Calendário de Eventos UFSC

jun
7
sex
Exposição no Centro de Cultura e Eventos
jun 7@7:00 – jul 7@19:00

A exposição Você não pode me assustar mais do que o espelho está aberta para visitação no Centro de Cultura e Eventos da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, até o dia 7 de julho de 2024. O trabalho da poetisa e artista visual Suelen Vieira nasceu “através de um mergulho nos itans (contos africanos) que trazem os espelhos como objeto magístico de importância”.

A exposição traz pinturas, quadros, colagens e experimentações. Com técnicas variadas e utilizando-se de materiais reciclados, a artista traz obras que misturam a fluidez da aquarela com muitas camadas de tinta acrílica. Nascida em Ceilândia, periferia do Distrito Federal, Suelen reside em Florianópolis desde 2019. Atualmente é colaboradora da Secretaria de Cultura, Arte e Esporte (SeCArtE) da UFSC.

> Leia a notícia completa no site da SeCArtE.

jun
19
qua
Inscrições para o Seminário da Licenciatura em Geografia
jun 19@11:40 – jun 30@12:40

Estão abertas as inscrições para o IV Seminário da Licenciatura em Geografia: Viver a Geografia – Dimensões Políticas do Ensino e Formação Docente. O evento será de 15 a 18 de outubro, com apoio do Programa de Pós-Graduação em Geografia, além do curso de graduação em Geografia da UFSC e de outras instituições brasileiras. O evento contará com uma programação com diferentes atividades, tais como: palestras, rodas de conversa (apresentação de trabalhos científicos), oficinas, minicursos, saídas de campo e outras.  A programação, inscrição e submissão de trabalhos podem ser consultadas no site.  Mais informações aqui.

Fórum Universidade em Debate
jun 19@15:00

Reitores de cinco instituições de ensino de Santa Catarina irão debater, de forma remota, o tema Gestão multicampi: sonho e realidade, em evento promovido pelo Instituto de Pesquisas e Estudos em Administração Universitária (Inpeau) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O encontro, que faz parte do Fórum Universidade em Debate, será quarta-feira, 19 de junho, às 15h, de forma virtual. O debate terá transmissão ao vivo pelo YouTube – o link será divulgado no site do Inpeau/UFSC. A participação é livre e não há necessidade de fazer inscrições.

Participarão do debate o reitor da UFSC, Irineu Manoel de Souza; o reitor da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), João Alfredo Braida; o reitor da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), José Fernando Fragalli; o reitor do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), Maurício Gariba Júnior; e o reitor do Instituto Federal Catarinense (IFC), Rudinei Kock Exterckoter. A mediação do debate estará a cargo do professor Pedro Antônio de Melo, do Departamento de Ciências da Administração da UFSC, que é diretor do Inpeau/UFSC.

As perguntas referentes ao debate poderão ser feitas via chat do YouTube. Levando-se em consideração o tempo previsto para a atividade, os questionamentos serão repassados aos reitores. Este será mais um dos fóruns promovidos pelo Inpeau. No site do instituto, estão disponíveis as gravações de outros debates.

jun
20
qui
Curso: Vivências e Narrativas Decoloniais
jun 20@19:00 – jul 4@21:00

O Centro de Ciências da Educação da Universidade Federal de Santa Catarina (CED/UFSC) promove o curso de extensão Vivências e Narrativas de Vozes Decoloniais: saberes partilhados. O evento faz parte de uma série de atividades que vêm sendo desenvolvidas pelo projeto de extensão Estudos e ações decoloniais: ouvir/escrever expressões de resistência social, desenvolvido junto ao Departamento de Metodologia de Ensino, para debater questões voltadas ao pensamento decolonial.

O curso será on-line, transmitido pelo canal do Youtube do projeto entre 20 de junho e 4 de julho, das 19h às 21h. Serão dois ciclos de partilhas em formato de lives, nos quais as narrativas serão agrupadas em temáticas que perpassam vivências em espaços educacionais formais e informais.

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas por meio deste formulárioPara a emissão do certificado de 20 horas será necessário o preenchimento da lista de presença de cada encontro, incluindo a realização de uma atividade final que envolverá a produção de uma narrativa.

