Teatro da UFSC recebe ‘Habite-me’, espetáculo de formas animadas neste sábado

27/09/2019 17:00

O Teatro da UFSC recebe “Habite-me”, dia 28 de setembro, sábado, às 20h, gratuito e aberto à comunidade. Co-produção de Cia. do Brasil e do Canadá, o espetáculo de teatro de formas animadas, máscaras e dança, mescla corpo vivo e corpos inanimados que se habitam na busca de uma completude insólita e labiríntica. Trabalho solo da atriz Carolina Garcia, com direção de Paulo Balardim. A apresentação integra a Mostra Oficial do Floripa Teatro – 24º Festival Isnard Azevedo, realizado em parcerias com instituições e espaços culturais da cidade. A apresentação na Universidade tem parceria com o Departamento Artístico Cultural (DAC)/SeCArte).

Projeto com parceria internacional

Mulher com Criança “Habite-me”. Foto: Paulo Balardim

O trabalho iniciou por meio de um programa-piloto de pesquisa e criação para atores-animadores profissionais do Québec (Canadá) e do Brasil, numa parceria entre Conseil des Arts de Montréal (CAM), Festival Casteliers e l’arrondissement d’Outremont em colaboração com o Espaço de Residência Artística Vale Arvoredo (Morro Reuter/RS). O projeto de Carolina Garcia, contemplado nesse programa-piloto, começou em Québec, em janeiro de 2017, ocasião em que a ele somaram-se as participações de Émilie Racine, artista plástica e marionetista, Laurence Castonguay, especialista em mimo corpóreo e professora da Université du Québec à Montréal (UQÀM), e Paulo Balardim, diretor e professor da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC).

No decorrer de 2017, a pesquisa aprofundou-se, e, em janeiro de 2018, foi iniciada a construção do espetáculo, com nova parceria internacional que propiciou a vinda das artistas canadenses para o Brasil. Nessa altura, novos artistas foram incorporados ao processo: a pesquisa de objetos para a ação, do artista plástico Élcio Rossini (Porto Alegre/RS) contribuiu com a presença de infláveis que possibilitaram novos signos à cena; com músicas originais de Tuur Forizoone (Bruxelas/Bélgica) os figurinos de Cristina Lisot (Caxias do Sul/RS) colaboraram para a unidade do conjunto.
O espetáculo realizou residência no Festival de Máscaras do Cariri/Ceará, fazendo uma residência de sete dias unindo os profissionais do Brasil e do Canadá, com uma apresentação aberta ao público. Em 2019, em maio, realizou uma apresentação no Encontro PROVOCAÇÃO no CEART-UDESC/SC); em agosto, fez temporada do SESC Copacabana, no Rio de Janeiro.

(mais…)

Tags: 24º Festival Isnard AzevedoDAC/SeCArteHabite-meTeatro UFSCUFSC

Espetáculo ‘Penas pra que te quero’ no Teatro da UFSC, dias 7 e 8 de dezembro

06/12/2018 11:06

O espetáculo ‘Penas pra que te quero’, com o grupo teatral Segue Reto Toda Cena, será apresentado no Teatro da UFSC (ao lado da Igrejinha), nos dias 7 e 8 de dezembro, às 19 horas. A montagem é resultado de projeto de extensão em teatro do Colégio de Aplicação da UFSC, com estudantes do colégio e pessoas da comunidade. Os ingressos para o espetáculo não possuem um valor estimado, mas o grupo conta com a ajuda de todos através de uma contribuição espontânea.

