Penúltimo dia do FITAFloripa tem apresentação de quatro grandes peças

29/06/2012 11:27

Imagem da peça "A vida como ela é...", que se apresenta nesta sexta o FITAFloripa. Foto: Divulgação

As apresentações desta sexta-feira serão na UFSC, no Teatro do Sesc e em Casa de Repouso

O Festival Internacional de Teatro de Animação de Florianópolis, o FITAFloripa, está chegando ao fim da sua sexta edição. Ao todo, 24 grupos terão se apresentado pelo FITA até sábado, 30 de junho. Os espetáculos aconteceram ao longo de uma semana em Florianópolis e mais 11 cidades catarinenses.

A primeira apresentação nesta sexta-feira, dia 29 de junho, é no Teatro Sesc Prainha, às 10 horas, com a peça “Três Histórias Três”, que também será reprisada às 15 horas no mesmo local. Ainda pela tarde, a Casa de Repouso Asilo do Irmão Joaquim recebe a peça “O Misterioso Sumiço do Boi-de-Mamão”, às 15h30min.

Das 18 horas até às 20 horas, a peça de curta duração “Espia Só” será apresentada no hall do Centro de Cultura e Eventos da UFSC. Encerrando a sexta-feira, às 20 horas serão apresentados os espetáculos “A Vida como ela é…”, no Centro de Cultura e Eventos, e “Ivan Titerenovich e os Males do Tabaco”, no Teatro da UFSC (ao lado da Igrejinha).

O festival é apresentado pelo Ministério da Cultura (Minc) e Eletrosul, por meio da Lei de Incentivo a Cultura, e Caixa Econômica Federal, com patrocínio do Funcultural, Governo do Estado de Santa Catarina, Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Florianópolis. O apoio cultural é da Udesc e do Hotel Majestic. A itinerância pelas cidades do interior do Estado conta com a parceria do SECS-SC e de instituições culturais ou governamentais locais. A realização é da Fazendo FITA Cia. Artística e do Governo Federal/Ministério da Cultura.

A coordenação geral é da professora do Curso de Artes Cênicas (DALi/CCE) da UFSC, Sassá Moretti, e a coordenação executiva é de Zélia Sabino, cenógrafa do Departamento Artístico Cultural (DAC) da Secretaria de Cultura da UFSC.

 

:: Sinopses das peças

Espetáculo espanhol "Tres historias tres" estimula a participação das crianças. Foto: Divulgação

“Tres Historias Tres”

(Cia. Ángeles de Trapo – Espanha)

Uma obra que apresenta três histórias divertidas e conta com a participação das crianças desde o primeiro momento.  A primeira história trata do diabo e do padeiro e a eterna luta do bem contra o mal. A segunda, conta a história de um palhaço cansado de sua profissão. A a terceira, como não poderia faltar, conta uma história de princesas.
Direção: Julio Cesar Gallo Alonso
Duração: 45 min.
Classificação: 3 anos
Técnica teatral: Bonecos de luva

 

“O Misterioso Sumiço do Boi-de-Mamão”
(Clã dos Nobres Arteiros – Florianópolis/SC)

Inspirado no folclore da capital catarinense, o enredo descreve a saga de uma detetive e seu atrapalhado ajudante em busca do paradeiro do Boi-de-Mamão. A perigosa Bernunça, a bela Maricota, a Rendeira, a Bruxa, o Pescador e até o público são investigados nesta divertida aventura que sugere o resgate de tradições e valoriza a cultura do contato humano tão esquecido nos dias de hoje.
Direção: Juliana Freitas e Khalid Prestes
Texto e concepção: Danielle Coelho e Khalid Prestes
Classificação: 5 anos
Duração: 50 min.
Técnica teatral: Bonecos de luvas e atuação

 

“Espia Só!”
(Cia Andante – Itajaí/SC)

“Espia Só!” é uma intervenção de teatro lambe-lambe constituída de dois ambientes teatrais: uma tenda e três caixas. Esses ambientes são montados por um grupo de ciganos, que apresentam suas caixas misteriosas (os espetáculos). A Tenda atrai a curiosidade do transeunte e no interior das caixas são apresentados simultaneamente três espetáculos para um espectador por vez: “O quarto de Edith”, “A Iluminação” e “Maria do Cais”.  Minutos de sonho para espiar à vontade.
Texto/concepção: Cia. Andante
Direção: Marcelo F. de Souza
Duração: 15 min.
Classificação: livre
Técnica teatral: Lambe-lambe

 

“A Vida Como Ela É…”
(Teatro Sim, Por que Não?!!! – Florianópolis/SC)

Tragicomédias do cotidiano escritas por Nelson Rodrigues e adaptadas para teatro colocam no centro da discussão ciúmes e obsessões, dilemas morais, inveja, desejos desgovernados, adultério e sexo.

Direção e adaptação: Luis Artur Nunes
Duração: 70 min.
Classificação: 14 anos
Técnica teatral: Máscaras e atuação

 

Peça "Ivan Titerenovich e os Males do Tabaco" é baseada em texto de Anton Tchekhov. Foto: Juliano Valffi

“Ivan Titerenovich e Os Males do Tabaco”
(Cia Cênica Espiral – Florianópolis/SC)

Ivan Titerenovich é um dos mais distintos conhecedores de diversos assuntos. Sua experiência, de mais de trinta anos, lhe permite tratar com naturalidade os mais variados temas em suas conferências. O tema abordado em sua palestra de hoje deveria tratar dos males do tabaco. Contudo, o peso do passado e a insatisfação com o presente revelam o desconforto psicológico e emocional de um homem que toma consciência de sua velhice e fracasso. O que deveria ser apenas mais uma palestra sobre um assunto qualquer, acaba por revelar um ser humano querendo libertar-se de suas angústias.
Direção: Juliano Valffi
Texto: Anton Tchekhov
Classificação: 5 anos
Duração: 30 min.
Técnica teatral: Manipulação direta

 

:: Serviço:

O QUÊ: peça “Tres Historias Tres”
QUANDO: 29/06, às 10 horas e às 15 horas
ONDE: Teatro Sesc Prainha, próximo ao centro
QUANTO: Gratuito e aberto à comunidade

 

O QUÊ: peça “O Misterioso Sumiço do Boi-de-Mamão”
QUANDO: 29/06, às 15h30min
ONDE: Casa de Repouso Asilo do Irmão Joaquim
QUANTO: Gratuito

 

O QUÊ: peça de curta duração “Espia só!”
QUANDO: 29/06, das 18 às 20 horas (sessões de 15min.)
ONDE: Hall do Centro de Cultura e Eventos da UFSC
QUANTO: Gratuito e aberto à comunidade

 

O QUÊ: peça “A Vida como ela é…”
QUANDO: 29/06, às 20 horas
ONDE: Centro de Cultura e Eventos da UFSC
QUANTO: R$10 e R$5 para estudantes, pessoas acima de 60 anos, classe artística (com apresentação de DRT), funcionários e clientes da CAIXA (mediante apresentação de cartão)

 

O QUÊ: peça “Ivan Titerenovich e os Males do Tabaco”
QUANDO: 29/06, às 20 horas
ONDE: Teatro da UFSC (ao lado da Igrejinha), Praça Santos Dumont, Trindade
QUANTO: R$10 e R$5 para estudantes, pessoas acima de 60 anos, classe artística (com apresentação de DRT), funcionários e clientes da CAIXA (mediante apresentação de cartão)

 

Faça uma doação à Campanha do Agasalho 2012 e pague meia-entrada para qualquer espetáculo do 6° FITA.

Para a programação completa do festival e outras informações acesse o site www.fitafloripa.com.br. Mais informações e marcação de entrevistas, entrar em contato com as jornalistas Gisa Frantz (48) 9105-0191 e Manoela Pinheiro (48) 9989-5440, ou pelo e-mail:

Por Bruna Andrade – Acadêmica de Jornalismo, Estagiária no DAC: SECULT: UFSC, com informações e fotos da Assessoria de Imprensa do FITAFloripa.

Tags: FITAFloripaUFSC

FITAFloripa tem sete espetáculos de teatro nesta quinta

28/06/2012 13:11

Nesta quinta-feira, dia 28 de junho, sexto dia do Festival Internacional de Teatro de Animação de Florianópolis – FITAFloripa, mais sete espetáculos acontecem na capital, com grupos do Brasil, França/Portugal e Itália. Em Florianópolis serão apresentadas as peças de grupos brasileiros ”A História do Maneco Caneco”, ‘’O sítio dos Objetos’’, ‘’Era Uma Vez… ’’, ‘’E Se… ’’ e ‘’O Misterioso Sumiço do Boi-de-Mamão’’. Internacionais: ‘’Cou-Cou’’, da França/Portugal, e ‘’Que Viva Anita!’’ da Itália. Veja mais abaixo a sinopse das peças e os locais e horários das apresentações. O 6º FITAFloripa prossegue até 30 de junho, com apresentação de 24 grupos de teatro, 80 apresentações na Capital e em mais 11 cidades do Estado.