Mais informações no Instagram do projeto.

jun
24
seg
Encontro de Políticas Linguísticas Educacionais
jun 24@10:00 – jun 26@17:00

O II Encontro de Políticas Linguísticas Educacionais (EPLE) ocorre na modalidade on-line de 24 a 26 de junho de 2024. A programação é diversificada, com mesas-redondas, sessões de comunicação em grupos de trabalho (GTs), lançamento de livros, entre outras. Essas atividades serão realizadas nos períodos matutino (10h às 12h) e vespertino (15h às 17h), com transmissão ao vivo pelo canal do YouTube do grupo POLITICAS. Haverá certificação para os participantes ouvintes.

A segunda edição do EPLE conta com o apoio do Programa de Pós-Graduação em Linguística (PPGL) e do Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas (PPGICH) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Organizado pelo grupo Políticas Linguísticas e Direitos Linguísticos (POLITICAS), vinculado ao PPGL-UFSC, o evento é coordenado pelas professoras Cristine Gorski Severo (UFSC | CNPq) e Maria Luiza Rosa Barbosa (UAB-UFSC).

Integram a comissão organizadora e científica docentes e pesquisadores(as) vinculados(as) a instituições públicas brasileiras e estrangeiras, como a Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB), campus dos Malês, e estrangeiras, como a Universidade Eduardo Mondlane (UEM), de Moçambique, e o Instituto Superior de Ciências da Educação de Luanda (ISCED), de Angola. Doutores(as), mestres(as) e pós-graduandos(as) podem submeter resumos para os grupos de trabalho até 30 de abril de 2024. As orientações para submissão podem ser conferidas no site do evento.

O objetivo do EPLE é reunir, em especial nas mesas-redondas, vozes femininas do Sul Global, com a finalidade de promover debates fecundos que viabilizem a reflexão coletiva sobre as questões linguístico-discursivas e culturais que permeiam as distintas esferas da atividade humana e incidem, sobremaneira, no campo educacional. Os debates terão como fio condutor três eixos temáticos: i) Autoria, leitura e artes na esfera educacional; ii) Práticas educacionais colaborativas e emancipatórias; iii) Gestão democrática e diálogos escola-comunidade.

Refletir sobre essas temáticas, em uma perspectiva dialógica, crítica e decolonial, implica considerar não só a complexidade inerente ao campo educacional, mas também ao fato de esse domínio, dada a sua natureza, estar comprometido, como afirma Spolsky (2016), com a gestão da linguagem. Nesse sentido, torna-se relevante discutir o papel da política linguística educacional – válida, aberta, justa, construtiva, crítica e realista – na mediação do acesso à educação e na equidade do processo de ensino e aprendizagem, de modo a atender às singularidades de distintos sujeitos inseridos em comunidades específicas (cf. Tollefson; Tsui, 2014; Shohamy, 2009).

Mais informações no site do evento ou pelo e-mail crisgorski@gmail.com

Seminário: Guimarães Rosa
jun 24@10:00 – jun 27@18:00

O Núcleo de Estudos Literários & Culturais da Universidade Federal de Santa Catarina (Nelic/UFSC) promove o seminário Guimarães Rosa: veredas & derivas, de 24 a 27 de junho, das 10h às 18h, no Auditório Henrique Fontes, Centro de Comunicação e Expressão (CCE), em Florianópolis.

O evento é aberto a estudantes de graduação, pós-graduação e público em geral. As inscrições para ouvintes já estão abertas e devem ser feitas preferencialmente pela plataforma online até o final do evento. Participantes externos à comunidade acadêmica da UFSC devem realizar sua inscrição no local do evento.

O evento é gratuito e a participação dá direito a certificado. É resultado do ciclo de encontros dedicados à leitura e estudo das obras de João Guimarães Rosa, realizados ao longo de 2023. Sua proposta é promover a discussão dos textos de Guimarães, fomentar a pesquisa em torno de sua obra e pensar a permanência de seu legado no panorama literário e cultural brasileiro do século XXI.

O espaço no qual se compõe este trabalho tem sua gênese nos colóquios Poesia, Memória e Arquivo I e II (2017 e 2018) e Cabral, Clarice, Coincidências (2021) – constituídos, respectivamente, a partir dos estudos acerca das produções de Carlos Drummond de Andrade, Manuel Bandeira, João Cabral de Melo Neto e Clarice Lispector.

