Calendário de Eventos UFSC

Jun
12
Wed
Ética em Inteligência Artificial
Jun 12@14:00 – 16:00

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) sedia na quarta-feira, 12 de junho, a palestra Tudo o que você precisa saber sobre ética em inteligência artificial e tecnologias digitais: Do chat-GPT às implicações éticas em saúde pública. O evento será realizado, das 14h às 16h, no auditório da Pós-Graduação do Centro de Ciências da Sáude (CCS), no campus da Trindade, em Florianópolis.

O palestrante será o professor Bryn Williams-Jones, bioeticista e diretor da Escola de Saúde Pública da Universidade de Montréal, no Canadá, editor-chefe do Canadian Journal of Bioethics e co-diretor do Observatório Internacional sobre os Impactos Sociais da IA e das Tecnologias Digitais.

O evento é organizado pelo Núcleo de Pesquisa e Extensão em Bioética e Saúde Coletiva (Nupebisc), pelos Programas de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (PPGSC), Enfermagem (PEN) e Farmárcia (PGFar).

A palestra é gratuita, e as inscrições para obtenção de certificado podem ser feitas no endereço https://forms.gle/sn3GD9DywQJ4AD7y5.

Jun
13
Thu
Oficina: ‘Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro’
Jun 13@15:00 – 17:00

O Instituto Kadila de Estudos Africanos e das Diásporas, vinculado ao Centro de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Santa Catarina (CFH/UFSC), promove, do dia 2 de maio até 19 de setembro, a oficina de Leitura Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro. Os encontros ocorrem quinzenalmente, nas quintas-feiras das 15h às 17h, no bloco A do CFH. Para participar das oficinas é necessário realizar as inscrições enviando um e-mail para: atendimentoinstitutokadila@gmail.com, informando o nome completo, CPF e um telefone para contato, até 1 de maio. Os participantes têm direito a certificado de 42 horas.

Os encontros tem como intuito conhecer mais profundamente as vozes das mulheres que fizeram ecoar, nos desdobramentos espaço-temporais do Atlântico Negro, as suas experiências, as dores e alegrias do seu percurso. A proposta é fazer a leitura de escritoras africanas, afro-brasileiras, caribenhas e afro-estadunidenses, para ouvir e compreender o que disseram, seu testemunho histórico e sua criação literária.

Sobre o instituto

O Instituto Kadila reúne um grupo de professores e pesquisadores da UFSC e colaboradores de outras universidades nacionais e estrangeiras, cujo interesse comum é a área de estudos africanos e das diásporas. Participam ainda da equipe, pesquisadoras em estágio de pós-doutorado e estudantes de pós-graduação e bolsistas de doutorado, mestrado e de iniciação científica. O Instituto conta com a parceria de vários laboratórios e núcleos vinculados aos diferentes centros da UFSC.

Para mais informações, acesse o site ou o Instagram do Instituto Kadila.

Jun
19
Wed
Fórum Universidade em Debate
Jun 19@15:00

Reitores de cinco instituições de ensino de Santa Catarina irão debater, de forma remota, o tema Gestão multicampi: sonho e realidade, em evento promovido pelo Instituto de Pesquisas e Estudos em Administração Universitária (Inpeau) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O encontro, que faz parte do Fórum Universidade em Debate, será quarta-feira, 19 de junho, às 15h, de forma virtual. O debate terá transmissão ao vivo pelo YouTube – o link será divulgado no site do Inpeau/UFSC. A participação é livre e não há necessidade de fazer inscrições.

Participarão do debate o reitor da UFSC, Irineu Manoel de Souza; o reitor da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), João Alfredo Braida; o reitor da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), José Fernando Fragalli; o reitor do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), Maurício Gariba Júnior; e o reitor do Instituto Federal Catarinense (IFC), Rudinei Kock Exterckoter. A mediação do debate estará a cargo do professor Pedro Antônio de Melo, do Departamento de Ciências da Administração da UFSC, que é diretor do Inpeau/UFSC.

