UFSC sedia II Seminário de Gestão Pública Sustentável

26/10/2015 12:24
Gestores das Ifes debatem sustentabilidade na administração pública. Foto: Jair Quint/Agecom/UFSC

Gestores das Ifes debatem sustentabilidade na administração pública. Foto: Jair Quint/Agecom/UFSC

Discutir a sustentabilidade na Gestão Pública das Instituições Federais de Ensino Superior (Ifes), compartilhar experiências e boas práticas. Essa é a proposta do II Seminário de Gestão Pública Sustentável, realizado ao longo desta segunda-feira, 26, no auditório da Reitoria, em Florianópolis. O evento é organizado pelo Fórum de Gestão Integrada das Instituições Federais de Ensino em Santa Catarina (Forgifesc), formado pela UFSC, pela Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e pelo Instituto Federal Catarinense (IFC).

O Forgifesc foi implementado em março de 2014. “Desde lá, foram mais de oito encontros, compras compartilhadas e o I Seminário de Gestão Pública Sustentável. Buscamos uma maior articulação entre as instituições, que podem alcançar juntas seus objetivos, com o enfoque social. Precisamos agora dar um passo à frente, por isso, buscamos a participação das altas gestões e dos órgãos de controle”, afirmou o coordenador do Forgifesc, Érico Madruga. “É preciso avançar na questão da sustentabilidade social como critério de gestão”, complementou.

Gestores, técnicos, docentes e estudantes participam do seminário. A pró-reitora de Administração do IFSC, Elisa Flemming Luz, o pró-reitor de Administração do IFC, Maurício Lehmann, o analista de finanças da CGU, Rodrigo de Bona, a doutoranda na área de Ética e Sustentabilidade pela UFSC, Vanderleia Martins Lohn, o coordenador do Mestrado Profissional em Administração Universitária da UFSC e diretor do Instituto de Pesquisas e Estudos em Administração Universitária (Inpeau), Pedro Antônio de Melo, contribuem com os debates.

Entre as temáticas abordadas, “A Sustentabilidade das Ifes com enfoque social – Efetividade, Cidadania e Controle social”. A reitora Roselane Neckel destacou a responsabilidade social das instituições de ensino e a importância da mudança de cultura para sustentabilidade. “É uma cultura que não foi construída. Quando nós, gestores de instituições públicas, estamos dando exemplo, isso tem uma capilaridade muito grande e atinge vários setores, e reflete na formação de professores. Um grande desafio é a formação de cidadãos com consciência das questões ambientais”, disse.

Na programação, as palestras “Eficiência pública, cidadania e controle social nas Ifes”, “Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS): um caminho para a Gestão Pública”, “Projeto de formação socioambiental de servidores técnicos e administrativos da Universidade de São Paulo (USP): educação ambiental em capilaridade”, “Plano de Logísitca Sustentável no Ministério do Meio Ambiente: monitoramento e avaliação” e o painel “Sustentabilidade: uma responsabilidade de todos”. Experiências e desafios das Ifes na elaboração de seus Planos de Logística Sustentável (PLS) também estarão cem pauta. A apresentação de cases de sustentabilidade nas Ifes Catarinenses a assinatura da carta de compromissos sustentáveis estão previstas para o período da tarde.


Bruna Bertoldi Gonçalves/Jornalista/Diretoria-Geral de Comunicação/UFSC

Tags: CGUForgifescgestão sustentávelIFCIFSCseminárioUFFSUFSC