As inscrições para comunicação estarão abertas até 27 de abril. As propostas devem ser enviadas para o e-mail: nelic@contato.ufsc.br contendo nome completo, e-mail, vínculo institucional, título do trabalho, resumo e palavras-chave.

Mais informações no site do Nelic ou pelo Instagram.

‘Connect Ação’: Capacitação, Palestras e Oportunidades
jun 24@20:00 – jun 25@10:30

A Ação Júnior, empresa júnior de consultoria em gestão empresarial do Centro Socioeconômico (CSE) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), organiza o Connect Ação, evento que acontecerá nos dias 24 e 25 de junho. As atividades vão ocorrer no Auditório do CSE e são voltadas para estudantes da UFSC entre a primeira e a terceira fase com interesse em entrar no mercado de trabalho. 

O Connect Ação é o primeiro evento organizado pela Ação Júnior e tem como objetivo promover a conexão entre as empresas do mercado sênior e os estudantes da universidade. A programação conta com palestras e atividades com participação de diferentes empresas. No primeiro dia, as atividades acontecem das 20h às 21h; no segundo, das 9h30 às 10h30.  As inscrições são gratuitas e podem ser feitas neste link. Será fornecido certificado de 2h de participação para cada palestra.

Mais informações no site do evento e no Instagram da Ação Júnior.

jun
27
qui
Oficina: ‘Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro’
jun 27@15:00 – 17:00

O Instituto Kadila de Estudos Africanos e das Diásporas, vinculado ao Centro de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Santa Catarina (CFH/UFSC), promove, do dia 2 de maio até 19 de setembro, a oficina de Leitura Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro. Os encontros ocorrem quinzenalmente, nas quintas-feiras das 15h às 17h, no bloco A do CFH. Para participar das oficinas é necessário realizar as inscrições enviando um e-mail para: atendimentoinstitutokadila@gmail.com, informando o nome completo, CPF e um telefone para contato, até 1 de maio. Os participantes têm direito a certificado de 42 horas.

Os encontros tem como intuito conhecer mais profundamente as vozes das mulheres que fizeram ecoar, nos desdobramentos espaço-temporais do Atlântico Negro, as suas experiências, as dores e alegrias do seu percurso. A proposta é fazer a leitura de escritoras africanas, afro-brasileiras, caribenhas e afro-estadunidenses, para ouvir e compreender o que disseram, seu testemunho histórico e sua criação literária.

Sobre o instituto

O Instituto Kadila reúne um grupo de professores e pesquisadores da UFSC e colaboradores de outras universidades nacionais e estrangeiras, cujo interesse comum é a área de estudos africanos e das diásporas. Participam ainda da equipe, pesquisadoras em estágio de pós-doutorado e estudantes de pós-graduação e bolsistas de doutorado, mestrado e de iniciação científica. O Instituto conta com a parceria de vários laboratórios e núcleos vinculados aos diferentes centros da UFSC.

Para mais informações, acesse o site ou o Instagram do Instituto Kadila.

jul
1
seg
Curso: Endocanabinologia para profissionais da saúde
jul 1 – ago 30 dia inteiro

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em parceria com o Dalla Instituto, organiza o curso de extensão “Endocanabinologia para profissionais de saúde”. O objetivo é capacitar profissionais e estudantes sobre o sistema endocanabinóide e suas diversas formas de modulação para atuarem em suas áreas com esse conhecimento. Os coordenadores do evento são o professor Rui Prediger, do Centro de Ciências Biológicas, e a professora Dalla Colletta, do Dalla Instituto.

O curso será on-line e terá duração de oito semanas, com início em 1 de julho até 30 de agosto. Após esse período, as aulas ainda ficarão disponíveis para revisão até 31 de outubro na plataforma Eduzz/Nutror.

As inscrições vão até o dia 30 de junho e podem ser realizadas pelo site do evento. Para a comunidade da UFSC e do HU/UFSC/EBSERH (alunos, TAEs, professores e profissionais) a inscrição é gratuita, mediante comprovação de vínculo com a instituição. Demais profissionais devem pagar o valor de R$960 e alunos externos, R$480.

Serão oito módulos com mais de 70 aulas. Ao final do curso haverá emissão de certificado de 120 horas pela UFSC, após uma avaliação do conteúdo apresentado.

