Semana de Fonoaudiologia do Hospital Universitário será de 9 a 13 de dezembro

09/12/2013 08:46

Em comemoração ao dia do Fonoaudiólogo, 9 de dezembro, o Serviço de Fonoaudiologia da UFSC irá promover a Semana de Fonoaudiologia do Hospital Universitário (HU), no Auditório do HU. Durante a semana serão entregues aparelhos de frequencia modulada (Sistema FM) para os usuários de Implante Coclear (IC) e Aparelhos de Amplificação Sonora Individual (AASI) de Santa Catarina. Os aparelhos são dotados de um dispositivo que adota o sistema de FM para filtrar a voz do professor/locutor e eliminar os ruídos da sala de aula e do ambiente, de maneira a melhorar a qualidade do som para os usuários de aparelhos de amplificação sonora e implante coclear (dispositivo eletrônico, parcialmente implantado, para proporcionar sensação auditiva próxima à fisiológica).

Os aparelhos visam auxiliar os pacientes surdos em ambiente escolar, inicialmente na faixa de 5 a 17 anos (Portaria nº 274 publicada no Diário Oficial da União  de 25 de junho de 2013). Durante o evento será também abordado sobre o trabalho realizado na UTI do HU, com os pacientes que apresentam distúrbios de deglutição (disfagia).
(mais…)

Tags: AASIDisfagiaHUimplante coclearSemana de FonoaudiologiaServiço de Fonoaudiologia do HUSistema FM

Hospital Universitário promove Semana de Fonoaudiologia de 9 a 13 de dezembro

03/12/2013 17:23

Em comemoração ao dia do Fonoaudiólogo, 9 de dezembro, o Serviço de Fonoaudiologia da UFSC irá promover a Semana de Fonoaudiologia do Hospital Universitário (HU), no Auditório do HU. Durante a semana serão entregues aparelhos de frequencia modulada (Sistema FM) para os usuários de Implante Coclear (IC) e Aparelhos de Amplificação Sonora Individual (AASI) de Santa Catarina. Os aparelhos são dotados de um dispositivo que adota o sistema de frequência modulada (FM) para filtrar a voz do professor/locutor e eliminar os ruídos da sala de aula e do ambiente, de maneira a melhorar a qualidade do som para os usuários de aparelhos de amplificação sonora e implante coclear (dispositivo eletrônico, parcialmente implantado, para proporcionar sensação auditiva próxima à fisiológica).

Os aparelhos visam auxiliar pacientes surdos em ambiente escolar, sendo beneficiados inicialmente na faixa de 5 a 17 anos (Portaria nº 274 publicada no Diário Oficial da União  de 25 de junho de 2013). Durante o evento será também abordado sobre o trabalho realizado na UTI do HU, com os pacientes que apresentam distúrbios de deglutição (disfagia).

(mais…)

Tags: AASIDisfagiaHUimplante coclearSemana de FonoaudiologiaServiço de Fonoaudiologia do HUSistema FM

Implante coclear é tema de eventos gratuitos

25/10/2012 17:21

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) realiza, no dia 9 de novembro, às 8h, o III Fórum Catarinense de Implante Coclear e o III Encontro de Implante Coclear do Hospital Universitário (HU), no auditório da Assembléia Legislativa de Santa Catarina, em Florianópolis. Pela primeira vez os dois eventos vão ser realizados concomitantemente, devido à parceira entre Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE) e HU/UFSC. As inscrições, gratuitas, devem ser feitas até o dia 1° de novembro. São 450 vagas.

A iniciativa tem o objetivo de promover a discussão sobre a reabilitação auditiva e a inserção do usuário de implante coclear na escola. Tem como público-alvo fonoaudiólogos, professores, psicólogos, pedagogos, assistentes sociais e intérpretes que desejam atualizar conhecimentos acerca do encaminhamento e acompanhamento de usuários de Implante Coclear.

Organizados pela Gerência de Capacitação, Extensão e Articulação (Gecea) e coordenados pelo Centro de Avaliação e Encaminhamento (Cenae) da Fundação, o Fórum e Encontro têm carga horária total de 8 horas/aula.  Os participantes que comprovarem a frequência mínima de 100% serão certificados pela FCEE, por meio da Gecea.

As responsáveis pela elaboração do projeto que deu origem a este evento são Tânia Regina Coelho Ferreira, fonoaudióloga do Cenae da FCEE, e Maria Madalena Pinheiro, do Hospital Universitário.

Outras informações pelos telefones (48) 3381-24 08, 3381-2404 e 3381-2417 (com Juliana, Stela ou Gisele) ou pelo site http://www.fcee.sc.gov.br/.