Sinopse

Uma visita inesperada, anunciada por eventos e sonhos estranhos, cai no quintal de um casal de idosos em meio a uma tempestade. A pequena cidade, num país qualquer da América Latina, jamais imaginou que algo assim aconteceria. O que fazer com esse estranho ser? Seria ele uma benção? Ou uma maldição, talvez. Traria ele mais felicidade ou mais problemas para a pequena cidade? O espetáculo é uma criação coletiva criada a partir do conto de Gabriel Garcia Marquez chamado “Um senhor muito velho com umas asas enormes”, de 1968.
(mais…)

Tags: Colégio de Aplicação da UFSCPenas pra que te queroTeatro UFSCUFSC

Teatro da UFSC apresenta espetáculo ‘Hipotermia’ entre os dias 3 e 5 de agosto

31/07/2018 10:04

Foto: divulgação

O Teatro da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) recebe de 3 a 5 de agosto o espetáculo “Hipotermia”, do “Grupo de Teatro Sim… Por Que Não?!!!”. As apresentações terão início às 20 horas e integra o Projeto Cena Aberta do Departamento Artístico Cultural (DAC)/SeCArte da UFSC. A bilheteria estará aberta a partir das 17 h, nos dias das apresentações, com ingressos a preço de R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia-entrada).

Hipotermia é um espetáculo solo interpretado pelo ator Nazareno Pereira, que se lançou a este desafio em comemoração aos seus 30 anos de palco. A estreia aconteceu em setembro de 2014 no Teatro da UBRO, em Florianópolis. O texto de Max Reinert foi escrito durante uma Oficina de Dramaturgia do SESI Curitiba, orientada pelo dramaturgo e diretor teatral Roberto Alvim.
(mais…)

Tags: Grupo Teatro Sim... Por Que Não?!!HipotermiaTeatro UFSCUFSC

Peça ‘Guerreiras Donzelas’ será apresentada nesta quarta em duas sessões no Teatro UFSC

18/07/2018 09:13

A peça “Guerreiras Donzelas”, montagem do grupo de teatro “Mulheres em Cena”, será apresentada no dia 18 de julho, quarta-feira, em duas sessões, às 12h30 e às 15h, no palco do Teatro da Universidade Federal Santa Catarina (UFSC), ao lado da Igrejinha da UFSC. Os ingressos são gratuitos e serão distribuídos na bilheteria do Teatro meia hora antes do início de cada sessão. A apresentação é aberta ao público, com classificação indicativa a partir dos seis anos de idade.

“Guerreiras Donzelas” baseia-se nas histórias de Joana d’Arc e Hua Mulan. A peça narra — por meio de dança, canto, música pentatônica, artes marciais e teatro de animação — a jornada heroica desses mitos da libertação feminina. A música ao vivo recria a estética do teatro oriental mesclando-a à narrativa ocidental.

Esta apresentação integra a Programação Cultural do 18º International Union of Anthropological and Ethnological Sciences (IUAES): Congresso Mundial de Antropologia.
(mais…)

Tags: arte e culturaIAUESSeCArteTeatro da UFSCTeatro UFSCTV UFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Aula aberta de Danças Circulares nesta quinta

18/11/2015 15:07

O oficina de Danças Circulares, atividade do projeto “Cursos e oficinas livres de Arte” do Departamento Artístico-Cultural (DAC) da Secretária de Cultura (SeCult) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), realiza uma aula aberta nesta quinta-feira, dia 19, às 10h, no Teatro da UFSC.

A comunidade universitária e externa poderá acompanhar o andamento das atividades, tirar dúvidas e conferir uma aula de dança. As oficinas são ministradas pelas focalizadoras – como são conhecidas as orientadoras de danças – Cida Garcia e Terezinha Bianchini Derner, professora aposentada da UFSC.

As Danças Circulares são uma prática milenar, símbolo da vida comunitária, de integração e celebração dos povos primitivos, que vem sendo resgatada a cada ano. Destinadas às pessoas que buscam o autoconhecimento, a saúde física, mental, emocional e espiritual, o lazer ativo, o aprimoramento artístico-cultural, a convivência pacifica e amorosa e a celebração da vida, as Danças Circulares contemplam o homem com um todo, abrangendo os aspectos físicos, emocionais, mentais e transcendentais. Aplicadas de forma pedagógica, desenvolvem a lateralidade, a coordenação motora, a consciência corporal, o ritmo, a orientação espacial, a memorização, a concentração, a atenção e a disciplina. No emocional elas dissolvem tensões, fortalecem a auto-estima, favorecem a cooperação, conduzem à integração, promovem a inclusão e o respeito. São inclusivas, pois as danças acolhem a todos, independentemente de idade, sexo, cultura, nível de escolaridade, nível social. 
(mais…)