Mais informações estão disponíveis no mesmo site da inscrição.

jul
9
ter
Hackeando a educação: segredos e truques de IA dos estudantes
jul 9@14:00 – 18:00
Hackeando a educação: segredos e truques de IA dos estudantes @ Laboratório de Informática – LABINFO

O Academy UFSC, programa da Universidade Federal de Santa Catarina que faz parte do INOVA UFSC, criado pelo Departamento de Inovação (SINOVA/UFSC), promove o evento Hackeando os estudos: Os Segredos e Truques de IA dos Estudantes no dia  9 de julho, às 14h. A atividade é uma capacitação exclusiva aos professores da universidade. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas aqui.

O objetivo da atividade é desvendar as maneiras que os alunos utilizam as IA nos estudos, além fornecer conhecimentos e ferramentas que irão ajudar a navegar neste novo cenário da história da educação. A capacitação ocorre no Laboratório de Informática (LABINFO) do Centro Socioeconômico (CSE).

Mais informações na página das inscrições ou pelo Instagram.

jul
11
qui
Oficina: ‘Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro’
jul 11@15:00 – 17:00

O Instituto Kadila de Estudos Africanos e das Diásporas, vinculado ao Centro de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Santa Catarina (CFH/UFSC), promove, do dia 2 de maio até 19 de setembro, a oficina de Leitura Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro. Os encontros ocorrem quinzenalmente, nas quintas-feiras das 15h às 17h, no bloco A do CFH. Para participar das oficinas é necessário realizar as inscrições enviando um e-mail para: atendimentoinstitutokadila@gmail.com, informando o nome completo, CPF e um telefone para contato, até 1 de maio. Os participantes têm direito a certificado de 42 horas.

Os encontros tem como intuito conhecer mais profundamente as vozes das mulheres que fizeram ecoar, nos desdobramentos espaço-temporais do Atlântico Negro, as suas experiências, as dores e alegrias do seu percurso. A proposta é fazer a leitura de escritoras africanas, afro-brasileiras, caribenhas e afro-estadunidenses, para ouvir e compreender o que disseram, seu testemunho histórico e sua criação literária.

Sobre o instituto

O Instituto Kadila reúne um grupo de professores e pesquisadores da UFSC e colaboradores de outras universidades nacionais e estrangeiras, cujo interesse comum é a área de estudos africanos e das diásporas. Participam ainda da equipe, pesquisadoras em estágio de pós-doutorado e estudantes de pós-graduação e bolsistas de doutorado, mestrado e de iniciação científica. O Instituto conta com a parceria de vários laboratórios e núcleos vinculados aos diferentes centros da UFSC.

Para mais informações, acesse o site ou o Instagram do Instituto Kadila.

jul
25
qui
Oficina: ‘Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro’
jul 25@15:00 – 17:00

O Instituto Kadila de Estudos Africanos e das Diásporas, vinculado ao Centro de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Santa Catarina (CFH/UFSC), promove, do dia 2 de maio até 19 de setembro, a oficina de Leitura Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro. Os encontros ocorrem quinzenalmente, nas quintas-feiras das 15h às 17h, no bloco A do CFH. Para participar das oficinas é necessário realizar as inscrições enviando um e-mail para: atendimentoinstitutokadila@gmail.com, informando o nome completo, CPF e um telefone para contato, até 1 de maio. Os participantes têm direito a certificado de 42 horas.

Os encontros tem como intuito conhecer mais profundamente as vozes das mulheres que fizeram ecoar, nos desdobramentos espaço-temporais do Atlântico Negro, as suas experiências, as dores e alegrias do seu percurso. A proposta é fazer a leitura de escritoras africanas, afro-brasileiras, caribenhas e afro-estadunidenses, para ouvir e compreender o que disseram, seu testemunho histórico e sua criação literária.

Sobre o instituto

O Instituto Kadila reúne um grupo de professores e pesquisadores da UFSC e colaboradores de outras universidades nacionais e estrangeiras, cujo interesse comum é a área de estudos africanos e das diásporas. Participam ainda da equipe, pesquisadoras em estágio de pós-doutorado e estudantes de pós-graduação e bolsistas de doutorado, mestrado e de iniciação científica. O Instituto conta com a parceria de vários laboratórios e núcleos vinculados aos diferentes centros da UFSC.

