Conferência na UFSC com ministro de Portugal será aula magna do semestre 2019.2

12/08/2019 11:14

12A conferência “A iniciativa Atlantic Interactions: uma Agenda para o Oceano Atlântico”, a ser proferida pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Portugal, professor Manuel Heitor, será a aula magna da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) para o segundo semestre de 2019. A conferência ocorrerá no dia 13 de agosto, terça-feira, às 16h, no Auditório Secretaria de Educação a Distância (Sead) – Rua Dom Joaquim, 757, Centro, Florianópolis. A aula será transmitida ao vivo pela internet.

Atlantic Interactions envolve 28 países e sua principal missão é conectar as instituições ao redor do Atlântico, a fim de promover a investigação interdisciplinar do Espaço, Clima, Energia, Oceanos, e Ciências de dados, exploração sustentável no Atlântico visando à prosperidade e o bem-estar das sociedades.

A aula magna abordará também o ensino superior, e o desenvolvimento de ciência e tecnologia. Haverá espaço para debates após a fala do professor.

Mais sobre o palestrante 

O professor Manuel Heitor é doutor pelo Imperial College de Londres, na área de Engenharia Mecânica (Combustão Experimental), 1985, tendo feito um pós-doutoramento na Universidade da Califórnia em San Diego, 1986. Prosseguiu posteriormente uma carreira acadêmica no Instituto Superior Técnico em Lisboa, onde começou por desenvolver a sua atividade de investigação na área de Mecânica de Fluídos e Combustão Experimental.

É Professor Catedrático no Instituto Superior Técnico (IST), Lisboa, onde dirige o Centro de Estudos em Inovação, Tecnologia e Políticas de Desenvolvimento, IN+ e coordena os programas de doutoramento do IST em Engenharia e Políticas Públicas e em Engenharia de Concepção e Sistemas Avançados de Manufatura.

Foi Secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, dos XVII e XVIII Governo, entre março de 2005 e junho de 2011, envolvendo-se ativamente no aumento do financiamento público e privado para atividades de ciência e tecnologia e na reforma e modernização do ensino superior. Foi particularmente instrumental no desenho e implementação de consórcios internacionais em investigação e formação avançada entre universidades portuguesas e norte-americanas, envolvendo redes temáticas de ciência e tecnologia.

Durante o ano letivo 2011/12 foi Professor Visitante na Universidade de Harvard, nos EUA. Desempenhou as funções de Presidente Adjunto do Instituto Superior Técnico entre 1993 e 1998, tendo-se dedicado desde o início dos anos 90 ao estudo de políticas de ciência, tecnologia e inovação, incluindo políticas e gestão do ensino superior. Fundou em 1998 o Centro de Estudos em Inovação, Tecnologia e Políticas de Desenvolvimento, IN+, do IST, o qual foi nomeado em 2005 como um dos Top 50 Global Centres of Research on Management of Technology, pelaInternational Association for the Management of Technology, IAMOT.

É Research Fellow da Universidade do Texas em Austin, no Instituto IC2, Innovation, Creativity and Capital. Lançou e coordenou a série de conferências internacionais sobre Technology Policy and Innovation e é coeditor da série de livros sobre Science and Technology Policy, editada pela Purdue University Press. Foi co-fundador em 2002 da rede internacional Globelics – the global network for the economics of learning, innovation, and competence building systems.

Recentemente, tem estado envolvido na promoção da rede europeia step4EU, science, technology, education and policy for Europe, assim como no estabelecimento do Observatório Internacional de Políticas Globais para a Exploração do Atlântico, OIPG. Em julho 2015 promoveu em Portugal o Manifesto O Conhecimento como Futuro e, mais tarde, a declaração internacional Knowledge as Our Common Future.

Tem experiência no processo de reformulação do sistema educacional e de C&T de Portugal.

Tags: Agenda para o Oceano AtlânticoManuel HeitorPROPESQUFSC