UFSC abre editais para seleção de um professor visitante e quatro substitutos

23/04/2012 17:36

A Universidade Federal de Santa Catarina está com editais abertos para selecionar um professor visitante e quatro professores substitutos.

A vaga para professor visitante destina-se ao Programa de Pós-Graduação em Design e Expressão Gráfica. As inscrições vão de 23 a 27 de abril. Mais informações, acesse o Edital 082/DDPP/2012.

As quatro vagas para atuação como professor substituto destinam-se aos seguintes departamentos: Engenharia Civil, Engenharia Mecânica, Odontologia e Metodologia de Ensino. As inscrições também são de 23 a 27 de abril. Para  mais informações, acesse os Editais 081/DDPP/2012 e 083/DDPP/2012.

 

Tags: PRDHSprofessor substitutoprofessor visitanteUFSC

UFSC tem 12 vagas para professor substituto

29/03/2012 14:22

A Universidade Federal de Santa Catarina está com dois editais abertos para processo seletivo simplificado para contratar 12 professores por tempo determinado.

As inscrições para as nove vagas do edital Nº068/DDPP/2012 vão até 29 de março em Florianópolis e até 28 de março em Joinville. No Campus Trindade, as vagas são para os departamentos de Artes e Libras, Metodologia de Ensino, Matemática. Em Joinville, as vagas são para o Centro de Engenharia da Mobilidade.

O edital 070/DDPP/2012 tem três vagas e aceita inscrições até 30 de março. As vagas são para os departamentos de Engenharia Sanitária e Ambiental (ENS/CTC) e Odontologia (ODT).

Para se inscrever, os candidatos devem se dirigir diretamente à secretaria do departamento ou do Centro.

Confira mais informações nos editais:

:: Edital Nº068/DDPP/2012

:: Edital Nº070/DDPP/2012

 

 

 

Tags: concursoPRDHSprofessor temporárioUFSC

UFSC abre 33 vagas para professor substituto em dois editais

13/02/2012 16:35

A UFSC lançou nesta segunda-feira, 13 de fevereiro, o edital 021/DDPP/2012 para contratar dez professores substitutos, que irão atuar no Colégio de Aplicação e em outros seis departamentos: Ciências da Administração, Ciências dos Alimentos, Engenharia Elétrica, Estudos Especializados em Educação, Química e Serviço Social. As inscrições vão até o dia 17 de fevereiro e podem ser feitas diretamente no Colégio e nos departamentos. O horário de atendimento é das 14h às 18h, de segunda a quinta–feira, e de 8h ao meio dia, na sexta-feira. Mais informações: http://www.prdhs.ufsc.br/arquivos/Edital_021DDPP2012.pdf

O outro edital aberto, para contratar 23 professores substitutos, recebe inscrições até esta segunda-feira. Os candidatos devem se dirigir diretamente aos departamentos de ensino: Ciências Econômicas e Relações Internacionais, Direito, Ecologia e Zoologia, Enfermagem, Engenharia Civil, Geociências, Matemática, Nutrição, Psicologia e Saúde Pública. Veja as informações sobre o processo seletivo no edital: http://www.prdhs.ufsc.br/arquivos/Edital_011DDPP2012.pdf

 

Tags: PRDHSprofessor substitutoUFSC

Biblioteca da UFSC torna-se editora e lança seu primeiro livro

11/11/2011 18:07
Cronicar: histórias de momentos e lugares

Cronicar: histórias de momentos e lugares, primeira obra da editora BU

A Biblioteca Universitária (BU) credenciou-se junto à Fundação Biblioteca Nacional como editora e lançou seu primeiro livro, o e-book “Cronicar: histórias de momentos e lugares”. A obra reune crônicas de autoria de 27 servidores técnico-administrativos da Universidade Federal de Santa Catarina.

A BU passa por um processo de reinvenção, como explica a a diretora, professora Narcisa de Fátima Amboni. “O papel da BU vai muito além de ser guardiã das informações: é trabalhar a comunicação científica no contexto de pesquisa, ensino e extensão, de uma forma dinâmica, atuando também como editora”, afirma.