Para mais informações, acesse o site ou o Instagram do Instituto Kadila.

ago
7
qua
Conferência Internacional Contra-Imagem
ago 7@8:00 – ago 9@18:00

O Laboratório de Psicanálise, Processos Criativos e Interações Políticas (LAPCIP) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em parceria com o Instituto de Comunicação da NOVA (ICNova), da NOVA FCSH, Universidade NOVA de Lisboa, divulgam a mais nova edição da Conferência Internacional Contra-Imagem.

O evento tem inscrição gratuita e ocorrerá nos dias 7 a 9 de agosto na modalidade híbrida (online e presencialmente), no Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH), localizado no campus da UFSC no bairro Trindade, Florianópolis. As submissões de propostas também seguem abertas.

A conferência visa reunir pessoas que pesquisem cultura visual, artes dos media e humanidades de diferentes disciplinas e abordagens acadêmicas. Também são esperadas pessoas artistas, fotógrafas, cineastas, performers, curadoras e jornalistas, entre outras que tenham interesse em debater narrativas e práticas visuais contra-culturais numa perspectiva crítica.

Mais informações no site ou no Instagram.

ago
8
qui
Oficina: ‘Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro’
ago 8@15:00 – 17:00

O Instituto Kadila de Estudos Africanos e das Diásporas, vinculado ao Centro de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Santa Catarina (CFH/UFSC), promove, do dia 2 de maio até 19 de setembro, a oficina de Leitura Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro. Os encontros ocorrem quinzenalmente, nas quintas-feiras das 15h às 17h, no bloco A do CFH. Para participar das oficinas é necessário realizar as inscrições enviando um e-mail para: atendimentoinstitutokadila@gmail.com, informando o nome completo, CPF e um telefone para contato, até 1 de maio. Os participantes têm direito a certificado de 42 horas.

Os encontros tem como intuito conhecer mais profundamente as vozes das mulheres que fizeram ecoar, nos desdobramentos espaço-temporais do Atlântico Negro, as suas experiências, as dores e alegrias do seu percurso. A proposta é fazer a leitura de escritoras africanas, afro-brasileiras, caribenhas e afro-estadunidenses, para ouvir e compreender o que disseram, seu testemunho histórico e sua criação literária.

Sobre o instituto

O Instituto Kadila reúne um grupo de professores e pesquisadores da UFSC e colaboradores de outras universidades nacionais e estrangeiras, cujo interesse comum é a área de estudos africanos e das diásporas. Participam ainda da equipe, pesquisadoras em estágio de pós-doutorado e estudantes de pós-graduação e bolsistas de doutorado, mestrado e de iniciação científica. O Instituto conta com a parceria de vários laboratórios e núcleos vinculados aos diferentes centros da UFSC.

Para mais informações, acesse o site ou o Instagram do Instituto Kadila.

ago
13
ter
III Colóquio Internacional Antropoceno
ago 13 – ago 15 dia inteiro

Os programas de Pós-Graduação em Linguística e de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) organizam o III Colóquio Internacional Antropoceno, Biopolítica e Pós-Humanos com o tema Novas materialidades. O evento é realizado em parceria com a Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, o Centro Interuniversitário de História das Ciências e da Tecnologia e o Projeto Pós-Humanismo e Humanidades Digitais da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).

O colóquio reúne pesquisadores do Brasil, de Portugal, da Espanha e da Colômbia para problematizar a produção de vértices entre a situação da agência humana na Terra e as práticas de exceção e de racialização que levam em consideração as relações entre vida, tecnologia, humanos e não-humanos.

O evento ocorre entre 13 e 15 de agosto, das 10h às 18h, de forma online pelo Youtube.

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas neste link até 12 de agosto. Haverá emissão de certificado de 26 horas. Mais informações e programação disponíveis no site no evento.

*Notícia atualizada em 24/5/2024, às 15h43. 

ago
22
qui
Oficina: ‘Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro’
ago 22@15:00 – 17:00

O Instituto Kadila de Estudos Africanos e das Diásporas, vinculado ao Centro de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Santa Catarina (CFH/UFSC), promove, do dia 2 de maio até 19 de setembro, a oficina de Leitura Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro. Os encontros ocorrem quinzenalmente, nas quintas-feiras das 15h às 17h, no bloco A do CFH. Para participar das oficinas é necessário realizar as inscrições enviando um e-mail para: atendimentoinstitutokadila@gmail.com, informando o nome completo, CPF e um telefone para contato, até 1 de maio. Os participantes têm direito a certificado de 42 horas.