As perguntas referentes ao debate poderão ser feitas via chat do YouTube. Levando-se em consideração o tempo previsto para a atividade, os questionamentos serão repassados aos reitores. Este será mais um dos fóruns promovidos pelo Inpeau. No site do instituto, estão disponíveis as gravações de outros debates.

Jun
24
Mon
‘Connect Ação’: Capacitação, Palestras e Oportunidades
Jun 24@20:00 – Jun 25@10:30

A Ação Júnior, empresa júnior de consultoria em gestão empresarial do Centro Socioeconômico (CSE) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), organiza o Connect Ação, evento que acontecerá nos dias 24 e 25 de junho. As atividades vão ocorrer no Auditório do CSE e são voltadas para estudantes da UFSC entre a primeira e a terceira fase com interesse em entrar no mercado de trabalho. 

O Connect Ação é o primeiro evento organizado pela Ação Júnior e tem como objetivo promover a conexão entre as empresas do mercado sênior e os estudantes da universidade. A programação conta com palestras e atividades com participação de diferentes empresas. No primeiro dia, as atividades acontecem das 20h às 21h; no segundo, das 9h30 às 10h30.  As inscrições são gratuitas e podem ser feitas neste link. Será fornecido certificado de 2h de participação para cada palestra.

Mais informações no site do evento e no Instagram da Ação Júnior.

Jun
27
Thu
Oficina: ‘Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro’
Jun 27@15:00 – 17:00

O Instituto Kadila de Estudos Africanos e das Diásporas, vinculado ao Centro de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Santa Catarina (CFH/UFSC), promove, do dia 2 de maio até 19 de setembro, a oficina de Leitura Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro. Os encontros ocorrem quinzenalmente, nas quintas-feiras das 15h às 17h, no bloco A do CFH. Para participar das oficinas é necessário realizar as inscrições enviando um e-mail para: atendimentoinstitutokadila@gmail.com, informando o nome completo, CPF e um telefone para contato, até 1 de maio. Os participantes têm direito a certificado de 42 horas.

Os encontros tem como intuito conhecer mais profundamente as vozes das mulheres que fizeram ecoar, nos desdobramentos espaço-temporais do Atlântico Negro, as suas experiências, as dores e alegrias do seu percurso. A proposta é fazer a leitura de escritoras africanas, afro-brasileiras, caribenhas e afro-estadunidenses, para ouvir e compreender o que disseram, seu testemunho histórico e sua criação literária.

Sobre o instituto

O Instituto Kadila reúne um grupo de professores e pesquisadores da UFSC e colaboradores de outras universidades nacionais e estrangeiras, cujo interesse comum é a área de estudos africanos e das diásporas. Participam ainda da equipe, pesquisadoras em estágio de pós-doutorado e estudantes de pós-graduação e bolsistas de doutorado, mestrado e de iniciação científica. O Instituto conta com a parceria de vários laboratórios e núcleos vinculados aos diferentes centros da UFSC.

Para mais informações, acesse o site ou o Instagram do Instituto Kadila.

Jun
28
Fri
Exibição do documentário ‘Aqui en la Frontera’
Jun 28@19:00 – 21:30

O Projeto Cine Ata-me do Núcleo de Estudos sobre Gênero e Sexualidade da Universidade Federal de Santa Catarina (NOS/UFSC) promove a exibição do documentário “Aqui en la frontera” nesta sexta-feira, 28 de junho, às 19h, no auditório do Museu Victor Meirelles. A entrada é gratuita, com limite máximo de 45 pessoas na plateia. A tolerância de atraso após o início da sessão é de até 15 minutos. Os participantes têm direito a certificado de 4 horas.

O evento é uma edição especial em parceria com o Programa Bem Viver do Ministério Público Federal, ONU Migração (OIM) e a Círculos de Hospitalidade, em celebração à Semana Nacional do Migrante e Refugiado, de 19 a 23 de junho. 

