Projeto ‘Mais Ciência’ encerra com realização de nove encontros científicos

05/06/2017 13:01

Projeto Mais Ciência: Integração tecnológica. Foto: Ítalo Padilha/Agecom/UFSC

Encerrado oficialmente na UFSC nesta segunda-feira, 5 de junho, o projeto “Mais Ciência”, realizado pela Funjab, com patrocínio do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). Concretizado com as emendas parlamentares “Mais Ciência e realização de eventos jurídicos e criação de plataforma digital” (Luiz Henrique da Silveira) e “Mais Ciência – eventos Jurídicos e Inovação” (Esperidião Amin), o projeto organizou nove encontros científicos para debater a inovação tecnológica.

Reconhecimento. Foto: Ítalo Padilha/Agecom/UFSC

O evento, realizado no Centro de Ciências Jurídicas (CCJ), contou com a participação do próprio Amin e do filho de Luiz Henrique, Cláudio da Silveira, homenageados pela contribuição na integração da universidade ao processo produtivo de pesquisa e inovação. Também receberam placas de agradecimento pesquisadores, órgãos e profissionais de imprensa, Fiesc e INPI, entre eles o presidente da Fiesc, Glauco José Côrte, e o jornalista Moacir Pereira.
(mais…)

Tags: AminFunjabinovaçãoLuiz Henrique da SilveiraMais CiênciaUFSC

Programa que substitui Ciência sem Fronteiras deve promover internacionalização das universidades

13/04/2017 14:01

Oferecer bolsas de estudos no exterior com foco em pós-graduação e ao mesmo tempo promover a internacionalização das universidades brasileiras: essa é a grande proposta do Mais Ciência, Mais Desenvolvimento (MCMD), programa do Ministério da Educação (MEC) com participação direta da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). O MCMD deve substituir o Ciência sem Fronteiras (CsF), lançado pelo governo federal em 2011 para contribuir com a internacionalização de universidades e permitir intercâmbio de alunos. A novidade dá prioridade para alunos de mestrado e doutorado, mas a participação de estudantes de graduação será possível se o aluno estiver envolvido em atividades de iniciação científica.

O MCMD foi anunciado durante encontro de gestores de Pós-Graduação, Pesquisa e Relações Internacionais de Instituições de Ensino Superior da Região Sul, em 17 de março na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), em Porto Alegre. O principal impacto do novo programa, segundo concordam o pró-reitor de Pós-Graduação, Sérgio Freitas, e o secretário de Relações Internacionais, Lincoln Fernandes, será levar as instituições a se internacionalizarem. A Capes determinou um cronograma para que as universidades encaminhassem primeiro um panorama geral, com dados sobre pós-graduação e pesquisa, bolsas concedidas, participação em programas e convênios, etc., que deve ser entregue até 17 de abril. Posteriormente, em julho, as instituições devem encaminhar seu plano de internacionalização para os próximos quatro anos. Após isso, serão lançados os editais e a partir de março de 2018, o programa terá início.
(mais…)

Tags: Ciência sem FronteirasinternacionalizaçãoLincoln FernandesMais CiênciaMais DesenvolvimentoMCMDPROPGSérgio FreitassinterUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Eventos do projeto Mais Ciência integram agentes de inovação

24/11/2016 09:02

Três eventos científicos voltados às instituições de pesquisa, indústria e governo que pretendem analisar os gargalos da inovação aberta e da P&D no Brasil e no mundo foram abertos na quarta-feira, 23 de novembro, no auditório da Federação das Indústrias de Santa Catarina, em Florianópolis,

Os congressos são promovidos pelo projeto Mais Ciência da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), com patrocínio do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

DSC_0054

Reitor participou da abertura dos eventos. Foto: Divulgação

Na abertura oficial dos eventos, o reitor da UFSC, Luiz Carlos Cancellier de Olivo, salientou a relevância do projeto Mais Ciência como forma de proporcionar um amplo e atualizado debate sobre aspectos jurídicos relacionados à inovação tecnológica. “Quando discutimos o aprimoramento do sistema normativo brasileiro, estamos contribuindo para que a Administração Pública possa atuar com segurança jurídica diante dos novos desafios apresentados pelo avanço da tecnologia”, destacou Cancellier.

