Tecnologia de Telemedicina, desenvolvida por instituto da UFSC, é apresentada em inauguração do Sisfron

15/07/2015 10:36

O Sistema de Telemedicina Catarinense foi apresentado, dia 9 de julho, na inauguração do Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (SISFRON) em Dourados, Mato Grosso do Sul. A tecnologia de acesso e realização de exames médicos a distância, desenvolvida pelo Instituto Nacional de Convergência Digital (INCoD) na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina, possibilitará o suporte às atividades de defesa estratégica das Forças Armadas nas fronteiras do país, além de oferecer serviços de saúde a comunidades isoladas.

O evento que ocorreu na Base Militar de Guaicurus, sede da 4º Brigada de Cavalaria Mecanizada, contou com a presença do presidente da República em exercício Michel Temer, do comandante do Exército, General-de-Exército Humberto Villas-Boas e do comandante Militar do Oeste (CMO) General-de-Exército Paulo Humberto César de Oliveira, além do General de Brigada Rui Yutaka Matsuda, comandante da Base Gauicurus.

O professor Aldo von Wangenheim, do Departamento de Informática e Estatística, do Centro Tecnológico da UFSC, é o coordenador geral do INCoD e também coordenador do Projeto de Telemedicina junto à SES/SC. Aldo apresentou às autoridades as vantagens e possibilidades do emprego de um sistema similar ao desenvolvido em Santa Catarina no contexto do SISFRON. Nos mais de 16.000 km de fronteiras onde o SISFRON estará presente, a tecnologia deve otimizar e ampliar o atendimento e a oferta de exames médicos em regiões de difícil acesso do Brasil.

Foram também entregues a Michel Temer materiais explicativos sobre a Telemedicina e um DVD institucional. Em entrevista após a apresentação, o presidente destacou que por meio desta operação cívico-social, milhares de pessoas tiveram pela primeira vez a possibilidade de realizar um exame médico, e que esses são fatores que enaltecem o sistema”.

telemedicina

Aldo von Wangenheim explica o sistema a Michel Temer

Fonte: IncoD /UFSC

Tags: Aldo von WangenheimincodSisfronUFSC