Laboratório de Moluscos Marinhos comunica os produtos excedentes para comercialização

08/03/2017 16:39

O Laboratório de Moluscos Marinhos (LMM), que integra o Departamento de Aquicultura do Centro de Ciências Agrárias (CCA/UFSC), comunica a disponibilidade de sementes de ostras do pacífico excedentes produzidas por sua unidade situada na Estação de Maricultura Professor Elpídio Beltrame (Servidão dos Coroas, 503, Barra da Lagoa). Em atendimento à Portaria Normativa No 68/2016/GR, de 23 de fevereiro, que regulamenta essa atividade no âmbito da UFSC, torna pública a oferta para comercialização do excedente que não foi aproveitado pelas unidades universitárias.

Encontra-se disponível para venda um lote de 2.620.000 sementes diploides de ostras do pacífico ao valor de R$ 20,00 o milheiro e um lote de 925.000 sementes triploides de ostra do pacífico ao valor de R$ 24,00 o milheiro. O Índice de triploidia verificado do lote foi de 56 %.

O valor do milheiro é baseado no histórico de custos do Laboratório de Moluscos Marinhos e no preço praticado por laboratório privado em Santa Catarina.

Mais informações no site do LMM, pelos telefones (48) 3721-6387 / (48) 3721-2709 ou pelo e-mail

Tags: Centro de Ciências AgráriasLaboratório de Moluscos Marinhosostrasostras do pacíficosementes de ostras do pacíficoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Laboratório de Moluscos Marinhos comunica os produtos excedentes para comercialização

21/02/2017 10:02

O Laboratório de Moluscos Marinhos (LMM), que integra o Departamento de Aquicultura do Centro de Ciências Agrárias (CCA/UFSC), comunica a disponibilidade de sementes de ostras do pacífico excedentes produzidas por sua unidade situada na Estação de Maricultura Professor Elpídio Beltrame (Servidão dos Coroas, 503, Barra da Lagoa). Em atendimento a Portaria Normativa No 68/2016/GR, de 23 de fevereiro, que regulamenta essa atividade no âmbito da UFSC, torna pública, então, a oferta para comercialização do excedente que não foi aproveitado pelas unidades universitárias.

Encontra-se disponível para venda um lote de 690.000 sementes diploides de ostras do pacífico ao valor de R$ 20 o milheiro e um lote de 325.000 sementes triploides de ostra do pacífico ao valor de R$ 24 o milheiro.

O valor do milheiro é baseado no histórico de custos do Laboratório de Moluscos Marinhos e no preço praticado por laboratório privado em Santa Catarina.

Mais informações no site do LMM, pelos telefones (48) 3721-6387 / (48) 3721-2709 ou pelo e-mail

Tags: CCACentro de Ciências AgráriasDepartamento de AquiculturaexcedentesLaboratório de Moluscos MarinhosLMMsementes de ostras do pacífico

Laboratório de Moluscos Marinhos comunica os produtos excedentes para comercialização

14/02/2017 09:22

O Laboratório de Moluscos Marinhos (LMM), que integra o departamento de Aquicultura do Centro de Ciências Agrárias (CCA/UFSC), comunica a disponibilidade de sementes de ostras do pacífico excedentes produzidas por sua unidade situada na Estação de Maricultura Professor Elpídio Beltrame (Servidão dos Coroas, 503, Barra da Lagoa). Em atendimento a Portaria Normativa No 68/2016/GR, de 23 de fevereiro de 2016, que regulamenta essa atividade no âmbito da UFSC, torna pública, então, a oferta para comercialização do excedente que não foi aproveitado pelas unidades universitárias.

Encontra-se disponível para venda um lote de 1.256.000 sementes de ostras do pacífico ao valor de R$ 20 o milheiro e um lote de 440.000 sementes triploides de ostra do pacífico ao valor de R$ 28 o milheiro. O valor do milheiro é baseado no histórico de custos do Laboratório de Moluscos Marinhos e no preço praticado por laboratório privado em Santa Catarina.

Mais informações na página do LMM, pelo e-mail  ou telefone (48) 3721-2709.

