‘A Tempestade’: edição bilíngue de clássico do teatro de Shakespeare

10/12/2019 15:00

“A Tempestade” é provavelmente a última obra solo de William Shakespeare para o teatro. O enredo se desenvolve em uma remota ilha, onde Próspero, o legítimo duque de Milão, põe em ação um complexo e mágico estratagema para retomar seu ducado por direito: cria a grande ilusão de uma tempestade. A magia de Próspero desvia a embarcação em que navegava o usurpador de seu ducado e seu cúmplice: seu irmão Antônio e o rei de Nápoles, Alonso, respectivamente.

Com os traidores presos na ilha, as magias de Próspero conduzem a tripulação à retratação, enquanto uma história de amor entre sua filha, Miranda, se desenvolve com o filho de Alonso, Ferdinand. Na trama, a personagem principal conta ainda com o auxílio do espírito Ariel e do nativo Caliban, ambos submetidos por Próspero em seus intentos de redenção. Além do embate entre a possibilidade de reconciliação contra a apologia da vingança, a peça possui uma característica pouco comum nas obras do autor, sendo, inclusive, considerada um musical, pois o texto apresenta 13 canções.

Na edição bilíngue publicada com exclusividade pela Editora da UFSC, Rafael Raffaelli apresenta ao público não somente uma primorosa tradução de um dos mais maduros trabalhos do bardo, como também desenvolve um texto de introdução digno de um experiente pesquisador da obra shakespeariana, expondo as possibilidades interpretativas da obra, suas prováveis influências e o contexto da época de sua redação. Além disso, a edição conta com dois apêndices em que constam as duas únicas partituras originais que restaram de músicas da peça, e ilustrações e fotos que referenciam a relevância d’A Tempestade para o legado de Shakespeare.

Serviço
O quê: A Tempestade, de William Shakespeare (edição bilíngue)
Tradução: Rafael Raffaelli
Quanto: R$35,00 (impresso) e e-book gratuito, disponível aqui
Mais informações na página da Editora da UFSC

 

 

Gabriel Martins/Agecom/UFSC

Tags: Editora da UFSC (Edufsc)teatroUFSCWilliam Shakespeare