O livro escolhido para ser a primeira obra da BU também tem uma história interessante: nasceu da produção de crônicas escritas por servidores técnico-administrativos durante uma capacitação. O curso “Leitura Crítica e Produção Textual” foi ministrado pelo professor Marcos Baltar, do Departamento de Linguística, e foi promovido pelo Departamento de Capacitação da Universidade, da Pró-Reitoria de Desenvolvimento Humano e Social (PRDHS) no início do ano.

A obra traz um conjunto de narrativas pessoais com o tema lugares, evocados a partir de memórias de infância, dos lugares pelos quais cada autor passou. O e-book foi organizado pelo professor Baltar e pelas servidoras Elizabete Terezinha Gomes, Andréa Figueiredo Leão Grants e Roberta Moraes de Bem. A próxima obra editada pela BU deverá ser publicada no dia 12 de abril, o Dia do Bibliotecário.

Acesse o e-book Cronicar: histórias de momentos e lugares.
www.bu.ufsc.br/design/e-bookcronicar.pdf

Confira o vídeo de lançamento do e-book Cronicar, em reportagem realizada pelo programa Universidade Já, da TV UFSC:

 

Por Laura Tuyama / Jornalista na Agecom.

Tags: Biblioteca UniversitáriaPRDHSSTAEUFSC

Curso Empreendedorismo no Setor Público tem inscrições abertas

21/09/2011 17:22

Estão abertas as incrições para o Curso Empreendedorismo no Setor Público, que será realizado no dia 24/10, das 8h às 12h, na Sala dos Conselhos (téreo da Reitoria).

Promovida pela Pró-Reitoria de Desenvolvimento Humano e Social (PRDHS), a capacitação – destinada aos técnico-administrativos e docentes – tem como objetivo difundir conceitos e incentivar a prática do empreendedorismo na UFSC. O curso será realizado presencialmente para os servidores do campus de Florianópolis e por videoconferência para os campi de Araranguá, Curitibanos e Joinville.

As inscrições deverão ser feitas no site do SGCA até o dia 13/10.

Mais informações: 3721-9690.

Tags: capacitaçãoPRDHS

PRDHS divulga lista de selecionados para cursos extracurriculares de idiomas

09/08/2011 12:42

A Pró-Reitoria de Desenvolvimento Humano e Social da UFSC divulgou a lista dos 122 trabalhadores técnico-administrativos beneficiados com isenção de 100% no pagamento de matrículas nos cursos extracurriculares de língua estrangeira no segundo semestre de 2011. Além destes, há uma lista de espera de 73 pessoas, porque houve 195 inscritos no processo seletivo. A relação completa pode ser vista em http://www.prdhs.ufsc.br/arquivos/IsencaoExtracurricularLinguas.pdf.

A medida faz parte do plano de capacitação dos servidores técnico-administrativos da instituição, a cargo do Departamento de Desenvolvimento de Potencialização de Pessoas (DDPP) da pró-reitoria, e se insere na política de internacionalização da Universidade, cada vez mais aberta para o mundo. As matrículas já podem feitas através do site www.cursosextra.com. Mais informações pelo telefone 3721-9288.

Os cursos extracurriculares de língua estrangeira são oferecidos pelo Departamento de Língua e Literatura Estrangeira (DLLE) do Centro de Comunicação e Expressão da Universidade. Uma vantagem é que o servidor selecionado não precisará se inscrever em processo seletivo nos semestres seguintes, desde que haja disponibilidade de recursos orçamentários por parte do DDPP. Para ter o direito de ir até o fim do curso, ele precisará garantir frequência suficiente e nota que lhe permita pleitear a permanência, ou seja, acima de zero.

A capacitação que a UFSC vem apoiando objetiva, segundo o pró-reitor de Desenvolvimento Humano e Social, Luiz Henrique Vieira Silva, “potencializar o trabalhador como um ser de transformação social, buscando mecanismo para a sua autorrealização e melhoria das suas condições de trabalho”.

De acordo com o pró-reitor, existem muitas áreas na Universidade que exigem o relacionamento com autoridades, professores e alunos estrangeiros, “o que torna imprescindível aos seus membros o traquejo, o conhecimento e a fluência em outros idiomas”. Além disso, trata-se de um requisito para a participação em cursos de mestrado e doutorado, que também alcançam os servidores da instituição.