Tags: danças circularesTeatro UFSCUFSC

7º FITA: programação desta terça-feira

25/06/2013 08:24

Espetáculo “O Trenzinho Villa-Lobos”, às 10h, no Teatro da UFSC

A 7ª edição do Festival Internacional de Teatro de Animação (FITA) começou neste domingo, dia 23 de junho, e vai até sábado, dia 29, em Santa Catarina, com 14 espetáculos na grade de programação. O emblemático boneco, símbolo do Festival, o FITA, receberá a visita de máscaras, bonecos e sombras e mais uma gama de objetos instigantes, capazes de provocar, divertir e fazer sonhar adultos e crianças. A programação completa, locais das apresentações, ingressos e mais informações podem ser encontradas no site do evento: www.fitafloripa.com.br

Nesta terça-feira, o Teatro da UFSC recebe o espetáculo O Trenzinho Villa-Lobos, às 10h, da Cia. Articularte Teatro de Bonecos (São Paulo). A peça A Cortina da Babá, do Grupo Sobrevento (São Paulo) subirá ao palco, às 15h, no Centro de Cultura e Eventos da UFSC.

(mais…)

Tags: 7º FITACentro de Cultura e Eventos da UFSCProgramaçãoTeatro UFSCUFSC

Espetáculo “Flor das águas” tem apresentações no Teatro da UFSC

16/11/2012 15:58

A poética do sagrado feminino, do ventre do corpo e do ventre da Terra é a temática abordada na peça “Flor das águas”, com apresentações no Teatro da UFSC, nos dias 16, 17 e 18 de novembro. As apresentações são às 20h, exceto no dia 16, que será às 21h. O enredo do espetáculo fala da cultura brasileira de mitologia sobre as Deusas do mar, do lago, da chuva, do rio e da cachoeira.

(mais…)

Tags: DACFlor das águasTeatro UFSC

Teatro da UFSC recebe Monólogo de Miguel

19/04/2012 16:31

Apresentação faz parte da Semana Clarice

O Teatro da UFSC recebe a breve cena “Monólogo de Miguel”, nos dias 20 e 21 de abril, sexta e sábado, às 20 horas. A apresentação faz parte da programação da Semana Clarice, e é uma forma de tributo à sensibilidade e ousadia da notável escritora Clarice Lispector, umas das autoras mais lidas no Brasil. A Semana é uma realização do Programa de Ensino Tutorial de Letras (PET) da UFSC.

A dramaturgia da peça gira em torno de um escritor que, ao tentar escrever sobre a ira, descobre a dimensão de seus traumas de infância. A realidade e a ficção se entrelaçam para que ele descubra quem ele é e a profundidade da amargura que carrega.

Depois de ser apresentada como ensaio aberto na IV Semana Ousada de Artes da UFSC/Udesc, e ter a estreia no 4º Festival de Breves Cenas de Teatro de Manaus, como único representante catarinense no evento, ocorrido em março último, esta é primeira vez que a peça é apresentada em Florianópolis.

A peça foi escolhida para o festival de Manaus, segundo a curadoria nacional do evento, devido à “diversidade da obra, valores estéticos e artísticos, bem como a representatividade do objeto de arte em questão, somada a sua originalidade, riqueza de linguagem, valorização da pesquisa e o seu potencial de diálogo estético travado com o público e artistas”.

Monólogo de Miguel, da companhia catarinense Apatotadoteatro, em parceria com o NELLOL (Núcleo de Estudos de literatura, Oralidade e Outras Linguagens/UFSC), tem texto de Jorge Luiz Miguel e direção de Gustavo Bieberbach e Ricardo Goulart. O monólogo tem a participação das atrizes Carol Boabaid e Fabiana Aidar e a expressiva atuação da atriz Ilze Körting, formanda do Curso de Artes Cênicas da UFSC, que também atua na peça.

