Clínica Escola de Fonoaudiologia atende mais de mil pacientes em três anos de funcionamento

28/07/2016 08:16
Atividade conduzida na Clínica Escola de Fonoaudiologia da UFSC. (Foto: Pipo Quint/Agecom/UFSC)

Atividade conduzida na Clínica Escola de Fonoaudiologia da UFSC. (Foto: Pipo Quint/Agecom/UFSC)

A Clínica Escola de Fonoaudiologia da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), que existe há cerca de três anos, já avaliou a audição de mais de 1.100 pacientes, e atendeu 1.176 pessoas em terapia fonoaudiológica. Circulam pela clínica cerca de 200 pessoas por dia, sendo estudantes, estagiários e professores, além de pacientes de todas as faixas etárias.

Com foco em atividades de ensino, a clínica oferece aulas práticas e estágios para os alunos do curso, que realizam avaliação e terapia nas áreas de linguagem oral e escrita, voz, motricidade orofacial, disfagia e audiologia. As atividades, supervisionadas por professores, fazem parte da carga horária regular da formação acadêmica.

“Temos uma demanda bastante grande. A clínica atende a comunidade em uma série de serviços, mas o nosso foco é o ensino”, explica a coordenadora da Clínica Escola, Angela Ruviaro Busanello-Stella. “Somos mais procurados especialmente para atendimentos em crianças e avaliações que a rede pública de saúde não cobre, como a Avaliação do Processamento Auditivo Central. Para esse serviço temos uma busca imensa, tanto que tivemos que fechar para novas inscrições para podermos dar conta da demanda dos que já estavam inscritos”, salienta. 
(mais…)

Tags: Clínica Escola de FonoaudiologiaFonoaudiologiaUFSC

14ª Sepex: alunos da Fonoaudiologia usam karaokê para teste de voz

13/11/2015 13:46
Visitantes cantam no Karaokê, no estande de Fonoaudiologia. Foto: Henrique Almeida

Visitantes cantam no Karaokê, no estande de Fonoaudiologia. Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC

Se você ouvir pessoas cantando em um karaokê durante a 14ª Sepex, não estranhe – são os estandes nº 68 e nº 70 do Departamento de Fonoaudiologia da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Mesmo que pareça brincadeira, é dessa forma que os estudantes da área podem observar nos visitantes a motricidade orofacial (movimento da face e boca) e fatores que influenciam a voz. Por meio desse e outros exercícios, os “pacientes” recebem dicas dos futuros fonoaudiólogos e, caso seja necessário, o convite para marcar uma consulta gratuita na Clínica-Escola de Fonoaudiologia da UFSC.

Stand PIBIC Química e Stands Fono - Foto Henrique Almeida-4

Teste de audição sendo realizado no estande de Fonoaudiologia. Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC

Além do karaokê, o estande “Cantar, falar, engolir: o que eu tenho a ver com isso?”  também oferece avaliação da articulação. Na pequena consulta, a professora orientadora Angela Ruviaro Busanello Stella pode descobrir causas de dor de cabeça, zumbido nos ouvidos e dor nos músculos. “Algumas pessoas não sabem as causas de suas dores de cabeça, e aqui entendem o motivo. Às vezes, ele pode estar relacionado com a Disfunção da Articulação Temporal Mandibular (DTM)”, diz Angela.

Ao lado de onde a professora faz a avaliação, algumas estudantes medem o volume de fones de ouvido daqueles que visitam a 14ª Sepex ouvindo música. “O aparelho mostrou que o som estava muito alto. Como tenho um caso de surdez na família, me falaram que preciso me cuidar e passar a ouvir em um volume mais baixo”, conta a aluna do colégio Virgílio dos Reis Várzea, Mariana Jonjob, de 12 anos. Ali também é possível fazer uma triagem auditiva, em que se descobre a capacidade de audição.

A 14ª Sepex vai até as 12h de sábado, 14 de novembro, na Praça da Cidadania, na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Campus Florianópolis. Para receber atendimento do Departamento de Fonoaudiologia, visite a Clínica-Escola de Fonoaudiologia, no prédio 2 da Reitoria, na rua Desembargador Vitor Lima, 222, 2º Andar.

Camila Geraldo/Estagiária de Jornalismo Científico/DGC/Propesq/UFSC

 

Tags: 14ª SepexClínica Escola de FonoaudiologiaDepartamento de FonoaudiologiaDisfunção da Articulação Temporal Mandibular (DTM)motricidade orofacial

Clínica Escola de Fonoaudiologia oferece ajuda para problemas relacionados à comunicação

29/05/2015 08:45

Alunos da UFSC com problemas relacionados à comunicação podem contar com tratamento gratuito na Clínica Escola de Fonoaudiologia. Neste semestre, o agendamento para os alunos da UFSC pode ser feito através do telefone (48) 3721-6111, e as marcações são para as segundas-feiras, das 13h30 às 15h30.

Atendimento de estudantes é supervisionado por professores. Foto: Jair Quint/Fotógrafo da Agecom/DGC/UFSC

Atendimento de estudantes é supervisionado por professores. Foto: Jair Quint/Fotógrafo da Agecom/DGC/UFSC

Queixas sobre fala (problemas de articulação e dicção) e voz (como rouquidão, cansaço ou esforço para falar, entre outros) são as mais comuns, explica a professora e coordenadora da clínica, Angela Ruviaro Busanello-Stella. “Em boa parte dos casos, conseguimos, tranquilamente, tratar e dar alta para o paciente em um semestre. Em outros casos, para ajudar o paciente é preciso um pouco mais”.

Segundo Angela, além da terapia fonoaudiológica, a clínica oferece uma série de exames auditivos. Segundo a professora, “o atendimento é individualizado, feito por acadêmicos do 6º, 7º e 8º semestres, mas sempre com a supervisão de professores. Não é vinculado a apoio pedagógico da UFSC e trata somente questões fonoaudiológicas”.

Os estágios fazem parte da grade curricular do curso de Fonoaudiologia e são divididos conforme as fases de vida em: 1ª infância (até cinco anos), 2ª infância e adolescência (6 aos  16 anos) e adulto (acima de 16 anos). A cada semestre aproximadamente 120 alunos realizam os atendimentos e novos pacientes são chamados quando outros recebem alta.

A clínica existe aproximadamente há três anos e tende a população em geral, mas a procura maior é para o atendimento de crianças. “É uma característica da procura e, por isso temos defasagem de pacientes da fase adulta enquanto temos uma lista de espera para crianças.”, afirma Angela..

Mais informações pelo telefone (48) 3721-6111 ou pessoalmente na Clínica Escola de Fonoaudiologia da UFSC, no 2º Andar do prédio Reitoria II, na Rua Desembargador Vitor Lima, 222.

Exames e procedimentos realizados na Clínica de Fonoaudiologia da UFSC
Atendimento fonoterápico para crianças e adultos.
Eletromiografia de superfície; avaliação acústica e comportamental da voz.
Exames Auditivos como audiometria tonal e vocal; medidas de imitância acústica; emissões otoacústicas; potenciais evocados auditivos do tronco encefálico; avaliação do processamentoauditivo e exame vestibular.

Caetano Machado/Jornalista da Agecom/DGC/UFSC

Fotos: Jair Quint/Fotógrafo da Agecom/DGC/UFSC

Tags: atendimento fonoterápicoClínica Escola de Fonoaudiologiaexames auditivosFonoaudiologiaUFSC