Mais informações no Departamento de Desenvolvimento de Potencialização de Pessoas (DDPP), pelo fones (48) 3721-9212 e 3721-8317.

Tags: cursos extracurriculares de línguasPRDHS

Diretores de Araranguá, Curitibanos e Joinville visitam Pró-Reitoria de Desenvolvimento Humano e Social

18/07/2011 11:57

Foto: Wagner Bher / Agecom

A Pró-Reitoria de Desenvolvimento Humano e Social da UFSC recebe nesta segunda-feira, dia 18, os diretores gerais e diretores administrativos das unidades da instituição em Araranguá, Curitibanos e Joinville para uma visita técnica que tem o objetivo de facilitar a solução de demandas internas de cada campi na área de ação da PRDHS. A programação foi aberta pela pró-reitora de Ensino de Graduação, Yara Müller, representando o reitor Alvaro Toubes Prata e o vice-reitor Carlos Alberto Justo da Silva, e pelo pró-reitor de Desenvolvimento Humano e Social, Luiz Henrique Vieira Silva.

A visita é importante porque muitas questões operacionais e funcionais da UFSC Joinville, UFSC Curitibanos e UFSC Araranguá passam pela consulta a setores da estrutura da Pró-Reitoria de Desenvolvimento Humano e Social, através do Departamento de Desenvolvimento de Potencialização de Pessoas (DDPP), do Departamento de Desenvolvimento de Administração de Pessoal (DDAP) e do Departamento de Desenvolvimento de Atenção Social e à Saúde (DDAS).

Durante todo o dia, os diretores participarão de reuniões técnicas nestes setores, conhecendo a estrutura e os responsáveis pelas respectivas divisões, que respondem por áreas como capacitação, benefícios, concursos, aposentadoria e atenção ao servidor.

O pró-reitor Luiz Henrique Vieira Silva destacou na abertura oficial da jornada, no gabinete do reitor, que a intenção é aproximar os diretores com a PRDHS, para facilitar a solução de dúvidas e problemas relacionados ao desenvolvimento humano e social. “Queremos atendê-los cada vez melhor”, afirmou ele, ressaltando que os contatos, quando feitos pessoalmente, tendem a dar melhores resultados. Vieira Silva disse o que mesmo ocorreu na relação da UFSC com os ministérios da Educação e do Planejamento, Orçamento e Gestão, que atendem com mais assiduidade às demandas de todas as áreas da instituição. “Essas visitas abrem portas e agilizam a rotina de todos”.

O diretor da UFSC Joinville, Acires Dias, ressaltou que ações desse tipo ajudam a fortalecer o conceito de igualdade na instituição. “A Universidade não é composta de ilhas, é uma só, dentro de uma sinergia em que o todo é que deve ser enfatizado”, afirmou.

Um avanço nesta relação foi destacado pela diretora do Departamento de Desenvolvimento de Potencialização de Pessoas (DDPP), Carla Búrigo. “Há 20 anos, realizamos a primeira capacitação de pessoal na Universidade, ainda com o foco no treinamento. Hoje, começamos a fazer capacitação a distância, o que mostra a evolução tecnológica e os novos conceitos nesta área”, afirmou.

Mais informações na Pró-Reitoria de Desenvolvimento Humano e Social, pelo fone (48) 3721-9030

Tags: PRDHS

Servidores recém-aposentados recebem homenagem

16/06/2011 08:10

Técnico-administrativos recém-aposentados da UFSC vivenciaram nesta quarta-feira, dia 15 de junho, um momento de alegria. Aconteceu na Sala do Conselho Universitário, no prédio da Reitoria, uma homenagem a  servidores que encerraram sua trajetória de na Universidade Federal. A mesa foi composta pelo vice-reitor da UFSC, Carlos Alberto Justo da Silva, pelo pró-reitor de Desenvolvimento Humano e Social, Luiz Henrique Vieira da Silva, por Ana Paula Balthazar, chefe da Divisão de Serviço Social – Atenção ao Servidor e Marcelo Fontanella Webster, diretor do Departamento de Desenvolvimento de Atenção Social e à Saúde.