(mais…)

Tags: FITAFloripaUFSC

FITAFloripa tem dois espetáculos de teatro nesta quarta à noite

27/06/2012 17:08

Na noite desta quarta-feira, dia 27 de junho, quinto dia do Festival Internacional de Teatro de Animação de Florianópolis – FITAFloripa –, dois espetáculos acontecem na capital, com grupos do Brasil e da Espanha.

Encerrando as apresentações do dia, às 20 horas serão encenados os espetáculos “O incrível ladrão de calcinhas”, no Teatro Álvaro de Carvalho, e “Bag Lady”, no Teatro da Ubro. O 6º FITAFloripa prossegue até 30 de junho, com apresentação de 24 grupos de teatro, 80 apresentações na Capital e em mais 11 cidades do Estado.

O festival é apresentado pelo Ministério da Cultura (Minc) e Eletrosul, por meio da Lei de Incentivo a Cultura, e Caixa Econômica Federal, com patrocínio do Funcultural, Governo do Estado de Santa Catarina, Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Florianópolis. O apoio cultural é da Udesc e do Hotel Majestic. A itinerância pelas cidades do interior do Estado conta com a parceria do SECS-SC e de instituições culturais ou governamentais locais. A realização é da Fazendo FITA Cia. Artística e do Governo Federal/Ministério da Cultura.

A coordenação geral é da professora do Curso de Artes Cênicas (DALi/CCE) da UFSC, Sassá Moretti, e a coordenação executiva é de Zélia Sabino, cenógrafa do Departamento Artístico Cultural (DAC) da Secretaria de Cultura da UFSC.

Sinopses das peças

“O Incrível Ladrão de Calcinhas”

(TRIP Teatro de Animação – Rio do Sul/SC)

Uma história de detetives baseada no estilo do Cine Noir, caracterizado por filmes tipo “B” das décadas de 40 e 50. O escritório do Detetive Bill Flecha é procurado por Srta. Velda, uma “mulher-fatal” que tem sua “peça íntima” roubada e pagará qualquer quantia para tê-la de volta. O que parecia um crime banal dá origem a uma série de outros crimes violentos, onde todos são suspeitos até que se prove o contrário, ou até que seus corpos sejam encontrados em algum beco escuro.

Direção e concepção: Willian Sieverdt

Classificação: 16 anos

Duração: 55 min.

Técnica teatral: Manipulação direta

“Bag Lady”

(The Bag Lady Theater – Espanha)

Delicada montagem onde a personagem principal ganha vida com a manipulação de sacos plásticos. “Bag Lady” é a história de uma mulher solitária que coleciona sacolas plásticas e através delas a cada dia remonta seu passado e suas memórias: as piruetas de bailarina, os admiradores secretos, os melhores dias. Toda uma vida relembrando, toda uma vida colecionando sacolas plásticas.

Concepção: Malgosia Szkandera

Direção: Jean Louis Danvoye

Duração: 45 min.

Classificação: 9 anos

Técnica teatral: Manipulação direta

Serviço:

O QUÊ: peça “O incrível ladrão de calcinhas”

QUANDO: 27/06, às 20 horas

ONDE: Teatro Álvaro de Carvalho, centro

QUANTO: R$10 e R$5 para estudantes, pessoas acima de 60 anos, classe artística (com apresentação de DRT), funcionários e clientes da CAIXA (mediante apresentação de cartão)

O QUÊ: peça “Bag Lady”

QUANDO: 27/06, às 20 horas

ONDE: Teatro da Ubro. Escadaria da Rua Pedro Soares, 15, Centro

QUANTO: R$10 e R$5 para estudantes, pessoas acima de 60 anos, classe artística (com apresentação de DRT), funcionários e clientes da CAIXA (mediante apresentação de cartão)

Faça uma doação à Campanha do Agasalho 2012 e pague meia-entrada para qualquer espetáculo do 6° FITA.

Para a programação completa do festival e outras informações acesse o site www.fitafloripa.com.br. Mais informações e marcação de entrevistas, entrar em contato com as jornalistas Gisa Frantz (48) 9105-0191 e Manoela Pinheiro (48) 9989-5440, ou pelo e-mail:

Por Bruna Andrade/Acadêmica de Jornalismo, Estagiária no DAC: SECULT: UFSC, com informações e fotos da Assessoria de Imprensa do FITAFloripa.

Tags: DACFITAFloripaUFSC

FITAFloripa chega ao quinto dia de apresentações

27/06/2012 09:14

Nesta quarta-feira, dia 27 de junho, quinto dia do Festival Internacional de Teatro de Animação de Florianópolis – FITAFloripa –, mais oito espetáculos acontecem na capital, com grupos do Brasil, França/Portugal e Espanha.

“E se...” discute com bom-humor e fantasia os diversos caminhos que a vida oferece e as interferências das escolhas e ações de cada um no coletivo

As apresentações em Florianópolis começam com sessões de teatro de curta duração “A história do Maneco Caneco”, no hall do Centro de Cultura e Eventos da UFSC, das 9h30min às 10 horas. Ainda pela manhã há outras opções: às 10 horas serão apresentadas as peças “Rabisco, um cachorro perfeito”, no Centro de Cultura e Eventos UFSC, “E se…”, no Teatro da UFSC (ao lado da Igrejinha) e “O sítio dos objetos”, no Teatro Sesc Prainha. Estas três últimas encenações serão reprisadas às 15 horas, nos mesmos locais.

Às 12h30, o Projeto 12:30 irá receber o espetáculo “Automákina, Universo deslizante”, na Praça da Cidadania, defronte da reitoria da UFSC. A programação segue com “Cou-cou”, que será apresentada às 15h, no Hall do Centro de Cultura e Eventos da UFSC.

Para encerrar as apresentações desta quarta, às 20h serão encenados os espetáculos “O incrível ladrão de calcinhas”, no Teatro Álvaro de Carvalho, e “Bag Lady”, no Teatro da Ubro. O 6º FITAFloripa prossegue até 30 de junho, com apresentação de 24 grupos de teatro, 80 apresentações na Capital e em mais 11 cidades do Estado.

O festival é apresentado pelo Ministério da Cultura (Minc) e Eletrosul, por meio da Lei de Incentivo a Cultura, e Caixa Econômica Federal, com patrocínio do Funcultural, Governo do Estado de Santa Catarina, Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Florianópolis. O apoio cultural é da Udesc e do Hotel Majestic. A itinerância pelas cidades do interior do Estado conta com a parceria do SECS-SC e de instituições culturais ou governamentais locais. A realização é da Fazendo FITA Cia. Artística e do Governo Federal/Ministério da Cultura.

A coordenação geral é da professora do Curso de Artes Cênicas (DALi/CCE) da UFSC, Sassá Moretti, e a coordenação executiva é de Zélia Sabino, cenógrafa do Departamento Artístico Cultural (DAC) da Secretaria de Cultura da UFSC.

Sinopses das peças

A História do Maneco Caneco

(Aline Maciel e Sig Schaitel Contadores de Histórias – Florianópolis/SC)

De dentro de uma velha mala começa nossa história. Dentro dessa velha mala vive o Maneco Caneco, um boneco muito simpático e esperto que encanta as crianças com suas músicas e adivinhações.

Texto: Luis Camargo

Direção e adaptação: Aline Maciel

Duração: 15 min.

Classificação:3 a10 anos

Técnica teatral: Manipulação direta e contação de histórias

“Rabisco – Um Cachorro Perfeito”

(Maracujá Laboratório de Artes – São Paulo/SP)

Baseado no livro homônimo do escrito Michele Lacocca, o espetáculo conta a história de Rabisco, um cãozinho desenhado por um menino que, após ganhar vida e sair do papel, não é aceito por seu criador por não ser bonito como este gostaria. Abandonado, Rabisco foge e passa por inúmeras aventuras em um grande centro urbano até encontrar um morador de rua, que o acolhe. Rabisco, então, descobre um objetivo: encontrar um desenhista que possa dar ao menino o desenho de um cachorro bonito.

Direção e adaptação do texto: Sidnei Caria

Duração: 50 min.

Classificação: livre

Técnica teatral: Manipulação direta, sombras e atuação

“E Se…”

(Cia Tato Criação Cênica – Curitiba/PR)

“E se…” discute com bom-humor e fantasia os diversos caminhos que a vida oferece e as interferências das escolhas e ações de cada um no coletivo. A rua de um centro urbano é o ponto de encontros e desencontros no cotidiano de personagens que surgem em cena com o uso de pequenos adereços nas mãos dos atores. Numa realidade urbana bem brasileira e nem por isso menos universal, cada ação desses personagens, que em sua maioria vivem e dependem da rua, revela novos rumos para a história, criando e recriando universos.

Concepção, direção e texto: Katiane Negrão e Dico Ferreira

Classificação: livre

Duração: 45 min.

