Expressão de Ecologia foi criado em 1993 pela Editora Expressão, um ano após a Conferência Mundial do Meio Ambiente no Rio de Janeiro – Eco 92. A ideia da iniciativa é divulgar ações ambientais das empresas da região Sul do Brasil e incentivar que outras empresas sigam o mesmo caminho. Esta é a maior premiação ambiental do país no segmento empresarial com reconhecimento do Ministério do Meio Ambiente e tem como objetivo reconhecer as melhores práticas ambientais desenvolvidas no Sul do Brasil. Em 2017, o Prêmio Expressão de Ecologia contou com a participação de 109 projetos ambientais de empresas, ONGs, prefeituras e entidades.

Mais informações na página do Lapad.

Tags: AquiculturaCCAecologiaLaboratório de Biologia e Cultivo de Peixes de Água DoceLapadPremioUFSC

Nova conexão de internet no LAPAD do Centro de Ciências Agrárias

18/07/2013 14:16

A Superintendência de Governança Eletrônica e Tecnologia da Informação e Comunicação (SeTIC) da UFSC está em constante busca pelo melhor fornecimento de serviços a seus usuários. Desta forma, comunica que nesta quarta-feira, dia 17 de julho, foi ativada uma nova conexão de internet com o Laboratório de Biologia e Cultivo de Peixes de Água Doce (LAPAD), do Departamento de Aquicultura, Centro de Ciências Agrárias (CCA), aumentando a velocidade para 4 Mbps. Esta nova capacidade proporcionará o uso pleno da telefonia IP (VoIP) na unidade. Este é o resultado de uma parceria entre SeTIC/UFSC e a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), apoiados pelo PoP-SC/RNP (Rede Nacional de Pesquisa).
(mais…)

Tags: CCAinternetLapadSeTICUFSC

Livros da EdUFSC ensinam a cultivar peixes em reservas hidrelétricas

24/04/2013 13:47

Os aspectos do modelo de desenvolvimento econômico brasileiro sobre o meio ambiente são cientificamente previsíveis, mas inevitáveis na prática. O desafio é como mitigar ou compensar os estragos causados pela intervenção estatal ou privada.

O papel fundamental da universidade pública, através do ensino, da pesquisa e da extensão, pode ser avaliado ou avalizado com a leitura atenta de dois livros publicados pela Editora da Universidade Federal de Santa Catarina: Reservatório de Itá – estudos ambientais, desenvolvimento de tecnologias de cultivo e conservação da ictiofauna (2008); e Reservatório de Machadinho – peixes, pesca e tecnologias de criação (2012).
(mais…)

Tags: Alex Pires de Oliveira NuñerCCADepartamento de AquiculturaEdUFSCEvoy Zaniboni-FilhoLapadReservatório de ItáReservatório de MachadinhoUFSC

Evento discute resultados de pesquisas sobre peixes de água doce

06/08/2012 09:44

Estudos envolvendo o monitoramento de peixes no reservatório da Usina Hidrelétrica de Itá e na Lagoa do Peri, além de pesquisas sobre reprodução de peixes migradores e locais de crescimento de larvas na região do Alto Rio Uruguai estão entre os temas que serão abordados na sétima reunião técnica do Laboratório de Biologia e Cultivo de Peixes de Água Doce da UFSC.

As apresentações serão realizadas quinta e sexta-feira (dias 9 e 10 de agosto), no auditório do Departamento de Ciência e Tecnologia de Alimentos do Centro de Ciências Agrárias, no bairro Itacorubi.

Ligado ao Departamento de Aquicultura, desde 1995 o Lapad desenvolve estudos voltados ao manejo, conservação e cultivo de peixes da região do Alto Rio Uruguai, localizado entre os estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Entre as linhas de pesquisa da equipe está o monitoramento da ictiofauna, uma importante ferramenta para compreensão dos impactos causados por represas sobre populações de peixes.

Durante o encontro serão também apresentados resultados sobre avaliação da produção pesqueira, desenvolvimento de tecnologia de cultivo de peixes de água doce e sobre o zoneamento das usinas hidrelétricas de Itá e de Machadinho.

Veja programação

Mais informações: (48) 3389-5216
Sobre participação no evento: / (48)3389-5216 (com Ana Paula)

 

Tags: Lapadpeixes de água doceUFSC

Encontro discute resultados de pesquisas sobre peixes de água doce

01/08/2012 17:34

Estudos envolvendo o monitoramento de peixes no reservatório da Usina Hidrelétrica de Itá e na Lagoa do Peri, além de pesquisas sobre reprodução de peixes migradores e locais de crescimento de larvas na região do Alto Rio Uruguai estão entre os temas que serão abordados na sétima reunião técnica do Laboratório de Biologia e Cultivo de Peixes de Água Doce da UFSC.

As apresentações serão realizadas nos dias 9 e 10 de agosto, no auditório do Departamento de Ciência e Tecnologia de Alimentos do Centro de Ciências Agrárias, no bairro itacorubi.

Ligado ao Departamento de Aquicultura, desde 1995 o Lapad desenvolve estudos voltados ao manejo, conservação e cultivo de peixes da região do Alto Rio Uruguai, localizado entre os estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Entre as linhas de pesquisa da equipe está o monitoramento da ictiofauna, uma importante ferramenta para compreensão dos impactos causados por represas sobre populações de peixes.

Durante o encontro serão também apresentados resultados sobre avaliação da produção pesqueira, desenvolvimento de tecnologia de cultivo de peixes de água doce e sobre o zoneamento das usinas hidrelétricas de Itá e de Machadinho.

Veja programação

Mais informações: (48) 3389-5216
Sobre participação no evento: / (48)3389-5216 (com Ana Paula)

Arley Reis / Jornalista da Agecom / UFSC

Tags: Lapadpeixes de água doceUFSC