Os encontros tem como intuito conhecer mais profundamente as vozes das mulheres que fizeram ecoar, nos desdobramentos espaço-temporais do Atlântico Negro, as suas experiências, as dores e alegrias do seu percurso. A proposta é fazer a leitura de escritoras africanas, afro-brasileiras, caribenhas e afro-estadunidenses, para ouvir e compreender o que disseram, seu testemunho histórico e sua criação literária.

Sobre o instituto

O Instituto Kadila reúne um grupo de professores e pesquisadores da UFSC e colaboradores de outras universidades nacionais e estrangeiras, cujo interesse comum é a área de estudos africanos e das diásporas. Participam ainda da equipe, pesquisadoras em estágio de pós-doutorado e estudantes de pós-graduação e bolsistas de doutorado, mestrado e de iniciação científica. O Instituto conta com a parceria de vários laboratórios e núcleos vinculados aos diferentes centros da UFSC.

Para mais informações, acesse o site ou o Instagram do Instituto Kadila.

ago
25
dom
Congresso Brasileiro de Biotecnologia Industrial
ago 25@8:00 – ago 28@18:00

O Departamento de Engenharia Química e de Alimentos da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) promove o I Congresso Brasileiro de Biotecnologia Industrial (COBBIND) de 25 a 28 de agosto de 2024 no Costão do Santinho Resort, no bairro Santinho, Florianópolis. As inscrições custam de R$340 a R$ 1900 reais, conforme essa tabela. Será fornecido certificado de 40 horas de participação.

O objetivo do evento é discutir a dimensão da amplitude da biotecnologia industrial, que se constitui em um desafio, com potencial para atingir resultados relevantes para a área, criando uma agenda científica e tecnológica mais multidisciplinar e rica. Agregar novas abordagens em microbiologia industrial e outras áreas de fronteira, permitindo traçar o caminho de cada elo da cadeia produtiva necessária ao estabelecimento de uma Bioeconomia forte, fazem parte dos desafios recentes na área.

O uso da Biotecnologia Industrial como uma importante ferramenta multidisciplinar de desenvolvimento de tecnologias baseados nos processos biomoleculares e celulares, envolvendo tecnologias enzimáticas, química sustentável, engenharia bioquímica e bioinovação permite criar ou modificar produtos e resolver necessidades da sociedade.

As áreas temáticas do I COBBIND permitem contemplar as perspectivas de discussões de alto nível que serão propostas: Microbiologia industrial: prospecção e biologia molecular aplicada; Engenharia de Bioprocessos; Engenharia de Bioprodutos; Enzimologia Industrial; Biorrefinaria, Bioeconomia e Circularidade; Biotecnologia Ambiental.

A Comissão Organizadora do I COBBIND tem a honra de convidar a comunidade a participar desse importante evento, que acontecerá no período de 25 a 28 de agosto de 2024, no Costão do Santinho, em Florianópolis-SC.

Mais informações página do evento.

set
5
qui
Oficina: ‘Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro’
set 5@15:00 – 17:00

O Instituto Kadila de Estudos Africanos e das Diásporas, vinculado ao Centro de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Santa Catarina (CFH/UFSC), promove, do dia 2 de maio até 19 de setembro, a oficina de Leitura Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro. Os encontros ocorrem quinzenalmente, nas quintas-feiras das 15h às 17h, no bloco A do CFH. Para participar das oficinas é necessário realizar as inscrições enviando um e-mail para: atendimentoinstitutokadila@gmail.com, informando o nome completo, CPF e um telefone para contato, até 1 de maio. Os participantes têm direito a certificado de 42 horas.

Os encontros tem como intuito conhecer mais profundamente as vozes das mulheres que fizeram ecoar, nos desdobramentos espaço-temporais do Atlântico Negro, as suas experiências, as dores e alegrias do seu percurso. A proposta é fazer a leitura de escritoras africanas, afro-brasileiras, caribenhas e afro-estadunidenses, para ouvir e compreender o que disseram, seu testemunho histórico e sua criação literária.