Técnica Teatral: Manipulação de objetos e mímica

“O Sítio dos Objetos”

(Mariza Basso Formas Animadas – Bauru/SP)

Luvas, garfos, leques, espremedores de frutas, escorredores de arroz e outros utensílios domésticos transformam-se em divertidos personagens rurais. A galinha, a vaca, o pato, o pavão, os porcos e os pássaros desfilam cômicas situações. Solitário, o caipira só tem os animais de seu sítio como companheiros: o cavalo xucro que se recusa a puxar a carroça, o cão Perrito que vive a saltar sobre seu dono, os pássaros que comem as sementes, a lagarta que come a plantação. Ao final de tantos duelos e emocionantes conflitos, homem e natureza vivem em harmonia.

Direção: Mariza Basso

Classificação: 3 anos

Duração: 45 min.

Técnica teatral: Manipulação direta de objetos

“Automákina, Universo Deslizante”

(Grupo de Teatro De Pernas Pro Ar – Canoas/RS)

O espetáculo se desloca pelas ruas e praças das cidades. Por esses caminhos se apresenta o mundo do Duque Hosain’g, um mundo portátil, pessoal e impenetrável. É como se ele tivesse optado por levar o universo junto a si, construído a partir de seus múltiplos aspectos, os quais concretamente ganham vida. Seus pensamentos, as músicas que executa e seu DNA se confundem com a nave. O tempo é deslizante e incerto. Rasgando o espaço urbano, sua procura é surpreendente. O estranho o acompanha e transforma tudo que está a sua volta.

Direção: Jackson Zambelli

Duração: 50 min.

Classificação: livre

Técnica teatral: Manipulação direta e atuação

“Cou-cou”

(Cie. Les Jardins Insolites – França/Portugal)

Um espetáculo de movimento e cor que surpreende os mais novos. Emoções, geometrias, simplicidade e a capacidade de se aproximar e desprender das coisas são os temas tocados por este “primeiro encontro” com o teatro.

Concepção: Isabelle Kessler e Thérèse Angebault

Duração: 30 min.

Classificação: 6 meses aos 3 anos

Técnica teatral: Manipulação de objetos

“O Incrível Ladrão de Calcinhas”

(TRIP Teatro de Animação – Rio do Sul/SC)

Uma história de detetives baseada no estilo do Cine Noir, caracterizado por filmes tipo “B” das décadas de 40 e 50. O escritório do Detetive Bill Flecha é procurado por Srta. Velda, uma “mulher-fatal” que tem sua “peça íntima” roubada e pagará qualquer quantia para tê-la de volta. O que parecia um crime banal dá origem a uma série de outros crimes violentos, onde todos são suspeitos até que se prove o contrário, ou até que seus corpos sejam encontrados em algum beco escuro.

Direção e concepção: Willian Sieverdt

Classificação: 16 anos

Duração: 55 min.

Técnica teatral: Manipulação direta

“Bag Lady”

(The Bag Lady Theater – Espanha)

Delicada montagem onde a personagem principal ganha vida com a manipulação de sacos plásticos. “Bag Lady” é a história de uma mulher solitária que coleciona sacolas plásticas e através delas a cada dia remonta seu passado e suas memórias: as piruetas de bailarina, os admiradores secretos, os melhores dias. Toda uma vida relembrando, toda uma vida colecionando sacolas plásticas.

Concepção: Malgosia Szkandera

Direção: Jean Louis Danvoye

Duração: 45 min.

Classificação: 9 anos

Técnica teatral: Manipulação direta

Serviço:

O QUÊ: peça de curta duração “A história do Maneco Caneco”

QUANDO: 27/06, das 9h30min às 10 horas (duas sessões de 15min)

ONDE: Hall do Centro de Cultura e Eventos da UFSC

QUANTO: Gratuito e aberto à comunidade.

O QUÊ: peça “Rabisco – um cachorro perfeito”

QUANDO: 27/06, às 10 horas e às 15 horas

ONDE: Centro de Cultura e Eventos da UFSC

QUANTO: R$10 e R$5 para estudantes, pessoas acima de 60 anos, classe artística (com apresentação de DRT), funcionários e clientes da CAIXA (mediante apresentação de cartão)

O QUÊ: peça “E se…”

QUANDO: 27/06, às 10 horas e às 15 horas

ONDE: Teatro da UFSC (ao lado da Igrejinha). Praça Santos Dumont, Trindade

QUANTO: R$10 e R$5 para estudantes, pessoas acima de 60 anos, classe artística (com apresentação de DRT), funcionários e clientes da CAIXA (mediante apresentação de cartão)

O QUÊ: peça “O sítio dos objetos”

QUANDO: 27/06, às 10 horas e às 15 horas

ONDE: Teatro Sesc Prainha, próximo ao centro

QUANTO: Gratuito e abeto à comunidade.

O QUÊ: peça “Automákina, Universo deslizante”

QUANDO: 27/06, às 12h30min.

ONDE: Praça da Cidadania, defronte da reitoria da UFSC

QUANTO: Gratuito e aberto à comunidade.

O QUÊ: peça “Cou-cou”

QUANDO: 27/06, às 15 horas

ONDE: Hall do Centro de Cultura e Eventos da UFSC

QUANTO: Gratuito e aberto à comunidade.

O QUÊ: peça “O incrível ladrão de calcinhas”

QUANDO: 27/06, às 20 horas

ONDE: Teatro Álvaro de Carvalho, centro

QUANTO: R$10 e R$5 para estudantes, pessoas acima de 60 anos, classe artística (com apresentação de DRT), funcionários e clientes da CAIXA (mediante apresentação de cartão)

O QUÊ: peça “Bag Lady”

QUANDO: 27/06, às 20 horas

ONDE: Teatro da Ubro. Escadaria da Rua Pedro Soares, 15, Centro

QUANTO: R$10 e R$5 para estudantes, pessoas acima de 60 anos, classe artística (com apresentação de DRT), funcionários e clientes da CAIXA (mediante apresentação de cartão)

Faça uma doação à Campanha do Agasalho 2012 e pague meia-entrada para qualquer espetáculo do 6° FITA.

Para a programação completa do festival e outras informações acesse o site www.fitafloripa.com.br. Mais informações e marcação de entrevistas, entrar em contato com as jornalistas Gisa Frantz (48) 9105-0191 e Manoela Pinheiro (48) 9989-5440, ou pelo e-mail:

Por Bruna Andrade/Acadêmica de Jornalismo, estagiária no DAC: SECULT: UFSC, com informações e fotos da Assessoria de Imprensa do FITAFloripa

Tags: DACFITAFloripaUFSC

Peça de teatro do FITAFloripa é atração do Projeto 12:30 nesta quarta-feira

27/06/2012 08:11

Automákina - FITAFloripa no Projeto 12:30

O Projeto 12:30 mais uma vez recebe o FITAFloripa (Festival Internacional de Teatro de Animação de Florianópolis) e tem como atração a peça Automákina, Universo Deslizante, realizada pelo grupo De Pernas pro Ar, do Rio Grande do Sul. O espetáculo dirigido por Jackson Zambelli tem duração de 50 minutos, e será apresentado na Praça da Cidadania, em frente à reitoria da UFSC, a partir das 12h30. Gratuito e aberto à comunidade.

(mais…)

Tags: FITAFloripaProjeto 12:30UFSC

FITAFloripa tem grupos de teatro do Brasil e da Espanha nesta terça

26/06/2012 08:58

No Toquen Mis Manos - Espanha

Nesta terça-feira, 26 de junho, quarto dia do Festival Internacional de Teatro de Animação de Florianópolis – FITAFloripa, serão apresentadas cinco peças em Florianópolis, com grupos brasileiros e da Espanha: ”Acorda Zé! A Comadre tá de Pé!”, ”Tropeço”, ”No Toquen Mis Manos”, ”O Sítio dos Objetos” e ”Bag Lady”, e a de curta duração ”A História do Maneco Caneco”. O 6º FITAFloripa prossegue até 30 de junho, com apresentação de 24 grupos de teatro, 80 apresentações na Capital e em mais 11 cidades do Estado.

(mais…)

Tags: FITAFloripaUFSC

FITA Floripa recebe duas peças de grupos espanhóis neste domingo

23/06/2012 22:00

Histórias divertidas com a participação das crianças desde o primeiro momento

A 6ª edição do Festival Internacional de Teatro de Animação de Florianópolis apresenta neste domingo, dia 24 de junho, as peças ‘’Rabisco – Um Cachorro Perfeito’’, ‘’Tres Historias Tres’’, ‘’O Cano’’, ‘’Las Tribulaciones de Virginia’’, e as de curtíssima duração “Espia só” e “Circo de toda gente”. Os espetáculos  acontecem no Teatro Álvaro de Carvalho e na UFSC. O FITAFloripa 2012 prossegue até 30 de junho, com apresentação de 24 grupos de teatro, 80 apresentações na Capital e em mais 11 cidades do Estado.

