Roda de Conversa nesta quinta discute a questão da deficiência e os servidores da UFSC

06/11/2018 14:50

A Divisão de Serviço Social (DiSS) e a Psicologia Organizacional da UFSC promovem a Roda de Conversa “A questão da deficiência e os servidores da UFSC: Desafios e Possibilidades no ambiente de trabalho”. O encontro será nesta quinta-feira, 8 de novembro, Às 14h30, na Sala Girassol do Centro de Cultura e Eventos.

São 12 vagas e a participação é restrita aos servidores da UFSC que possuem algum tipo de deficiência. Os servidores que tiverem sua inscrição deferida, dentro das vagas ofertadas, receberão confirmação por e-mail.

As inscrições vão até 7 de novembro: interessados devem preencher a ficha de inscrição aqui e enviar para o e-mail

Mais informações pelo telefone (48) 3721-4270.

Tags: deficiênciaDivisão de Serviço SocialUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Segunda Roda de Conversa para servidores com deficiência ocorre dia 14, terça-feira

09/08/2018 07:02

A Divisão de Serviço Social (DISS), juntamente com a Psicologia Organizacional da UFSC, promovem a II Roda de conversa para servidores com deficiência: desafios e possibilidades no ambiente de trabalho. O evento ocorre no dia 14 de agosto, terça-feira, a partir das 15h, na Sala Girassol, no terceiro pavimento do Centro de Cultura e Eventos.

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas de 6 a 10 de agosto. Para isso, o interessado deve preencher da ficha de inscrição, disponível aqui, e enviá-la ao e-mail  São 12 vagas e a participação é exclusiva aos servidores portadores de algum tipo de deficiência.
(mais…)

Tags: Divisão de Serviço SocialII Roda de conversa para servidores com deficiência: desafios e possibilidades no ambiente de trabalhoRoda de conversa para servidores com deficiênciaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Servidores do NDI participam em setembro de oficina sobre cuidados com a voz

24/08/2015 18:07

Professores, técnicos-administrativos em Educação (TAEs) e estagiários do Núcleo de Desenvolvimento Infantil (NDI) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) terão a oportunidade de participar de uma oficina sobre a saúde da voz em 18 de setembro. A atividade é um projeto-piloto que faz parte das campanhas educativas de sensibilização desenvolvidas pela Divisão de Serviço Social (DiSS) ao longo deste ano, com o objetivo de promover a saúde do servidor.

Com o título “Promoção da saúde vocal”, o projeto da oficina foi elaborado pelo DiSS em parceria com o curso de Fonoaudiologia, por meio da professora Maria Rita Pimenta Rolin. Os estudantes da Empresa Júnior de Consultoria em Fonoaudiologia (QualifonJR) também participarão da ação, como responsáveis por aplicar um protocolo de sintomas vocais e avaliar a voz de cada participante na semana que antecede a oficina.

O NDI foi escolhido por se considerar que professores e técnicos que atuam na educação infantil utilizam intensamente a voz como instrumento de trabalho. Na justificativa do projeto consta que “o desconhecimento da importância de certos cuidados para preservar a voz pode ter como consequência distúrbios vocais e até mesmo afastamento de atividades profissionais. (…) Os distúrbios vocais são de grande incidência para os profissionais da voz, sendo os professores os mais atingidos”.

A assistente social do DiSS, Fabiana Regina Ely, atenta que “apesar de algumas pessoas fazerem uso mais frequente da voz, o cuidado deve ser de todos. A gente utiliza a voz o tempo inteiro para se comunicar. Esta oficina é um projeto piloto; mas, após a avaliação, poderemos ampliá-la para outros setores da Universidade”.

Mais informações:

Núcleo de Desenvolvimento Infantil (NDI): (48) 3721-9432 / 3721-2787

Divisão de Serviço Social (DiSS): (48) 3721- 4270

Daniela Caniçali/ Jornalista da Agecom/DGC/UFSC

Tags: 2º Seminário “A Voz e a Cena”DiSSDivisão de Serviço SocialFonoaudiologiandiUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

HU e Divisão de Serviço Social promovem campanha de doação de sangue

22/06/2015 08:00

O Serviço de Hemoterapia do Hospital Universitário (HU) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), juntamente com a Divisão de Serviço Social (Atenção ao Servidor DiSS/DAS/Segesp – Unidade SIASS/UFSC), está promovendo uma campanha de doação de sangue. A demanda mais urgente é por sangue “A-” e “O-”, mas há necessidade de todos os tipos.

