Calendário

mar
28
ter
Palestra ‘Intercâmbio Brasil-Japão’ – BU
mar 28 @ 18:30 – 22:00

Intercambio Brasil-Japão“Intercâmbio Brasil-Japão: parceria sem fronteiras” é o tema da palestra promovida pelo Departamento de Língua e Literatura Estrangeiras (DLLE/UFSC) nesta terça-feira, 28 de março, às 18h30. O objetivo da palestra é apresentar oportunidades de programas de  intercâmbio e bolsas de estudo e treinamento oferecidas por instituições e órgãos governamentais do Japão.

O evento ocorre no auditório Elke Hering da Biblioteca Central e é aberto a todos.

Mais informações pelo telefone (48) 3721-9288.

mar
27
ter
Palestra com Ministro do STJ – CCJ
mar 27 all-day

A palestra “O resgate do princípio constitucional da Fraternidade no Sistema de Justiça” será proferida pelo Ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Reynaldo Soares da Fonseca. A atividade, promovida pelo Núcleo de Pesquisa Direito e Fraternidade e Núcleo de Estudos Jurídicos, Sociais da Criança e do Adolescente (Nejusca) e do Centro de Ciências Jurídicas (CCJ), ocorre dia 27 de março, às 10h30, no auditório do Fórum Norte, localizado no campus da UFSC na Trindade.

O evento é gratuito e aberto para estudantes de graduação e pós-graduação, procuradores e promotores de Justiça, juízes, advogados, assessores e assistentes jurídicos, servidores da UFSC e comunidade jurídica e acadêmica em geral. Para participar, basta enviar inscrição, através do link, até o dia 23 de março (ou enquanto houver vagas disponíveis). O auditório possui capacidade para 100 pessoas.

palestrante é Ministro do STJ desde maio de 2015. Cursou Direito na Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e mestrado em Direito Público pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP). É doutorando em Direito Constitucional pela Faculdade Autônoma de São Paulo (Fadisp), com pesquisa realizada na Universidade de Siena, Itália.

Mais informações:
Centro de Ciências Jurídicas/UFSC

ago
24
sex
Cine Paredão exibe ‘Ascensor Para o Cadafalso’, de Louis Malle
ago 24 @ 20:00 – 21:30

Nesta sexta-feira, dia 24 de agosto, o Cine Paredão exibe o filme “Ascensor Para o Cadafalso”, de Louis Malle, às 20h, no Gramado da parte externa do Centro de Ciências da Educação (CED), entre os blocos A e B, ao lado do auditório. Em caso de chuva, o filme será exibido no Auditório do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH).

Sobre o filme

Sinopse: Em uma trama para assassinar o próprio marido, Florence e seu amante, Julien, desencadeiam uma série de eventos que nenhum deles poderia prever.

Direção: Louis Malle

Roteiro: Louis Malle, Roger Nimier, Roger Nimier, Noël Calef

Elenco: Jeanne Moreau, Maurice Ronet, Georges Poujouly, Yori Bertin, Jean Wall

Ano: 1958

Duração: 1h31

Classificação indicativa: Livre

Sobre a Mostra de Cinema Noir

Durante as frias noites de sexta do mês de agosto, o Cine Paredão exibirá uma mostra de Cinema Noir. Com personagens que vivem em sociedades frias e cínicas, as histórias tratam de suspenses, crimes, romances e investigações policiais. A estética nasce de uma fusão de gêneros: traz traços dos filmes de terror da década de 30, do expressionismo alemão e da pintura. A imagem é tomada por contrastes preto e branco, com iluminações calculadamente estudadas; as tramas se desenrolam em grandes centros urbanos e tomadas por uma atmosfera niilista. Femme fatales, corrupção, cigarros, personagens dúbios e desconfiança perpassam quase todas as histórias.

Apesar de amplamente categorizado hoje, o estilo nunca foi encarado como estilo na sua época. Nasceu no pós-guerra, na década de 40 e se estendeu até, aproximadamente, a década de 60. Os filmes eram, geralmente, produzidos em ambientes urbanos realistas, por pequenos estúdios e atores não convencionais.

