Negerplastik: quando a arte africana foi enfim reconhecida

08/01/2020 13:29

Capa do livro Negerplastik, com taça cefalomorfa. Foto: divulgação

Publicado em 1915 por Carl Einstein (1985-1940), Negerplastik colocou no Panteão da arte universal as artes primeiras da África e da Oceania. Naquele período, quando ainda eram conhecidas como “artes primitivas” e as artes africanas como “artes negras”, Einstein percebeu “as formas plásticas puras conservadas pela escultura negra” e empreendeu a primeira análise formal das artes africanas livre de etnocentrismo.

Segundo Einstein, o juízo escrupuloso das artes de origem africana demonstrou que a imensa maioria das críticas anteriores que a caracterizavam enquanto “primitiva” e supostamente ligada a uma origem perdida e ultrapassada, falavam mais sobre o crítico do que sobre a arte africana, propriamente dita.
(mais…)

Tags: Arte plásticaArtes AfricanasCarl EinsteinEditora da UFSCNegerplastikUFSC