Evento celebra 40°aniversário da independência de Guiné-Bissau

05/09/2013 15:03

A Associação dos Estudantes Guineenses no Estado de Santa Catarina (AEGUISC), com o apoio da Secretaria de Relações Internacionais (Sinter), promove o evento em homenagem ao 40° aniversário da independência de Guiné-Bissau, com o objetivo de divulgar a cultura e promover a reflexão da atual conjuntura sociopolítica do país.

O evento será no dia 27 de setembro, das 14 às 18 horas, no auditório do Centro de Ciências da Educação (CED), campus Trindade da UFSC, e será gratuito e aberto à comunidade universitária.

No dia 28 de setembro, a partir das 21 horas, na Associação Novo Horizonte, será a festa de celebração ao aniversário do país. Para adquirir ingressos deve-se entrar em contato com o organizador: Yuri Tavares – 8435-9764 |

40º Aniversário da Independência de Guiné-Bissau

Programação

HORÁRIO

ATIVIDADES

14:00 – 14:15

Abertura solene do evento – Hino nacional da Guiné-Bissau

14:15 – 15:00

Palestra ministrada por Luiz Carlos Pinheiro Machado Filho, Secretário de SINTER/UFSC.

Tema: Problemática e desafios dos estudantes do PEC-G e PEC-PG

Moderador: Mamadu Djalo

15:00 -15:30

Espaço reservado à participação

 15:30 – 16:20

Palestra ministrada por Mauricio Serva, Pós-Doutorado em Administração – CPGA/UFSC.

Tema: Desenvolvimento Territorial Sustentável

Moderador: João da Silva

16:20 – 16:50

Espaço reservado à participação

16:50 – 17:50

Exibição de vídeo

17:50 -18:10

Coffee Break

Mais informações:

Organizador do evento: Yuri Tavares – (48) 8435-9764 |

Tags: Guiné-BissausinterUFSC

Gestão ambiental na Guiné-Bissau

10/04/2012 10:33

Alunos guineenses do Programa Estudante Convênio de Graduação e Pós-Graduação (PEC-G e PEC-PG), com apoio da Secretaria de Relações Institucionais e Internacionais – Sinter, promovem nos próximos dias 12 e 13, das 9 às 12 e das 14h30min às 16h30min, no auditório do Centro das Ciências Jurídicas da UFSC (CCJ), o workshop “Gestão ambiental urbana – desafios e possibilidades no âmbito de cooperação Brasil – Guiné-Bissau.

Na pauta, gestão ambiental urbana na Guiné-Bissau – em especial Bissau capital; educação ambiental nas escolas e nos Bairros como instrumento de gestão ambiental; saneamento como problemas de Saúde Pública e sua implicação para a população mais carente; A agroecologia como instrumento de desenvolvimento, de geração de emprego e renda na esfera local e regional; Plano diretor como instrumento de gestão pública de problemas socioambientais de uma determinada cidade; O Papel das Políticas Públicas de Educação, Saúde e Meio Ambiente na promoção de saúde ecossistêmica urbana; Desenvolvimento sustentável, pobreza e situação politica na Guiné –Bissau; a formação de grupos de trabalhos entre estudantes africanas e a comunidades acadêmica; apresentação dos resultados por grupos construídos entre brasileiros e africanos participantes.

Mais informações pelo fone (48) 3721-8739, .

Tags: gestãoGuiné-BissauUFSC

Universidade discute relação entre Brasil e Guiné-Bissau

17/11/2010 12:28

Estudantes da África terão nesta quarta, 17/11, a oportunidade de conversar com a comunidade acadêmica da UFSC sobre a relação entre um país sul-americano e um país africano. O evento Gestão ambiental urbana: desafios e possibilidades de cooperação Brasil – Guiné-Bissau, organizado pelo Núcleo Transdisciplinar de Meio Ambiente e Desenvolvimento (NDM), tem como objetivo principal buscar propostas concretas de intervenção no cenário contemporâneo da Guiné-Bissau. O encontro tem início às 18h no Auditório da Reitoria.

O encontro pretende oferecer um diagnóstico sobre a problemática socioamebiental da Guiné, apresentar relatos de experiências de pesquisas em curso na universidade  sobre o binômio “desenvolvimento e meio ambiente”  no continente africano e avaliar oportunidades e obstáculos à  criação e implementação de projetos inovadores de pesquisa-ação em ecologia urbana na capital Bissau.

A UFSC oferece dois tipos de programa para recepção de alunos africanos. O Programa Estudo-Convênio de Graduação (PEC-G) possibilita que os alunos estrangeiros completem o curso de graduação escolhido. Atualmente existem em torno de 60 estudantes de diversos países da África pela Universidade. Outro programa de estudo-convênio é o PEC-PG, que mantém 19 alunos em cursos de pós-graduação, como Direito, Engenharia Química e Geografia.

Mais informações com Francisco Wambar pelo e-mail

Por Murilo Bomfim/ Bolsista de Jornalismo na Agecom

Tags: Guiné-Bissaundmnúcleo transdisciplinar de meio ambiente e desenvolvimentopec-pgprograma estudo-convênio de graduação pec-g