Sobre o documentário

Filmado na fronteira entre o Brasil e a Venezuela em meio a uma das maiores crises migratórias da América Latina, Aqui en la Frontera conta a história de três venezuelanos com vivências de acolhida bem distintas. O filme retrata Stephanny, uma jovem mãe de 21 anos que precisa retornar ao país para buscar sua filha; Francis, uma mulher trans e liderança de um abrigo de refugiados militarizado do Governo Brasileiro; e Argenis, que organiza uma ocupação com mais de 300 venezuelanos em Boa Vista, sob ameaça de despejo.

Jul
10
Wed
Palestra ‘Combate ao idadismo: respeito a todas as fases da vida’
Jul 10@14:00 – 16:00
Palestra 'Combate ao idadismo: respeito a todas as fases da vida' @ Neti-Unapi

A Universidade Aberta para as Pessoas Idosas (Neti-Unapi), núcleo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), promove a palestra Combate ao idadismo: respeito a todas as fases da vida, com a enfermeira Jordelina Schier (Nina),  nesta quarta-feira, 10 de julho, das 14h às 16h, no Neti-Unapi. A atividade é gratuita e aberta a todos os interessados.

O evento faz alusão ao mês de Combate à Violência contra a Pessoa Idosa, celebrado em junho. O dia 15 de junho é considerado o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, instituído pela Organização das Nações Unidas em 2011, com o propósito de sensibilizar a sociedade sobre o enfrentamento à violência contra idosos.

Jul
11
Thu
Oficina: ‘Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro’
Jul 11@15:00 – 17:00

O Instituto Kadila de Estudos Africanos e das Diásporas, vinculado ao Centro de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Santa Catarina (CFH/UFSC), promove, do dia 2 de maio até 19 de setembro, a oficina de Leitura Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro. Os encontros ocorrem quinzenalmente, nas quintas-feiras das 15h às 17h, no bloco A do CFH. Para participar das oficinas é necessário realizar as inscrições enviando um e-mail para: atendimentoinstitutokadila@gmail.com, informando o nome completo, CPF e um telefone para contato, até 1 de maio. Os participantes têm direito a certificado de 42 horas.

Os encontros tem como intuito conhecer mais profundamente as vozes das mulheres que fizeram ecoar, nos desdobramentos espaço-temporais do Atlântico Negro, as suas experiências, as dores e alegrias do seu percurso. A proposta é fazer a leitura de escritoras africanas, afro-brasileiras, caribenhas e afro-estadunidenses, para ouvir e compreender o que disseram, seu testemunho histórico e sua criação literária.

Sobre o instituto

O Instituto Kadila reúne um grupo de professores e pesquisadores da UFSC e colaboradores de outras universidades nacionais e estrangeiras, cujo interesse comum é a área de estudos africanos e das diásporas. Participam ainda da equipe, pesquisadoras em estágio de pós-doutorado e estudantes de pós-graduação e bolsistas de doutorado, mestrado e de iniciação científica. O Instituto conta com a parceria de vários laboratórios e núcleos vinculados aos diferentes centros da UFSC.

Para mais informações, acesse o site ou o Instagram do Instituto Kadila.

Jul
15
Mon
Seminário ‘Ações afirmativas em concursos para negros’
Jul 15@16:00

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), através do Gabinete da Reitoria, está promovendo o seminário Ações afirmativas em concursos para negros: o contexto nacional e a UFSC, que acontecerá na segunda-feira, 15 de julho, às 16h, na Sala Aroeira, no Centro de Cultura e Eventos Reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo, no Campus de Florianópolis, no bairro Trindade. O evento é gratuito e aberto ao público.

O seminário terá participação dos seguintes convidados:

  • Marcia Lima, da Secretaria de Políticas de Ações Afirmativas, Combate e Superação do Racismo (Separ) do Ministério da Igualdade Racial (MIR);
  • Analucia Hartmann, do Ministério Publico Federal (MPF);
  • Lia Vainer Schucman, do Departamento do Psicologia da UFSC;
  • Delton Aparecido Felipe, do Departamento de História da Universidade Estadual de Maringá-Paraná (UEM-PR);
  • Juliano Scherner Rossi, da Procuradoria Federal junto à UFSC; e
  • Lindberg Nascimento Junior, do Departamento de Geociências da UFSC.

