Seminário da Escola de Gestores da UFSC marca início das atividades em Florianópolis

02/06/2017 14:05

Seminário de abertura da Escola de Gestores da UFSC. Foto: Ítalo Padilha/Diretor de Fotografia/Agecom/UFSC

O Seminário de abertura da Escola de Gestores da UFSC, realizado ao longo desta sexta-feira, 2 de junho, em Florianópolis, marca o primeiro dia de aula de um grupo de gestores da Universidade. Pró-reitores, secretários e assessores participaram do encontro, que tem como objetivo apresentar o programa e divulgar os resultados das dissertações defendidas no Mestrado Profissional em Administração Universitária da UFSC, com o intuito de difundir as ideias e possibilidades de implementação.

Promover a homogeneização de conhecimentos institucionais e a integração entre os vários níveis gerenciais e avaliar permanentemente os processos de gestão adotados pela instituição são objetivos da Escola de Gestores, que tem como missão atuar de maneira segura e proativa nas atividades relacionadas à formação de profissionais para a gestão universitária, contribuindo para o desenvolvimento da UFSC e o fortalecimento do seu compromisso com a sociedade.

O reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo destacou a importância da iniciativa para a eficiência na gestão da UFSC, por meio de avaliações constantes, e para a formação continuada dos gestores. “A ideia surgiu durante o processo eleitoral, como um compromisso assumido, que começa a ser implementado”, afirmou.

Após agradecer a presença de todos, a pró-reitora de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas, Carla Cristina Dutra Búrigo, informou que a Escola foi pensada para os gestores que estão exercendo cargos. “É uma meta da Reitoria para profissionalização do gestor. Começaremos com pró-reitores e secretários e a ideia é estender a todos os outros cargos. Implementar uma política institucional de formação de gestores é a proposta da Escola”, concluiu.

O Mestrado Profissional em Administração Universitária foi fruto de um movimento de formação de gestores, lembrou Carla. “Pesquisas apontam que 40% dos servidores que ingressaram na UFSC a partir de 2012 já ocuparam um cargo de gestão, por isso, a importância de profissionalizar a gestão”. E complementou com seu desejo: “Que possamos fazer da nossa prática uma referência em gestão.”

A diretora do Departamento de Pessoas, Patrícia Cristiana Belli, afirmou ser um momento histórico e de maturidade institucional que representa uma avanço para a administração pública do país. “A UFSC olha para si e vê que tem muitas potencialidades, mas tem muitas fragilidades também, e isso é muito importante. Certamente vamos promover uma gestão mais humana e mais saudável na UFSC, com o desenvolvimento pessoal e profissional dos gestores que estão participando da Escola”, disse.

A coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Administração Universitária (PPGAU), Alessandra de Linhares Jacobsene, acredita que juntos, a Escola e o Programa promoverão o aprofundamento e a difusão do conhecimento na área de gestão. “É de grande valia a vivência acadêmica que os participantes trarão, somados aos preceitos da Escola de Gestores”, avaliou. Desde a sua fundação, em 2009, os alunos do PPGAU já defenderam mais de 150 dissertações.

O diretor do Instituto de Pesquisas e Estudos em Administração Universitária (INPEAU), Pedro Antônio de Melo, declarou que uma grande universidade se faz com com ensino, pesquisa e extensão de qualidade. “Há três requisitos para que a universidade possa promover isso. O primeiro são pessoas. O segundo, pessoas. E o terceiro requisito não poderia ser outro: pessoas. Não resta dúvida de que temos que investir em pessoas”, reiterou. “As universidades são instituições sociais constituídas de unidades autônomas, mas, não raramente são administradas como empresas. Não é o caso da UFSC. Vamos transformar essa Escola em modelo para o Brasil”, finalizou.

De acordo com o coordenador de Capacitação de Pessoas, Patric da Silva Ribeiro, a Escola nasceu de um programa de capacitação e conta com parceiros, como PPGAU, INPEAU e Secretaria de Educação a Distância.

No final da manhã, o diretor-geral do Gabinete da Reitoria, Alvaro Guillermo Lezana,  ministrou uma palestra com a apresentação do Instrumento de Avaliação da Gestão. Para o início da tarde, está prevista palestra sobre Gestão Universitária, com apresentação de Trabalhos do PPGAU. Em agosto, será realizado o Seminário Gestão e Avaliação Institucional, a partir do qual serão definidas as próximas ações da Escola.

Bruna Bertoldi Gonçalves/Jornalista da Agecom/UFSC