O festival é apresentado pelo Ministério da Cultura (Minc) e Eletrosul, por meio da Lei de Incentivo a Cultura, e Caixa Econômica Federal, com patrocínio do Funcultural, Governo do Estado de Santa Catarina, Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Florianópolis. O apoio cultural é da Udesc e do Hotel Majestic. A itinerância pelas cidades do interior do Estado conta com a parceria do SECS-SC e de instituições culturais ou governamentais locais. A realização é da Fazendo FITA Cia. Artística e do Governo Federal/Ministério da Cultura.

A coordenação geral  é da professora do Curso de Artes Cênicas (DALi/CCE) da UFSC, Sassá Moretti, e a coordenação executiva é de Zélia Sabino, cenógrafa do Departamento Artístico Cultural (DAC) da Secretaria de Cultura da UFSC.

Sinopse das peças de domingo:
’Rabisco – Um Cachorro Perfeito’’
Baseado no livro homônimo do escrito Michele Lacocca, o espetáculo conta a história de Rabisco, um cãozinho desenhado por um menino que, após ganhar vida e sair do papel, não é aceito por seu criador por não ser bonito como este gostaria. Abandonado, Rabisco foge e passa por inúmeras aventuras em um grande centro urbano até encontrar um morador de rua, que o acolhe. Rabisco, então, descobre um objetivo: encontrar um desenhista que possa dar ao menino o desenho de um cachorro bonito.
Direção e adaptação do texto: Sidnei Caria
Duração: 50 min.
Classificação: livre
Técnica teatral: Manipulação direta, sombras e atuação

 “Três Historias Três”
(Cia. Ángeles de Trapo – Espanha)
Uma obra que apresenta três histórias divertidas e conta com a participação das crianças desde o primeiro momento.  A primeira trata do diabo e do padeiro e a eterna luta do bem contra o mal. A segunda, de um palhaço cansado de sua profissão. A terceira, como não poderia faltar, conta uma história de princesas.
Direção: Julio Cesar Gallo Alonso
Duração: 45 min.
Classificação: 3 anos
Técnica teatral: Bonecos de luva

“O Cano”
(Circo Udi Grudi – Brasília/DF)
O espetáculo é inspirado no número tradicional circense “Excêntricos Musicais”. Brinca com a relação entre a música, feita de maneira não convencional com instrumentos musicais alternativos, e o clown, aquele ser cômico poético que diverte e surpreende.
São três palhaços que vivem situações absurdas e inusitadas. O espetáculo se desenvolve em uma metamorfose mágica, utilizando um repertório musical que vai do jazz a MPB, e técnicas circenses como malabares, fogo, acrobacias e palhaçadas.
Direção: Leo Skyes
Duração: 1h.
Classificação: livre
Técnica teatral: Manipulação de objetos

Ambiente soturnopara contar história de amor e desamor

‘’Las Tribulaciones de Virginia’’
(Hnos. Oligor – Espanha)
“Las Tribulaciones de Virginia” é um espetáculo com manipulação e articulação de variados objetos: traquitanas movidas por roldanas e pedais, brinquedos mecânicos e máquinas inspiradas em experimentos de causa-efeito. O espetáculo busca recriar um ambiente soturno, com caixinhas de música e tango para contar a história de amor e desamor de Virginia e Valentin.
Texto e concepção:
 Hnos. Oligor
Duração: 90 min
Classificação: 12 anos
Técnica teatral: Manipulação de objetos

Serviço:

O quê: Peça ‘’Rabisco – Um Cachorro Perfeito’’
Quando: Dia 24 de Junho, domingo, às 15h
Onde: Teatro Álvaro de Carvalho (TAC), no centro de Florianópolis.
Quanto: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada) para espetáculos do Centro de Cultura e Eventos, Igrejinha/Teatro da UFSC, TAC e Teatro da UBRO. Meia-entrada para estudantes, pessoas acima de 60 anos, classe artística (com apresentação de DRT), funcionários e clientes da CAIXA (mediante apresentação de cartão).

O quê: Peça ‘’Tres Historias Tres’’
Quando: Dia 24 de junho, domingo, às 15h
Onde: Centro de Cultura e Eventos UFSC
Quanto: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada) para espetáculos do Centro de Cultura e Eventos, Igrejinha/Teatro da UFSC, TAC e Teatro da UBRO. Meia-entrada para estudantes, pessoas acima de 60 anos, classe artística (com apresentação de DRT), funcionários e clientes da CAIXA (mediante apresentação de cartão).

O quê: Peça ‘’O cano’’
Quando: Dia 24 de junho, domingo, às 20h00.
Onde: Centro de Cultura e Eventos UFSC.
Quanto: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada) para espetáculos do Centro de Cultura e Eventos, Igrejinha/Teatro da UFSC, TAC e Teatro da UBRO. Meia-entrada para estudantes, pessoas acima de 60 anos, classe artística (com apresentação de DRT), funcionários e clientes da CAIXA (mediante apresentação de cartão).

O quê: Peça ‘’Las Tribulaciones de Virginia’’
Quando: Dia 24 de junho, domingo, às 20h
Onde: Igrejinha da UFSC, ao lado do Teatro. Praça Santos Dumont, Trindade, Florianópolis-SC.
Quanto: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada) para espetáculos do Centro de Cultura e Eventos, Igrejinha/Teatro da UFSC, TAC e Teatro da UBRO. Meia-entrada para estudantes, pessoas acima de 60 anos, classe artística (com apresentação de DRT), funcionários e clientes da CAIXA (mediante apresentação de cartão).

Curtas
No hall do Centro de Cultura e Eventos da UFSC, das 18 às 20 horas, o público poderá conferir as apresentações de curta duração, com cerca de 10 minutos, em teatro de lambe-lambe, de “Espia Só!”, da Cia. Andante (Itajaí) e “Circo de Toda Gente”, de Ângela Escudeiro Bonecos e Mamulengos (Jaraguá do Sul).

Faça uma doação à Campanha do Agasalho 2012 e pague meia-entrada para qualquer espetáculo do 6° FITA.

Para a programação completa do festival e outras informações acesse o site www.fitafloripa.com.br. Mais informações e marcação de entrevistas, entrar em contato com as jornalistas Gisa Frantz (48) 9105-0191 e Manoela Pinheiro (48) 9989-5440, ou pelo e-mail:

Por Willian Rotta – Acadêmico de Jornalismo, Bolsista no DAC: SECULT: UFSC, com informações e fotos da Assessoria de Imprensa do FITAFloripa

 

Tags: FITAFloripaUFSC

Festival Internacional de Teatro de Animação começa neste sábado

22/06/2012 12:32

Grupo " Circo Udi Grudi " apresenta inspirada no número tradicional circense “Excêntricos Musicais”. Foto: divulgação.

As mais de 20 apresentações em Florianópolis começam no dia 23.  A cerimônia oficial de abertura do festival será na UFSC.

O Festival Internacional de Teatro de Animação de Florianópolis, o FITAFloripa, acontece pela sexta vez a partir de sábado. Será uma semana de apresentações de  24 grupos de diferentes localidades. Além da capital, mais 11 cidades catarinenses receberão espetáculos.

A abertura será com o tradicional Cortejo dos Bonecos Gigantes, com participação de grupos de maracatu, boi-de-mamão e uma apresentação de cena do espetáculo “Ubu Rei” da turma de Montagem do Ceart/Udesc. O desfile parte do Museu Cruz e Sousa, no centro, às 10h, e segue pelas ruas do centro de Florianópolis.

A cerimônia oficial de abertura será às 20 horas, no Centro de Cultura e Eventos da UFSC, com a apresentação da peça “O Cano”. Na mesma noite, às 22 horas, a Igrejinha da UFSC (ao lado do Teatro) recebe o espetáculo “Las Tribulaciones de Virginia”.

(mais…)

Tags: FITAFloripaUFSC

Abertas as inscrições para oficinas do 6ª FITAFloripa

15/06/2012 16:14
.

Peças A vida como ela é e Bag lady; além das apresentações, público também pode participar das oficinas, que já começam na segunda, 18

Técnica de utilização de máscara, canto harmônico, confecção de bonecos, animação: oficinas do FITA 2012 já começam na segunda, dia 18

O 6º Festival Internacional de Teatro de Animação de Florianópolis- FITAFloripa 2012 – acontece de 23 a 30 de junho, mas as inscrições para as quatro grandes oficinas que ocorrem durante o festival já estão abertas. Duas delas, gratuitas, se localizam no campus da UFSC, em Florianópolis, e duas na Udesc, uma paga e outra gratuita. A primeira oficina, chamada “Animar o inanimado, animar o silêncio”, com a professora do curso de Artes Cênicas da UFSC Sassá Moretti, ocorrerá na segunda-feira, (18/6), às 14 horas, na sala 401 do Centro de Artes da UFSC, antes mesmo da abertura oficial do FitaFloripa.

Para as demais oficinas, há necessidade de inscrição para garantir vaga, seguindo prazos diferentes, de acordo com o início de cada uma. Todas as fichas de inscrição devem ser enviadas para o e-mail: .