Ana Paula Balthazar destacou que o plano de aposentadoria para os técnico-administrativos é um olhar diferenciado para o social. “Sentimos a necessidade de ter um plano especial para a aposentadoria dos nossos servidores. Essa homenagem é apenas um muito obrigada especial”. A chefe da Divisão de Serviço Social – Atenção ao Servidor também frisou que os servidores devem encarar essa etapa como um rito de passagem.

Luiz Henrique Vieira da Silva destacou o trabalho realizado pela Pró-Reitoria de Desenvolvimento Humano e Social (PRDHS),  responsável pela elaboração e implantação do plano de carreira dos servidores técnico-administrativos da universidade.  A PRDHS também desenvolve o Plano de Saúde dos servidores da UFSC.

O vice-reitor da UFSC, Carlos Alberto Justo da Silva, destacou que a homenagem é um momento único para universidade.  “Esse é um momento de alegria. Muitos dos técnico- administrativos que estão aqui dedicaram uma vida inteira à UFSC. Agora é hora de vocês seguirem uma nova etapa, é o momento de realizarem outros sonhos. O Hospital Universitário, por exemplo, foi construído com o suor de muitos que estão aqui hoje. Nós temos um imenso orgulho pelo trabalho brilhante realizado durante esses anos. A Universidade Federal sempre vai ser a casa de vocês”, ressaltou o vice-reitor.

Durante a homenagem, os servidores técnico- administrativos receberam uma carta do reitor da UFSC, Alvaro Toubes Prata, e um exemplar do Diário Oficial da União, além de DVD, canetas e outros acessórios. “Geralmente nos ritos de passagem  nós  recebemos algo. Queremos que levem um pedacinho da UFSC com vocês”, complementou Ana Paula Balthazar. A lista com todos os técnicos aposentados este ano está disponível no endereço http://aposentados.ufsc.br/?page_id=16

Mais informações: 3721-3090 e www.aposentadoria.ufsc.br

Por Darilson Barbosa / Bolsista de Jornalismo na Agecom

Aposentados de junho:

Manoel Agrasso Neto / CTC – Centro Tecnológico
Paulo de Faria Magalhães  / CTC – Centro Tecnológico
Ivonete Maria Coutinho Seifert  / CTC – Depto de Arquitetura e Urbanismo
Jorge Luiz Cunha da Silva / CFM – Depto de Física
Sandra Regina Braga de Oliveira / CCB – Centro de Ciências Biológicas
João Francisco de Pinho / HU – Serviço de Nutrição e Dietética
Luiz Carvalho de Almeida / HU – SPP
Zila Ana Zimmermann / HU – Serviço de Nutrição e Dietética
Clesia Isaura da Silva / HU – Serviço de enfermagem do Centro Cirúrgico
Dilza de Amorim Mariano  / HU – SASC
Terezinha Fátima da Silva / HU – DMSG
Kátia Rosana Reis Espínola / SECARTE – Secretaria de Cultura e Arte
Vilma Maria Bernardes / IU – Imprensa Universitária
Ilda Martins dos Santos / HU – Serviço de enfermagem de internação pediátrica
Loreni Terezinha Becker Damiani / HU – Serviço de enfermagem da Clínica cirúrgica II
Marlene Aparecida de Aguiar Franco / CED – Centro de Ciências da EducaçãoIzabel Cristina Vieira de Oliveira / CA- Colégio de Aplicação
Rosania Pinheiro Schauffert / Restaurante Universitário

Tags: PRDHS

Expediente na PRDHS

25/05/2011 08:28

A Pró-Reitoria de Desenvolvimento Humano e Social (PRDHS) informa que, excepcionalmente, não haverá atendimento externo na manhã desta quinta feira, dia 26 de maio, das 8h as 10h30h,  em função do seminário de apresentação do  sistema SiASS para os servidores da unidade. O expediente será normal no turno da tarde.

