Ansiedade, dificuldades e superação: estudantes encontram na universidade apoio para seguir em frente

06/06/2019 13:26

Foram quatro anos dedicados a transpor a primeira etapa para a realização do sonho de graduar-se em Farmácia na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Durante esse período, e mesmo depois, quando já havia ingressado no curso e na instituição pretendida por meio de Ampla Concorrência, Cynthia de Pádua da Silva enfrentou dificuldades financeiras e de saúde. Com muita determinação e apoio, superou-as, uma por uma, e hoje já se encontra na última fase do curso, a pouco de fazer do sonho, uma realidade.

Durante a infância e parte da juventude, a situação financeira familiar de Cynthia permitiu-lhe estudar em colégios particulares. O Relatório Executivo da V Pesquisa Nacional de Perfil Socioeconômico e Cultural dos Graduandos das IFEs, edição de 2018, que identificou um universo de mais de 1,2 milhão de estudantes de 65 IFEs, sendo 63 universidades e dois Centros Federais de Educação Tecnológica (Cefets), constatou, a partir da resposta de 424.128 estudantes, um perfil distinto: 64,1% dos respondentes tinham realizado o Ensino Médio em escolas públicas, enquanto 35,9% frequentaram escolas particulares.

Mas o quadro de certa estabilidade financeira se transformou a partir da conclusão de Cynthia no Ensino Médio, quando precisou trabalhar para custear seus estudos de preparação para o Vestibular da UFSC. A partir de então, não parou mais, e atua desde o segundo semestre da graduação como bolsista na universidade. Nos períodos mais críticos, contou com o Programa de Assistência Estudantil da UFSC para isenção do valor de alimentação do Restaurante Universitário (RU), atualmente ao custo de R$ 1,50. “Precisei da ajuda da UFSC para comer no RU, porque eu não tinha dinheiro para pegar ônibus, minha mãe também não tinha. Eu dava quase toda a minha bolsa para ela para ajudar a pagar as contas em casa”.

As 34.205 respostas de graduandos da UFSC obtidas pela V Pesquisa Nacional de Perfil Socioeconômico e Cultural dos Graduandos das IFEs revelam que a maioria, 48,1%, realiza suas principais refeições no RU. Depois, que 39,7% realizam em casa ou na casa de familiares ou amigos, 5,5% no trabalho, 3,8% em outro restaurante e 0,2% no transporte. Dessas refeições, 50,6% são realizadas até três vezes ao dia, sendo que o percentual de graduandos que se alimentam com menos frequência do que o recomendado pelo Ministério da Saúde para a manutenção de uma vida alimentar saudável, de no mínimo três vezes por dia, é de 20.4%.
(mais…)

Tags: perfil do graduandoPRAEUFSCV Pesquisa Nacional do Perfil do Graduando 2018

Perfil do Graduando UFSC: universidade é espaço de inclusão, diversidade e acesso à cultura

04/06/2019 14:51

Lucas Vinício Stank da Silva

Lucas Vinício Stank da Silva e Fernando de Almeida são estudantes no curso de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Ambos ingressaram no ensino superior por meio da Política de Ações Afirmativas, o primeiro pela cota Escola Pública/Deficiente e o segundo na de Escola Pública/Pretos, Pardos ou Indígenas (PPI). Os dois escolheram o curso de maneira estratégica: pretendem dar voz e visibilidade a um público normalmente esquecido e negligenciado pela mídia brasileira.

O telejornal Conexão UFSC de 21 de março de 2019 foi, pela primeira vez na história da universidade, apresentado por uma pessoa com necessidade especial. Com foco na acessibilidade na praça do bairro Carianos, em Florianópolis, Lucas assumiu a cadeira de apresentador junto com Ana Luiza Pedroso. “Eu sou duplamente uma minoria, uma porque sou cadeirante e duas porque vim de escola pública. É muito importante eu estar neste espaço porque posso trazer essas duas perspectivas que, sinto, estarem em falta no jornalismo”.

Fernando de Almeida

Os dados divulgados na V Pesquisa Nacional de Perfil Socioeconômico e Cultural dos Graduandos das IFEs, edição de 2018, apontam que 36% dos graduandos que entraram na UFSC em 2018 foram por meio de ações afirmativas. A pesquisa identificou um universo de mais de 1,2 milhão de estudantes de 65 IFEs, sendo 63 universidades e dois Centros Federais de Educação Tecnológica (Cefets), e contou com 424.128 respondentes, sendo que da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) participaram 34.205 graduandos, o que representou 2,8% do total de respondentes.

