Universidade discute relação entre Brasil e Guiné-Bissau

17/11/2010 12:28

Estudantes da África terão nesta quarta, 17/11, a oportunidade de conversar com a comunidade acadêmica da UFSC sobre a relação entre um país sul-americano e um país africano. O evento Gestão ambiental urbana: desafios e possibilidades de cooperação Brasil – Guiné-Bissau, organizado pelo Núcleo Transdisciplinar de Meio Ambiente e Desenvolvimento (NDM), tem como objetivo principal buscar propostas concretas de intervenção no cenário contemporâneo da Guiné-Bissau. O encontro tem início às 18h no Auditório da Reitoria.

O encontro pretende oferecer um diagnóstico sobre a problemática socioamebiental da Guiné, apresentar relatos de experiências de pesquisas em curso na universidade  sobre o binômio “desenvolvimento e meio ambiente”  no continente africano e avaliar oportunidades e obstáculos à  criação e implementação de projetos inovadores de pesquisa-ação em ecologia urbana na capital Bissau.

A UFSC oferece dois tipos de programa para recepção de alunos africanos. O Programa Estudo-Convênio de Graduação (PEC-G) possibilita que os alunos estrangeiros completem o curso de graduação escolhido. Atualmente existem em torno de 60 estudantes de diversos países da África pela Universidade. Outro programa de estudo-convênio é o PEC-PG, que mantém 19 alunos em cursos de pós-graduação, como Direito, Engenharia Química e Geografia.

Mais informações com Francisco Wambar pelo e-mail

Por Murilo Bomfim/ Bolsista de Jornalismo na Agecom

Tags: Guiné-Bissaundmnúcleo transdisciplinar de meio ambiente e desenvolvimentopec-pgprograma estudo-convênio de graduação pec-g