Se você puder, compareça ao Banco de Sangue do HU, das 7h30 às 12h, no edifício Associação Amigos do HU, na rua Maria Flora Pausewang, 90. Se o centro for mais próximo, basta se dirigir à avenida Othon Gama D’Eça, 756, no Hemosc.

Você deve portar um documento com foto, ter entre 16 e 69 anos e pesar mais de 50 kg. Não pode doar sangue quem realizou cirurgia recentemente, ingeriu bebida alcoólica há menos de 12 horas ou fez tatuagem ou piercing nos últimos seis meses.                               

Existe um período no nosso organismo, chamado janela imunológica, que é o espaço de tempo entre a contaminação e a positividade do teste, significando que a pessoa pode ter sido contaminada por um agente infeccioso que não foi detectado nos exames realizados. Por isso a importância de dizer a verdade na entrevista, pois isso também salva vidas.

Andréa Hoepers, hematologista do HU, alerta que se devem tomar alguns cuidados após a doação de sangue. “É normal que ocorram pequenas tonturas após a coleta, por isso não se deve fazer atividades físicas na hora seguinte. É indicado ficar pelo menos duas horas sem fumar nem ingerir líquidos para que se reponha mais rapidamente o sangue perdido”, explica.

 

Requisitos para doação:

– portar documento com foto, expedido por órgão oficial;

– ter idade entre 16 e 69 anos (jovens de 16 e 17 anos devem estar acompanhados de um responsável legal);

– ter idade máxima de 60 anos para a primeira doação;

– pesar mais de 50 kg;

– estar em boas condições de saúde;

– estar alimentado.

 

Quem não pode doar:

– pessoas que realizaram cirurgia recentemente;

– pessoas em jejum prolongado ou que tenham ingerido alimentos gordurosos nas últimas quatro horas;

– pessoas que tenham ingerido bebida alcoólica a menos de 12 horas;

– pessoas que fizeram endoscopia nos últimos seis meses;

– pessoas que fizeram tatuagem ou piercing nos últimos seis meses;

– pessoas que tiveram gripe ou febre nos últimos sete dias;

– pessoas que tiveram hepatite viral após os 11 anos de idade;

– mulheres grávidas ou amamentando;

– usuários de determinados medicamentos ou drogas;

– pessoas que tiveram contato sexual com múltiplos parceiros nos últimos 12 meses;

– pessoas que fizeram tratamento dentário sem anestesia nos últimos três dias, ou com anestesia nos últimos sete;

– pessoas que dormiram menos de seis horas na noite anterior.

 

Para mais informações, consulte o site do HU.

 

Débora Nazário/Estagiária de Jornalismo da Agecom/UFSC

Tags: Banco de SangueDivisão de Serviço SocialServiço de HemoterapiaServiço de Hemoterapia do Hospital UniversitárioUFSC

Ajuda a quem quer parar de fumar

28/05/2015 16:09

Que fumar faz mal todo mundo sabe – mas como parar? Servidores da UFSC interessados em conseguir apoio podem contatar a Divisão de Serviço Social (DiSS) – Atenção ao Servidor/DAS/Segesp para obter auxílio no combate ao vício.

“O primeiro passo é uma conversa para avaliar o melhor encaminhamento para uma ajuda, que pode ser a rede pública ou por meio de um plano de saúde”, afirma a assistente social da DiSS, Lucia Goreti Gobatto Junkes. “Nós acessamos a rede e procuramos se um posto de saúde próximo da residência do servidor oferece o serviço. Já a Unimed tem um programa de cessão de tabagismo, com acompanhamento individual ou em grupo, dependendo do que for melhor para cada paciente.”

Segundo Lucia, se o servidor não for associado, pode ser atendido pela equipe multiprofissional da Unimed por meio de uma vaga social, com indicação da DiSS. “Quem já é atendido pelo plano não paga a coparticipação, como ocorre em outras consultas.”

No dia 31 de maio, domingo, é celebrado o Dia Mundial sem Tabaco, iniciativa para encorajar fumantes a terem um dia de abstinência. “Nós estamos de portas abertas para acolher quem quer parar de fumar”, diz Lucia.

parar_fumar

 

 

 

 

(mais…)

Tags: DASDepartamento de Atenção à SaúdeDia Mundial sem TabacoDiSSDivisão de Serviço SocialUFSC