 

III Fórum Catarinense sobre Implante Coclear da Fundação Catarinense de Educação Especial e III Encontro de Implante Coclear do Hospital Universitário da UFSC
Data: 9 de novembro de 2012
Horário: das 8h às 18h30min 
Local: 
Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (Alesc)
Carga horária: 8 horas
Vagas: 450Inscrições: até 1° de novembro
Como solicitar a inscrição: preencher e enviar a ficha de inscrição para o e-mail  
Custo da inscrição:
 1kg de alimento não perecível, que deve ser entregue no dia do evento
Mais informações: (48) 3381-2408 / 3381-2404 / 3381-2417 com Juliana, Stela ou Gisele

Programação de palestras: 

Programa de implante coclear do HU-UFSC
Dr. Cláudio M.I. Ikino, fonoaudióloga Maria Madalena Pinheiro, psicóloga Rachel Schlindwein-Zanini e assistente social Judizeli Baigorria (HU-UFSC)

O Papel da Fundação Catarinense de Educação Especial frente à Inclusão
Pedagogas Maria Stela Sumienski e Patrícia Amaral (FCEE)

O atendimento fonoaudiológico do usuário de implante coclear
Fonoaudióloga Mônica Campello-INES (RJ)

Programa Espaço Escuta: uma proposta de trabalho interdisciplinar
Psicóloga Carla Rigamonti (SP)

Implante Coclear e Bilinguismo – um caminho possível
Fonoaudióloga Mônica Campello- INES (RJ)

Como lidar com o aluno usuário de implante coclear na sala de aula
Kátia Fugiwara – CEDAU (Bauru, SP)

Mesa-redonda: Perspectivas atuais do implante coclear na educação
Fonoaudiólogas Mônica Campello e Kátia Fugiwara e psicóloga Carla Rigamonti

Confira o edital

Fonte: Assessoria de Comunicação FCEE

Tags: encontroFCEEfórumgratuitoHUimplante coclearUFSC

Encontro discute implantação de cirurgia que pode corrigir perda auditiva profunda

15/09/2011 10:46

Dispositivo de alta tecnologia, o implante coclear é também conhecido como “ouvido biônico”

O II Encontro de Implante Coclear, que acontece no dia 23 de setembro no auditório do Hospital Universitário (HU), vai discutir como será a cirurgia de implante coclear em Santa Catarina e a reabilitação dos pacientes. Até o início do ano, nenhum hospital podia realizar a operação pelo Sistema Único de Saúde, o SUS. No dia 29 de abril, o HU foi credenciado e autorizado pelo SUS para realizar o implante, tornando-se o primeiro e único hospital do Estado a fazer o procedimento.

O implante coclear é um dispositivo eletrônico de alta tecnologia, também conhecido como “ouvido biônico”. O aparelho é utilizado em casos de perda auditiva profunda nos dois ouvidos. O paciente passa a escutar porque o dispositivo estimula eletricamente as fibras nervosas remanescentes, transmitindo o sinal para o nervo auditivo.

Em Santa Catarina, o SUS não cobria a cirurgia, e o preço em caso de tratamento particular chegava a R$ 80 mil. No dia 29 de julho de 2011, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) incluiu o implante coclear em convênio médicos. Desde que foi credenciado, o HU realizou uma cirurgia, em 16 de agosto deste ano. O segundo caso já está em avaliação.

O HU recebe quatro novos casos por semana e tem autorização para realizar duas cirurgias por mês. Para entrar na fila do implante coclear é necessário o diagnóstico da falta de sucesso com o aparelho auditivo pelo médico de um Centro de Atenção a Saúde Auditiva, atendido pelo próprio SUS. Antes da cirurgia, o paciente passa por no mínimo quatro visitas médicas: ao fonoaudiólogo, otorrinolaringologista, assistente social e psicólogo. Um mês depois do procedimento cirúrgico ocorre a ativação do dispositivo.

Os pacientes devem ter um acompanhamento pós-operatório e também um período de reabilitação auditiva. Esse processo consiste em uma terapia fonoaudióloga, na qual o paciente reaprende a ouvir e falar. A professora de fonoaudiologia, Maria Madalena Pinheiro, explica que o tempo de adaptação é diferente para cada paciente. “O implante garante a detecção auditiva, mas necessita adaptação”, explica. “É como se a pessoa fosse aprender uma língua estrangeira. Dedicação e treinamento do indivíduo e família são fundamentais”, complementa.

Mais informações 3721-4912 ou e-mail

Por Nayara Batschke de Oliveira / Bolsista de Jornalismo na Agecom
Fotos Brenda Thomé / Bolsista de Jornalismo na Agecom

Tags: implante coclear

Encontro discute implantação de cirurgia que pode corrigir perda auditiva profunda

13/09/2011 10:41

Dispositivo de alta tecnologia, o implante coclear é também conhecido como “ouvido biônico”

O II Encontro de Implante Coclear, que acontece no dia 23 de setembro no auditório do Hospital Universitário (HU), vai discutir como será a cirurgia de implante coclear em Santa Catarina e a reabilitação dos pacientes. Até o início do ano, nenhum hospital podia realizar a operação pelo Sistema Único de Saúde, o SUS. No dia 29 de abril, o HU foi credenciado e autorizado pelo SUS para realizar o implante, tornando-se o primeiro e único hospital do Estado a fazer o procedimento.