O presidente do Instituto Nacional de Propriedade Industrial, Luiz Otávio Pimentel, sublinhou que a propriedade industrial é fundamental para garantir retorno dos esforços para gerar inovações tecnológicas. “A inovação aberta precisa integrar agentes de inovação”, acrescentou Pimentel.

Nos dias 24 e 25 serão realizados, simultaneamente, o III Congresso Internacional: Inovação Aberta na Indústria de Alimentos e Bebidas; o IV Congresso Internacional de Energia: Eficiência Energética, Sistema de Inovação Climática e Desenvolvimento Sustentável; e o Congresso Internacional: Pesquisa & Desenvolvimento.

Os eventos integram o projeto Mais Ciência, da Fundação José Arthur Boiteux (Funjab) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), com patrocínio do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. A organização é da Academia de Propriedade Intelectual, Inovação e Desenvolvimento (INPI), UFSC, MDIC; coorganização Fortec e Rede NIT-NE, e apoio Capes, FIESC, MCTIC, Governo Federal.

O IV Congresso Internacional de Energia: Eficiência Energética, Sistema de Inovação Climática e Desenvolvimento Sustentável vai analisar a inovação aberta para alcançar eficiência energética num sistema de inovação climática e de desenvolvimento sustentável. O objetivo deste evento é discutir sobre os desafios da inovação aberta e tendências nos contratos, nas suas cláusulas, os efeitos e problemas.

A primeira edição do Congresso Internacional: Pesquisa & Desenvolvimento visa debater os problemas e possíveis soluções para o marco regulatório da inovação aberta.

O III Congresso Internacional: Inovação Aberta na Indústria de Alimentos e Bebidas analisará a inovação aberta na indústria de alimentos e de bebidas.

Mais informações no site.

Tags: CiênciaMais CiênciaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Eventos do projeto Mais Ciência de 23 a 25 de novembro

07/11/2016 15:27

inovacao aberta banner

Os próximos eventos do Projeto Mais Ciência sobre inovação aberta, que serão realizados de 23 a 25 de novembro de 2016 na Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc), em Florianópolis, utilizarão o recurso da Realidade Aumentada. Mais informações no site.

Pela primeira vez, o projeto da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), que conta com financiamento do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), empregará essa tecnologia que permite uma nova dimensão na interação entre os participantes e as mídias.

Para acessar conteúdos extras e assistir ao vivo eventos que compõem o Inovação Aberta – “III Congresso Internacional: Inovação Aberta na Indústria de Alimentos e Bebidas”, o “IV Congresso Internacional de Energia: Eficiência Energética, Sistema de Inovação Climática e Desenvolvimento Sustentável” e o “Congresso Internacional: Pesquisa & Desenvolvimento” – será necessário utilizar o aplicativo Zappar, disponível gratuitamente para IOS e Android.

Depois de instalado, basta apontar o smartphone para o Zapcode que estará em diversos locais dos eventos. O código personalizado ligará as informações adicionais, possibilitando acesso ao mundo da Realidade Aumentada.

Informações sobre a programação dos eventos aqui.

Tags: eventosFiescMais CiênciaProjetorealidade aumentadaUFSC

IV Seminário Internacional de Ciência, Tecnologia e Inovação em Segurança Pública prossegue nesta terça

30/05/2016 17:35

DSC_0068O IV Seminário Internacional de Ciência, Tecnologia e Inovação em Segurança Pública, que iniciou segunda-feira, 30, prossegue nesta terça-feira, 31, com transmissão ao vivo pela internet. O objetivo do evento é discutir segurança pública e inovação com foco em prevenção de desastres ambientais. A conferência de abertura foi feita por Aristides Moura, investigador da Polícia de Imigração e Alfândega, que abordou o tema “propriedade imaterial nos EUA – relacionamento governo e iniciativa privada”. O Seminário, que  faz parte do projeto Mais Ciência, da Fundação José Boiteux, com o apoio da UFSC e do Ministério de Ciência e Tecnologia, ocorre na Academia de Policia Civil, em Canasvieiras.

Acompanhe a transmissão ao vivo no link.

Tags: Fundação José BoiteuxMais CiênciaMinistério de Ciência e TecnologiaUFSC