Com prazo de inscrição até o dia 16 de junho e 18 vagas, “Técnica de utilização de máscara”, com Venício Fonseca e Erika Rettl (Grupo Moitará), ocorre  de 25 a 29 de junho, das 15 às 19 horas de segunda a sexta e das 9 às 13 horas, na Sala de Dança do Centro de Artes da Udesc, ao preço de R$ 30,00. “O canto harmônico na prática do ator”, com o ator italiano Massimiliano Buldrini; ocorre de 19 a 20 de junho, no mesmo horário e no mesmo local,  “Confecção de bonecos e objetos de grandes dimensões, com o professor Roberto Gorgati” vai de 18 a 22, no mesmo horário, na sala 403 do Centro de Ciências Físicas e Matemáticas da UFSC (Redondo do CFM). Ambas são gratuitas e têm prazo de inscrição até o dia 20 de junho.

 

Inscrições até o dia 16 de junho
TÉCNICA DE UTILIZAÇÃO DE MÁSCARA – Com Venicio Fonseca e Erika Rettl (Grupo Moitará)

A Oficina tem como objetivo preparar o ator com a máscara teatral para o desenvolvimento de uma energia extra cotidiana, representando uma natureza além do convencional.

A Máscara Teatral engrandece o jogo do ator e “essencializa” o propósito do personagem e da situação. Ela torna precisos os gestos do corpo e o tom da voz. Leva o texto para além do cotidiano, filtra o essencial e esquece a anedota. Por essa razão, a máscara tem se mostrado um instrumento fundamental para o trabalho de ator, no mínimo, como exercício de entrar e sair do personagem.

Público-alvo: Atores, bailarinos e estudantes de artes cênicas
Material necessário
: Roupas neutras e uma toca para cabeça (pode ser uma meia-calça de mulher)
Sobre os ministrantes:
Venício Fonseca: Fundador do Grupo Moitará. Atua como diretor-pesquisador, roteirista, encenador, ator, mascareiro e pedagogo. E Erika Rettl: fundadora do Moitará. Atua como atriz-pesquisadora, mascareira e pedagoga.

O Grupo Teatral  Moitará, desde 1988, desenvolve uma pesquisa continuada sobre o trabalho do ator, buscando compreender os princípios que fundamentam sua arte, tendo nos estudos dos aspectos e funções da Máscara Teatral a base para a elaboração de uma metodologia própria.  Ao longo desses anos, vem realizando projetos artísticos, didáticos e socioculturais por meio de oficinas,espetáculosexposições palestras-espetáculos por todo o Brasil e participando de festivais nacionais e internacionais.

SERVIÇO:
O quê:
Oficina Técnica de Utilização de Máscara
Quando:
25 a 29 de Junho de 2012
Horário: 9 às 13 horas
Onde:  Sala Dança 1– Centro de Artes/CEART – UDESC, Florianópolis, SC
Vagas: 18 vagas
Realização: 6º FITA FLORIPA
Preço: R$ 30,00 e R$ 15,00

 

Inscrições até dia 20 de Junho
O CANTO HARMÔNICO NA PRÁTICA DO ATOR, com o ator italiano Massimiliano Buldrini

Esta Oficina oferecerá uma experiência com o canto harmônico, encontrado principalmente na área da Mongólia, Tibet e República Tuvana, mas também em outras regiões como a Sardegna. O canto harmônico é frequentemente usado para a meditação, pois exige muita concentração, mas também é útil para os atores para fortalecer a ferramenta de voz, desenvolvido como uma técnica vocal em que produz energia e calor. No Ocidente, temos o conhecimento deste método de Tran Quang Hai, que nos permitiu aproximar o mundo ocidental através de exercícios para o desenvolvimento e aperfeiçoamento dessa técnica.

Público-alvo: Atores e estudantes de artes cênicas
Sobre o ministrante
: Massimiliano Buldrini é ator, músico e diretor teatral do grupo T.I.L.T, com sede em Ímola (Itália), pesquisador vocal sobre interculturalidade com a orientação de Germana Giannini, com aperfeiçoamento em canto harmônico com Andrea de Luca e Tran QuangHai. Graduado pela Universidade de Bolonha (Itália), trabalha com atores e diretores teatrais italianos de renome como Enzo Vetrano, Stefano Randisi, Marco Sgrosso e Elena Bucci.

SERVIÇO:
O quê: Canto Harmônico na Prática do Ator
Quando: 29 e 30 de Junho de 2012
Horário: sexta-feira das 18:00 às 22:00 e sábado das 09:00 às 13:00 e das 15:00 às 19:00
Local: Sala Dança 1- Centro de Artes/CEART – UDESC (Florianópolis, SC).
Vagas: 25
Patrocínio: Departamento de Artes Cênicas/CEART/UDESC
Realização: 6º  FITA FLORIPA
Gratuita

 

CONFECÇÃO DE BONECOS E OBJETOS DE GRANDES DIMENSÕES – com o professor Roberto Gorgati

A oficina tem como objetivo criar objetos ou bonecos grandes que possam ser animados coletivamente em vários espaços. Tais bonecos e objetos podem ter várias combinações entre si, formando novas estruturas de tamanhos variáveis e outras possibilidades de animação. A participação do corpo junto a estruturas de dimensões variadas, muito pequenos ou grandes, permite que se encontre, nas experiências de manipulação, animação e confecção, dinâmicas coletivas de movimentação onde os objetos passam a ser estruturas de comunicação entre corpos.

Público-alvo: Artistas, estudantes de teatro, dança, artes visuais e público em geral interessado em conhecer mais sobre processos de confecção e animação de bonecos de grandes dimensões.

Sobre o Ministrante: Roberto Gorgati é Graduado e mestrando em Artes Cênicas, atua desde 2009 como professor colaborador no Departamento de Artes Cênicas da Universidade do Estado de Santa Catarina- UDESC, ministrando as disciplinas de teatro de bonecos, teatro de sombras, Teatro de Máscaras, improvisação teatral e Espaço Teatral.

SERVIÇO:
O que: Confecção de Bonecos e Objetos de Grandes Dimensões
Quando: 18 e 22 de Junho
Horário: sexta-feira das 18:00 às 22:00 e sábado das 09:00 às 13:00 e das 15:00 às 19:00
Local: Sala 403 do Centro Física e Matemática – UFSC (redondo do CFM)
Quanto: gratuito
Faixa etária: a partir de 16 anos.

 

O QUE É O TEATRO DE ANIMAÇÃO? ANIMAR O INANIMADO, ANIMAR O SILÊNCIO – com a Professora Sassá Moretti

A oficina tem como objetivo proporcionar ao público surdo conhecimentos sobre as técnicas da linguagem do Teatro de Animação por meio de experimentações práticas e suas possibilidades expressivas de materiais cotidianos.

Quando: 18 de Junho às 14h30
Onde: sala 401 do Centro de Artes da UFSC (redondo do CFM)
Quanto: gratuito

Atividade destinada exclusivamente aos surdos.

Mais informações e marcação de entrevistas, entrar em contato com as jornalistas Gisa Frantz(48) 9105 – 0191 e Manoela Pinheiro (48)9989-5440, ou pelo e-mail:

 

Divulgação na UFSC: Assessoria de Comunicação da Secult – 3721-9459 e 9911-0524 (Raquel Wandelli)


Leia mais:
– FITAFloripa faz de Santa Catarina o palco mundial da animação


 

Tags: FITAFloripa

FITAFloripa faz de Santa Catarina o palco mundial da animação

15/06/2012 16:03
.

Peças Boi de Mamão e Espia Só (Foto Núbia Abe); 24 grupos de teatro de todo o mundo se apresentarão em 11 cidades catarinenses

Com abertura oficial na UFSC no dia 23/6, evento trará para 11 cidades do Estado espetáculos de grande engenhosidade criativa

 

O emblemático boneco, símbolo do Festival Internacional de Teatro de Animação de Florianópolis, o FITAFloripa, receberá visitas de canos que emitem sons, caixinhas de lambe-lambe e suas memórias, objetos de uma oficina de artesanato que se comunicam, rabiscos exigentes, sombras reveladoras, palhaços irreverentes e mais uma gama de objetos instigantes que recontam a vida através de uma linguagem semiótica peculiar… O espetáculo da criatividade humana vai entrar em cena de 23 a 30 de junho, com abertura oficial no dia 22, às 20 horas, no Centro de Cultura e Eventos da UFSC, que apoia o evento através da Secretaria de Cultura.

 

Em sua 6ª edição, o FITA apresenta 24 grupos de teatro do Brasil e do mundo, que farão 80 apresentações na Capital e em mais 11 cidades do Estado em sistema de itinerância: Blumenau, Itajaí, Jaraguá do Sul, Joinville, São José, Lages, Chapecó, Concórdia, Laguna, Tubarão e Criciúma. A produção catarinense em teatro de animação cresceu e nesta edição conta com nove grupos na grade da programação do festival. Na agenda internacional estão confirmados cinco espetáculos da Espanha, um da Itália e uma co-produção franco-portuguesa.

