Professores da UFSC votam pela continuação da greve

02/08/2012 08:34

Os professores da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) rejeitaram a proposta de reestruturação da carreira feita pelo governo e vão continuar com a greve que começou no dia 11 de julho. A decisão foi tomada nesta quarta-feira, dia 1º de agosto, quando 920 docentes compareceram às urnas para votar se aceitavam ou não a nova proposta. Destes, 489 (53,15%) votaram pela manutenção da greve e 425 (46,19%) manifestaram-se a favor do fim da paralisação.  Foram computados dois votos em branco e quatro nulos. Como a votação foi aberta aos docentes não filiados à Apufsc-Sindical, do total geral de votantes, 689 são associados à entidade e 231 não sócios.

A primeira etapa da Assembleia Geral dos Professores da UFSC, realizada na terça-feira, dia 31, no auditório do Curso de Engenharia de Produção (CTC), reuniu 186 docentes, sendo 169 associados da Apufsc-Sindical e 17 não associados à entidade. Nesta primeira etapa foram realizados informes e discutida a proposta.A presença de 689 associados nas urnas obedeceu ao critério estabelecido pelo Estatuto do Sindicato dos Professores das Universidades Federais de Santa Catarina (Apufsc-Sindical) que, em caso de deliberação sobre greve, exige a participação mínima de 25% dos associados. Atualmente, esse número corresponde a 607 docentes.Informações: (48) 3234-2844/3721-9425 e 3721-3187

Fonte: Apufsc

Assista ao vídeo do Universidade Já/TV UFSC sobre a votação:

Tags: Greveprofessores da UFSC