Calendário de Eventos UFSC

jul
15
seg
Seminário ‘Ações afirmativas em concursos para negros’
jul 15@16:00

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), através do Gabinete da Reitoria, está promovendo o seminário Ações afirmativas em concursos para negros: o contexto nacional e a UFSC, que acontecerá na segunda-feira, 15 de julho, às 16h, na Sala Aroeira, no Centro de Cultura e Eventos Reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo, no Campus de Florianópolis, no bairro Trindade. O evento é gratuito e aberto ao público.

O seminário terá participação dos seguintes convidados:

  • Marcia Lima, da Secretaria de Políticas de Ações Afirmativas, Combate e Superação do Racismo (Separ) do Ministério da Igualdade Racial (MIR);
  • Analucia Hartmann, do Ministério Publico Federal (MPF);
  • Lia Vainer Schucman, do Departamento do Psicologia da UFSC;
  • Delton Aparecido Felipe, do Departamento de História da Universidade Estadual de Maringá-Paraná (UEM-PR);
  • Juliano Scherner Rossi, da Procuradoria Federal junto à UFSC; e
  • Lindberg Nascimento Junior, do Departamento de Geociências da UFSC.

A mediação do seminário será feita pela professora Leslie Sedrez Chaves, da Pró-Reitoria de Ações Afirmativas e Equidade (Proafe) da UFSC. A abertura do evento será realizada pelo reitor Irineu Manuel de Souza e pela vice-reitora Joana Célia dos Passos.

jul
17
qua
Workshop sobre Direitos da Natureza
jul 17 – jul 19 dia inteiro

Um trabalho do Observatório de Justiça Ecológica da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) será apresentado no workshop Direitos da Natureza contra quem? Obstáculos e problemas na implementação dos direitos da natureza, evento que ocorrerá entre os dias 17 e 19 de julho, na Universidade de Kassel, Alemanha. A professora do Departamento de Direito da UFSC, Leticia Albuquerque, coordenadora da Clínica de Justiça Ecológica, participará do evento com a apresentação do pesquisa intitulada A Natureza como Sujeito de Direitos: A Experiência do Município de Florianópolis, no Sul do Brasil, desenvolvida em conjunto com as professoras Isabele Bruna Barbieri e Adriana Biller Aparicio.

O trabalho a ser apresentado explora a aplicação da Lei Orgânica de Florianópolis, que desde 2019 reconhece os direitos da natureza, “buscando responder se a afinal a lei trouxe ganhos ou não para a proteção do meio ambiente”. Será abordada a Ação Civil Pública, nº 5012843-56.2021.4.04.7200, interposta em nome da sociedade civil em razão do desastre ambiental da Lagoa da Conceição, ocorrido em 2021, com auxílio dos grupos de pesquisa do Programa de Pós-Graduação em Direito (PPGD) da UFSC: Observatório de Justiça Ecológica e Grupo de Pesquisa em Direito Ambiental e Ecologia Política na Sociedade de Risco (GPDA).

O workshop terá um painel de discussão pública, a partir dos fundamentos filosóficos e perspectivas mais amplas, passando pelos conflitos sobre recursos naturais e contextos, aplicações e problemas concretos. O objetivo do evento é incentivar o intercâmbio e a discussão entre os participantes. Para mais informações sobre o evento, acesse este link. E para conhecer o projeto de extensão Clínica de Justiça Ecológica, confira o site ojeclinica.ufsc.br.

jul
25
qui
Oficina: ‘Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro’
jul 25@15:00 – 17:00

O Instituto Kadila de Estudos Africanos e das Diásporas, vinculado ao Centro de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Santa Catarina (CFH/UFSC), promove, do dia 2 de maio até 19 de setembro, a oficina de Leitura Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro. Os encontros ocorrem quinzenalmente, nas quintas-feiras das 15h às 17h, no bloco A do CFH. Para participar das oficinas é necessário realizar as inscrições enviando um e-mail para: atendimentoinstitutokadila@gmail.com, informando o nome completo, CPF e um telefone para contato, até 1 de maio. Os participantes têm direito a certificado de 42 horas.