A dramaturgia é densa e verdadeira, mexe com o sentir, toca com profundidade. Como Clarice bem disse: “pensar é o ato, sentir é o fato”. Segundo a atriz Ilze Körting: “Clarice nos marcou com sua força, ternura e sensibilidade, por isso dedicaremos o nosso trabalho para ela”.

SERVIÇO:

O QUÊ: Apresentação da breve cena teatral “Monólogo de Miguel”

QUANDO: Dias 20 e 21 de abril de 2012, sexta e sábado, às 20 horas.

ONDE: Teatro da UFSC, ao lado da Igrejinha. Praça Santos Dumont, Trindade, Florianópolis – SC

QUANTO: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia)

DURAÇÃO: 30 minutos

CONTATO: (48) 9105-5939 –

Mais sobre Semana Clarice em:

http://noticias.ufsc.br/2012/04/13/semana-clarice-tem-inscricoes-prorrogadas-ate-dia-16/

O Teatro da UFSC faz parte do Departamento Artístico Cultural (DAC), da Secretaria de Cultura e Arte (SeCArte), da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) – www.dac.ufsc.br 

Fonte: [CW] DAC.SECARTE.UFSC, com material da produção.

Tags: Teatro UFSC

“Ontem, uma lembrança…” retorna ao Teatro da UFSC

13/04/2012 16:57

Produção do Grupo de Teatro do Núcleo Espírita de Artes (NEA)

Retorna ao palco do Teatro da UFSC a peça “Ontem, uma lembrança…”, que será apresentada nos dias 14 e 15 de abril (sábado e domingo) às 20 horas (no sábado) e às 19 horas (no domingo). O ingresso custa R$ 14 (inteira) e R$ 7 (meia).

Produção do Grupo de Teatro do Núcleo Espírita de Artes (NEA), de Florianópolis, a peça estreou em junho de 2009, no Teatro da UFSC, e foi apresentada várias vezes na região, no Teatro Álvaro de Carvalho e no Teatro Adolfo Melo, e representou o Estado de Santa Catarina na 8ª Mostra Brasileira de Teatro Transcendental, que ocorreu em agosto de 2010, em Fortaleza, Ceará.

Ontem, uma lembrança…

1970: Rosana, uma jovem tímida e introspectiva, mora numa casa antiga, num bairro isolado. A vida é preenchida pela amizade de apenas um amigo, João, seu companheiro de escola e juventude.

Anos 20: naquela mesma casa, viveu Milosz, um soldado polonês, ex-combatente, que veio para o Brasil com os traumas da guerra, da perda dos dois melhores amigos e o abandono da mulher.

Em meio às duas histórias, que se intercalam, uma personagem misteriosa: Marta. Ela pode ser o elo entre aquelas vidas tão distantes no tempo, mas tão próximas nos conflitos e sofrimentos.

Peça estreou em junho de 2009, no Teatro da UFSC

Da paixão desenfreada à libertação pelo amor! Onde está a linha de separação entre esses sentimentos extremos?

Ficha Técnica:

Texto: Rogério da Silva

Direção: Ana Luz

Elenco: Ricardo Oliveira, Vivian Françosi, Luana Amorim e Eduardo Silva

SERVIÇO:

O QUÊ: Peça teatral “Ontem, uma lembrança…”

QUANDO: Dias 14 e 15 de abril de 2012 (sábado e domingo)

HORÁRIO: 20 horas (sábado); 19 horas (domingo).

ONDE: Teatro da UFSC, ao lado da Igrejinha, Praça Santos Dumont, Trindade, Florianópolis-SC

QUANTO: O ingresso custa R$ 14 (inteira) e R$ 7 (meia)

CONTATO: (48) 8813-9222 (Eduardo) / (48) 9971-0169 (Rogério)

Visite www.dac.ufsc.br

Fonte: [CW] DAC – SECARTE.UFSC, com material da produção.

