Entidades problematizam adoção da educação a distância nas universidades

08/04/2020 15:18

[Notícia atualizada em 14 de abril de 2020]

A Associação Universidade em Rede (UniRede) divulgou nesta quarta-feira, 8 de abril, documento em que problematiza a adoção da educação a distância para os cursos de graduação e pós-graduação das instituições públicas de ensino superior no Brasil no período de pandemia. Segundo a associação que pesquisa e promove a EaD no ensino superior brasileiro há mais de duas décadas, essa modalidade não se caracteriza pela simples transposição de conteúdos e materiais didáticos para um ambiente virtual de aprendizagem, exigindo mais cuidado para se constituir enquanto um ensino inclusivo.

Outra organização, o Conselho Nacional dos Dirigentes das Escolas de Educação Básica das
Instituições Federais de Ensino Superior (Condicap), se pronunciou a respeito das propostas de atividades
remotas, ensino a distância e Educação a Distância (EaD) na Educação Básica que vêm sendo
sugeridas tanto no âmbito federal quanto em esferas estaduais, municipais e locais, bem como em
relação à manutenção do calendário do Enem. O Conselho entende que a Educação Básica oferecida pelos Colégios de Aplicação não atenda a esses pressupostos regimentais da EAD e muito menos às propostas de atividades remotas e de ensino a distância. Se opõe, ainda, à manutenção do calendário do Enem.

Confira abaixo a íntegra dos documentos:

UniRede questões sobre adoção da EaD.pdf

Nota Condicap (pdf)

Tags: Associação Universidade em Rede (UniRede)CondicapcoronavírusEducação a DistânciaUFSC