Portal Catarina é lançado nesta sexta

07/10/2011 16:26
O maior banco de dados e acervo digital da literatura catarinense é o produto do trabalho de quatro anos do Núcleo de Pesquisa em Informática e Literatura (Nupill) e encerra o Seminário em Literatura Digital

Mais de duas mil obras de 312 autores da literatura catarinense já estão disponíveis no Portal Catarina. A inauguração do primeiro acervo digital de obras literárias do estado vai acontecer às 18h dessa sexta-feira, 7/10, na sala Aroeira do Centro de Cultura e Eventos da UFSC.  O lançamento do portal é seguido de mesa-redonda e coquetel, com a presença de intelectuais catarinenses e especialistas em ciberliteratura, e encerra o Seminário em Literatura Digital, promovido pelo Nupill e com o apoio da Secretaria de Cultura e Arte (SecArte).

A construção do Portal Catarina envolveu a participação de 25 alunos de graduação e pós-graduação dos cursos de Letras e Computação da Universidade. Também foi necessária uma parceria entre o Nupill e o Laboratório de Pesquisas em Sistemas Distribuídos (Laspesd), coordenado pelo professor Roberto Willrich.

O resultado foi o registro de informações de 4.399 obras e a digitalização completa de outras 2.579 de 312 autores catarinenses de todas as gerações, estilos e escolas literárias. As obras digitalizadas são de domínio público e estão disponíveis para download ou acesso pelo próprio portal.

Para concluir o acervo digital, o grupo incorporou os dados de todos os indicadores impressos existentes e acrescentou novas informações oriundas de árdua pesquisa. Entre as obras disponíveis para download, destacam-se as 30 edições da Revista Grupo Sul. A publicação marcou o movimento Modernista em Santa Catarina e era coordenada pelo escritor Salim Miguel.

O coordenador e fundador do Nupill, Alckmar Luiz dos Santos, destaca que o Portal Catarina está aberto à atualização permanente. “À medida que todos os dias nascem e morrem novos autores, torna-se um trabalho interminável”. O coordenador, que foi eleito em 2011 o representante do Centro de Comunicação e Expressão (CCE) no Prêmio Destaque Pesquisador, promovido pela UFSC, ainda reitera a importância da web na democratização do acesso à leitura.

“Um possível desdobramento do Portal Catarina será a possibilidade de os leitores enviarem resenhas das obras cadastradas, o que estimula o conhecimento das publicações de autores locais”. O mestrando em Literatura e bolsista do Nupill, José Jardim, lembra que o projeto foi o único na área de Ciências Humanas em Santa Catarina.  Agora o grupo busca a renovação do financiamento do projeto. José ainda se orgulha de participar da elaboração do único acervo digital no Brasil que privilegia a literatura de um Estado. Ele cita o poeta Luiz Delfino que, segundo ele, é um autor pouco publicado fora de SC e que agora  poderá ser lido por mais pessoas.

Incentivado há cerca de oito anos pelo já falecido professor de Literatura e ex-presidente da Academia Catarinense de Letras, Lauro Junkes, o projeto teve início em 2007 a partir de recursos do Pronex, oferecidos em edital no CNPq, no valor de 400 mil reais.

O Seminário

O coquetel de lançamento do Portal Catarina vai acontecer na sexta-feira, 7/10, no Centro de Cultura de Eventos (sala Aroeira, 2º piso) durante o Seminário em Literatura Digital. O evento vai abordar em dois dias a estatística literária, as novas ferramentas, acervos, bancos de dados e processos de incentivo à literatura no meio eletrônico. Além de debates, acontecerá estudo dos poemas do autor português Fernando Pessoa e análise de obras de autores como Monteiro Lobato, Ítalo Calvino e Milton Hatoum.

Na mesa de discussão do último dia estarão presentes os especialistas de literatura na web Saulo Brandão (UFPI), Alamir Aquino Correa (UEL), Wilton Azevedo (Mackenzie) Carlos Maciel (USP) e o representante do Nupill, Alckmar Luiz dos Santos.

Mais informações com professor Alckmar Luiz dos Santos: 3721-6590

Programação do Seminário em Literatura Digital:

6 de outubro

9h – Abertura – Alckmar Luiz dos Santos

9h-10h30 = Mesa Literatura digital

Rafael Soares Duarte – A página infinita das webcomics

Otávio Guimarães Tavares – Por um engenho e arte digital

Cristiano de Sales – Elementos de estética para literaturas digitais

Emanoel C. Pires de Assis – O texto na tela: processos de leitura

Everton Vinicius de Santa – Literatura e memória no papel e na tela

10h45-11h30 = Mesa A revista digital Mafuá

Isabela Melim Borges Sandoval
Silvio Somer
Jaqueline Sinderski Bigaton

11h30-11h45 = Palestra: Banco de dados digitais

Jonatam Matschulat

14h-17h Mesa Convidados

Alckmar Luiz dos Santos – Letras digitais

Wilton Azevedo – Artes digitais

Regina Corrêa – Língua e literatura digital

Alamir Aquino Corrêa – Literatura em meio digital

Carlos Maciel – Ferramentas estatísticas na leitura de obras literárias

Saulo Brandão – Experiências com leitura em meio digital

7 de outubro

9h-10h = Mesa Ferramentas digitais

Verônica Ribas Cúrcio – A estatística e a informática na leitura literária

Deise Freitas e Silvio Somer – Um dicionário digital de personagens literários

10h15-11h45 = Mesa Teoria do texto

José Carlos Jardim Jr. – Relato e comunidade interpretativa em Milton Hatoum

Cláudia Grijó Vilarouca – Espacialidades da narrativa de Perec, Cortázar e Calvino

Patrícia C. S. Ricarte e Júlia Telésforo Osório – Tendências modernas em continuidade na poesia do presente

Juliana C. Garcia – O caipira nas edições lobatianas

14h-15h30 = Mesa Acervos digitais

Tanay G. Notargiacomo – Nada a dizer: a senha como personagem

Ana Beatriz M. S. de Andrade – Maura de Senna Pereira e seu acervo

Isabel M. B. Luclktenberg – A Editora Mulheres e o espaço virtual

Ana Luíza Bazzo da Rosa – ENEM e a literatura

Zilma G. Nunes – Os acervos literários sob o olhar da Crítica Genética

15h45-16h45 = Mesa Ensino e Aprendizagem

Rosilei Girardello – Experiências de ensino – aprendizagem de literatura em meio digital

Isabela M. B. Sandoval e Emanoel C. Pires de Assis – Tratamento digital de obras literárias: Ontologia de termos de teoria literária

Emanoel C. Pires de Assis – Dlnotes: uma ferramenta de anotação em obras literárias

Adiel Mittmann – Megamneme: uma ferramenta de memorização do vocábulo

18h – Lançamento do Portal Catarina e Coquetel de encerramento


Por Gabriele Duarte/ Bolsista de Jornalismo na Agecom

Tags: literatura catarinensePortal Catarina