Tags: DACTeatro UFSC

Espetáculo “A mãe do Patinho Feio” em cartaz no Teatro da UFSC

07/10/2011 10:51

Em comemoração ao Dia das Crianças, o grupo teatral Os Bruxos da Corte apresenta o espetáculo “A mãe do Patinho feio”, nos dias 8 e 9 de outubro, sábado e domingo, às 16 horas, no Teatro da UFSC, ao lado da Igrejinha. O ingresso para a peça custa R$ 20,00 a inteira e R$10,00 para crianças, idosos, estudantes e professores. Ao final da apresentação haverá um debate com a plateia sobre os temas preconceito e exclusão social.

De forma didática e divertida, “A mãe do Patinho feio”, que tem 40 minutos de duração, aborda temas sociais, e conta a história de uma pata que adota patinhos excluídos – um pato feio e um pato preto. Porém, na vizinhança há uma dupla de peruas fofoqueiras que tentarão distorcer as ações da patinha-mãe. A sorte desse Patinho Feio muda quando aparece em seu caminho um Pato Fashion.

Conteúdo pedagógico

– Exclusão social e violência

– Preconceito

– “Ditadura estética” e padrões

– As minorias / o diferente

– Gancho de nome “Einstein” e “Aristóteles”

Histórico

“A mãe do Patinho feio” estreou em 2006 e fez apresentações até 2009, e tem sua reestreia em outubro de 2011 para as comemorações do dia das crianças. A peça fez parte do projeto Teatro na Escola, onde foi apresentada a milhares de alunos de mais de cem colégios de nove municípios catarinenses. “A mãe do Patinho feio” também fez diversas temporadas no Teatro Adolfo Mello e no Teatro da Ubro, além de se apresentar em festivais e feiras culturais de diversos municípios.

SERVIÇO

O QUÊ: Apresentação do espetáculo “A mãe do Patinho Feio”

QUANDO: Dias 8 e 9 de outubro de 2011, sábado e domingo, às 16 horas

ONDE: Teatro da UFSC, ao lado da Igrejinha, Praça Santos Dumont, Trindade, Florianópolis

QUANTO: R$ 20,00 a inteira e R$10,00 a meia (meia-entrada para crianças, idosos, classe artística, estudantes e professores)

CONTATO: Produção: (48) 9618-8199; www.osbruxosdacorte.blogspot.com

O Teatro da UFSC faz parte do Departamento Artístico Cultural, da Secretaria de Cultura e Arte, da Universidade Federal de Santa Catarina – visite www.dac.ufsc.br

Fonte: Rafael Gomes – Acadêmico de Jornalismo, Assessoria de Imprensa do Departamento Artístico Cultural (DAC): SECARTE: UFSC

Tags: Teatro UFSC

Espetáculo Viandeiros se apresenta no Teatro da UFSC

29/09/2011 16:00

O espetáculo Viandeiros, vencedor de três prêmios – espetáculo, figurino e sonoplastia – no 17º Concurso Nacional de Monólogos de Festival de Teatro de Teresina, em 2009, se apresenta nos dias 30 de setembro e 1 e 2 de outubro, sempre às 20 horas, no Teatro da UFSC, ao lado da Igrejinha. Os ingressos custam R$ 20,00 a inteira e R$10,00 a meia

(mais…)

Tags: Espetáculo ViandeirosTeatro UFSC

Teatro da UFSC recebe reestreia da peça “Quatro”

16/03/2011 18:02

O Teatro da UFSC recebe a reestreia da peça “Quatro”, nos dias 18, 19, 20, 25, 26, 27 de março, de sexta-feira a domingo, sempre às 20 horas. Quatro é um texto escrito pelo dramaturgo catarinense Márlio Silveira da Silva, montado na década de 1990 pelo Grupo A, que reestreia este ano pelo Grupo Círculo com direção de Christiano Scheiner.