Tags: comercialização do excedenteDepartamento de AquiculturaLaboratório de Moluscos MarinhosLMMUFSC

Laboratório de Moluscos Marinhos comercializa sementes de ostras excedentes

10/02/2017 12:30

O Laboratório de Moluscos Marinhos (LMM) que integra o Departamento de Aquicultura do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal de Santa Catarina (CCA/UFSC) comunica a disponibilidade de sementes de ostras do pacífico excedentes. Em atendimento à Portaria Normativa Nº 68/2016/GR, que regulamenta essa atividade no âmbito da UFSC, o laboratório torna pública a oferta para comercialização do excedente que não foi aproveitado pelas unidades universitárias.

Estão disponíveis para venda um lote de 1,256 milhão de sementes de ostras do pacífico ao valor de R$ 20 o milheiro e um lote de 440 mil sementes triploides de ostra do pacífico ao valor de R$ 28,00 o milheiro. O valor do milheiro é baseado no histórico de custos do LMM e  no preço praticado por laboratórios privados em Santa Catarina. As sementes foram produzidas pela unidade de pesquisa, extensão e ensino, situada na Estação de Maricultura Prof. Elpídio Beltrame, na Servidão dos Coroas, 503, Barra da Lagoa, Florianópolis.

Interessados devem entrar em contato com Claudio Blacher pelos telefones (48) 3721-2709 ou 9 9972 2791, ou pelos e-mails  ou

O pagamento deve ser efetuado por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU). As entregas dos produtos deverão ser agendadas com antecedência para que possa ser providenciada a Guia de Transporte Animal (GTA). O transporte só acontecerá com a apresentação de comprovante de pagamento.

Tags: CCACentro de Ciências AgráriasLaboratório de Moluscos MarinhosLMMostrassementes de ostra

Laboratório de Moluscos Marinhos divulga produtos excedentes para venda

24/01/2017 11:13

O Laboratório de Moluscos Marinhos (LMM), que integra o Departamento de Aquicultura do Centro de Ciências Agrárias (CCA), comunica a disponibilidade de sementes de ostras do pacífico excedentes produzidas por sua unidade de pesquisa, extensão e ensino, situada na Estação de Maricultura Professor Elpídio Beltrame, na Servidão dos Coroas, 503, Barra da Lagoa. A oferta para comercialização do excedente que não foi aproveitado pelas unidades universitárias atende a Portaria Normativa No 68/2016/GR, de 23 de fevereiro, que regulamenta essa atividade no âmbito da UFSC.

Está disponível para venda um lote de 3.010.000 sementes de ostras do pacífico ao valor de R$ 20 o milheiro. O valor do milheiro é baseado no histórico de custos do Laboratório de Moluscos Marinhos e no preço praticado por laboratório privado em Santa Catarina.

Mais informações pelo telefone (48) 3721 2709.

Tags: comercialização do excedenteLaboratório de Moluscos MarinhosLMMsementes de ostrasUFSC

Laboratório de Moluscos Marinhos comercializa sementes de vieiras excedentes

12/01/2017 10:24

O Laboratório de Moluscos Marinhos (LMM) que integra o Departamento de Aquicultura do Centro de Ciências Agrárias (CCA/UFSC) comunica a disponibilidade de pré-sementes de vieiras excedentes. Em atendimento a Portaria Normativa No 68/2016/GR, de 23 de fevereiro, que regulamenta essa atividade no âmbito da UFSC, torna pública, então, a oferta para comercialização do excedente que não foram aproveitados pelas unidades universitárias.

Está disponível para venda um lote de 130 mil pré-sementes de vieras ao valor de R$ 35,00 cada milheiro. O valor do milheiro é baseado no histórico de custos do Laboratório de Moluscos Marinhos e no preço praticado por laboratório privado no Rio de Janeiro.

As sementes foram produzidas pela unidade de pesquisa, extensão e ensino, situada na Estação de Maricultura Prof. Elpídio Beltrame, na Servidão dos Coroas, 503, Barra da Lagoa, Florianópolis.

Interessados devem entrar em contato com Claudio Blacher pelos telefones (48) 3721-2709 ou 9 9972-2791, ou pelos e-mails ou

O pagamento deve ser efetuado por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU). As entregas dos produtos deverão ser agendadas com antecedência para que possa ser providenciada a Guia de Transporte Animal (GTA). O transporte só acontecerá com a apresentação de comprovante de pagamento.