Os encontros tem como intuito conhecer mais profundamente as vozes das mulheres que fizeram ecoar, nos desdobramentos espaço-temporais do Atlântico Negro, as suas experiências, as dores e alegrias do seu percurso. A proposta é fazer a leitura de escritoras africanas, afro-brasileiras, caribenhas e afro-estadunidenses, para ouvir e compreender o que disseram, seu testemunho histórico e sua criação literária.

Sobre o instituto

O Instituto Kadila reúne um grupo de professores e pesquisadores da UFSC e colaboradores de outras universidades nacionais e estrangeiras, cujo interesse comum é a área de estudos africanos e das diásporas. Participam ainda da equipe, pesquisadoras em estágio de pós-doutorado e estudantes de pós-graduação e bolsistas de doutorado, mestrado e de iniciação científica. O Instituto conta com a parceria de vários laboratórios e núcleos vinculados aos diferentes centros da UFSC.

Para mais informações, acesse o site ou o Instagram do Instituto Kadila.

ago
8
qui
Oficina: ‘Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro’
ago 8@15:00 – 17:00

O Instituto Kadila de Estudos Africanos e das Diásporas, vinculado ao Centro de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Santa Catarina (CFH/UFSC), promove, do dia 2 de maio até 19 de setembro, a oficina de Leitura Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro. Os encontros ocorrem quinzenalmente, nas quintas-feiras das 15h às 17h, no bloco A do CFH. Para participar das oficinas é necessário realizar as inscrições enviando um e-mail para: atendimentoinstitutokadila@gmail.com, informando o nome completo, CPF e um telefone para contato, até 1 de maio. Os participantes têm direito a certificado de 42 horas.

Os encontros tem como intuito conhecer mais profundamente as vozes das mulheres que fizeram ecoar, nos desdobramentos espaço-temporais do Atlântico Negro, as suas experiências, as dores e alegrias do seu percurso. A proposta é fazer a leitura de escritoras africanas, afro-brasileiras, caribenhas e afro-estadunidenses, para ouvir e compreender o que disseram, seu testemunho histórico e sua criação literária.

Sobre o instituto

O Instituto Kadila reúne um grupo de professores e pesquisadores da UFSC e colaboradores de outras universidades nacionais e estrangeiras, cujo interesse comum é a área de estudos africanos e das diásporas. Participam ainda da equipe, pesquisadoras em estágio de pós-doutorado e estudantes de pós-graduação e bolsistas de doutorado, mestrado e de iniciação científica. O Instituto conta com a parceria de vários laboratórios e núcleos vinculados aos diferentes centros da UFSC.

Para mais informações, acesse o site ou o Instagram do Instituto Kadila.

ago
22
qui
Oficina: ‘Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro’
ago 22@15:00 – 17:00

O Instituto Kadila de Estudos Africanos e das Diásporas, vinculado ao Centro de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Santa Catarina (CFH/UFSC), promove, do dia 2 de maio até 19 de setembro, a oficina de Leitura Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro. Os encontros ocorrem quinzenalmente, nas quintas-feiras das 15h às 17h, no bloco A do CFH. Para participar das oficinas é necessário realizar as inscrições enviando um e-mail para: atendimentoinstitutokadila@gmail.com, informando o nome completo, CPF e um telefone para contato, até 1 de maio. Os participantes têm direito a certificado de 42 horas.

Os encontros tem como intuito conhecer mais profundamente as vozes das mulheres que fizeram ecoar, nos desdobramentos espaço-temporais do Atlântico Negro, as suas experiências, as dores e alegrias do seu percurso. A proposta é fazer a leitura de escritoras africanas, afro-brasileiras, caribenhas e afro-estadunidenses, para ouvir e compreender o que disseram, seu testemunho histórico e sua criação literária.