A mediação do seminário será feita pela professora Leslie Sedrez Chaves, da Pró-Reitoria de Ações Afirmativas e Equidade (Proafe) da UFSC. A abertura do evento será realizada pelo reitor Irineu Manuel de Souza e pela vice-reitora Joana Célia dos Passos.

Jul
17
Wed
Workshop sobre Direitos da Natureza
Jul 17 – Jul 19 dia inteiro

Um trabalho do Observatório de Justiça Ecológica da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) será apresentado no workshop Direitos da Natureza contra quem? Obstáculos e problemas na implementação dos direitos da natureza, evento que ocorrerá entre os dias 17 e 19 de julho, na Universidade de Kassel, Alemanha. A professora do Departamento de Direito da UFSC, Leticia Albuquerque, coordenadora da Clínica de Justiça Ecológica, participará do evento com a apresentação do pesquisa intitulada A Natureza como Sujeito de Direitos: A Experiência do Município de Florianópolis, no Sul do Brasil, desenvolvida em conjunto com as professoras Isabele Bruna Barbieri e Adriana Biller Aparicio.

O trabalho a ser apresentado explora a aplicação da Lei Orgânica de Florianópolis, que desde 2019 reconhece os direitos da natureza, “buscando responder se a afinal a lei trouxe ganhos ou não para a proteção do meio ambiente”. Será abordada a Ação Civil Pública, nº 5012843-56.2021.4.04.7200, interposta em nome da sociedade civil em razão do desastre ambiental da Lagoa da Conceição, ocorrido em 2021, com auxílio dos grupos de pesquisa do Programa de Pós-Graduação em Direito (PPGD) da UFSC: Observatório de Justiça Ecológica e Grupo de Pesquisa em Direito Ambiental e Ecologia Política na Sociedade de Risco (GPDA).

O workshop terá um painel de discussão pública, a partir dos fundamentos filosóficos e perspectivas mais amplas, passando pelos conflitos sobre recursos naturais e contextos, aplicações e problemas concretos. O objetivo do evento é incentivar o intercâmbio e a discussão entre os participantes. Para mais informações sobre o evento, acesse este link. E para conhecer o projeto de extensão Clínica de Justiça Ecológica, confira o site ojeclinica.ufsc.br.

Jul
22
Mon
Seminário ‘Desafios Contemporâneos da Educação no Brasil’
Jul 22@9:00 – 18:00
Seminário 'Desafios Contemporâneos da Educação no Brasil'

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em parceria da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, promove o seminário Desafios Contemporâneos da Educação no Brasil no dia 22 de julho às 9h, na Sala Aroeira do Centro de Cultura Eventos, no campus do bairro Trindade, em Florianópolis. O evento é gratuito e aberto ao público. Para participar é necessário se inscrever pelo formulário.

 

Jul
25
Thu
Oficina de formação antirracista
Jul 25@9:00 – 16:00

O projeto Práxis Antirracista, vinculado ao Coletivo Veias Abertas, do Instituto de Estudos Latino Americanos (IELA), e ao Departamento de Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), promove na quinta-feira, 25 de julho, uma oficina de formação antirracista para os gestores da Secretaria de Saúde de Florianópolis. Realizado a convite do Comitê Técnico de Saúde da População Negra do município, o evento será realizado das 9h às 16h, no salão Frei Fidêncio, em Santo Amaro do Imperatriz, na Grande Florianópolis. Para mais informações, entre em contato com o e-mail projetopraxisantirracista@gmail.com.

