Museu da UFSC promove exposição ‘Invisíveis na cidade: rastros e restos de um Abrigo de Alienados’

16/10/2017 15:26

O Museu de Arqueologia e Etnologia (Marque) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) promove a exposição “Invisíveis na cidade: rastros e restos de um Abrigo de Alienados”, de terça a sexta, das 9h às 17h, e vai até o dia 27 de outubro, no Espaço Aberto. 

Esta exposição artística trata sobre os vestígios de existência do Abrigo Municipal de Alienados Oscar Schneider (1923-1942) e das vidas a ele tramadas. O Abrigo foi a primeira instituição psiquiátrica de Joinville e teve papel importante nos primórdios da história da saúde mental do estado de Santa Catarina. A exposição se baseia na dissertação produzida por Mariana Zabot Pasqualotto no Programa de Pós-Graduação em Psicologia da UFSC.