Sobre o instituto

O Instituto Kadila reúne um grupo de professores e pesquisadores da UFSC e colaboradores de outras universidades nacionais e estrangeiras, cujo interesse comum é a área de estudos africanos e das diásporas. Participam ainda da equipe, pesquisadoras em estágio de pós-doutorado e estudantes de pós-graduação e bolsistas de doutorado, mestrado e de iniciação científica. O Instituto conta com a parceria de vários laboratórios e núcleos vinculados aos diferentes centros da UFSC.

Para mais informações, acesse o site ou o Instagram do Instituto Kadila.

set
5
qui
Oficina: ‘Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro’
set 5@15:00 – 17:00

O Instituto Kadila de Estudos Africanos e das Diásporas, vinculado ao Centro de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Santa Catarina (CFH/UFSC), promove, do dia 2 de maio até 19 de setembro, a oficina de Leitura Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro. Os encontros ocorrem quinzenalmente, nas quintas-feiras das 15h às 17h, no bloco A do CFH. Para participar das oficinas é necessário realizar as inscrições enviando um e-mail para: atendimentoinstitutokadila@gmail.com, informando o nome completo, CPF e um telefone para contato, até 1 de maio. Os participantes têm direito a certificado de 42 horas.

Os encontros tem como intuito conhecer mais profundamente as vozes das mulheres que fizeram ecoar, nos desdobramentos espaço-temporais do Atlântico Negro, as suas experiências, as dores e alegrias do seu percurso. A proposta é fazer a leitura de escritoras africanas, afro-brasileiras, caribenhas e afro-estadunidenses, para ouvir e compreender o que disseram, seu testemunho histórico e sua criação literária.

Sobre o instituto

O Instituto Kadila reúne um grupo de professores e pesquisadores da UFSC e colaboradores de outras universidades nacionais e estrangeiras, cujo interesse comum é a área de estudos africanos e das diásporas. Participam ainda da equipe, pesquisadoras em estágio de pós-doutorado e estudantes de pós-graduação e bolsistas de doutorado, mestrado e de iniciação científica. O Instituto conta com a parceria de vários laboratórios e núcleos vinculados aos diferentes centros da UFSC.

Para mais informações, acesse o site ou o Instagram do Instituto Kadila.

set
19
qui
Oficina: ‘Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro’
set 19@15:00 – 17:00

O Instituto Kadila de Estudos Africanos e das Diásporas, vinculado ao Centro de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Santa Catarina (CFH/UFSC), promove, do dia 2 de maio até 19 de setembro, a oficina de Leitura Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro. Os encontros ocorrem quinzenalmente, nas quintas-feiras das 15h às 17h, no bloco A do CFH. Para participar das oficinas é necessário realizar as inscrições enviando um e-mail para: atendimentoinstitutokadila@gmail.com, informando o nome completo, CPF e um telefone para contato, até 1 de maio. Os participantes têm direito a certificado de 42 horas.

Os encontros tem como intuito conhecer mais profundamente as vozes das mulheres que fizeram ecoar, nos desdobramentos espaço-temporais do Atlântico Negro, as suas experiências, as dores e alegrias do seu percurso. A proposta é fazer a leitura de escritoras africanas, afro-brasileiras, caribenhas e afro-estadunidenses, para ouvir e compreender o que disseram, seu testemunho histórico e sua criação literária.

Sobre o instituto

O Instituto Kadila reúne um grupo de professores e pesquisadores da UFSC e colaboradores de outras universidades nacionais e estrangeiras, cujo interesse comum é a área de estudos africanos e das diásporas. Participam ainda da equipe, pesquisadoras em estágio de pós-doutorado e estudantes de pós-graduação e bolsistas de doutorado, mestrado e de iniciação científica. O Instituto conta com a parceria de vários laboratórios e núcleos vinculados aos diferentes centros da UFSC.