Tags: expedientePRDHS

Pró-Reitoria de Desenvolvimento Humano e Social distribui Avaliação de Desempenho 2011

24/05/2011 08:29

O Departamento de Desenvolvimento de Potencialização de Pessoas (DDPP) da Pró-Reitoria de Desenvolvimento Humano e Social (PRDHS), por meio de sua Divisão de Análise Funcional e Desenvolvimento na Carreira (DAFDC), distribui a partir desta terça-feira, 24 de maio,  material para avaliação de desempenho dos servidores técnico-administrativos em Educação (STAE). A análise é referente à etapa abril/2011.

Os servidores técnico-administrativos devem devolver as fichas de avaliação de desempenho, com todos os campos preenchidos e as assinaturas identificadas o mais breve possível, com prazo final esgotando-se em 10 de junho.

Os servidores que puderem devolver as referidas fichas à DAFDC antes dessa data contribuirão com a agilidade no processo. Informamos que os servidores lotados nas Unidades Administrativas e Acadêmicas da UFSC deverão retornar as fichas para a DAFDC/DDP. Já os servidores do Hospital Universitário (H) devem encaminhar os documentos para a Divisão Auxiliar de Pessoal (DAP/HU).

As avaliações são feitas pela chefia imediata e pelo próprio servidor (autoavaliação) na mesma ficha. A Avaliação de Desempenho é um processo contínuo e permanente, que busca o desenvolvimento e o crescimento pessoal, profissional e institucional. Tal como foi concebido no âmbito da UFSC, este processo conduz ao esforço de ultrapassar a visão de que a avaliação de desempenho objetiva exclusivamente a progressão funcional por mérito, constituindo-se num instrumento de planejamento e desenvolvimento de recursos humanos, na medida em que viabiliza a interpretação e análise da realidade organizacional.

O processo está vinculada à Progressão por Mérito Profissional (PMP), que se trata de mudança para o padrão de vencimento imediatamente subsequente, a cada 18 meses de efetivo exercício, desde que o servidor apresente resultado da Avaliação de Desempenho igual ou superior a 7 (sete), observado o respectivo nível de capacitação. O resultado desta avaliação pode dar direito à concessão de PMP para quem tem previsão de progressão para o período de 01-04-2011 a 31-03-2012.

A PRDHS ressalta que todos os servidores devem ser avaliados, inclusive aqueles que estão em final de carreira ou que não possuem previsão de Progressão para este período.

Mais informações podem ser obtidas através do link Avaliação de Desempenho no site da PRDHS: http://www.prdhs.ufsc.br ou no ramal 9435.

Tags: Avaliação de DesempenhoPRDHS

Saúde do trabalhador é destaque em debate na UFSC

04/05/2011 10:21

Discussões foram realizadas no dia

Discussões foram realizadas no Dia Internacional em Memória às Vítimas de Acidente de Trabalho/ Foto: Francisca Nery

Na tarde da última quinta-feira, 28 de abril, foi realizado debate com enfoque na saúde e segurança do trabalho dentro da Universidade. O encontro reuniu cerca de 30 profissionais na Sala dos Conselhos, no prédio da Reitoria, e foi organizado pela Pró-Reitoria de Desenvolvimento Humano e Social (PRDHS). Líderes sindicais, auditores fiscais do Ministério Público do Trabalho (MPT), pró-reitores, chefes de departamento, coordenadores de cursos, docentes e técnicos-administrativos contribuíram com a discussão alusiva à data em que é comemorado o Dia Internacional em Memória às Vítimas de Acidentes de Trabalho.A mesa principal foi, inicialmente, composta pelo pró-reitor de Desenvolvimento Humano e Social, Luiz Henrique Vieira, representando o reitor Álvaro Prata, ausente por motivos de viagem. Além do pró-reitor, participaram do debate a diretora do Sindicato dos Trabalhadores da UFSC (Sintufsc) Terezinha Cecato, o procurador do trabalho do MPT Dr. Egon Koener Júnior, e o presidente do Sindicato dos Professores das Universidades Federais de SC, professor Carlos Mussi.

