Simpósio da Pós-Graduação em Literatura reflete o significado dos monstros na cultura ocidental

29/06/2018 15:43

Androides, lobisomens, bruxas. Esses e outros monstros, que sempre rondaram o imaginário da cultura ocidental, são personagens difundidos na literatura e cinema. Como exemplo vale citar o filme “A Forma da Água“, vencedor do Oscar 2018, do diretor Guillhermo del Toro, onde uma criatura criada em laboratório é vista como um mal  que pode ser torturado e odiado, por ser diferente biologicamente. Nesse contexto da indústria cultural, tais seres foram protagonistas do “Simpósio de Monstruosidades — Estética e Política”, organizado pelo Programa de Pós-Graduação em Literatura da Universidade Federal de Santa Catarina (PPGLIT/UFSC), na última quinta-feira, 28 de junho. Ministrado pelos professores Marcio Markendorf e Daniel Serravalle de Sá, o evento ocorreu no auditório da Biblioteca Universitária, durante o dia inteiro, reunindo seis mesas temáticas, além de palestras de abertura e encerramento.

Com o objetivo de apresentar trabalhos acadêmicos que problematizam o monstro na cultura ocidental nas mais variadas manifestações e lugares institucionais, a ideia foi revelar como o monstro, percebido como o anormal, o freak, o queer, o outro e o diferente, torna-se elemento metafórico para a produção de preconceito, abjeção, marginalização e violência.
(mais…)

Tags: literaturamonstrosmonstruosidadessimpósioUFSC