Entidades manifestam-se sobre ação policial na UFSC

28/03/2014 11:31

Desde os acontecimentos do dia 25 de março na Universidade Federal de Santa Catarina, diversas entidades manifestam-se sobre o ocorrido.Veja algumas das manifestações: 

:: Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina (SJSC) e Federação nacional dos Jornalistas (FENAJ)

O Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina e a Federação Nacional dos Jornalistas vêm a público repudiar as práticas autoritárias por parte do aparato policial do Estado e também os ataques ao exercício do Jornalismo, ocorridos no campus da Universidade Federal de Santa Catarina.

Denunciamos a ação truculenta e desproporcional da Polícia Federal e da Polícia Militar na UFSC, que resultou na agressão a estudantes, professores e servidores e, sobretudo, feriu a autonomia universitária. Ao repudiar os excessos da força policial, manifestamos também nossa solidariedade às vítimas, à comunidade da UFSC e à população de Santa Catarina, que teve um de seus maiores patrimônios atacado.

Também não podemos aceitar que os jornalistas sejam impedidos de realizar o seu trabalho, ao mesmo tempo em que apelamos aos profissionais e donos das empresas de comunicação para a responsabilidade inerente ao exercício da função, que é a de informar com ética e o máximo de exatidão.

Infelizmente, no episódio em pauta, a edição veiculada em alguns noticiários errou ao mostrar primeiro a reação dos estudantes e depois a ação da polícia, quando o que aconteceu foi o contrário. As imagens deixam claro que a polícia deu início à ação violenta e assumiu os riscos daí decorrentes, desencadeando a reação dos estudantes. E mostram também os próprios policiais quebrando uma viatura de segurança do campus.

Igualmente condenáveis foram os comentários de profissionais favoráveis à brutalidade policial.

Às empresas jornalísticas, além de garantir a segurança de seus profissionais, ressaltamos o dever de promover o debate igualitário de ideias e a manifestação de opinião. A correta informação é fundamental para que a população não seja induzida a formar juízos contrários aos fatos.

O Sindicato dos Jornalistas e a FENAJ cobram das autoridades providências em relação à atuação da polícia dentro da Universidade e pedem aos alunos e demais manifestantes que respeitem o trabalho da imprensa e não impeçam o livre exercício do Jornalismo, elemento fundamental na consolidação da democracia.

Florianópolis (SC), 27 de março de 2014.

Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina – SJSC
Federação Nacional dos Jornalistas – FENAJ

 http://sjsc.org.br/nao-a-violencia-na-ufsc-e-ao-ataque-ao-exercicio-do-jornalismo/
(mais…)

Tags: ação policialentidadesnotas públicasUFSC