A diretora do Sintufsc iniciou sua fala alertando para a busca de melhorias para os trabalhadores na Universidade. O debate coincidiu com o dia de paralisação feita pelos servidores que buscam, dentre outros fatores, benefícios no Plano de Saúde, como explicou Terezinha. Já Carlos Mussi deu destaque para a importância de se cuidar dos professores das universidades federais, tanto os ativos quanto dos inativos, objetivando a qualidade de vida. O dr. Egon destacou que as doenças ocupacionais costumam ser ignoradas, e ressaltou que esse quadro deveria ser revertido. O MPT também teve voz pela Dra. Cristine Fontes, que salientou a importância do setor de lutar através de suas ferramentas – como a carteira de trabalho e suas inúmeras garantias; o seguro-desemprego; o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e as constantes inspeções de trabalho realizadas –, pela segurança e saúde dos trabalhores, amparadas pela superintendência regional do emprego e do trabalho de SC.

A coordenadora da PRDHS, Edna Maria Niero, conduziu o debate pedindo que os demais presentes também pudessem participar da mesa central de discussões. O coordenador da Câmara Nacional de Engenharia da Segurança do Trabalho, Nelton Luiz, trouxe dados que apontam um crescimento recente dos acidentes de trabalho devido ao crescimento econômico do país. “Até 2006 esses números eram cada vez menores. Deve haver condição e suporte para os trabalhadores, principalmente em momentos de aquecimento econômico”, afirma o coordenador, ainda alertando para a realidade de o Brasil ser o 4º país com mais acidentes verificados (só perdendo para China, EUA e Rússia), chegando a 2500 ocorrências anuais.

Segundo Edna da PRDHS, o 28 de abril serviu apenas como pretexto para a realização do debate. “Trocas de experiências como as realizadas nesse encontro fortalecem e muito nossa atividade no fomento à saúde do trabalhador”, justifica Edna. A importância, para a coordenadora, também consiste no fato de que as questões associadas à saúde e ao trabalho extrapolam a esfera entre trabalhador e empregador, sendo objeto de saúde pública. “Daí a validade de se organizar um evento desse aspecto em uma universidade federal”, conclui.

Por Gabriele Duarte/ Bolsista de Jornalismo na Agecom

Tags: PRDHS

UFSC organiza debate no Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes de Trabalho

25/04/2011 15:56

Em 28 de abril de 1969 a explosão de uma mina nos Estados Unidos matou 78 trabalhadores. A tragédia marcou a data como o Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes do Trabalho. Encampando essa luta, mas com foco na prevenção, a Organização Internacional do Trabalho instituiu em 2003 o 28 de abril como o Dia Mundial de Segurança e Saúde no Trabalho. A UFSC marca a data nesta quinta-feira, em debate na Sala dos Conselhos, a partir de 14 horas. A promoção é da Pró-Reitoria de Desenvolvimento Humano e Social (PRDHS).

Segundo a médica do trabalho da UFSC Edna Maria Niero, as questões que associam saúde e trabalho deixaram de dizer respeito exclusivamente à relação entre trabalhador e empregador, passando a ser também um objeto da saúde pública. Ela lembra que em 2006 o governo brasileiro adotou oficialmente a data de 28 de abril também para alertar e impulsionar a sociedade sobre a necessidade de desenvolver formas de trabalho decente, preservando a vida e promovendo a saúde.

“O direito universal à saúde é uma conquista da cidadania brasileira, garantida na Constituição Federal, em seu artigo 196, como um direito de todos e um dever do Estado garantido mediante políticas sociais e econômicas”, ressalta a médica. Edna complementa lembrando que a saúde do trabalhador está contemplada no âmbito deste direito na Carta Magna, disposta em seu artigo 200 como competência do Sistema Único de Saúde (SUS).

Vítimas

De acordo com a Organização Internacional do Trabalho, em todo o mundo cerca de 270 milhões de trabalhadores são vitimados em decorrência de acidentes de trabalho todos os anos. Cerca de dois milhões perdem suas vidas no trabalho, com cinco a seis mil mortes por dia, três vidas perdidas a cada minuto. Doze mil vítimas são crianças.

No Brasil, segundo dados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), obtidos no site do Ministério da Saúde, somente entre trabalhadores formais, com vínculo celestista, que correspondem a 30% da população economicamente ativa, foram contabilizados 747.090 acidentes no ano de 2008. As principais incidências são ferimentos, fraturas e traumatismos de punho e mão, incluindo amputações, queimaduras, corrosões e esmagamento – ocorrências que poderiam ser evitadas com investimentos em máquinas mais modernas, dispositivos de segurança, capacitação dos trabalhadores e processos de produção mais adequados. A indústria e serviços tiveram participações de 45% e 44%, respectivamente. Os números aplicam-se exclusivamente aos assalariados com regime CLT e segurados pelo INSS.

Mais informações: Edna Maria Niero / Médica do trabalho/UFSC / / (48) 3721-9036

Tags: PRDHSsegurança no trabalho

UFSC organiza debate no Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes de Trabalho

20/04/2011 10:06

Em 28 de abril de 1969, a explosão de uma mina nos Estados Unidos matou 78 trabalhadores. A tragédia marcou a data como o Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes do Trabalho. Encampando essa luta, mas com foco na prevenção, a Organização Internacional do Trabalho instituiu em 2003 o 28 de abril como o Dia Mundial de Segurança e Saúde no Trabalho. A UFSC marca a data na próxima quinta-feira, em debate na Sala dos Conselhos, a partir de 14 horas. A promoção é da Pró-Reitoria de Desenvolvimento Humano e Social (PRDHS).

Segundo a médica do trabalho da UFSC Edna Maria Niero, as questões que associam saúde e trabalho deixaram de dizer respeito exclusivamente à relação entre trabalhador e empregador, passando a ser também um objeto da saúde pública. Ela lembra que em 2006 o governo brasileiro adotou oficialmente a data de 28 de abril também para alertar e impulsionar a sociedade sobre a necessidade de desenvolver formas de trabalho decente, preservando a vida e promovendo a saúde.

“O direito universal à saúde é uma conquista da cidadania brasileira, garantida na Constituição Federal, em seu artigo 196, como um direito de todos e um dever do Estado garantido mediante políticas sociais e econômicas”, ressalta a médica. Edna complementa lembrando que a saúde do trabalhador está contemplada no âmbito deste direito na Carta Magna, disposta em seu artigo 200 como competência do Sistema Único de Saúde (SUS).

Vítimas

De acordo com a Organização Internacional do Trabalho, em todo o mundo cerca de 270 milhões de trabalhadores são vitimados em decorrência de acidentes de trabalho todos os anos. Cerca de dois milhões perdem suas vidas no trabalho, com cinco a seis mil mortes por dia, três vidas perdidas a cada minuto. Doze mil vítimas são crianças.

No Brasil, segundo dados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), obtidos no site do Ministério da Saúde, somente entre trabalhadores formais, com vínculo celestista, que correspondem a 30% da população economicamente ativa, foram contabilizados 747.090 acidentes no ano de 2008. As principais incidências são ferimentos, fraturas e traumatismos de punho e mão, incluindo amputações, queimaduras, corrosões e esmagamento – ocorrências que poderiam ser evitadas com investimentos em máquinas mais modernas, dispositivos de segurança, capacitação dos trabalhadores e processos de produção mais adequados. A indústria e serviços tiveram participações de 45% e 44%, respectivamente. Os números aplicam-se exclusivamente aos assalariados com regime CLT e segurados pelo INSS.

Mais informações: Edna Maria Niero / Médica do trabalho/UFSC / / (48) 3721-9036

Tags: acidentes de trabalhoPRDHSvítimas

Inscrições para representação no Conselho Universitário

29/03/2011 11:45

A Pró-Reitoria de Desenvolvimento Humano e Social (PRDHS) divulgou o Edital nº 001/PRDHS/2011 que convoca e abre inscrições para eleição dos representantes dos servidores técnico-administrativos em Educação da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) no Conselho Universitário.

As inscrições dos candidatos devem ser feitas na Secretaria Geral dos Órgãos Deliberativos Centrais, no térreo da Reitoria, até esta terça-feira, 29 de março (8h às 12h e das 14h às 17h). A eleição ocorre no dia 5 de abril.

Mais informações: (48) 3721-9030 ou  .