Sobre o instituto

O Instituto Kadila reúne um grupo de professores e pesquisadores da UFSC e colaboradores de outras universidades nacionais e estrangeiras, cujo interesse comum é a área de estudos africanos e das diásporas. Participam ainda da equipe, pesquisadoras em estágio de pós-doutorado e estudantes de pós-graduação e bolsistas de doutorado, mestrado e de iniciação científica. O Instituto conta com a parceria de vários laboratórios e núcleos vinculados aos diferentes centros da UFSC.

Para mais informações, acesse o site ou o Instagram do Instituto Kadila.

set
19
qui
Oficina: ‘Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro’
set 19@15:00 – 17:00

O Instituto Kadila de Estudos Africanos e das Diásporas, vinculado ao Centro de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Santa Catarina (CFH/UFSC), promove, do dia 2 de maio até 19 de setembro, a oficina de Leitura Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro. Os encontros ocorrem quinzenalmente, nas quintas-feiras das 15h às 17h, no bloco A do CFH. Para participar das oficinas é necessário realizar as inscrições enviando um e-mail para: atendimentoinstitutokadila@gmail.com, informando o nome completo, CPF e um telefone para contato, até 1 de maio. Os participantes têm direito a certificado de 42 horas.

Os encontros tem como intuito conhecer mais profundamente as vozes das mulheres que fizeram ecoar, nos desdobramentos espaço-temporais do Atlântico Negro, as suas experiências, as dores e alegrias do seu percurso. A proposta é fazer a leitura de escritoras africanas, afro-brasileiras, caribenhas e afro-estadunidenses, para ouvir e compreender o que disseram, seu testemunho histórico e sua criação literária.

Sobre o instituto

O Instituto Kadila reúne um grupo de professores e pesquisadores da UFSC e colaboradores de outras universidades nacionais e estrangeiras, cujo interesse comum é a área de estudos africanos e das diásporas. Participam ainda da equipe, pesquisadoras em estágio de pós-doutorado e estudantes de pós-graduação e bolsistas de doutorado, mestrado e de iniciação científica. O Instituto conta com a parceria de vários laboratórios e núcleos vinculados aos diferentes centros da UFSC.

Para mais informações, acesse o site ou o Instagram do Instituto Kadila.

set
30
seg
Simpósio Internacional de Geografia do Conhecimento e da Inovação
set 30@8:00 – out 2@18:00

V Simpósio Internacional de Geografia do Conhecimento e da Inovação (SIGCI), que ocorrerá de 30 de setembro a 02 de outubro de 2024, recebe inscrições de trabalhos até 1º de junho. O evento é organizado pelo Programa de Pós-graduação em Geografia da Universidade Federal de Santa Catarina e pelo Laboratório de Estudos sobre Circulação, Transporte e Logística (LabCit/UFSC). As atividades ocorrerão no Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH/UFSC).

O V SIGCI abordará a dinâmica urbano-regional do país, tendo como tema “Novas centralidades urbanas na Era Digital: Tecnologias da informação e o comando na rede de cidades”. Os organizadores do evento buscam estimular um campo de pesquisa que interconecta a rede urbana e a inovação, debate pouco explorado na literatura nacional e internacional.

O evento contará com conferências, mesas redondas e sessões temáticas para as quais serão aceitas submissões de trabalhos na forma de resumos expandidos.

Confira as datas importantes:

01/06/2024 Submissão dos Resumos Expandidos
01/07/2024 Divulgação dos Trabalhos Aprovados
10/07/2024 Prazo para pagamento de inscrição no evento (apresentadores de trabalho)
01/09/2024 Publicação dos anais do evento
30/09/2024 a 02/10/2024 Realização do evento

 Sobre o V SIGCI

Na medida em que as cidades são estruturas centrais para a reprodução social, com a intensificação de fluxos de capital, conhecimento e trabalho qualificado, é esperado que a nova era digital promova a classificação/hierarquização de centros urbanos brasileiros. Nesse sentido, o V SIGCI busca servir como apoio teórico e metodológico para o IBGE, em especial, ao estudo Região de Influência das Cidades (Regic). A realização do evento em Santa Catarina é estratégica para que essa reflexão possa se pautar em casos concretos como Florianópolis, Blumenau e Joinville, que têm despontado como centralidades importantes nas tecnologias digitais.

Mais informações no site oficial do evento.