Calendário de Eventos UFSC

Mar
8
Fri
Turnê teatral ‘Pacacoenco nos lugares onde o povo está’
Mar 8@9:30 – Mar 11@14:00

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) recebe os espetáculos Pacacoenco, Palhastê e Só eu e nós, a partir desta sexta-feira, 8 de março. As apresentações integram a 2ª edição do projeto “Pacacoenco nos lugares onde o povo está”, que está circulando pelas cidades Joaçaba, Lages, Criciúma, Blumenau, Joinville, Florianópolis e Itajaí. As peças são apresentadas pelo artista Charles Augusto.

No fechamento da turnê, que será UFSC, além dos espetáculos do palhaço Pacacoenco, também haverá as apresentações: Arreda Boi, A Gala dos (A)Gentes do Riso, a banda Tarrafa Elétrica, e a contação de história “Um nascimento do boi de mamão”. Os espetáculos serão gratuitos e todas as sessões terão intérpretes de Libras e audiodescrição. A classificação indicativa é livre.

Programação:

08/03 | sexta-feira

 Centro de Cultura e Eventos da UFSC
9h30 | Um nascimento do boi de mamão
10h | Pacacoenco
14H | Só eu e nós 20h30 | Tarrafa Elétrica
Bugio Trindade
21h30 | Partilha Festiva

09/03 | sábado

Praça Santos Dumont – Trindade
19h | Palhastê

11/03 | segunda-feira

Centro de Cultura e Eventos da UFSC
9h30 | Gala dos (A)Gentes do Riso
Praça da Cidadania da UFSC
12h30 | Arreda Boi
Centro de Cultura e Eventos da UFSC
14h | Gala dos (A)Gentes do Riso

Sobre os espetáculos 

Um nascimento do boi de mamão

Essa contação/brincadeira traz ao público uma das versões sobre o nascimento do boi de mamão. Coletado por Nado Gonçalves com um grande mestre de boi, seu Zé Benta. Uma versão que apresenta a brincadeira do boi como resolução de conflitos e sociabilidade. O artista Charles Augusto traz para o público essa história singeleza e ao final da contação, uma pequena brincadeira de boi com as pessoas presentes.

Aí está a essência do artista. Levar sua arte a qualquer lugar onde alguém esteja disposto a apreciá-la. Pacacoenco, na companhia da sua amiga Jaguaruna, desbrava o interior da geografia mundial e do coração humano. As estradas são percorridas a pedaladas, e, na bagagem, o palhaço leva seus truques, sua casa e seu amor. Afinal, “..a poesia indica que as eras do universo passam e o homem que ama fica.” (Quirino)

Só eu e nós

Pacacoenco segue seus dias fazendo arte na rua, trazendo seu mundo encantado para a rotina cinza das cidades. Um dia este ser solitário encontra um cão abandonado. O que pode acontecer do encontro de um palhaço, um cachorro e uma calça?

Tarrafa Elétrica

A banda de Itajaí-SC mistura ritmos tradicionais e modernos em uma estética diferenciada, levantando a bandeira da arte como ferramenta para a transformação social. Musicalmente propõe uma mistura sonora que circula livremente entre o passado e o presente. Boi de mamão com rap, viola caipira com rock e por aí vai, não existem limites ou rótulos para a proposta sonora do grupo. Com todos estes elementos e uma identidade ímpar o show do Tarrafa Elétrica é um convite à alegria, interagindo diretamente com o público e fazendo de cada espectador um membro efetivo da apresentação.

Palhastê

Pacacoenco encontra a oportunidade certa para estar com o público quando substitui um famoso guru e oferece sua própria visão do autoconhecimento transcendental. Para isso, ele cria a Filosofia “Palhastê”, que já tem 1450 anos – ou segundos – de tradição, com mantras risíveis e momentos de pura magia, fantasia, poesia, alegoria, alegria, padaria, eubemquequeria, boêmia, correria, calmaria, bruxaria, bobearia, anistia, cantoria, academia, filosofia, charlatania, biologia, arritmia, apologia, anatomia, analogia, amigaria, alquimia, alforria, curadoria, confraria, cacofonia, autonomia e até palhaçaria.