A peça narra a trajetória metateatral de quatro personagens em busca de satisfazer seus desejos mais íntimos, que se entrecruzam num jogo cômico e surreal. De maneira irônica e absurda, é um texto que trata da perseguição dos desejos de cada um e o que isso pode os tornar. O autor, Márlio Silveira da Silva, mora atualmente em Amsterdã e é esperado nessa reestreia do seu espetáculo.

Grupo Círculo

A primeira formação do Grupo Círculo foi em 1999, época em que foi montada a peça “A fome em três atos” dirigida por Gláucia Grígolo, do autor Christiano Scheiner. Dessa formação, os artistas seguiram para outros grupos e cidades, inclusive o autor. Dez anos depois, Christiano Scheiner retoma o nome Grupo Círculo para sua primeira direção com o texto próprio Pequeno Monólogo de Julieta e com a atriz Gilca Rigotti, que estreou em 2009 e continua se apresentando nos palcos e espaços catarinenses.

O Grupo Círculo passou, então, a ter uma característica de reunir artistas diferentes em um mesmo projeto. Em 2010, é reunida nova formação para o projeto Quatro, em que o autor Márlio Silveira da Silva, apoiou solidariamente com o processo de montagem, correspondendo-se de Amsterdã com Christiano Scheiner, e foi reunido mais um elenco com os atores: Aline Maya e Murillo Magalhães formados em Artes Cênicas pela UDESC e Juliana Lourenção e Saulo França Rosa, estudantes de Cinema da UFSC que estreiam em seu primeiro espetáculo. Desta forma, outra característica que surge no Grupo Círculo, idealizado por Christiano Scheiner, é permanecer montando peças de autoria de catarinenses vivos.

Márlio Silveira da Silva mora desde 1992 em Amsterdã, mas mantêm contínuo contato com artistas de Santa Catarina, sobretudo aqueles que participaram do antigo Grupo A de Teatro, entre outros. Em Amsterdã produz projetos pessoais em vídeo tendo participado de vários festivais europeus de vídeo. Continua escrevendo poemas e peças teatrais. O espetáculo não conta com patrocínio, nem leis de incentivo, e foi realizado com recursos da própria equipe, porém teve o apoio do Supermercado Hippo e da ARCO Projetos em Arte.

Sobre Quatro

A peça conta a história de um funcionário público que quer alcançar a fama escrevendo peças de teatro para serem montadas pela Associação dos Jovens Católicos de Florianópolis de 1959. Ele conhece Nilza, que deseja simplesmente uma vida normal, ter filhos e sua casa. Nilza lhe empresta um livro para poder ajudá-lo na trama desenvolvida, com o personagem Vampiro da história que lê, o Ivan. Mauro coloca Ivan no enredo juntamente com sua personagem Aparecida, uma prostituta sem sorte na vida. No entanto, a peça não é aceita pela Associação e Mauro resolve galgar a vida subindo de promoção em promoção dentro do serviço público e fazer Nilza feliz casando-se com ele. Mauro se casa com Nilza, porém os personagens Ivan e Aparecida começam a interferir na vida do casal.

SERVIÇO:

O QUÊ: Apresentação da peça “Quatro”, com o Grupo Círculo.

QUANDO: Dias 18, 19, 20, 25, 26 e 27 março de 2011, de sexta-feira a domingo, sempre às 20 horas.

ONDE: Teatro da UFSC, ao lado da Igrejinha. Praça Santos Dumont, Trindade, Florianópolis-SC.

QUANTO: Ingressos a R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia)

CONTATO: Produção (48) 9977-9123

O Teatro da UFSC, ao lado da Igrejinha, faz parte do Departamento Artístico Cultural (DAC), da Secretaria de Cultura e Arte (SeCArte), da Universidade Federal de Santa Catarina.

Foto: Bruno Grandi

Fonte: [CW] DAC: SECARTE: UFSC com material do grupo.