Serviço

O quê: Cine Paredão exibe o filme “Ascensor Para o Cadafalso”, de Louis Malle.

Onde: Gramado da parte externa do CED, entre os blocos A e B, ao lado do auditório. Em caso de chuva, no Auditório do CFH.

Quando: Sexta-feira, dia 24 de agosto, às 20h.

ago
28
ter
Palestra “Armas Nucleares Perante Tribunais Internacionais”
ago 28 @ 18:30

O Grupo de Pesquisa em Direito Internacional da Universidade Federal de Santa Catarina (Ius Gentium/UFSC), coordenado pelos professores Arno Dal Ri Júnior e Aline Beltrame de Moura,  realizará a palestra “Armas Nucleares Perante Tribunais Internacionais”, nesta terça-feira, dia 28 de agosto, às 18h30, no auditório do Centro de Ciências Jurídicas (CFH/UFSC).  A palestra garantirá certificado de quatro horas.

O palestrante convidado, Professor Doutor Lucas C. Lima, é egresso do Curso de Direito da UFSC, doutor pela Universidade de Macerata (Itália) e, atualmente, professor adjunto ao Curso de Direito da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Atuou perante a Corte Internacional de Justiça no caso das Ilhas Marshall.

Mais informações no link, ou pelo contato: (48) 9962-13730.

Projeto Fora do Circuito exibe filme de produção teuto-saudita, ‘O Sonho de Wadjda’
ago 28 @ 19:00

O projeto Fora do Circuito exibe o filme “O Sonho de Wadjda”, na terça-feira, dia 28 de agosto, às 19h, no auditório Elke Hering, na Biblioteca Universitária da Universidade Federal de Santa Catarina (BU/UFSC).  Este é um projeto de exibição gratuita de filmes fora do circuito comercial de cinema, que busca trazer obras de diversos países, com diversas temáticas e linguagens. O ingresso é por ordem de chegada e o espaço abriga até 60 pessoas.

Sobre o filme

“O Sonho de Wadjda” foi indicado como melhor filme de língua estrangeira no British Academy of Film and Television Arts em 2014.

Sinopse: Wadjda tem dez anos de idade, e mora no subúrbio de Riade, a capital da Arábia Saudita. Ela é uma cheia de vida, que gosta de brincar com os garotos. Um dia, após uma disputa com o amigo Abdullah, ela vê uma bicicleta verde à venda. Wadjda gostaria de comprar a bicicleta, para superar o colega em uma corrida, mas na sociedade conservadora onde vivem, garotas não podem dirigir carros ou bicicletas. Ela decide, então, fazer de tudo para conseguir o dinheiro sozinha.

Direção: Haifaa Al Mansour
Elenco: Waad Mohammed, Reem Abdullah, Abdullrahman Al Gohanimais
Duração: 1h 37min
ago
31
sex
Cine Paredão exibe ‘Crepúsculo dos deuses’, de Billy Wilder
ago 31 @ 20:00 – 22:00

O Cine Paredão exibe o filme “Crepúsculo dos Deuses”, de Billy Wilder, nesta sexta-feira, dia 31 de agosto, às 20h, no gramado da parte externa do Centro de Ciências da Educação (CED), ou, em caso de chuva, no Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH), da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O filme fecha a Mostra de Cinema Noir, realizada durante o mês de agosto. O Cinema Noir é um estilo de filme nascido no pós-guerra, na década de 40, e que se estende até, aproximadamente, a década de 60. Os filmes eram geralmente produzidos por pequenos estúdios, atores não convencionais e em ambientes urbanos realistas. Com personagens que vivem em sociedades frias e cínicas, as histórias tratam de suspenses, crimes, romances e investigações policiais.

Sobre o filme

Um roteirista é contratado para revisar o roteiro de um filme que marca a volta de uma antiga estrela do cinema mudo. Ele não sabia, contudo, da perigosa relação que desenvolveria com ela. Direção: Billy Wilder Roteiro: Billy Wilder, Charles Brackett, D.M. Marshman Jr.