Tags: PRDHSRepresentação no CUNSTAs

Parceria inovadora assegura exames médicos no campus da UFSC

29/03/2011 11:19

Fotos: Paulo Noronha / Agecom

A Universidade Federal de Santa Catarina e a Unimed Florianópolis lideraram e construíram uma parceria que está servindo de modelo para outras instituições no Estado e no país. A conquista desse novo patamar no campo da saúde, dentro de uma visão preventiva, foi comemorada pelos seus dirigentes na noite desta segunda-feira (28/03), na inauguração informal do espaço para a realização periódica dos exames médicos dos servidores técnico-administrativos e docentes da Universidade.

Após reunião e entrega de placa de reconhecimento à direção da Unimed no gabinete do reitor, os representantes das duas instituições conheceram as instalações do novo serviço no Centro de Cultura e Eventos. A visita foi acompanhada pela administração central da UFSC e pelos gestores da empresa.

Implementado sob orientação e coordenação da Pró-Reitoria de Desenvolvimento Humano e Social da UFSC (PRDHS), o espaço foi viabilizado pela Unimed e, até o momento, já beneficiou mais de mil servidores. Segundo o diretor do Departamento de Desenvolvimento e Atenção Social e à Saúde, Marcelo Fontanella Webster, foram atendidos o Hospital Universitário (HU), parte do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH) e está em andamento a convocação dos servidores e professores do Centro Tecnológico (CTC). Todos os servidores serão agendados via carta individual e específica.

O pró-reitorde Desenvolvimento Humano e Social, Luiz Henrique Vieira e Silva, ressaltando a parceria como um avanço concreto na saúde preventiva, deixou claro que esse serviço nada tem a ver com o Plano de Saúde da UFSC e que, portanto, não significará ônus algum para os usuários. Os exames periódicos, esclarece, colocam em prática o decreto federal nº. 6.856, em 2009, determinando exames clínicos, laboratoriais e de imagem para todos os servidores públicos federais.

O reitor Alvaro Prata classificou a parceria com a Unimed de inovadora, “porque, na prática, prioriza e manifesta a preocupação com a saúde e não com a doença”. Ao entregar a placa de reconhecimento ao diretor de Gestão Comercial e Marketing, Octavio R. Lebarbenchon Neto, o reitor frisou que a parceria vem se mostrando boa para os dois lados, suprindo, na sua opinião, de forma adequada as necessidades e demandas da comunidade universitária.

O vice-reitor Carlos Alberto Justo da Silva (o Paraná) aproveitou para sustentar a importância da qualidade do serviço. Para ele, os resultados do modelo de parceria derrubam preconceitos e resistências. “A Unimed mais perto dos usuários ajuda a construir uma relação de confiança e produz uma avaliação positiva no conjunto da Universidade”, assinalou.

Lebarbenchon Neto, prestigiado no ato por mais três gestores da Unimed, constatou na parceria com a UFSC uma mudança de paradigma. “Saímos do modelo tradicional. A inovação é total, porque mudamos para uma parceria direta, deslocando-nos para onde os fatos acontecem”, resumiu. Ele estava escudado pelo gerente do Departamento de Relacionamento Corporativo, Ricardo Tiago Deeke, pelo gestor corporativo Luiz Messias Neto e pelo supervisor de relacionamento corporativo Eduardo Pedrini.

O pró-reitor Luiz Henrique Vieira e Silva entende que a Unimed, ao adotar uma postura pró-ativa, deu uma nova face ao campus. A exemplo de outros eventos, a equipe da Pró-Reitoria de Desenvolvimento Humano e Social da UFSC compareceu em peso, sendo seu trabalho e dedicação referenciados pelo reitor Alvaro Prata.

Luiz Henrique ainda fez questão de salientar a integração com a Secretaria de Cultura e Arte (SeCArte), através do Departamento de Cultura e Eventos, que cedeu espaço para a saúde.  Na estimativa dos dirigentes da Unimed, “o contrato com a UFSC dá conta de 13 mil vidas”. A instalação de um Centro de Pronto Atendimento no bairro da Trindade, onde fica a UFSC, faria parte da estratégia de atender melhor à comunidade universitária. A Unimed sonha inaugurar o novo serviço ainda no primeiro semestre.

Mais informações: (48) 3721-9030

Por Moacir Loth / Diretor da Agecom

Tags: exames periódicosPRDHSUnimed