O implante coclear é um dispositivo eletrônico de alta tecnologia, também conhecido como “ouvido biônico”. O aparelho é utilizado em casos de perda auditiva profunda nos dois ouvidos. O paciente passa a escutar porque o dispositivo estimula eletricamente as fibras nervosas remanescentes, transmitindo o sinal para o nervo auditivo.

Em Santa Catarina, o SUS não cobria a cirurgia, e o preço em caso de tratamento particular chegava a R$ 80 mil. No dia 29 de julho de 2011, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) incluiu o implante coclear em convênio médicos. Desde que foi credenciado, o HU realizou uma cirurgia, em 16 de agosto deste ano. O segundo caso já está em avaliação.

O HU recebe quatro novos casos por semana e tem autorização para realizar duas cirurgias por mês. Para entrar na fila do implante coclear é necessário o diagnóstico da falta de sucesso com o aparelho auditivo pelo médico de um Centro de Atenção a Saúde Auditiva, atendido pelo próprio SUS. Antes da cirurgia, o paciente passa por no mínimo quatro visitas médicas: ao fonoaudiólogo, otorrinolaringologista, assistente social e psicólogo. Um mês depois do procedimento cirúrgico ocorre a ativação do dispositivo.

Os pacientes devem ter um acompanhamento pós-operatório e também um período de reabilitação auditiva. Esse processo consiste em uma terapia fonoaudióloga, na qual o paciente reaprende a ouvir e falar. A professora de fonoaudiologia, Maria Madalena Pinheiro, explica que o tempo de adaptação é diferente para cada paciente. “O implante garante a detecção auditiva, mas necessita adaptação”, explica. “É como se a pessoa fosse aprender uma língua estrangeira. Dedicação e treinamento do indivíduo e família são fundamentais”, complementa.

Mais informações 3721-4912 ou e-mail

Por Nayara Batschke de Oliveira / Bolsista de Jornalismo na Agecom
Fotos Brenda Thomé / Bolsista de Jornalismo na Agecom

Tags: implante coclear

II Encontro de Implante Coclear tem inscrições abertas

23/08/2011 16:19

Discutir os processos do implante coclear, sua abrangência pública em Santa Catarina e também a reabilitação auditiva em crianças e adultos é o objetivo do II Encontro de Implante Coclear, que acontece no dia 23 de setembro, no Auditório do Hospital Universitário. As inscrições podem ser feitas no site www.hu.ufsc.br e a participação é gratuita mediante doação de um quilo de alimento não perecível.

O evento é realizado pela Equipe de Fonoaudiologia do Laboratório de Estudos da Voz e Audição do Hospital Universitário e o Serviço de Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço do HU, ambos da UFSC, e apoio da Politec Saúde.

Mais informações com a professora Madalena Pinheiro:

Programação:

Bloco I: Conceitos gerais

8:00h: Entrega dos materiais e abertura do evento.

8:30 Introdução ao Implante Coclear: definição e potenciais candidatos. – Prof. Cláudio Ikino (UFSC)

9:00 Avaliação fonoaudiológica: desempenho da prótese auditiva e linguagem – Profa. Madalena Pinheiro (UFSC)

9:30-10:30h: Cirurgia e pós-operatório: aspectos médicos e fonoaudiológicos – Prof. Cláudio Ikino e Madalena Pinheiro (UFSC)

10:30h: Intervalo

11:00-12:15 Programa de Implante Coclear do HU-UFSC – Prof. Cláudio Ikino e Fga. Adriana Perez Lima

12:15h-14:00 Intervalo

Bloco II –Reabilitação Auditiva

14:00-14:30 h: Planejamento Terapêutico do paciente implantado. Diferenças na reabilitação de pacientes implantados e não-implantados. – Fga Sandra Barreto Giorgi Sant’Anna- (Diretora do Centro de Estudos e Reabilitação em Fonoaudiologia- SP)

14:30h-15:30 Desenvolvimento de habilidades auditivas. Por onde começar? – Fga Gisela Maria Pimentel Formigone (São José dos Campos-SP)

15:30h: Intervalo

16:00-17:30 Estratégias e jogos para desenvolvimento da linguagem oral em crianças. – Fga. Gisela Maria Pimentel Formigone (São José dos Campos-SP)

17:30-18:30h: Estratégias terapêuticas para adultos pré e pós-linguais – Fga: Sandra Barreto Giorgi Sant’Anna (Diretora do Centro de Estudos e Reabilitação em Fonoaudiologia- SP)

18:30 Encerramento

Tags: FonoaudiologiaHUimplante coclear