 

O tradicional cortejo de abertura do festival acontece no sábado (23), com o desfile de bonecos gigantes, acompanhados de grupos de maracatu, boi-de-mamão e uma apresentação de cena do espetáculo “Ubu Rei” da turma de Montagem do Ceart/Udesc, que estará participando do FITA na Mostra Universitária. O cortejo percorrerá as ruas do Centro de Florianópolis a partir das 10h30, levando emoção e alegria ao público.

 

A cerimônia oficial acontece às 20h, no Centro de Cultura e Eventos da UFSC, com a apresentação da peça “O Cano”, do Circo UdiGrudi, de Brasília. O espetáculo é inspirado no número tradicional circense “Excêntricos Musicais”. Brinca com a relação entre a música, feita de maneira não convencional com instrumentos musicais alternativos, e o clown, aquele ser cômico poético que diverte e surpreende.

 

O FITAFloripa 2012 é apresentado pelo Ministério da Cultura (Minc) –Eletrosul – por meio da Lei de Incentivo a Cultura- e Caixa Econômica Federal, com patrocínio do Funcultural, Governo do Estado de Santa Catarina, Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)  e Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Florianópolis. O apoio cultural é da Udesc e do Hotel Majestic. A realização é do Fazendo FITA Cia. Artística e Governo Federal.

 

A coordenação geral do festival é da professora do Curso de Artes Cênicas da UFSC Sassá Moretti e a coordenação executiva de Zélia Sabino, cenógrafa do Departamento Artístico Cultural da Secretaria de Cultura da UFSC.

 

Paralelas ao festival acontecerão as atividades formativas, com oficinas de interpretação com máscaras, entre outras. O FITA ainda terá mesa de conversas com integrantes de companhias brasileiras de teatro, professores e pesquisadores do Teatro de Animação entre outras atividades.

 

Informações no site www.fitafloripa.com.br

 

Itinerância

Laguna é a primeira cidade a receber o festival fora da Capital. Ao longo de oito dias, os espetáculos “Cirquinho de pulgas”, da Legião de Palhaços (Rio do Sul), “No Toquen Mis Manos”, da Valéria Guglietti Cia de Sombras (Espanha), “Circo Trapizonga”, do Teatro Perrotta (PR), “Que Viva Anita!”, do T.I.L.T  (Itália) percorrerão algumas dessas 11 cidades. O teatro itinerante ocorre através do projeto FITAFloripa e SESC: Uma Viagem com o Teatro de Animação.

 

Serviço

O quê: 6º FITAFloripa
Quando:
23 a 30 de junho de 2012
Abertura: 23, às 20 horas, no Centro de Cultura e Eventos da UFSC
Onde:
Florianópolis, Blumenau, Itajaí, Jaraguá do Sul, Joinville, São José, Lages, Chapecó, Concórdia, Laguna, Tubarão e Criciúma. Em teatros, instituições e nas ruas. Confira a programação no site www.fitafloripa.com.br
Quanto:
Gratuito (Concha Acústica, Museu Cruz e Souza, Largo da Alfândega / Catedral, Teatro SESC Prainha, instituições e turmas de escolas públicas em qualquer espaço de apresentação.)
– R$ 10 e R$ 5 (meia-entrada)* para espetáculos do Centro de Cultura e Eventos, Igrejinha/Teatro da UFSC, TAC e Teatro da UBRO.

*Meia-entrada para estudantes, pessoas acima de 60 anos, classe artística (com apresentação de DRT), funcionários e clientes da CAIXA (mediante apresentação de cartão).

*Faça uma doação à Campanha do Agasalho 2012 e pague meia-entrada para qualquer espetáculo do 6° FITA.

 

— Agendamento para escolas através do http://www.fitafloripa.com.br ou pelo email – –

 

SERVIÇO
O quê:
Abertura do FITAFloripa
Quando:
23 de junho, 20h
Onde:
Centro de Cultura e Eventos da UFSC, Trindade, Florianópolis
Quanto:
R$10 / R$ 5 + um agasalho, R$ 5 (estudantes, pessoas acima de 60 anos, classe artística (com apresentação de DRT), funcionários e clientes da CAIXA (mediante apresentação de cartão)

 

Mais informações e marcação de entrevistas, entrar em contato com as jornalistas Gisa Frantz(48) 9105 – 0191 e Manoela Pinheiro (48)9989-5440, ou pelo e-mail:

 

Divulgação na UFSC: Assessoria de Comunicação da Secult – 3721-9459 e 9911-0524 (Raquel Wandelli)

Tags: FITAFloripa

FitaFloripa 2012

13/06/2012 08:30
.

.

Com patrocínio e correalização itinerante da UFSC, entre diversas outras instituições, será realizado de 23 a 30 de junho o 6º Festival Internacional de Teatro de Animação de Florianópolis (FitaFloripa 2012). Bonecos, sombras, fitas coloridas, máscaras instigantes, caixinhas de lambe-lambe, canos cantantes e mais uma série de objetos ímpares emprestarão suas formas e códigos para recontar a vida de maneira lúdica durante o evento que reunirá espetáculos do Brasil e de outros países. Acompanhe a programação: www.fitafloripa.com.br

Tags: FITAFloripaUFSC

Sábado ainda tem FITAFloripa na UFSC

17/06/2011 17:53

O 5° FITAFloripa termina neste sábado, 17/06, com dois espetáculos no Centro de Cultura e Eventos da UFSC: às 19h, Cristina Lopes, de Santa Catarina, traz o Curupira em Cena, e às 20h será encenado o infantil Cuentos Pequeños, de Hugo e Inês, do Peru.

O evento também tem apresentações no Teatro Álvaro de Carvalho (TAC) e no Teatro do SESC, na Prainha. A programação pode ser acessada aqui.

Mais informações: www.fitafloripa.com.br, , Assessoria de imprensa do FITA: Manoela Machado Pinheiro: (48) 9989-5440 / (48) 7811-6241/ ID 86*249359/   / Skype: manu-pinheiro ou Adalgisa Frantz: (48) 9105-0191/

Curupira em Cena

O curupira, personagem mitologico indígena, é um marionete que brincará com o público de qualquer faixa etária contando causos, cantando,recebendo o público com ditos e rimas populares.

Grupo: Cristina Lopes (Santa Catarina)
Duração: 20 minutos
Faixa etária: Livre
Técnica: Marionete

(mais…)

Tags: FITAFloripateatro

Teatro de animação da Itália, Peru e Brasil encerram o 5º FITAFloripa

16/06/2011 16:58

Cuentos Pequeños

Escolas de teatro de animação da Itália, Peru e Brasil encerram o 5º Festival Internacional de Animação – FITAFloripa -, neste sábado, 18 de junho. O espetáculo “Pulcinella 500 Ani Portati Bene!”, do grupo La Casa Di Pulcinella, será apresentado às 10h e 15h, no Teatro do SESC Prainha. No Teatro Álvaro de Carvalho, às 17h, sobe ao palco a montagem “A Tecelã”, do grupo gaúcho Caixa do Elefante. E “Cuentos Pequeños”, um desfile pitoresco de personagens divertidos da dupla peruana Hugo Suarez e Inês Pasic, fecha a edição 2011, às 20h, no Centro de Cultura e Eventos da UFSC.

PULCINELLA 500 ANI PORTATI BENE!

Este espetáculo de fantoches da tradição napolitana viaja desde 1500. Pulcinella como protagonista conta histórias da vida cotidiana. No final, o bem sempre triunfa, a verdade sobre a injustiça, a vida sobre a morte. Então, Pulcinella, a golpes com uma vara, mata o guappo, foge da morte, executada pela “Lei e Justiça”. Depois da apresentação, o boneco se torna um contador de histórias, e assim começa uma pequena viagem na tradição da música popular napolitana.
Se Pulcinella representa o homem, os antagonistas são suas necessidades e seus medos. Quando derrota e mata os medos e os instintos negativos que estão em seu interior e em público, as antigas canções e danças mágicas reestabelecessem a harmonia de tudo.

Grupo: La Casa Di Pulcinella (Itália)

Duração: 50 a 60 minutos

Faixa Etária: Livre  (para todas as idades).

Técnica: Manipulação de Luva

A Tecelã

A TECELÃ

Uma tecelã, capaz de converter em realidade tudo o que tece com seus fios, busca preencher o vazio de seus dias criando, para si, o suposto companheiro ideal. O espetáculo trata, de forma poética, da solidão feminina, das dificuldades de relacionamento e do poder criativo como possibilidade de transformação.

Grupo: Caixa do Elefante (Rio Grande do Sul)

Duração: 50 minutos

Faixa etária: A partir de 12 anos

Manipulação: Sombras e atuação

CUENTOS PEQUEÑOS

É um desfile pitoresco de personagens divertidos que tentam pegar aqueles pequenos momentos poéticos que estão escondidos na vida cotidiana. Esses personagens, com seus sonhos e frustrações, seus sucessos e fracassos nos contam sobre o drama eterno da tragicomédia humana…

Grupo: Hugo & Inês (Peru)

Duração: 50 minutos

Faixa etária: a partir de 7 anos

Técnica: manipulação de objetos e mímica

Confira a programação completa no site www.fitafloripa.com.br.