Oficina: ‘Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro’
Jul 25@15:00 – 17:00

O Instituto Kadila de Estudos Africanos e das Diásporas, vinculado ao Centro de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Santa Catarina (CFH/UFSC), promove, do dia 2 de maio até 19 de setembro, a oficina de Leitura Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro. Os encontros ocorrem quinzenalmente, nas quintas-feiras das 15h às 17h, no bloco A do CFH. Para participar das oficinas é necessário realizar as inscrições enviando um e-mail para: atendimentoinstitutokadila@gmail.com, informando o nome completo, CPF e um telefone para contato, até 1 de maio. Os participantes têm direito a certificado de 42 horas.

Os encontros tem como intuito conhecer mais profundamente as vozes das mulheres que fizeram ecoar, nos desdobramentos espaço-temporais do Atlântico Negro, as suas experiências, as dores e alegrias do seu percurso. A proposta é fazer a leitura de escritoras africanas, afro-brasileiras, caribenhas e afro-estadunidenses, para ouvir e compreender o que disseram, seu testemunho histórico e sua criação literária.

Sobre o instituto

O Instituto Kadila reúne um grupo de professores e pesquisadores da UFSC e colaboradores de outras universidades nacionais e estrangeiras, cujo interesse comum é a área de estudos africanos e das diásporas. Participam ainda da equipe, pesquisadoras em estágio de pós-doutorado e estudantes de pós-graduação e bolsistas de doutorado, mestrado e de iniciação científica. O Instituto conta com a parceria de vários laboratórios e núcleos vinculados aos diferentes centros da UFSC.

Para mais informações, acesse o site ou o Instagram do Instituto Kadila.

Aug
8
Thu
Oficina: ‘Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro’
Aug 8@15:00 – 17:00

O Instituto Kadila de Estudos Africanos e das Diásporas, vinculado ao Centro de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Santa Catarina (CFH/UFSC), promove, do dia 2 de maio até 19 de setembro, a oficina de Leitura Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro. Os encontros ocorrem quinzenalmente, nas quintas-feiras das 15h às 17h, no bloco A do CFH. Para participar das oficinas é necessário realizar as inscrições enviando um e-mail para: atendimentoinstitutokadila@gmail.com, informando o nome completo, CPF e um telefone para contato, até 1 de maio. Os participantes têm direito a certificado de 42 horas.

Os encontros tem como intuito conhecer mais profundamente as vozes das mulheres que fizeram ecoar, nos desdobramentos espaço-temporais do Atlântico Negro, as suas experiências, as dores e alegrias do seu percurso. A proposta é fazer a leitura de escritoras africanas, afro-brasileiras, caribenhas e afro-estadunidenses, para ouvir e compreender o que disseram, seu testemunho histórico e sua criação literária.

Sobre o instituto

O Instituto Kadila reúne um grupo de professores e pesquisadores da UFSC e colaboradores de outras universidades nacionais e estrangeiras, cujo interesse comum é a área de estudos africanos e das diásporas. Participam ainda da equipe, pesquisadoras em estágio de pós-doutorado e estudantes de pós-graduação e bolsistas de doutorado, mestrado e de iniciação científica. O Instituto conta com a parceria de vários laboratórios e núcleos vinculados aos diferentes centros da UFSC.

Para mais informações, acesse o site ou o Instagram do Instituto Kadila.

Aug
13
Tue
III Colóquio Internacional Antropoceno
Aug 13 – Aug 15 dia inteiro

Os programas de Pós-Graduação em Linguística e de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) organizam o III Colóquio Internacional Antropoceno, Biopolítica e Pós-Humanos com o tema Novas materialidades. O evento é realizado em parceria com a Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, o Centro Interuniversitário de História das Ciências e da Tecnologia e o Projeto Pós-Humanismo e Humanidades Digitais da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).

O colóquio reúne pesquisadores do Brasil, de Portugal, da Espanha e da Colômbia para problematizar a produção de vértices entre a situação da agência humana na Terra e as práticas de exceção e de racialização que levam em consideração as relações entre vida, tecnologia, humanos e não-humanos.

O evento ocorre entre 13 e 15 de agosto, das 10h às 18h, de forma online pelo Youtube.