Para mais informações, acesse o site ou o Instagram do Instituto Kadila.

set
30
seg
Simpósio Internacional de Geografia do Conhecimento e da Inovação
set 30@8:00 – out 2@18:00

V Simpósio Internacional de Geografia do Conhecimento e da Inovação (SIGCI), que ocorrerá de 30 de setembro a 02 de outubro de 2024, recebe inscrições de trabalhos até 1º de junho. O evento é organizado pelo Programa de Pós-graduação em Geografia da Universidade Federal de Santa Catarina e pelo Laboratório de Estudos sobre Circulação, Transporte e Logística (LabCit/UFSC). As atividades ocorrerão no Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH/UFSC).

O V SIGCI abordará a dinâmica urbano-regional do país, tendo como tema “Novas centralidades urbanas na Era Digital: Tecnologias da informação e o comando na rede de cidades”. Os organizadores do evento buscam estimular um campo de pesquisa que interconecta a rede urbana e a inovação, debate pouco explorado na literatura nacional e internacional.

O evento contará com conferências, mesas redondas e sessões temáticas para as quais serão aceitas submissões de trabalhos na forma de resumos expandidos.

Confira as datas importantes:

01/06/2024 Submissão dos Resumos Expandidos
01/07/2024 Divulgação dos Trabalhos Aprovados
10/07/2024 Prazo para pagamento de inscrição no evento (apresentadores de trabalho)
01/09/2024 Publicação dos anais do evento
30/09/2024 a 02/10/2024 Realização do evento

 Sobre o V SIGCI

Na medida em que as cidades são estruturas centrais para a reprodução social, com a intensificação de fluxos de capital, conhecimento e trabalho qualificado, é esperado que a nova era digital promova a classificação/hierarquização de centros urbanos brasileiros. Nesse sentido, o V SIGCI busca servir como apoio teórico e metodológico para o IBGE, em especial, ao estudo Região de Influência das Cidades (Regic). A realização do evento em Santa Catarina é estratégica para que essa reflexão possa se pautar em casos concretos como Florianópolis, Blumenau e Joinville, que têm despontado como centralidades importantes nas tecnologias digitais.

Mais informações no site oficial do evento.

 

out
7
seg
Conferência de Tecnologias de Oxidação Avançada
out 7 – out 11 dia inteiro

Florianópolis será a sede da sexta edição da Conferência Íbero-americana de Tecnologias de Oxidação Avançada (CIPOA), organizada pelo Departamento de Química e pelo Departamento de Engenharia Química e Engenharia de Alimentos da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O evento abordará as mais recentes aplicações de processos de oxidação avançada – como o uso de ozônio, luz UV e solar, plasma, ultrassom e peróxido de hidrogênio – em diversas áreas, como tratamento de água e efluentes, produção de combustíveis renováveis, saúde, construção civil e indústria.

Esta edição recebeu um número recorde de trabalhos a serem apresentados e contará com a presença de setores da indústria em uma mesa-redonda, além da programação de um debate sobre a publicação científica numa sessão especial com editores de periódicos internacionais da Elsevier. A conferência terá a participação de pesquisadores e profissionais de diversos países, incluindo Brasil, Argentina, Chile, China, Colômbia, República Checa, Equador, França, Alemanha, Grécia, Índia, Irlanda, Itália, México, Peru, Portugal, Sérvia, Eslovênia, Coreia do Sul, Emirados Árabes Unidos, Reino Unido, Estados Unidos da América e Uruguai.

A CIPOA será realizada entre os dias 7 e 11 de outubro, no Centro de Eventos Oceania, na Praia dos Ingleses, em Florianópolis, e é voltada a estudantes de graduação e pós-graduação, professores e servidores. As inscrições são obrigatórias e devem ser realizadas até o dia 6 de outubro neste link.

Mais informações pelo site www.cipoa.org, pelo e-mail cipoa2024@contato.ufsc.br ou no perfil do evento no Instagram (@cipoa2024).