Elenco: William Holden, Gloria Swanson, Erich von Stroheim, Nancy Olson

Ano: 1950

Duração: 1h50min

Classificação indicativa: Livre

 

Serviço

Onde: Gramado da parte externa do CED, entre os blocos A e B, ao lado do auditório. Em caso de chuva, no Auditório do CFH.

Quando: Sexta-feira, dia 31 de agosto, às 20h.

set
18
ter
Cineclube Sessão de Arte à Tarde exibe filme ‘Os Palhaços’
set 18 @ 14:30

O projeto ‘Cineclube Sessão de Arte à Tarde’ exibe, no dia 18 de setembro, às 14:30, no bloco D do Centro de Comunicação e Expressão da Universidade Federal de Santa Catarina (CCE/UFSC), o filme ‘Os Palhaços’, de Federico Fellini. Este projeto é promovido pela Secretaria de Cultura e Arte da UFSC (Secarte), com apoio do Laboratório de Estudos de Cinema (LEC), e coordenado pelo professor Luiz Fernando Pereira, do Departamento de Arte do CCE.

 Sobre o filme

O alter ego de Fellini neste filme é um garoto que vai ao circo pela primeira vez. Enquanto os palhaços fazem suas brincadeiras, Fellini aproveita para criticar os próprios críticos do cinema, através do personagem de um jornalista que fica perguntando ” o que isso significa?”. O filme sustenta sua exuberância na total falta de seriedade, incluindo o próprio Fellini, no papel de diretor pretensioso que, com sua equipe, tenta fazer um documentário com os grandes circos e seus palhaços.

 

 

set
27
qui
Eventos brasileiros de Hidroponia
set 27 – set 28 all-day

O Laboratório de Hidroponia (LabHidro) da Universidade Federal de Santa Catarina (CCA/UFSC) realiza nos dias 27 e 28 de setembro, no Centro de Eventos Luiz Henrique da Silveira, em Florianópolis, o 12° Encontro Brasileiro de Hidroponia e o 4° Simpósio Brasileiro de Hidroponia.

Inscrição e informações podem ser verificadas no site www.encontrohidroponia.com.br

out
22
seg
Semana Nacional do Livro e da Biblioteca com exibição de filmes – BU
out 22 @ 12:30 – out 26 @ 2:30

A Biblioteca Universitária (BU), por meio do projeto Livro Câmera e Ação, promove a exibição de filmes às 12h30 na semana de 22 a 26 de outubro, como parte das atividades comemorativas à Semana Nacional do Livro e da Biblioteca (SNLB).

Confira a programação completa das atividades comemorativas no link.

nov
13
ter
Cine Clube Sessão de Arte exibe Ran, de Akira Kurosawa
nov 13 @ 14:30
O Cine Clube Sessão de Arte exibe Ran, de Akira Kurosawa, no  Laboratório de Projeção, Bloco D do CCE, 1º andar, nesta terça, dia 13, às 14h30.
Sinopse
Japão, século XVI. Hidetora (Tatsuya Nakadai), o poderoso chefe do clã dos Ichimonjis, decide dividir seus bens entre os três filhos: Taro Takatora (Akira Terao), Jiro Masatora (Jinpachi Nezu) e Saburu Naotora (Daisuke Ryu). Com o primeiro fica a chefia do feudo, as terras e a cavalaria. Os outros dois ficam com alguns castelos, terras e o dever de ajudar e obedecer Taro. Saburu, prevendo as desgraças que viriam, se mostra contrário à decisão paterna. Expulso do feudo e acaba sendo acolhido por Nobuhiro Fujimaki (Hitoshi Ueki), de quem se torna genro. Hidetora vai ao seu antigo castelo, que agora é de Taro, e não é bem recebido. O mesmo acontece ao visitar Jiro e, isolado em seu ex-império, Hidetora se aproxima da insanidade
Este projeto é realizado por meio do bolsa cultura da SeCArte – Secretaria de Cultura e Arte da UFSC. Tem o apoio do LABORATÓRIO DE ESTUDOS DE CINEMA – LEC – Cinema UFSC , e é coordenado pelo professor Luiz Fernando Pereira do Departamento de Arte do Centro de Comunicação e Expressão – CCE.