Saiba como se atualizar sobre as greves de técnico-administrativos e de professores da UFSC

16/05/2024 16:38

As greves dos servidores Técnico-Administrativos em Educação (TAEs) e dos professores da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) impactam serviços da Universidade. Os movimentos foram deflagrados pelo Sindicato de Trabalhadores em Educação da Universidade Federal de Santa Catarina (Sintufsc), em 11 de março, e pelo Sindicato dos Professores das Universidades Federais de Santa Catarina (Apufsc-Sindical), em 7 de maio. Ambos mantêm comunicação sobre seus atos, chamadas para assembleias e outras informações voltadas ao cotidiano dos movimentos.

O site da Reitoria da UFSC publica informações sobre as mesas de negociação de pautas locais ou outras questões referentes aos debates envolvendo as paralisações que envolvam diálogo com a administração central. O portal UFSC.br, conforme política editorial disponível no site da Agência de Comunicação (Agecom), está voltado para os impactos dos movimentos no cotidiano da vida acadêmica, como interrupções em serviços essenciais.

Greve dos professores

A Apufsc-Sindical publicou em seu site a indicação de que cada professor procure seus alunos para informar se aderiu ou não à paralisação. Dessa forma, os estudantes que ainda estejam em dúvida quanto à manutenção das aulas devem procurar diretamente os docentes de seus departamentos.

Greve dos técnicos-administrativos em Educação 

Os setores que comunicaram, oficialmente, alguma alteração no atendimento são:

