Cartas geotécnicas, para prevenção de desastres naturais, são entregues a 15 cidades catarinenses

29/06/2017 10:13

Cerimônia em Florianópolis para entrega das Cartas Geotécnicas na Prevenção de Desastres a 15 municípios de SC

Representantes de 15 cidades catarinenses receberam no início da tarde desta quarta-feira, 28 de junho, em cerimônia realizada no Teatro Governador Pedro Ivo, em Florianópolis, as cartas geotécnicas de Aptidão à Urbanização. O Laboratório de Geoprocessamento (LabGeop) da UFSC, em parceria com o Ministério das Cidades, realizou a entrega e elaborou a metodologia para as cartas e o mapeamento nos municípios. O primeiro a receber o material produzido pela Universidade foi Yuri Della Giustina, da Secretaria Nacional.

Serão contemplados 27 municípios, e na oportunidade, foram selecionados a receber Alfredo Wagner, Antônio Carlos, Balneário Camboriú, Camboriú, Gaspar, Ilhota, Ituporanga, José Boiteux, Luiz Alves, Navegantes, Palhoça, Presidente Getúlio, Rio Fortuna, Rodeio e São José. As cartas geotécnicas orientam as prefeituras nas questões de planejamento urbano com foco na prevenção de desastres naturais. O objetivo é auxiliar na edição e na revisão dos planos diretores, evitando assim a formação de novas áreas de risco.
(mais…)

Tags: cartas geotécnicasDepartamento de GeociênciasLaboratório de GeoprocessamentoUFSC

Representantes de projeto de popularização da ciência participam de encontro na Colômbia

08/06/2015 15:29

Mediadores do projeto “Astronomia e a Física vão à escola e à comunidade”, vinculado ao Laboratório de Geoprocessamento (LabGeop), participaram do encontro da Rede de Popularização da Ciência e da Tecnologia na América Latina e no Caribe  – Red Pop 2015 na Colômbia, com a apresentação de trabalhos e oficina.

Mediação com o grupo Órion no Jardim Botânico de Medelim. Foto: Divulgação

Mediação com o grupo Órion no Jardim Botânico de Medelim. Foto: Divulgação

Além do congresso, os bolsistas levaram exposição de antigos instrumentos astronômicos e físicos que fazem parte das ações do projeto a diversos espaços culturais e educativos em Medelim, como o Parque Explora, o Jardim Botânico de Medelim e a Biblioteca de San Cristóbal.

Os mediadores também tiveram encontros para apresentar os objetos da exposição e trocar experiências e conhecimentos com profissionais da área de mediação científica do Parque Explora, o grupo Órion de estudos de astronomia e integrantes do curso de Pedagogia de la Madre Tierra da Universidad de Antioquia.

Mais informações no facebook do projeto.

Tags: Astronomia e a Física vão à Escola e à ComunidadeLabGeopLaboratório de GeoprocessamentoRede de Popularização da Ciência e da Tecnologia na América Latina e no Caribe