Pulcinella 500 Ani Portati Bene!

O FITAFloripa acontece até 19 de junho em Santa Catarina e conta com a participação de 19 companhias de teatro. Em Florianópolis, as apresentações acontecerão até 18 de junho. Já em Blumenau, Itajaí, Joinville, Criciúma, Lages e Chapecó, os espetáculos circularão até 19 de junho por meio do projeto FITA e SESC: Uma Viagem com Teatro de Animação.

O FitaFloripa é realizado em parceria com a Fazendo Fita Companhia Artística, o Curso de Artes Cênicas/DALI/CCE/UFSC (Sassá Moretti/coordenação geral), o Departamento Artístico Cultural(DAC) da Secretaria de Cultura e Arte da UFSC – Secarte (Zélia Sabino- coordenação executiva) e o SESC/SC, parceiro na itinerância do festival pelas cidades do Estado. O evento conta com o patrocínio do Funcultural e da UFSC.

CONTATO: , Assessoria de Imprensa do FITA: Manoela Machado Pinheiro: (48) 9989-5440 / 7811-6241/ ID 86*249359/ / Skype: manu-pinheiro ou Adalgisa Frantz: (48) 9105-0191/

Tags: FITAFloripa

Grupos de teatro do FITAFloripa se apresentam no palco do Projeto 12:30

14/06/2011 07:55

Na terça-feira, 14/06, o espetáculo é Mira: extraordinárias diferenças, suits igualdades, do grupo De Pernas Pro Ar, do Rio Grande do Sul

O Projeto 12:30 recebe apresentações de teatro do FITAFloripa nos dias 14 e 15/06, às 12h30min, na Concha Acústica. Os espetáculos são gratuitos e abertos à comunidade. Na terça-feira, 14/06, o espetáculo é Mira: extraordinárias diferenças, suits igualdades, do grupo De Pernas Pro Ar, do Rio Grande do Sul. Na quarta é será apresentado El Circo del Aguante, do Grupo A – garrapattta, da Colômbia.

O 5º Festival Internacional de Teatro de Animações de Florianópolis (FITAFloripa) reúne grupos de teatro nacionais e internacionais de 12 a 19 de junho. Neste ano, o número de cidades que recebem o evento aumentou. Além da Capital, o Festival, que é um dos mais importantes do gênero no País, acontece em outras seis cidades catarinenses: Criciúma, Lages, Itajaí, Joinville, Blumenau e Chapecó.

As apresentações são realizadas em diversos teatros e espaços públicos de Florianópolis, como o Centro de Cultura e Eventos e Concha Acústica da UFSC, Museu Cruz e Sousa, Teatro do SESC, TAC, Casa das Máquinas na Lagoa, Hospital Infantil, APAE de Florianópolis, Orionópolis e a Casa de Repouso Irmão Joaquim.

O 5º FITAFloripa tem apresentações de companhias do Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina, além de grupos da Finlândia, Peru, Colômbia e Itália.

São oito dias de espetáculos com 19 peças e mais de 50 apresentações em espaços teatrais e alternativos, sem contar com a mesa de conversas, as oficinas e a possibilidade de convivência com atores, diretores e companhias teatrais que circulam entre os espectadores.

O FitaFloripa é realizado em parceria com a Fazendo Fita Companhia Artística, Curso de Artes Cênicas/DALI/CCE/UFSC (Sassá Moretti/coordenação geral), Departamento Artístico Cultural (DAC), ligado à Secretaria de Cultura e Arte da UFSC – SeCArte (Zélia Sabino- coordenação executiva) e SESC/SC, parceiro na itinerância do festival pelas cidades do interior do Estado.

Para saber mais informações sobre o FITA, acesse www.fitafloripa.com.br

Espetáculo de terça-feira dia 14/06 – MIRA: Extraordinárias diferenças, suits igualdades

MIRA, um mundo onde abundam estranhas formas de vida com capacidade de mostrar a realidade de forma simplificada e simbólica: a partir de brincadeiras infantis desencadeia relações e reações corriqueiras sem complexidade. Os bonecos sugerem o desprendimento da aparência real, mergulhando num processo de liberação. É uma metáfora à identidade humana, composta pela sutileza de contrastes de cada personagem, traz cor, luz, esperança e poesia.
Grupo: De Pernas Pro Ar (Rio Grande do Sul)
Duração: 60 minutos
Faixa etária: Livre

Ficha técnica:

Atores Bonequeiros: Diego Kurtz, Lenon Kurtz, Raquel Durigon, Txai D. Wieser, Vitor Brasil
Contra Regragem: Denissom Gargione, Tayhú D. Wieser (aprendiz)
Construção dos Bonecos e Direção de Manipulação: Raquel Durigon
Música e Operação de Som: Luciano Wieser
Mecanismo de Manipulação: Luciano Wieser
Direção: Raquel Durigon e Luciano Wieser
Produção e Realização: Grupo de teatro de Pernas Pro Ar

SERVIÇO 1:

O QUÊ: Apresentação da peça MIRA do grupo de teatro De Pernas Pro Ar do 5º FITAFloripa na Concha Acústica.

ONDE: Concha Acústica da UFSC, Praça da Cidadania, Campus Universitário, Florianópolis-SC.

QUANDO: Dia 14 de junho de 2011, às 12h30.

QUANTO: Gratuito, aberto à comunidade.

CONTATO: , Assessoria de imprensa do FITA: Manoela Machado Pinheiro: (48) 9989-5440 / (48) 7811-6241/ ID 86*249359/ / Skype: manu-pinheiro ou Adalgisa Frantz: (48) 9105-0191/

Veja mais em: www.fitafloripa.com.br

Espetáculo de quarta-feira dia 15/06 – El Circo del Aguante

Na quarta: em El Circo, um palhaço de circo recorda com nostálgica alegria os melhores momentos vividos no circo

Um palhaço de circo recorda com nostálgica alegria os melhores momentos vividos no circo. Com a ajuda de seu neto, anima com títeres seus números favoritos para o público, os quais retira de sua memória. Será uma viagem pelas diferentes emoções e sentimentos que produzidos pelo circo e um palhaço que quer encontrar-se novamente com seu público através de suas recordações. No final, seu neto receberá felizmente o legado de seu avô.

Grupo: A – garrapattta (Colômbia)
Duração: 60 minutos
Faixa etária: LIVRE (a partir de 02 anos)
Técnica: manipulação de bonecos e atuação
Ficha técnica:

Atores manipuladores: Edgar Cárdenas e Henry Lopez
Técnico: Camilo Cárdenas
Direção Geral: Edgar Cárdenas

SERVIÇO 2:

O QUÊ: Apresentação da peça El Circo del Aguante do grupo colombiano A – garrapattta do 5º FITAFloripa na Concha Acústica.

ONDE: Concha Acústica da UFSC, Praça da Cidadania, Campus Universitário, Florianópolis-SC.

QUANDO: Dia 15 de junho de 2011, às 12h30.

QUANTO: Gratuito, aberto à comunidade.

CONTATO: , Assessoria de imprensa do FITA: Manoela Machado Pinheiro: (48) 9989-5440 / (48) 7811-6241/ ID 86*249359/ / Skype: manu-pinheiro ou Adalgisa Frantz: (48) 9105-0191/

Veja mais em: www.fitafloripa.com.br

Sobre o Projeto 12:30

O projeto 12:30 é realizado pelo Departamento Artístico Cultural (DAC), vinculado à Secretaria de Cultura e Arte da UFSC e apresenta semanalmente atrações de cunho cultural de música, dança e teatro. As apresentações acontecem todas as quartas-feiras, ao ar livre, na Concha Acústica, e, quinzenalmente, às quintas-feiras, no Projeto 12:30 Acústico, no Teatro da UFSC.

Artistas e grupos interessados em se apresentar no projeto dentro do campus da UFSC devem entrar em contato com o DAC através dos telefones (48) 3721-9348 / 3721-9447 ou por e-mail, enviando mensagem para

Fonte: Kadu Reis – Acadêmico de Jornalismo, Assessoria de Imprensa do Projeto 12:30, DAC: SeCArte: UFSC, com informações e fotos da Produção e da Assessoria do 5º FITAFloripa.

Tags: FITAFloripaProjeto 12:30

FitaFloripa mostra teatro de animação em SC

13/06/2011 11:47

FitaFloripa na UFSCFoi aberta neste domingo (12), no Centro de Cultura e Eventos  da UFSC a 5ª edição do Festival Internacional de Teatro de Animação de Florianópolis, o FITAFloripa,  com a companhia finlandesa W.H.S apresentando “Kekusteluja”, obra do novo circo experimental, resultado da parceria do malabarista Ville Walo e o mágico Kalle Hakkarainen, que contempla a comunicação, a manipulação de objetos de cena, o trabalho com sombras, tudo combinado a projeções de cinema e vídeo no corpo dos atores.