Gala dos (A)Gentes do Riso

Numa noite especial, (A)Gentes se juntam para tratar de algo muito importante no mundo, a alegria. Nesse encontro, brincam e partilham histórias. Quando você pensa em um hospital, o que vem à cabeça? (A)Gente lembra do que está bem, do que pulsa, de tudo aquilo que carregamos dentro e que escapa pela boca como riso…

Arreda Boi

A Associação Cultural Arreda Boi surgiu na década de 1990 na comunidade da Barra da Lagoa, em Florianópolis/SC, reunindo pessoas de diferentes gerações, de crianças a idosos, interessados na brincadeira do boi de mamão, prática cultural local. Desde então, em 32 anos de história, o Arreda Boi se tornou uma das referências de cultura popular na cidade de Florianópolis, se envolvendo em projetos de diferentes áreas.

Sobre Charles Augusto

Charles Augusto é um artista brasileiro residente em Florianópolis/SC, atua na arte desde 2002. Nesse ínterim percorreu várias cidades do Brasil e todas as regiões do estado de Santa Catarina até seu interior mais profundo. Apresentou em festivais de renome, circulações artisticas, intercâmbios e produções independentes. Além da atuação, também realiza formações em palhaçaria e artes cênicas em geral e preparação de elenco para audiovisual. Sua produção de espetáculos cênicos implica em parcerias com diversas pessoas do mundo artístico que em conjunto construíram e constroem o repertório do artista, com destaque para os espetáculos: Só eu e nós, Palhasté e Pacacoenco.

A circulação “Pacacoenco nos lugares onde o povo está – edição 2” é um projeto cultural realizado por Charles Augusto, por meio do Programa de Incentivo à Cultura, (PIC), do Governo do Estado de Santa Catarina, aprovado pela Fundação Catarinense de Cultura. Conta com o incentivo da CELESC, com o apoio de Secretaria de Cultura, Arte e Espore da UFSC (SeCArtE).

Mais informações: charlesaugusto.art.br | instagram.com/charlesaugusto_pacacoenco

Texto: divulgação SeCArtE, com informações da produção do evento.



Mar
25
Mon
Palestra ‘Mergulhando nos mares tropicais: biogeografia e diversidade’
Mar 25@16:00 – 17:00

O Programa de Pós-Graduação em Ecologia do Centro de Ciências Biológicas da Universidade Federal de Santa Catarina (CCB/UFSC) promove a palestra Mergulhando nos mares tropicais: biogeografia e diversidade, ministrada pelo professor Sergio R. Floeter, na segunda-feira, 25 de março, das 16h às 17h, no Auditório do CCB.

No evento, o professor apresentará imagens de diversas partes do mundo e também fará a divulgação de seu livro recentemente lançado, intitulado Peixes Recifais do Brasil.

 

Apr
17
Wed
Encontro: Laboratório Feminista de Literatura Atual
Apr 17@13:00

O projeto de extensão LOLA – Laboratório Feminista de Literatura Atual, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), promove na quarta-feira, 17 de abril, a partir das 13h, um encontro presencial para debater a obra O Acontecimento (2022), de Annie Ernaux. O evento organizado pela professora Meritxell Hernando Marsal, do Departamento de Língua e Literatura Estrangeiras (DLLE), será realizado na Sala 217, do bloco A do Centro de Comunicação e Expressão (CCE).

O LOLA é um grupo que se reúne para ler e discutir literatura contemporânea, sob um olhar feminista. São reuniões quinzenais, uma presencial na UFSC e outra em formato remoto. As propostas de leitura surgem de quem faz parte dos encontros. Qualquer pessoa interessada pode participar do encontro, não é necessário possuir vínculo com a Universidade. Para isso, basta enviar uma mensagem para meritxellhmarsal@gmail.com.

Sinopse do livro:
Em 1963, Annie Ernaux, então uma estudante de 23 anos, engravida do namorado que acabara de conhecer. Sem poder contar com o apoio dele ou da própria família numa época em que o aborto era ilegal na França, ela vive praticamente sozinha o acontecimento que tenta destrinchar neste livro quarenta anos depois, quando já é uma das principais escritoras de seu país.

Mais informações pelo perfil do projeto no Instagram.

Apr
18
Thu
Palestra Academy UFSC: Criatividade
Apr 18@19:00

O programa Academy UFSC promove a palestra Criatividade no fomento do empreendedorismo universitário. A atividade ocorre em 18 de abril, às 19h, de forma online, pelo Youtube. O evento é gratuito. Os participantes que realizarem a inscrição pela plataforma Sympla e preencherem o formulário de presença disponibilizado durante a transmissão terão direito a um certificado de 1h30.

A palestra será guiada por Henrique Otte, CEO e founder na Bridge Aceleradora, e Marinês Garcia, gestora de startups e projetos na Bridge Aceleradora. Mais informações no site.