Calendário

set
15
qui
Palestra ‘Ritmo climático e precipitações: exemplos selecionados’
set 15 @ 10:00 – 12:00

O Laboratório de Climatologia Aplicada (LabClima), do Departamento de Geociências da UFSC, irá promover  a palestra “Ritmo climático e precipitações: exemplos selecionados”, com o professor  João Zavattini, da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp). O evento faz parte do 1º Ciclo de Palestras de em Climatologia e será realizado no Auditório do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH), no dia 15 de setembro, às 10h.

ago
28
ter
Palestra “Armas Nucleares Perante Tribunais Internacionais”
ago 28 @ 18:30

O Grupo de Pesquisa em Direito Internacional da Universidade Federal de Santa Catarina (Ius Gentium/UFSC), coordenado pelos professores Arno Dal Ri Júnior e Aline Beltrame de Moura,  realizará a palestra “Armas Nucleares Perante Tribunais Internacionais”, nesta terça-feira, dia 28 de agosto, às 18h30, no auditório do Centro de Ciências Jurídicas (CFH/UFSC).  A palestra garantirá certificado de quatro horas.

O palestrante convidado, Professor Doutor Lucas C. Lima, é egresso do Curso de Direito da UFSC, doutor pela Universidade de Macerata (Itália) e, atualmente, professor adjunto ao Curso de Direito da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Atuou perante a Corte Internacional de Justiça no caso das Ilhas Marshall.

Mais informações no link, ou pelo contato: (48) 9962-13730.

ago
31
sex
Cineclube Rogério Sganzerla exibe sessão dupla na mostra Ventos de 68
ago 31 @ 19:00

O Cineclube Rogério Sganzerla exibe uma sessão dupla com os filmes “Oratório de Praga”, de Jan Nemec, e “A Piada”, de Jaromil Jires, na terça, 31 de agosto, às 19h, no Auditório Henrique Fontes, no Centro de Comunicação e Expressão da Universidade Federal de Santa Catarina (CCE/UFSC).  O filme é o último da mostra Ventos de 68, que está sendo exibida durante o mês de agosto. As sessões são gratuitas e seguidas de um debate.

Sobre o filme “Oratório de Praga”

Um documento único da invasão soviética na Tchecoslováquia em 1968, o filme começa como um documentário sobre a liberação da Tchecoslováquia, e se torna o registro da entrada dos tanques russos em Praga. Foi o único material filmado da invasão soviética, sendo a primeira informação de que o exército soviético não tinha sido “convidado a entrar”. Foi visto por mais de 600 milhões de pessoas quando exibido na televisão. O filme inclui, ainda, cenas nunca vistas da Primavera de Praga antes da invasão.

Direção: Jan Nemec

Elenco: Gene Moskowitz.

Ano: 1968

Duração: 29min

 

Sobre o filme “A Piada”

Um homem, Ludvik,  resolve voltar à cidade natal para vingar-se de amigos que, quinze anos antes, o expulsaram da faculdade e do partido comunista por uma piada envolvendo o nome de Trotsky. O filme foi completado logo após os tanques Soviéticos adentrarem as ruas de Praga, em 1968.

Direção: Jaromil Jires

Roteiro: Jaromil Jires

Elenco: Josef Somr, Jana Dítetová, Ludek Munzar, Jaromír Hanzlík, Jaroslava Obermaierová, Vera Kresadlová, Jirí Cimický, Emil Haluska, Jaromír Hanzlík, Josef Hruby, Michal Knapcik, Stanislav Litera, Jaroslava Obermaierová, Michal Pavlata, Milos Rejchrt, Václav Sverák.

Ano: 1969

Duração: 1h 20min

nov
8
qui
Projeto Cinema Mundo exibe ‘Salò ou os 120 Dias de Sodoma’
nov 8 @ 18:30

A próxima sessão do Projeto Cinema Mundo, promovido pela Biblioteca Universitária da Universidade Federal de Santa Catarina (BU/UFSC) apresenta “Salò ou os 120 Dias de Sodoma” (1975, Itália/França). Dirigido por Pier Paolo Pasolini, o filme remonta à época do fascismo de Mussolini e foi inspirado no livro “120 Dias de Sodoma”, escrito pelo Marquês de Sade. A exibição ocorrerá no quinta-feira, dia 8 de novembro, às 18h30min, no Auditório Elke Hering da Biblioteca Universitária da UFSC. O evento contará com Caroline Marins e Iur Gomez como debatedores da noite.

Sinopse:

Em 1944, na cidade de Saló ocupada por nazistas, no norte da Itália, quatro fascistas sequestram 16 jovens saudáveis e os aprisionam em um palácio perto de Marzabotto. Além deles, há quatro mulheres de meia-idade, sendo que três delas relatam as histórias de Dante e de Sade, e a quarta acompanha ao piano. Na mansão vigiada por guardas, os fascistas vão cometer todo tipo de experiências com os jovens, que passam a ser usados como uma fonte de prazer sexual, masoquismo e morte.

Mais informações sobre o evento no site.