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas neste link até 12 de agosto. Haverá emissão de certificado de 26 horas. Mais informações e programação disponíveis no site no evento.

*Notícia atualizada em 24/5/2024, às 15h43. 

Aug
22
Thu
Oficina: ‘Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro’
Aug 22@15:00 – 17:00

O Instituto Kadila de Estudos Africanos e das Diásporas, vinculado ao Centro de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Santa Catarina (CFH/UFSC), promove, do dia 2 de maio até 19 de setembro, a oficina de Leitura Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro. Os encontros ocorrem quinzenalmente, nas quintas-feiras das 15h às 17h, no bloco A do CFH. Para participar das oficinas é necessário realizar as inscrições enviando um e-mail para: atendimentoinstitutokadila@gmail.com, informando o nome completo, CPF e um telefone para contato, até 1 de maio. Os participantes têm direito a certificado de 42 horas.

Os encontros tem como intuito conhecer mais profundamente as vozes das mulheres que fizeram ecoar, nos desdobramentos espaço-temporais do Atlântico Negro, as suas experiências, as dores e alegrias do seu percurso. A proposta é fazer a leitura de escritoras africanas, afro-brasileiras, caribenhas e afro-estadunidenses, para ouvir e compreender o que disseram, seu testemunho histórico e sua criação literária.

Sobre o instituto

O Instituto Kadila reúne um grupo de professores e pesquisadores da UFSC e colaboradores de outras universidades nacionais e estrangeiras, cujo interesse comum é a área de estudos africanos e das diásporas. Participam ainda da equipe, pesquisadoras em estágio de pós-doutorado e estudantes de pós-graduação e bolsistas de doutorado, mestrado e de iniciação científica. O Instituto conta com a parceria de vários laboratórios e núcleos vinculados aos diferentes centros da UFSC.

Para mais informações, acesse o site ou o Instagram do Instituto Kadila.

Sep
2
Mon
SINOVA UFSC Startup Mentoring
Sep 2 – Dec 6 dia inteiro

O Departamento de Inovação (SINOVA) e a Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação (PROPESQ) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), promovem o evento SINOVA UFSC Startup Mentoring – Ciclo 2024/2, entre 2 de setembro a 6 de dezembro, de forma remota.

As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas através do formulário entre o 5 de julho até 18 de agosto. Além disso, o evento também disponibiliza um certificado de 60 horas aos inscritos.

O evento possui a duração de 15 semanas e contará com sete blocos temáticos para o desenvolvimento do negócio. Cada bloco temático é desenvolvido a partir de conteúdos específicos para uma prática mão na massa considerando a ideia de negócio.

Para mais informações, acesse o edital disponível em https://sinova.ufsc.br/sinova-ufsc-startup-mentoring ou envie um e-mail para o sinova.ufsc@gmail.com. 

Sep
5
Thu
Oficina: ‘Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro’
Sep 5@15:00 – 17:00

O Instituto Kadila de Estudos Africanos e das Diásporas, vinculado ao Centro de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Santa Catarina (CFH/UFSC), promove, do dia 2 de maio até 19 de setembro, a oficina de Leitura Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro. Os encontros ocorrem quinzenalmente, nas quintas-feiras das 15h às 17h, no bloco A do CFH. Para participar das oficinas é necessário realizar as inscrições enviando um e-mail para: atendimentoinstitutokadila@gmail.com, informando o nome completo, CPF e um telefone para contato, até 1 de maio. Os participantes têm direito a certificado de 42 horas.

Os encontros tem como intuito conhecer mais profundamente as vozes das mulheres que fizeram ecoar, nos desdobramentos espaço-temporais do Atlântico Negro, as suas experiências, as dores e alegrias do seu percurso. A proposta é fazer a leitura de escritoras africanas, afro-brasileiras, caribenhas e afro-estadunidenses, para ouvir e compreender o que disseram, seu testemunho histórico e sua criação literária.

