16ª Sepex: estudantes do Colégio de Aplicação apresentam projeto ‘Cheiro Verde na Escola’

19/10/2017 12:06

Os responsáveis pelo “Projeto Cheiro Verde na Escola” estão entre os mais jovens expositores da 16ª Semana de Pesquisa, Ensino e Extensão (Sepex) da UFSC. Estudantes do 1º e 6º anos do Colégio de Aplicação, com idades entre 6 e 11 anos, apresentam diversas pesquisas e trabalhos realizados durante o ano no contexto do meio ambiente.

Um deles é o relógio do corpo humano, composto de ervas medicinais e relacionado com a medicina tradicional chinesa. Aluno do 6º ano, Pedro Henrique Gomes de Almeida, 11 anos, tinha na ponta da língua todas as informações para os interessados. Ele já havia comparecido à Sepex como visitante e estava compenetrado em sua primeira vez como expositor.

Outra parte do estande apresentava as pesquisas do 1º ano sobre abelhas, incluindo a mascote Bely, uma abelhinha de pelúcia, “sem ferrão”, como explicou Lucas Orfeu, 7 anos. Ele mostrava os ciclo de vida da abelha, entre outras curiosidades.

Lucas explica as curiosidades das abelhas. Foto: Jair Quint/Fotógrafo da Agecom/UFSC

A professora Mariza Konradt de Campos diz que sempre trabalha a questão ambiental ao trazer mascotes para a sala de aula; em 2017, foi uma abelha. “As crianças estão super entusiasmadas, com o conteúdo na ponta da língua. Afinal, foram eles que pesquisaram tudo”.

No final, Lucas não deixou de oferecer pedaços de hambúrgueres de cenoura e beterraba que os alunos aprenderam a fazer numa aula de culinária com a voluntária Cléa. “Tudo orgânico”, propagandeou Lucas, que ainda entregou cópias das receitas de cada quitute.

O estande “Cheiro Verde na Escola” está no espaço destinado aos projetos relacionados com o meio ambiente. Confira a lista completa aqui.

Mais informações no site da Sepex.

Caetano Machado/Jornalista da Agecom/UFSC