O FITAFloripa acontece até 19 de junho em Santa Catarina e conta com a participação de 19 companhias de teatro. Na Capital catarinense, as apresentações acontecerão até 18 de junho. Em Blumenau, Itajaí, Joinville, Criciúma, Lages e Chapecó, espetáculos circularão entre 13 e 19 de junho por meio do projeto FITA e SESC: Uma Viagem com Teatro de Animação.  O FitaFloripa é realizado em parceria com a Fazendo Fita Companhia Artística, Curso de Artes Cênicas/DALI/CCE/UFSC (Sassá Moretti/coordenação geral)Departamento Artístico Cultural(DAC) da Secretaria de Cultura e Arte da UFSC – Secarte (Zélia Sabino- coordenação executiva) e SESC/SC, parceiro na itinerância do festival pelas cidades do interior do Estado.

No dia 13 de junho, haverá o tradicional cortejo de abertura do FITA pelas ruas da Capital, com saída do Museu Cruz e Sousa, às 15h. Esse ano, o desfile contará com bonecos gigantes reciclados confeccionados em oficina no Museu do Lixo, da Comcap, com o bloco de maracatu Arrasta Ilha e com o grupo de Boi de mamão Arreda Boi. Destaque para a companhia De Pernas para o Ar, do Rio Grande do Sul, que povoará as ruas de Florianópolis com os bonecos gigantes do espetáculo “MIRA”.

Além do W.H.S, outras três companhias internacionais fazem parte da programação: Teatro Hugo & Inês (Peru), com “Cuentos Pequeños”, A-Garrapattta (Colômbia), com “El Circo Del Aguante”, e La Casa Di Puntinella (Itália), com “Pulcinella 500 Anni Portati Bene!”. Já o teatro de animação nacional será representado por companhias de Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.

Paralelas ao festival, acontecerão as oficinas de interpretação com máscaras expressivas e de laboratório de manipulação de bonecos. O FITA ainda terá mesa de conversas, que nessa edição contará com palestra da professora Ana Maria Amaral (USP / SP) e aula espetáculo da Cia. Troada (SP).

ITINERÂNCIA

A primeira cidade a receber festival fora da Capital catarinense é Blumenau. Ao longo de sete dias, a Cia Anima Sonho (RS), a Cia. Circo de Bonecos (SP), o Teatro Hugo & Inês (Peru) e o grupo A – garrapattta (Colômbia) circularão pelas seis cidades. As apresentações serão sempre nos palcos dos teatros do SESC, com exceção das cidades Blumenau e Itajaí, onde os espetáculos ocorrerão na Fundação Cultural da cidade e no Teatro Municipal, respectivamente.

Esse é o primeiro ano que o FITA promove uma itinerância desse porte. Em 2010, espetáculos circularam somente por outras duas cidades que não Florianópolis, onde o FITA teve sua origem em 2007. As coordenadoras do festival, Sassá Moretti e Zélia Sabino, destacam a importância da parceria com o SESC, correalizadora da itinerância, que tornou a expansão do FITA uma realidade.

O FITAFloripa tem como objetivo principal ampliar o acesso ao teatro de animação no Brasil. Em 2010, atingiu 35 mil pessoas. Com a itinerância, a expectativa é que o público duplique em 2011.

SERVIÇO:

O quê: 5º FITAFloripa

Quando: 12 a 19 de junho

Onde: Florianópolis, Blumenau, Itajaí, Joinville, Criciúma, Lages e Chapecó. Em diversos teatros e instituições. Confira na programação

Quanto: Gratuito (espetáculos no SESC e turmas de escolas públicas em qualquer espaço de apresentação)/ R$ 10 (espetáculos no Centro de Cultura e Eventos e TAC)/ R$ 5 + agasalho (espetáculos no Centro de Cultura e Eventos e TAC)/ R$ 5 (valor para estudantes em espetáculos no Centro de Cultura e Eventos e TAC)

Obs.: Agendamento para escolas através do www.fitafloripa.com.br ou pelo email 

Mais informações: Adalgisa Frantz: (48) 9105-0191/ ou com a assessora de imprensa Manoela Machado Pinheiro: 9989-5440/ 7811-6241/ ID 86*249359/ MSN: / SKYPE: manu-pinheiro.

Tags: animaçãoFITAFloripateatro

FITAFloripa começa neste domingo no Centro de Cultura e Eventos

10/06/2011 10:29

A abertura do 5ª edição do Festival Internacional de Teatro de Animação de Florianópolis, o FITAFloripa, acontece neste domingo, 12/06, às 20h, em Florianópolis, no Centro de Cultura e Eventos da UFSC, e terá no palco a companhia finlandesa W.H.S, que apresentará “Kekusteluja”, obra do novo circo experimental, resultado da parceria do malabarista Ville Walo e o mágico Kalle Hakkarainen, que contempla a comunicação, a manipulação de objetos de cena, o trabalho com sombras, tudo combinado a projeções de cinema e vídeo no corpo dos atores.

O FITAFloripa acontece de 12 a 19 de junho em Santa Catarina e conta com a participação de 19 companhias de teatro. Na Capital catarinense, as apresentações serão de 12 a 18 de junho. Em Blumenau, Itajaí, Joinville, Criciúma, Lages e Chapecó, espetáculos circularão entre 13 e 19 de junho por meio do projeto FITA e SESC: Uma Viagem com Teatro de Animação. A realização do festival é do Fazendo FITA Cia Artística, com patrocínio do Funcultural e da UFSC.

No dia 13 de junho, haverá o tradicional cortejo de abertura do FITA pelas ruas da Capital, com saída do Museu Cruz e Sousa, às 15h. Esse ano, o desfile contará com bonecos gigantes reciclados confeccionados em oficina no Museu do Lixo, da Comcap, com o bloco de maracatu Arrasta Ilha e com o grupo de Boi de mamão Arreda Boi. Destaque para a companhia De Pernas para o Ar, do Rio Grande do Sul, que povoará as ruas de Florianópolis com os bonecos gigantes do espetáculo “MIRA”.

Além do W.H.S, outras três companhias internacionais fazem parte da programação: Teatro Hugo & Inês (Peru), com “Cuentos Pequeños”, A-Garrapattta (Colômbia), com “El Circo Del Aguante”, e La Casa Di Puntinella (Itália), com “Pulcinella 500 Anni Portati Bene!”. Já o teatro de animação nacional será representado por companhias de Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.

Paralelas ao festival, acontecerão as oficinas de interpretação com máscaras expressivas e de laboratório de manipulação de bonecos. O FITA ainda terá mesa de conversas, que nessa edição contará com palestra da professora Ana Maria Amaral (USP / SP) e aula espetáculo da Cia. Troada (SP).

ITINERÂNCIA

A primeira cidade a receber festival fora da Capital catarinense é Blumenau. Ao longo de sete dias, a Cia Anima Sonho (RS), a Cia. Circo de Bonecos (SP), o Teatro Hugo & Inês (Peru) e o grupo A – garrapattta (Colômbia) circularão pelas seis cidades. As apresentações serão sempre nos palcos dos teatros do SESC, com exceção das cidades Blumenau e Itajaí, onde os espetáculos ocorrerão na Fundação Cultural da cidade e no Teatro Municipal, respectivamente.

Esse é o primeiro ano que o FITA promove uma itinerância desse porte. Em 2010, espetáculos circularam somente por outras duas cidades que não Florianópolis, onde o FITA teve sua origem em 2007. As coordenadoras do festival, Sassá Moretti e Zélia Sabino, destacam a importância da parceria com o SESC, correalizadora da itinerância, que tornou a expansão do FITA uma realidade.

O FITAFloripa tem como objetivo principal ampliar o acesso ao teatro de animação no Brasil. Em 2010, atingiu 35 mil pessoas. Com a itinerância, a expectativa é que o público duplique em 2011.

SERVIÇO:

O quê: 5º FITAFloripa

Quando: 12 a 19 de junho

Onde: Florianópolis, Blumenau, Itajaí, Joinville, Criciúma, Lages e Chapecó. Em diversos teatros e instituições. Confira na programação

Quanto: Gratuito (espetáculos no SESC e turmas de escolas públicas em qualquer espaço de apresentação)/ R$ 10 (espetáculos no Centro de Cultura e Eventos e TAC)/ R$ 5 + agasalho (espetáculos no Centro de Cultura e Eventos e TAC)/ R$ 5 (valor para estudantes em espetáculos no Centro de Cultura e Eventos e TAC)

Obs.: Agendamento para escolas através do www.fitafloripa.com.br ou pelo email 

Mais informações: Adalgisa Frantz: (48) 9105-0191/ ou com a assessora de imprensa Manoela Machado Pinheiro: 9989-5440/ 7811-6241/ ID 86*249359/ MSN: / SKYPE: manu-pinheiro.

Tags: Festival Internacional de Teatro de Animação de FlorianópolisFITAFloripaUFSC