Servidores e alunos denunciam uso de e-mail institucional para disseminar conteúdo preconceituoso

28/06/2019 16:07

Em virtude do 1º Encontro de Mulheres na Energia Solar, realizado no dia 4 de junho de 2019 e promovido pelo Laboratório Fotovoltaica, dois professores da UFSC enviaram pelo grupo de Discussão do Centro Tecnológico (CTC), na mesma data, comentários carregados de conteúdo machista e misógino. As mensagens causaram indignação da comunidade universitária e mais de 30 professores, alunos, técnicos-administrativos e representantes de entidades ligadas à instituição, após reunião no dia 10 de junho de 2019, elaboraram documento a fim de tomar medidas de prevenção e denúncia, bem como de punição pelas instâncias competentes daqueles que ferem o código de ética, as leis e os regulamentos acadêmicos.

Em tempos que, a cada dois segundos, uma mulher sofre violência física ou psicológica no Brasil – segundo dados do Relógios da Violência, do Instituto Maria da Penha – é inadmissível que o serviço público seja maculado por atitudes que ofendem uma coletividade e que reforçam a cultura de violência contra as mulheres.

Além do questionamento sobre a importância da iniciativa científica promovida por mulheres pesquisadoras, também houve o comentário sobre “se esperar que em tal evento haja uma exposição de mulheres bonitas, com os clássicos biquínis a absorver energia solar para nosso deleite”, que há cientistas sem “cotas para mulheres” e sobre uma esperança de “que nosso laboratório seja visitado pelas participantes, preferivelmente bonitas e/ou simpáticas”.

Seguem algumas reflexões para a compreensão contextual e discursiva em que tais comentários estão inseridos, que constam no documento elaborado e assinado pelas categorias.
(mais…)

Tags: 1º Encontro de Mulheres na Energia SolarCTCLaboratório FotovoltaicaUFSC