 

Tags: excedentesLaboratório de Moluscos MarinhosUFSCUniversidade Federal de Santa Catarinavieiras

Laboratório de Moluscos Marinhos comercializa sementes de ostras excedentes

06/01/2017 12:40

Coleta de amostras. Fotos: Labtox

O Laboratório de Moluscos Marinhos (LMM) que integra o Departamento de Aquicultura do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal de Santa Catarina (CCA/UFSC) comunica a disponibilidade de sementes de ostras do pacífico excedentes. Em atendimento à Portaria Normativa Nº 68/2016/GR, que regulamenta essa atividade no âmbito da UFSC, o laboratório torna pública a oferta para comercialização do excedente que não foi aproveitado pelas unidades universitárias.

Estão disponíveis para venda um lote de 1,570 milhão de sementes de ostras do pacífico ao valor de R$ 20 o milheiro. O valor do milheiro é baseado no histórico de custos do LMM e  no preço praticado por laboratórios privados em Santa Catarina. As sementes foram produzidas pela unidade de pesquisa, extensão e ensino, situada na Estação de Maricultura Prof. Elpídio Beltrame, na Servidão dos Coroas, 503, Barra da Lagoa, Florianópolis.

Interessados devem entrar em contato com Claudio Blacher pelos telefones (48) 3721-2709 ou 9 9972 2791, ou pelos e-mails  ou

O pagamento deve ser efetuado por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU). As entregas dos produtos deverão ser agendadas com antecedência para que possa ser providenciada a Guia de Transporte Animal (GTA). O transporte só acontecerá com a apresentação de comprovante de pagamento.

 

Tags: CCACentro de Ciências AgráriasLaboratório de Moluscos MarinhosLMMostrassementes de ostra

Na mídia: pesquisadores da UFSC cultivam vieiras na praia do Sambaqui

18/01/2012 15:44

Um grupo de moradores da praia do Sambaqui estava de mudança nesta quarta-feira. As vieiras cultivadas lá pelos pesquisadores da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) foram retiradas e serão levadas para Porto Belo. Lá elas vão passar de sementes a vieiras adultas. Espera-se que elas gostem da mudança, já que foram cultivadas com tanto carinho pela equipe da professora Marisa Bercht.

Bióloga, ela faz parte do Laboratório de Moluscos Marinhos (LLM) da UFSC desde 1996. O projeto, que começou em 1990, buscava soluções para o cultivo de ostras em grande escala em Florianópolis. Esse objetivo foi atingido há muitos anos e hoje a ostra da Ilha é considerada a melhor do Brasil.

— O Laboratório fez reformas de expansão e diversificou a linha de pesquisas. Hoje nós trabalhamos não só com duas espécies de ostras, mas com mexilhão, berbigão, polvo e vieiras — explica Marisa.

A pesquisadora, que se diz completamente apaixonada pelo que faz, afirma que as vieiras são consideradas o filé mignon do mar por serem muito saborosas e ainda por cima extremamente saudáveis.

— Nós estamos desenvolvendo uma técnica para produção em larga escala — explica.

As vieiras ainda são muito difíceis de encontrar, e por isso mesmo muito caras. A intenção é estabelecer o ambiente ideal para crescimento do molusco.

— Isso passa por muita tecnologia, vai desde resfriamento da água até maneiras de fazer com que as vieiras entrem na maturação.

Atualmente Florianópolis é a única região que produz semente de ostras no país.

— O governo investiu para formar novos produtores, mas é uma área de pesquisa muito dura. Nós temos que estudar, fazer pesquisa e trabalhar sete dias por semana para cuidar dos cultivos. E às vezes você faz o melhor que pode e dá uma contaminação no cultivo e você perde tudo. Só por amor mesmo que as pessoas ficam nessa área. Nem empresas privadas deram conta de desenvolver essas técnicas.

Para Marisa, a satisfação de estar criando novas maneiras de produção se une à de saber que os mariscos vão ser úteis como alimento.

Também existe produção de vieiras na Barra da Lagoa, Santo Antônio de Lisboa e Cacupé.

 

Por Roberta Ávila/ Diário Catarinense

Tags: Laboratório de Moluscos Marinhos
  • Página 3 de 3
  • 1
  • 2
  • 3