UFSC é parceira no desenvolvimento de aplicativo que registra problemas urbanos

10/10/2018 09:36

O Programa de Pós-graduação em Ciência da Computação (PPGCC/CTC) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), por meio do professor Mario Antonio Ribeiro Dantas, é uma das instituições de ensino parcerias no desenvolvimento do aplicativo ParticipACT. O aplicativo dá autonomia ao cidadão para relatar problemas relacionados às áreas de transporte e mobilidade, segurança, acessibilidade, meio ambiente e animais, infraestrutura, social e outros, contribuindo para a gestão eficiente de cidades.

O ParticipACT foi desenvolvido pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), resultado de uma pesquisa do Laboratório de Tecnologias de Gestão (LabGES/ESAG), e se trata de um projeto que busca a gestão eficiente e participativa de cidades inteligentes por meio de uma plataforma de Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs). Entre os objetivos da ação, está a implantação de um big data com dados de organizações públicas e privadas, além dos dados coletados de forma participativa e colaborativa pelos cidadãos, com o suporte de um sistema de mobile crowdsensing (MCS).

Como funciona

Depois de instalar o aplicativo, o usuário pode registrar os problemas da cidade, apontando no mapa o local da ocorrência e descrevendo-a em texto, áudio e/ou vídeo. Os registros poderão ser visualizados no mapa no próprio aplicativo e no portal http://www.participact.com.br. O cidadão também pode deixar, por determinado tempo, alguns sensores do celular ligados para que o próprio aplicativo colete informações sobre trajeto, tempos de parada e outras informações que formarão um banco de dados sobre a cidade e que será estudado em pesquisas dos hábitos de mobilidade urbana.

O objetivo é formar uma comunidade virtual composta por cidadãos preocupados em melhorar a qualidade de vida na cidade, utilizando de forma inteligente o poder das tecnologias. Com o levantamento e cruzamento de dados, gestores públicos, pesquisadores e a população terão um entendimento mais claro dos problemas, e as soluções poderão ser encaminhadas com base em informações consistentes e confiáveis.

 

Dados seguros

O ParticipACT Brasil conta com uma política de privacidade, sendo que os níveis de acesso aos dados do usuário precisam ser autorizados para o aplicativo ser habilitado. É assegurado aos voluntários cadastrados que seus dados não serão utilizados para fins comerciais ou de marketing, tampouco serão vendidos ou disponibilizados para outros fins que não o atendimento dos objetivos do ParticipACT Brasil. Assegura-se também que serão analisados dados e comportamentos individuais. Todas as análises do ParticipACT Brasil objetivam entender e estudar problemas urbanos da cidade de Florianópolis.

Mais informações no site do ParticipaACT ou por meio do contato de e-mail 

Informações: ParticipACT

*Imagem: Divulgação ParticipACT / Cristina Gallo