Dos 12.302 que ingressaram por cotas, 3.010 são Preto/Pardo/Indígena e 89 por Deficiência, esta última implantada na UFSC no Vestibular 2019.

Na UFSC, dos estudantes que declararam possuir alguma deficiência (4,8%), a maioria se concentra na de baixa visão/visão subnormal (983), seguido de Auditiva (188), Deficiência Física (184), Altas Habilidades/Superdotação (160), Deficiência Intelectual (91), Transtorno Global do Desenvolvimento (87), Surdez (43) e Cegueira (16). Para Stank, entrar na universidade é uma maneira de representar a comunidade de pessoas com necessidades especiais. “Isso é muito importante porque estou abrindo portas, estou encorajando muita gente. É difícil, exige muita motivação, mas serviu para mostrar as outras pessoas que elas também podem estar aqui”.

(mais…)

Tags: perfil do graduandoPRAEUFSCV Pesquisa Nacional do Perfil do Graduando 2018

Trabalho, estudo, deslocamento: perfil do graduando UFSC aponta uma rotina intensa

31/05/2019 17:30

A rotina de Edson da Costa Gularte, estudante de Pedagogia na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), é intensa. Associar estudos, trabalho e deslocamento até o Campus Trindade não é fácil, mas ele faz com maestria. Edson é o primeiro da família a ingressar no ensino superior. Teve acesso à UFSC por meio da ação afirmativa Escola Pública/Baixa Renda, além de trabalhar e estudar, fatores que estão mudando o perfil de estudantes nas universidades públicas federais brasileiras.

Essa realidade é apresentada no Relatório Executivo da V Pesquisa Nacional de Perfil Socioeconômico e Cultural dos Graduandos das IFEs, edição de 2018, que identificou um universo de mais de 1,2 milhão de estudantes de 65 IFEs, sendo 63 universidades e dois Centros Federais de Educação Tecnológica (Cefets), e contou com 424.128 respondentes, sendo que da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) participaram 34.205 graduandos, o que representou 2,8% do total de respondentes.

Segundo os organizadores do estudo nacional, “não é pequeno o significado social e simbólico no seio familiar do ingresso pioneiro de filhos e filhas nas instituições federais de ensino superior com potencial de, inclusive, imantar, num ciclo mais amplo de relações sociais e familiares, o desejo de construir mesma trajetória e almejar semelhantes objetivos”.

Para chegar à UFSC, Edson utiliza transporte coletivo. Ele sai de Paulo Lopes e enfrenta uma jornada de três horas diárias. “A minha rotina é, basicamente, passar todo o dia na UFSC. Eu saio de casa às 11h20 e retorno às 23h30, tenho todo esse trajeto no ônibus”.

(mais…)

Tags: perfil do graduandoperfil do graduando UFSCPRAEUFSCV Pesquisa Nacional de Perfil Socioeconômico e Cultural dos Graduandos 2018

Perfil do graduando UFSC: série apresenta resultados de pesquisa nacional realizada com estudantes

29/05/2019 08:30

O acesso ao ensino superior gratuito no Brasil ainda está em processo de democratização. A exclusão histórica de pobres, pretos/pardos/indígenas, deficientes físicos entre outros é um retrato complexo a ser revertido. Este cenário está em constante mudança deste a aprovação da Lei de Cotas (nº 12.711) que, a partir de 2012, passou a reservar 50% das vagas em cursos de universidade institutos federais para estudantes que realizaram o ensino médio na rede pública.

Para analisar como a Lei de Cotas (nº 12.711/2012), o Estatuto da Juventude (nº 12.852/2013) e as Políticas de Ações Afirmativas têm se comportado nas Instituições Federais de Ensino Superior (IFEs), a Associação Nacional de Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior no Brasil (Andifes) tem realizado pesquisas para identificar o perfil socioeconômico e cultural do graduando. Conforme o pró-reitor de Assuntos Estudantis da UFSC, Pedro Luiz Manique Barreto a pesquisa é extremamente importante porque apresenta um raio-x da realidade social e socioeconômica que serve de base para definir as políticas de permanência estudantil e para entender quais são as principais características e necessidades dos estudantes. “Os dados apresentados demonstram a democratização do acesso e indicam fatores como os benefícios de atividades físicas para os estudantes”, destacou. Um dos dados apresentados pela pesquisa que surpreendeu o pró-reitor é o indicativo relacionado ao número de alunos que entram na universidade por meio de ações afirmativas e são os primeiros integrantes da família a cursarem o ensino superior, “cerca de 66% dos alunos que entram na UFSC através de ações afirmativas apresentam essa característica”, enalteceu.

A V Pesquisa Nacional de Perfil Socioeconômico e Cultural dos Graduandos das IFEs, edição de 2018, identificou um universo de mais de 1,2 milhão de estudantes de 65 IFEs, sendo 63 universidades e dois Centros Federais de Educação Tecnológica (Cefets), e contou com 424.128 respondentes, sendo que da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) participaram 34.205 graduandos, o que representou 2,8% do total de respondentes.

O Relatório Executivo que apresenta os dados da realidade brasileira foi divulgado este mês. Para apresentar os achados da pesquisa, a Agência de Comunicação da UFSC (Agecom) preparou uma série composta por quatro reportagens especiais. A primeira vai abordar, de maneira geral, os dados encontrados na pesquisa que definem o perfil do graduando do Brasil e da UFSC, tais como faixa etária, cor/raça, orientação sexual/gênero. A segunda vai versar sobre a relação de trabalho e tempo para os estudos, como moram os estudantes, como se constitui sua renda, origem familiar e deslocamento até a universidade. A terceira reportagem falará sobre o histórico escolar desses estudantes, como se deu o ingresso na universidade e aspectos da vida acadêmica e atividades culturais. A última delas vai tratar de assuntos delicados, mas relevantes, tais como as dificuldades estudantis e emocionais, saúde e qualidade de vida.

Definida pelo Estatuto da Juventude como um direito de todos, a educação superior ainda é um sonho distante para muitos jovens. A democratização deste acesso, principalmente por meio da implantação de políticas que permitem o ingresso e a permanência desses estudantes, tem mudado o perfil dos graduandos no Brasil.

A pesquisa divulgada este ano revelou que o perfil racial do estudante das IFEs brasileiras mudou: do universo pesquisado, 51,2% dos estudantes são pretos/pardos/quilombolas. O número de indígenas aldeados dobrou da pesquisa de 2014 para a de 2018. Na UFSC, 77,7% dos respondentes são brancos; 12,9% se declaram pardos; 5,3% pretos; e 0,5% indígenas.
(mais…)

Tags: perfil do estudante UFSCperfil do graduandoPRAEUFSCV Pesquisa Nacional do Perfil do Graduando 2018

UFSC na mídia: o perfil de quem é aprovado no vestibular

10/01/2019 10:43

Os editores da NSC, Cristian Edel Weiss e Maiara Santos, desenvolveram uma reportagem especial que analisa dados referentes aos vestibulares da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) através do projeto Caixa de Dados. O Caixa de Dados utiliza dados públicos para abordar histórias e análises referentes à realidade de Santa Catarina e do Brasil por meio de uma linguagem acessível e identidade visual.

Neste material o leitor pode encontrar informações sobre a evolução de candidatos inscritos e classificados, como também o histórico de candidatos por vaga desde a década de 1970. Há, ainda, informações sobre o estado de origem dos candidatos aprovados de acordo com os cursos e a participação de mulheres e homens na prova.

Confira a reportagem completa a seguir ou por meio do endereço eletrônico https://www.nsctotal.com.br/colunistas/caixa-de-dados/o-perfil-de-quem-e-aprovado-no-vestibular-da-ufsc.

O perfil de quem é aprovado no vestibular da UFSC

Por Caixa de Dados
14/12/2018 – 12h16 – Atualizada em: 15/12/2018 – 11h28

Arte: Maiara Santos. Disponível em https://www.nsctotal.com.br/colunistas/caixa-de-dados/o-perfil-de-quem-e-aprovado-no-vestibular-da-ufsc.

Texto: Cristian Edel Weiss | Arte e visualização de dados: Maiara Santos

A semana foi marcada pela maratona de provas do Vestibular da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) 2019. Agora, a expectativa é pelo listão, que deve sair até a segunda quinzena de janeiro. No total se inscreveram 28.051 candidatos, que disputaram 4.555 vagas em 101 cursos. Neste ano, a média foi de 6,16 candidatos por vaga, a menor desde 2015, quando a universidade registrou procura de 4,96 concorrentes por cadeira disponível. Também é o mais baixo número de inscritos pelo menos dos últimos 10 anos.

As mulheres se inscrevem mais, mas homens são mais aprovados; houve crescimento de estudantes de outros Estados; soma de egressos das escolas públicas tem aumentando, mas eles ainda são minoria. Confira os detalhes nos gráficos ao longo do post.
(mais…)

Tags: #vestibularufsc2019perfil do estudanteperfil do graduandoperfil ingresso UFSCUFSCVestibular 2019Vestibular UFSC