Reforma da Igrejinha da UFSC expõe estrutura original do século XIX

05/02/2019 18:01

Ao retirar o reboco, as paredes originais ficaram expostas.

Conhecida hoje como “Igrejinha da UFSC”, a antiga “capela da freguesia da Santíssima Trindade” é um edifício de importante valor histórico e cultural. Construída em 1848 e inaugurada oficialmente em 1853, época em que o bairro Trindade era ainda região rural da Ilha de Santa Catarina, a Igrejinha preserva, em sua estrutura, os materiais de construção comuns daquela época – pedras, areia da praia, conchinhas, cal etc. –, além de resquícios de utensílios utilizados nas cerimônias religiosas, como pias de água benta. Assim que finalizada a reforma atualmente em andamento, parte de tudo isso estará exposta para que o público possa conhecer ao visitar o espaço.

“A Igrejinha deixou de ser igreja e agora é mais, é cultura, é história, porque será transformada em um espaço sacro museal. Ela tem todos os elementos de uma igreja, mas tem também esse painel do Hassis, que muitos dizem que é profano, mas que na verdade é mais sacro do que a gente imagina, numa leitura muito contemporânea. É a única no mundo com uma representação tão chocante”, afirma Márcia Regina Escorteganha, responsável pela restauração do Mural Humanidade, do artista catarinense Hassis, que também está em andamento paralelamente às obras estruturais. O processo de restauro começou no dia 31 de outubro de 2018, mas precisou ser temporariamente interrompido com o início da reforma do edifício.
(mais…)

Tags: capela da freguesia da Santíssima Trindade de Trás do MorroDepartamento de Projetos de Arquitetura e EngenhariaDPAEIgrejinha da UFSCmural Humanidade de HassisreformarestauraçãoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina