Confira como é calculada a nota do Enem usada para integrar a nota final do Vestibular da UFSC

30/01/2014 15:57

Como foi anunciado no Edital 04/Coperve/2013, que regeu o Vestibular 2014 da UFSC, “a nota do Exame Nacional do Ensino Médio –Enem – (NE) será a média aritmética simples das cinco notas do exame utilizado, expressa na base centesimal com duas casas decimais após a vírgula”. O que significa usar a base centesimal? Observe o exemplo a seguir:

João Santos (nome fictício) obteve as seguintes notas no Enem 2013:

  • Ciências Humanas e suas Tecnologias – 649,4
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias – 481,7
  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias – 576,3
  • Matemática e suas Tecnologias – 565,1
  • Redação – 500,0

Ao contrário do que se pode pensar, a nota de João no Enem NÃO é a soma dessas notas dividida por cinco. Isso não pode ser feito, uma vez que a escala (nota mínima/nota máxima) é diferente para cada disciplina. Ao mencionar a base centesimal, o edital da UFSC já prevê, conceitualmente, o uso das notas mínimas e máximas de cada disciplina (divulgados pelo Inep) para compor a nota a ser considerada para os cálculos da nota final do vestibular.

Assim, a média de João Santos não é 554,5 ou 55,45, ou seja, não se podem somar aquelas notas e dividir a soma por cinco. Para cada disciplina, seria necessário usar as notas mínimas e máximas do Enem, como faremos abaixo, com cálculos aproximados.

A nota mínima do ENEM 2013 da prova de Ciências Humanas e suas Tecnologias foi 299,50. A nota máxima foi 888,70. Desse modo, nessa disciplina, a nota de João, para os cálculos do vestibular, é:

[(649.4 – 299.50) / (888.70 – 299.50)] x 100

No cálculo acima, 649,4 é a nota obtida por João no Enem, 299,50 é a nota mínima no Enem 2013 nessa disciplina e 888,70, a nota máxima. Feitos os cálculos, sua nota em Ciências Humanas e suas Tecnologias (expressa na base centesimal) é, portanto, 59,39.

Esse mesmo cálculo deve ser feito para cada uma das disciplinas. Desse modo, as notas de João ficariam:

  • Ciências Humanas e suas Tecnologias – 59,39
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias – 28,86
  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias – 57,07
  • Matemática e suas Tecnologias – 37,39
  • Redação – 50,00

A média de João é, portanto, 46,54 (média aritmética simples das notas acima) e não 55,45. A partir daí, segue-se outra fórmula para chegarmos à NOTA FINAL no vestibular. Digamos que João tirou 40,00 no Vestibular 2014. Nesse caso, teremos:

NF = 0.7 * 40,00 + 0,3 * 46,54, ou seja,  a nota final é 41,96.

O presidente da Comissão Permanente do Vestibular (Coperve), Olinto José Varela Furtado, explica que no ano passado já foi feito o mesmo cálculo. “A diferença é que consideramos, para todas as disciplinas, a nota mínima zero. Este ano, o Inep divulgou que a nota mínima para tais cálculos deveria ser aquela indicada pelo órgão, pois, por conta da metodologia utilizada pelo instituto, o candidato que entregou a prova em branco teve a nota mínima e não nota zero”.

Ressaltamos, ainda, que a sistemática de cálculo foi a mesma para todos os candidatos, independentemente da edição do Enem utilizada, e que as notas mínimas e máximas são diferentes em cada disciplina e em cada edição (ano) do exame.

Ainda tem dúvidas? Contate a Coperve pelo e-mail , pelos telefones (48) 3721-9200 / 9954 ou pelo site http://www.vestibular2014.ufsc.br.

Tags: EnemUFSCVestibular