Tags: Márlio Silveira da Silvapeça 'Quatro'Teatro UFSC

Ascensão e queda da cidade de Mahagonny de 4 a 6 de dezembro no Teatro da UFSC

25/11/2010 11:22

Peça Ascensão e queda da cidade de Mahagonny

Ascensão e queda da cidade de Mahagonny, peça adaptada da obra do dramaturgo  Bertolt Brecht, com direção de Carmen Fossari, será exibida no Teatro da UFSC,  de 4 a 6 de  dezembro, às 21h, com entrada  liberada e gratuita.  O público deve chegar 30 minutos antes.

Brecht é  um dramaturgo cuja visceralidade contribui na formação dos estudantes de Teatro, atores e atrizes novatos , na formação de plateias e  aos atores e públicos que já percorrem o universo teatral. Portanto, é sempre salutar estarmos diante de um texto de Brecht.

Este que agora encenamos, Ascensão e queda da cidade de Mahagonny  que bem poderia na nossa montagem ser denominado O que Florianópolis tem a ver com  MAHAGONY, é um texto da obra DIDÁTICA de Brecht da metade do século XX . A obra teatral do dramaturgo revolucionava e chocava o público teatral , acostumado a um teatro “bem comportado” . Na montagem original de Ascensão e Queda da Cidade de Mahagonny aquele público encontrava uma a cena de aparentes insultos, atrevimento , com recursos didáticos, repleta de cartazes, e reveladora de como as cidades, dentro do sistema capítalista são “uma arapuca”.

Mahagonny onde tudo é permitido

Brecht coloca seus personagens construindo uma cidade onde tudo é permitido desde que se tenha muito ouro. O preço de não ter ouro é a impossibilidade de sobreviver na cidade de Mahagonny! Com composições de Kurt Weill o texto original é uma obra de Teatro Musical, na nossa encenação trata-se de uma obra de caráter não musical, embora mantida a belíssima composição tema da peça.

Optamos em ambientar o espetáculo ao universo do cinema mudo, inserindo imagens e áudio visual resgatando os anos 30 e 40. Esta opção realiza, em parte, um utópico sonho da diretora e adaptadora do texto, de ter visto um dia Sir Charles Chaplin e Bertolt Brecht sentados numa mesa de bar conversando sobre suas obras: o filme Tempos Modernos e a Peça Na Selva das Cidades.

Assim que foram inseridos na encenação uma personagem, o Narrador Brecht que entra em cena “costurando a dramaturgia” e outra, uma personagem que adentra na cena acompanhando Bert Brecht, sem, contudo dialogar com ele, realiza pantomimas clássicas do Carlitos. A esta segunda personagem  chamamos “Chaplita”. Na peça ao inserimos a fusão de linguagens teatro e audiovisual (imagens e pequenos vídeos do cinema mudo) tentamos nos aproximar do sempre moderno Brecht, adequando as quase sete décadas do texto escrito à montagem atual.

Brecht e sua dramaturgia e enunciados estão “vivos” em suas ideias ainda tão necessárias num mundo dividido em classes sociais, ricos e pobres, cultos e analfabetos, os que tudo podem e os que nada têm. Um espetáculo que lança  um olhar poético e mordaz sobre o nascimento e queda de uma cidade, movida pelo ouro. A peça conta com do Curso de Artes Cênicas do CCE, através de uma disciplina optativa Montagem, com da Oficina Permanente de Teatro, DAC- SeCArte.

Produção Pesquisa Teatro Novo –DAC-UFSC ( Carmen Fossari)

Elenco

Alexandre Borges – Joseph

Ana Paula Lemos Jenny

Douglas Maçaneiro – Um tal Bert Brecht

Eduardo Stahelin – Coro Masculino

Giovana Ursini – Maysa Trindade

Iris Karapostolis – Cantora

Jacque Kremer – Leokadja Begbick

Kátia Maczewski-  Procuradora

Laura Gill Petta –Coro Feminino

Letícia Costa- Coro Femino

Luis Tinoco- Jackob

Márcia Cattoi- Coro Femino

Mel  Rezende- Coro Femino

Neivania Theodoro- Coro Femino

Neusa Borges- Coro Femino

Priscila de Souza Serafim- Chaplita

Roberto Moura – Heidrich

Robson Walkowski- Paul

Peça Ascensão e queda da cidade de Mahagonny

(* Alguns nomes foram trocados para nomes similares em Português. O Procurador e Willy, são nesta encenação, interpretados por mulheres e transformados em personagens femininos. Chaplita e Bert Brecht,  são criações para a dramaturgia desta encenação. C.F.)

Técnica
Figurino: O Grupo
Cenário: O Grupo
Operador de Som: Nei Perin
Cartaz: Márcia Cattoi
Fotolito: Michelle Millis
Impressão: Imprensa Universitária
Operador de Audio Visual: Ivana Fossari
Sonoplastia:  Calu
Mixagem Som : Sérgio Bessa
Preparação de Canto: Ive Luna
Fotografia : Marcelo Pereira e Calu
Iluminação , Direção Geral : Carmen Fossari

Promoção: Departamento Artístico Cultural (DAC)

Apoio SeCArte- UFSC 50 ANOS.
Informações: DAC (48) 3721-9348, das 14h às 18h
www.dac.ufsc.br
www.carmenfossari-armazemdapalavra.blogspot.com

Tags: Carmen Fossaripeça mahagonnyTeatro UFSC

Teatro da UFSC recebe o espetáculo “Um Pulo na Diversidade”, do Cabaré Circo Floripa

24/11/2010 14:29

O Teatro da UFSC recebe o espetáculo “Um Pulo na Diversidade”, do Cabaré Circo Floripa, no dia 27, sábado, às 20h, e dia 28, domingo, às 16h e 19h. Esta terceira versão do Cabaré Circo Floripa tem o objetivo de levar ao público uma apresentação diversificada. Teatro, música, dança e circo compõem o molde do espetáculo que já acontece há mais de 10 anos no Brasil, na América Latina e Europa.

No palco, a banda Jumping Jacks é a responsável pela música. Dividirá lugar com os mágicos, equilibristas, malabaristas e palhaços. Além da apresentação de dança de rua, do ventre e dança afro. A interação com o público é garantida.

Sobre o grupo

O Movimento Cabaré Circo Floripa nasceu em 2009, com a proposta de integrar Florianópolis a esse movimento artístico nacional e internacional, e fortalecer propostas que acolham e reúnam a diversidade artística da Ilha. Veja mais sobre a proposta do trabalho no blog www.circofloripa.blogspot.com e assista ao vídeo-release em http://www.youtube.com/watch?v=jj5AxYhy7bc.

Patrocinadores

Japex – Japanese Food

Miyoshi – Cozinha Oriental

Sayuri Produtos Orientais

Apoio

Recicla Print

Traço Cia de Teatro

SERVIÇO:

O QUÊ: Apresentação do espetáculo “Um Pulo na Diversidade”. 3º Cabaré Circo Floripa.

QUANDO: Dia 27/11, sábado, às 20 horas (Classificação: 15 anos) e dia 28/11, domingo, às 16h e 19 horas (Classificação livre).

ONDE: Teatro da UFSC, ao lado da Igrejinha. Praça Santos Dumont, Trindade, Florianópolis – SC

QUANTO: R$ 10 (entrada inteira) e R$ 5 (meia).

CONTATO: Teatro da UFSC / DAC: (48) 3721-9348 – www.dac.ufsc.br – PRODUÇÃO: (48) 3236-2268 ou 8837-8414 (Ana) – Blog: www.circofloripa.blogspot.com

Fonte: José Antônio Hüntemann/acadêmico de Jornalismo – Assessoria de Imprensa do DAC/SECARTE/UFSC

Tags: Cabaré Circo Floripa.DACTeatro UFSCUm Pulo na Diversidade