Sobre o instituto

O Instituto Kadila reúne um grupo de professores e pesquisadores da UFSC e colaboradores de outras universidades nacionais e estrangeiras, cujo interesse comum é a área de estudos africanos e das diásporas. Participam ainda da equipe, pesquisadoras em estágio de pós-doutorado e estudantes de pós-graduação e bolsistas de doutorado, mestrado e de iniciação científica. O Instituto conta com a parceria de vários laboratórios e núcleos vinculados aos diferentes centros da UFSC.

Para mais informações, acesse o site ou o Instagram do Instituto Kadila.

Sep
19
Thu
Oficina: ‘Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro’
Sep 19@15:00 – 17:00

O Instituto Kadila de Estudos Africanos e das Diásporas, vinculado ao Centro de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Santa Catarina (CFH/UFSC), promove, do dia 2 de maio até 19 de setembro, a oficina de Leitura Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro. Os encontros ocorrem quinzenalmente, nas quintas-feiras das 15h às 17h, no bloco A do CFH. Para participar das oficinas é necessário realizar as inscrições enviando um e-mail para: atendimentoinstitutokadila@gmail.com, informando o nome completo, CPF e um telefone para contato, até 1 de maio. Os participantes têm direito a certificado de 42 horas.

Os encontros tem como intuito conhecer mais profundamente as vozes das mulheres que fizeram ecoar, nos desdobramentos espaço-temporais do Atlântico Negro, as suas experiências, as dores e alegrias do seu percurso. A proposta é fazer a leitura de escritoras africanas, afro-brasileiras, caribenhas e afro-estadunidenses, para ouvir e compreender o que disseram, seu testemunho histórico e sua criação literária.

Sobre o instituto

O Instituto Kadila reúne um grupo de professores e pesquisadores da UFSC e colaboradores de outras universidades nacionais e estrangeiras, cujo interesse comum é a área de estudos africanos e das diásporas. Participam ainda da equipe, pesquisadoras em estágio de pós-doutorado e estudantes de pós-graduação e bolsistas de doutorado, mestrado e de iniciação científica. O Instituto conta com a parceria de vários laboratórios e núcleos vinculados aos diferentes centros da UFSC.

Para mais informações, acesse o site ou o Instagram do Instituto Kadila.

Oct
7
Mon
Conferência de Tecnologias de Oxidação Avançada
Oct 7 – Oct 11 dia inteiro

Florianópolis será a sede da sexta edição da Conferência Íbero-americana de Tecnologias de Oxidação Avançada (CIPOA), organizada pelo Departamento de Química e pelo Departamento de Engenharia Química e Engenharia de Alimentos da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O evento abordará as mais recentes aplicações de processos de oxidação avançada – como o uso de ozônio, luz UV e solar, plasma, ultrassom e peróxido de hidrogênio – em diversas áreas, como tratamento de água e efluentes, produção de combustíveis renováveis, saúde, construção civil e indústria.

Esta edição recebeu um número recorde de trabalhos a serem apresentados e contará com a presença de setores da indústria em uma mesa-redonda, além da programação de um debate sobre a publicação científica numa sessão especial com editores de periódicos internacionais da Elsevier. A conferência terá a participação de pesquisadores e profissionais de diversos países, incluindo Brasil, Argentina, Chile, China, Colômbia, República Checa, Equador, França, Alemanha, Grécia, Índia, Irlanda, Itália, México, Peru, Portugal, Sérvia, Eslovênia, Coreia do Sul, Emirados Árabes Unidos, Reino Unido, Estados Unidos da América e Uruguai.

A CIPOA será realizada entre os dias 7 e 11 de outubro, no Centro de Eventos Oceania, na Praia dos Ingleses, em Florianópolis, e é voltada a estudantes de graduação e pós-graduação, professores e servidores. As inscrições são obrigatórias e devem ser realizadas até o dia 6 de outubro neste link.

Mais informações pelo site www.cipoa.org, pelo e-mail cipoa2024@contato.ufsc.br ou no perfil do evento no Instagram (@cipoa2024).