Vozes de diferentes movimentos trazem suas realidades em tempos de pandemia e desafios à Universidade

26/05/2020 17:27

A Roda de Conversa virtual “Academia, ativismo e gênero em tempos de pandemia”, ocorrida no dia 22 de maio, apontou caminhos para ampliar o debate ente a universidade e os movimentos sociais neste momento tão singular colocada pela pandemia da Covid-19. O evento foi organizado pela Comissão de Movimentos Sociais do Fazendo Gênero 12 vinculado ao Instituto de Estudos de Gênero (IEG/UFSC).

A conversa transcorreu na plataforma Zoom e foi transmitida simultaneamente na página do IEG no Facebook. A moderação foi feita pela pós-doutoranda do Programa Interdisciplinar em Ciências Humanas (PPGICH/UFSC), Vera Gasparetto.
(mais…)

Tags: academiaativismocoronavírusFazendo Gênero 12gêneroRoda de ConversaUFSC

Carmen Fossari tomará posse na Academia Catarinense de Letras e Artes

30/11/2011 09:03
Carmen Fossari na Academia Catarinense de Letras e Artes

Fossari: mais de 60 peças produzidas

A diretora de espetáculos do Departamento Artístico Cultural da UFSC (DAC), Carmen Fossari, será empossada na próxima sexta-feira, dia 2 de dezembro, às 20 horas, pela Academia Catarinense de Letras e Artes (ACLA). A instituição também fará uma homenagem ao ex-professor da UFSC e ex-presidente da Academia Catarinense de Letras (ACL), Lauro Junkes, falecido em 2010. A solenidade acontece no Auditório do Tribunal de Contas do Estado.

Mestre em Literatura Brasileira e diretora de espetáculos do Departamento Artístico Cultural da UFSC, Carmen Fossari foi nomeada pela ACLA e ocupará a cadeira de número 31 da instituição, do patrono Isnard Azevedo.

 Carreira

Natural de Florianópolis, Carmen Fossari se formou em Literatura Brasileira, com opção em teatro, pela UFSC. Como diretora teatral, dirigiu e produziu mais de 60 peças.

Como atriz, atuou na minissérie “Ilha das Bruxas”, produzida pela TV Manchete, no filme “Procuradas”, e nos curtas metragens “Alva Paixão”, de Maria Emília Azevedo, ”Ilha”, de Zeca Pires, e “Alma Açoriana”, de Penna Filho. Carmen Fossari também escreve enredos para as escolas de samba de Florianópolis. Durante dez anos, escreveu para o Anuário Brasileiro de Teatro.

Recebeu inúmeros prêmios estaduais e nacionais e representou o Brasil com espetáculos em Portugal (Açores), Argentina, México, Chile, Colômbia, Paraguai e Porto Rico. Fossari é também diretora artística do Grupo Pesquisa Teatro Novo e coordenadora da Oficina Permanente de Teatro da UFSC.

Lauro Junkes recebe homenagem

Homenagem ao professor Lauro Junkes

Junkes: homenagem

Na solenidade, a Academia Catarinense de Letras e Artes também fará uma homenagem com o prêmio “Conjunto da Obra” a Lauro Junkes, que faleceu no ano passado, aos 69 anos. Junkes foi professor da UFSC por 34 anos e por três décadas trabalhou como jornalista crítico, comentando produções, sobretudo da literatura de Santa Catarina. Ocupava a cadeira de número 32 da Academia Catarinense de Letras (fundada na década de 1920) e foi presidente da ACL de 2003 a 2010.

Academia Catarinense de Letras e Artes

Criada em 2003, a Academia Catarinense de Letras e Artes (ACLA) congrega escritores, poetas músicos, artistas plásticos e das artes cênicas. A ACLA tem como finalidade valorizar e preservar as culturas regionais do Estado. Periodicamente, a instituição promove encontros, simpósios, debates e outros eventos em Santa Catarina.

Confira a lista de homenageados na solenidade

Entrega dos Prêmios ‘‘Paschoal Apóstolo Pítisca’’, ‘‘Victor Meirelles’’, ‘‘Edino Krieger’’ e ‘‘Conjunto da Obra’’ – Ano 2011 – respectivamente aos:

 Escritor Luiz Carlos Amorim – Personalidade Literária do Ano

Artista Plástico Rodrigo de Haro – Personalidade Artística do Ano

Pianista Luiz Gustavo Zago – Personalidade Musical do Ano e

Lauro Junkes (in memoriam) Escritor – Conjunto da Obra

Posse dos Novos Acadêmicos

Aguinaldo Filho (cadeira nº 32 – Patrono Juvenal Melchíades de Souza), Antonio Cunha (cadeira nº 27 – Patrono Adolfo Melo), Carmen Fossari (cadeira nº 31 – Patrono Isnard Azevedo) e Sulanger Bavaresco (cadeira nº 33 – Patrono Horácio Nunes Pires).

Fonte: Rafael Gomes – Acadêmico de Jornalismo, Assessoria de Imprensa do Departamento Artístico Cultural (DAC): SECARTE: UFSC

Tags: academiaartesFossari