Campus de Florianópolis

  • Agência de Comunicação (Agecom) – atendimento parcial.
  • Biblioteca Universitária (BU) – unidade central somente com as salas de estudo individual abertas e fechamento de algumas bibliotecas setoriais.
  • Centro de Ciências Biológicas (CCB) – Estão totalmente paralisados os técnicos-administrativos dos departamentos de Biologia Celular, Embriologia e Genética (BEG); Botânica (BOT); Ciências Fisiológicas (CFS); Ecologia e Zoologia (ECZ) e a Secretaria Integrada dos Departamentos (SIDL), além de estruturas como o NEMAR, Herbário FLOR e Secretaria dos Cursos de Graduação. Há informação de que dos 71 TAEs ativos, 39 estejam paralisados. Há adesão parcial nos departamentos de Farmacologia (FMC) e Morfologia (MOR) e na Direção do Centro.
  • Centro de Comunicação e Expressão (CCE) – informaram adesão à greve as secretarias do Programa de Mestrado Profissional em Letras (PROFLetras), do Programa de Pós-Graduação em Linguística, da Coordenação do curso de graduação em Letras – Português, do Departamento de Língua e Literatura Vernáculas e da secretaria do Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução.
  • Centro de Ciências da Saúde (CCS) – as Clínicas Odontológicas estão fechadas.
  • Centro de Desportos (CDS) – Confira na página do CDS quais setores estão com atividades suspensas.
  • Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH) – a Direção, departamentos, secretarias dos cursos de Graduação e de Pós-Graduação estão com atividades suspensas.Acompanhe pelo site.
  • Centro Socioeconômico (CSE) –  A secretaria do curso de Graduação em Administração, a secretaria do curso de Graduação em Ciências Contábeis, a secretaria do curso de Graduação em Relações Internacionais e a secretaria do curso de Graduação em Serviço Social informaram adesão à greve.
  • Centro Tecnológico (CTC) – o programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica, a coordenação de Graduação em Engenharia Mecânica, a coordenação de Graduação em Engenharia de Materiais, a coordenação de estágios em Engenharia de Materiais, a secretaria do curso de Graduação em Arquitetura e Urbanismo, a secretaria de Pós-Graduação em Ciência da Computação e a a coordenadoria de Graduação em Sistemas de Informação informaram adesão à greve.
  • Colégio de Aplicação (CA) – alteração de rotinas divulgadas em notaSuspensão de atividades no dia 21 de março, nos períodos matutino e vespertino.
  • Coordenadoria de Gestão Ambiental (CGA) – atendimento parcial. As ações emergenciais e algumas atividades internas não foram paralisadas.
  • Departamento de Administração Escolar (DAE)  – atendimento e serviços afetados, conforme o site.
  • Departamento de Cultura e Eventos (DCEVEN) – suspensão de agendamento de eventos, conforme nota.
  • Departamento de Gestão Patrimonial (DGP) – suspenso o atendimento presencial às segundas, às terças e às quintas-feiras, conforme Ofício Circular 4/DGP/PROAD/2024. Outras informações no site da Proad.
  • Departamento de Projetos de Arquitetura e Engenharia (DPAE) – paralisação do atendimento conforme o site.
  • Departamento de Integração Acadêmica e Profissional (DIP) – atendimento parcial. Confira no site do DIP os serviços disponíveis. 
  • Editora da UFSC – Todos os setores, exceto a Direção Executiva, estão em greve. Estão fechados a Livraria no Centro de Cultura e Eventos; o setor Administrativo e Financeiro; a Divisão Editorial, incluindo a Produção, Revisão, e Coordenação Editorial; o setor de Vendas e Marketing; a Livraria Virtual e o setor responsável pela realização de eventos.
  • Hospital Universitário (HU/Ebserh) – parte das atividades estão sendo impactadas
  • Museu de Arqueologia e Etnologia (MArquE) – exposições suspensas a partir de 19 de março, conforme site. 
  • Núcleo de Desenvolvimento Infantil (NDI) – estão entre os setores impactados: Coordenação Pedagógica, Secretaria, Administrativo e Nutrição. Setor de Saúde segue em funcionamento, conforme nota no site do Núcleo.
  • Prefeitura Universitária – impactadas as rotinas de aquisição, gerenciamento e instalação dos materiais necessários aos serviços de manutenção predial e de equipamentos. Por isso, parte dos serviços de manutenção poderá não ser atendida, conforme ofício circular.
  • Pró-Reitoria de Permanência e Assunto Estudantis (Prae) –  alguns serviços foram afetados. Os pagamentos das bolsas em curso serão mantidos. Confira o comunicado no site.
  • Pró-Reitoria de Ações Afirmativas e Equidade (Proafe) – alguns serviços estão impactados pela greve. Confira comunicado no site.
  • Pró-Reitoria de Administração (PROAD) – suspensos o Calendário de Compras e o Cronograma de Contratações 2024, entre outros serviços.
  • Pró-Reitoria de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas – setores do Departamento de Desenvolvimento de Pessoas (DDP) estão em greve. Setor de Movimentação Interna está em greve, o setor de Atendimento administrativo do DDP parou parcialmente e a Divisão de Capacitação continuada (DICC) também se encontra em greve. Atividades desenvolvidas de forma parcial.
  • Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação (PROPESQ) – Coordenadoria do Programa Institucional de Iniciação Científica e Tecnológica (PIICT) suspendeu os atendimentos externos.
  • Secretaria de Relações Internacionais (Sinter) – Atendimento parcial. Confira no site os serviços disponíveis.

Campus de Araranguá

Campus de Blumenau

  • Serviço de Comunicação do Campus de Blumenau – alguns dos serviços de comunicação prestados estão suspensos. A lista está no site do campus.

Campus de Curitibanos

Campus de Joinville

Na medida em que outros setores forem aderindo à paralisação, atualizações serão feitas para informar sobre possíveis impactos adicionais nos serviços da Universidade. Caso outros setores queiram comunicar a adesão à greve, podem entrar em contato pelo endereço de e-mail: agecom@contato.ufsc.br. 

*Notícia atualizada em 10/5/2024, às 14h35, para inclusão de novas informações sobre a greve de professores e canais de informação sobre as greves.

Tags: Biblioteca Universitária da UFSC (BU)Colégio de Aplicação (CA)Greveparalisaçãoservidores técnico-administrativos em EducaçãoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina