Calendário de Eventos UFSC

jun
3
seg
Roda de Conversa na horta do Neamb
jun 3@10:00

O Núcleo de Estudo em Educação Ambiental (NEAmb) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) promove, no dia 3 de junho, às 10h, uma roda de conversa sobre a greve e manejo agroecológicos na horta do Neamb, com a participação do professor Paulo Horta, coordenador do projeto de extensão Mãos à Horta. A atividade irá ocorrer na praça do Centro Tecnológico (CTC), no Campus de Florianópolis. O evento é gratuito e não necessita de inscrições.

Mais informações no Instagram do NEAmb.

jun
5
qua
Seminário de Literatura Infantil e Juvenil
jun 5@8:00 – jun 7@18:00
Seminário de Literatura Infantil e Juvenil @ Centro de Cultura e Eventos da UFSC - Auditório Garapuvu

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) sedia, de 5 a 7 de junho, o X Seminário de Literatura Infantil e Juvenil (X SLIJ) e o VII Seminário Internacional de Literatura Infantil e Juvenil e Práticas de Mediação Literária (VII SELIPRAM): Viver espaços e tempos de mediação. As atividades serão realizadas no Auditório Garapuvu, no Centro de Cultura e Eventos do campus Trindade, das 8h às 18h.

O seminário é voltado para estudantes do ensino superior e professores da rede de ensino pública e privada. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas neste link. Será fornecido certificado de 40h de participação.

A programação inclui conferências, mesas-redondas, simpósios, exposição de pôsteres, oficinas, sessão de lançamentos e autógrafos. Nas atividades, estarão presentes pesquisadores envolvidos com o estudo da leitura, das práticas educativas construídas em diálogo com a literatura infantil e juvenil e formação do leitor literário. O objetivo do evento é congregar professores de educação básica, em formação continuada e inicial, bem como pesquisadores brasileiros e estrangeiros envolvidos em pesquisas sobre literatura infantil e juvenil.

O evento é organizado pelo Grupo de Pesquisa em Literatura Infantil e Juvenil e Práticas de Mediação Literária – LITERALISE (UFSC/CNPq), com envolvimento do Grupo de Estudos e Pesquisas Infância, Literatura e Educação (GEPILEd/UFSC), Núcleo de Estudos e Pesquisa em Alfabetização e Ensino da Língua Portuguesa (NEPALP/UFSC) e do Programa de Educação Tutorial (PET) do curso de Pedagogia.

Mais informações no site do LITERALISE, no Facebook e no Instagram

jun
6
qui
Curso ‘Comunicação Eficiente’
jun 6@19:30 – 21:30
Curso 'Comunicação Eficiente'

A Empresa Júnior de Fonoaudiologia da da Universidade Federal de Santa Catarina (Qualifon JR/UFSC) promove o curso on-line de Comunicação Eficiente no dia 06 de junho, às 19h30. A atividade é aberta a todos e as inscrições custam R$ 55.
As inscrições devem ser feitas pelo formulário on-line até 05 de junho. Acesse aqui. Será fornecido certificado de 2h de participação.

O objetivo da capacitação é desenvolver ou aprimorar habilidades de comunicação. O curso será via Google Meet com duração média de 1 hora e 30 minutos. Serão abordados os seguintes temas: Oratória, Expressividade (entonação, pausa, ênfase, contato visual e gestos/postura corporal), Nervosismo, Dicção e Comunicação Não Violenta. Também será enviado aos participantes um material de apoio sobre o conteúdo.

Mais informações com Sara Manoá pelo telefone (73) 98834-4066 ou e-mail  saramanoa@qualifonjr.com

jun
7
sex
Conferência internacional sobre migração e desigualdades
jun 7 – jun 8 dia inteiro

Pesquisadores e estudantes da área de Psicologia, Educação, Sociologia, Economia, Ciência Política, História, entre outros, irão discutir temas como migração, desigualdade, discriminação, educação de cidadãos, durante evento internacional, na Grécia, que tem o apoio da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). A 2ª edição do  International Conference Political and Economic Self-Constitution: Migration, Inequalities and Discrimination ocorre em 7 e 8 de junho, na Universidade do Peloponeso, na Grécia, mas terá também transmissão online. A conferência é co-organizada por parceiros de 15 países, incluindo o Brasil, via projeto de extensão do Departamento de Psicologia da UFSC.

As inscrições estão abertas. Outras informações no site do evento.

Exposição no Centro de Cultura e Eventos
jun 7@7:00 – jul 7@19:00

A exposição Você não pode me assustar mais do que o espelho está aberta para visitação no Centro de Cultura e Eventos da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, até o dia 7 de julho de 2024. O trabalho da poetisa e artista visual Suelen Vieira nasceu “através de um mergulho nos itans (contos africanos) que trazem os espelhos como objeto magístico de importância”.

A exposição traz pinturas, quadros, colagens e experimentações. Com técnicas variadas e utilizando-se de materiais reciclados, a artista traz obras que misturam a fluidez da aquarela com muitas camadas de tinta acrílica. Nascida em Ceilândia, periferia do Distrito Federal, Suelen reside em Florianópolis desde 2019. Atualmente é colaboradora da Secretaria de Cultura, Arte e Esporte (SeCArtE) da UFSC.

> Leia a notícia completa no site da SeCArtE.

Conferência de Mobilidade Elétrica
jun 7@8:00 – 17:00

O Centro de Inovação, Pesquisa, Empreendedorismo e Tecnologia (InPETU Hub) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) organiza a Primeira Conferência UFSC de Mobilidade Elétrica.

O objetivo é debater problemas e soluções inovadoras de hardware e software para a Mobilidade Elétrica e potencializar a participação de atores estratégicos do ecossistema de inovação da região.

O evento ocorrerá em 7 de junho, das 8h às 17h, no Auditório do Laboratório Fotovoltaica/UFSC, localizado no centro comercial Sapiens Parque, em Florianópolis.

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas por este formulário. São 70 vagas e haverá emissão de certificado de 8 horas.

Programação completa e mais informações disponíveis no site do InPETU Hub.

jun
10
seg
Oficina de Leitura Crítica: Retórica, de Aristóteles
jun 10@19:00

O projeto de extensão Comissão de Confiabilidade Informacional e Combate à Desinformação no Ambiente Digital (Cidad) organiza a ‘Oficina de Leitura Crítica: Retórica, de Aristóteles’.  O projeto é uma parceria entre a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e a Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc). O evento será online e tem início nesta segunda-feira, 10 de junho, às 19h, com a live de abertura sendo realizada no YouTube da Biblioteca Universitária da Udesc.

Os demais encontros virtuais acontecem nos dias 11, 18 e 25 de junho, pela plataforma Microsoft Teams, das 19h às 20h30. As inscrições são gratuitas, abertas a toda comunidade e podem ser realizadas pelo formulário neste link. Será emitido certificado de 8h pela participação.

O evento propõe uma reflexão sobre a arte de convencer e informar o público pelo uso articulado da palavra. As oficinas serão ministradas pelo professor José Claudio Morelli Matos.

 

Mais informações no Instagram da CIDAD.

jun
12
qua
Ética em Inteligência Artificial
jun 12@14:00 – 16:00

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) sedia na quarta-feira, 12 de junho, a palestra Tudo o que você precisa saber sobre ética em inteligência artificial e tecnologias digitais: Do chat-GPT às implicações éticas em saúde pública. O evento será realizado, das 14h às 16h, no auditório da Pós-Graduação do Centro de Ciências da Sáude (CCS), no campus da Trindade, em Florianópolis.

O palestrante será o professor Bryn Williams-Jones, bioeticista e diretor da Escola de Saúde Pública da Universidade de Montréal, no Canadá, editor-chefe do Canadian Journal of Bioethics e co-diretor do Observatório Internacional sobre os Impactos Sociais da IA e das Tecnologias Digitais.

O evento é organizado pelo Núcleo de Pesquisa e Extensão em Bioética e Saúde Coletiva (Nupebisc), pelos Programas de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (PPGSC), Enfermagem (PEN) e Farmárcia (PGFar).

A palestra é gratuita, e as inscrições para obtenção de certificado podem ser feitas no endereço https://forms.gle/sn3GD9DywQJ4AD7y5.

jun
13
qui
Oficina: ‘Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro’
jun 13@15:00 – 17:00

O Instituto Kadila de Estudos Africanos e das Diásporas, vinculado ao Centro de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Santa Catarina (CFH/UFSC), promove, do dia 2 de maio até 19 de setembro, a oficina de Leitura Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro. Os encontros ocorrem quinzenalmente, nas quintas-feiras das 15h às 17h, no bloco A do CFH. Para participar das oficinas é necessário realizar as inscrições enviando um e-mail para: atendimentoinstitutokadila@gmail.com, informando o nome completo, CPF e um telefone para contato, até 1 de maio. Os participantes têm direito a certificado de 42 horas.

Os encontros tem como intuito conhecer mais profundamente as vozes das mulheres que fizeram ecoar, nos desdobramentos espaço-temporais do Atlântico Negro, as suas experiências, as dores e alegrias do seu percurso. A proposta é fazer a leitura de escritoras africanas, afro-brasileiras, caribenhas e afro-estadunidenses, para ouvir e compreender o que disseram, seu testemunho histórico e sua criação literária.

Sobre o instituto

O Instituto Kadila reúne um grupo de professores e pesquisadores da UFSC e colaboradores de outras universidades nacionais e estrangeiras, cujo interesse comum é a área de estudos africanos e das diásporas. Participam ainda da equipe, pesquisadoras em estágio de pós-doutorado e estudantes de pós-graduação e bolsistas de doutorado, mestrado e de iniciação científica. O Instituto conta com a parceria de vários laboratórios e núcleos vinculados aos diferentes centros da UFSC.

Para mais informações, acesse o site ou o Instagram do Instituto Kadila.

jun
19
qua
Fórum Universidade em Debate
jun 19@15:00

Reitores de cinco instituições de ensino de Santa Catarina irão debater, de forma remota, o tema Gestão multicampi: sonho e realidade, em evento promovido pelo Instituto de Pesquisas e Estudos em Administração Universitária (Inpeau) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O encontro, que faz parte do Fórum Universidade em Debate, será quarta-feira, 19 de junho, às 15h, de forma virtual. O debate terá transmissão ao vivo pelo YouTube – o link será divulgado no site do Inpeau/UFSC. A participação é livre e não há necessidade de fazer inscrições.

Participarão do debate o reitor da UFSC, Irineu Manoel de Souza; o reitor da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), João Alfredo Braida; o reitor da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), José Fernando Fragalli; o reitor do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), Maurício Gariba Júnior; e o reitor do Instituto Federal Catarinense (IFC), Rudinei Kock Exterckoter. A mediação do debate estará a cargo do professor Pedro Antônio de Melo, do Departamento de Ciências da Administração da UFSC, que é diretor do Inpeau/UFSC.

As perguntas referentes ao debate poderão ser feitas via chat do YouTube. Levando-se em consideração o tempo previsto para a atividade, os questionamentos serão repassados aos reitores. Este será mais um dos fóruns promovidos pelo Inpeau. No site do instituto, estão disponíveis as gravações de outros debates.

jun
20
qui
Curso: Vivências e Narrativas Decoloniais
jun 20@19:00 – jul 4@21:00

O Centro de Ciências da Educação da Universidade Federal de Santa Catarina (CED/UFSC) promove o curso de extensão Vivências e Narrativas de Vozes Decoloniais: saberes partilhados. O evento faz parte de uma série de atividades que vêm sendo desenvolvidas pelo projeto de extensão Estudos e ações decoloniais: ouvir/escrever expressões de resistência social, desenvolvido junto ao Departamento de Metodologia de Ensino, para debater questões voltadas ao pensamento decolonial.

O curso será on-line, transmitido pelo canal do Youtube do projeto entre 20 de junho e 4 de julho, das 19h às 21h. Serão dois ciclos de partilhas em formato de lives, nos quais as narrativas serão agrupadas em temáticas que perpassam vivências em espaços educacionais formais e informais.

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas por meio deste formulárioPara a emissão do certificado de 20 horas será necessário o preenchimento da lista de presença de cada encontro, incluindo a realização de uma atividade final que envolverá a produção de uma narrativa.

Mais informações no Instagram do projeto.

jun
24
seg
Encontro de Políticas Linguísticas Educacionais
jun 24@10:00 – jun 26@17:00

O II Encontro de Políticas Linguísticas Educacionais (EPLE) ocorre na modalidade on-line de 24 a 26 de junho de 2024. A programação é diversificada, com mesas-redondas, sessões de comunicação em grupos de trabalho (GTs), lançamento de livros, entre outras. Essas atividades serão realizadas nos períodos matutino (10h às 12h) e vespertino (15h às 17h), com transmissão ao vivo pelo canal do YouTube do grupo POLITICAS. Haverá certificação para os participantes ouvintes.

A segunda edição do EPLE conta com o apoio do Programa de Pós-Graduação em Linguística (PPGL) e do Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas (PPGICH) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Organizado pelo grupo Políticas Linguísticas e Direitos Linguísticos (POLITICAS), vinculado ao PPGL-UFSC, o evento é coordenado pelas professoras Cristine Gorski Severo (UFSC | CNPq) e Maria Luiza Rosa Barbosa (UAB-UFSC).

Integram a comissão organizadora e científica docentes e pesquisadores(as) vinculados(as) a instituições públicas brasileiras e estrangeiras, como a Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB), campus dos Malês, e estrangeiras, como a Universidade Eduardo Mondlane (UEM), de Moçambique, e o Instituto Superior de Ciências da Educação de Luanda (ISCED), de Angola. Doutores(as), mestres(as) e pós-graduandos(as) podem submeter resumos para os grupos de trabalho até 30 de abril de 2024. As orientações para submissão podem ser conferidas no site do evento.

O objetivo do EPLE é reunir, em especial nas mesas-redondas, vozes femininas do Sul Global, com a finalidade de promover debates fecundos que viabilizem a reflexão coletiva sobre as questões linguístico-discursivas e culturais que permeiam as distintas esferas da atividade humana e incidem, sobremaneira, no campo educacional. Os debates terão como fio condutor três eixos temáticos: i) Autoria, leitura e artes na esfera educacional; ii) Práticas educacionais colaborativas e emancipatórias; iii) Gestão democrática e diálogos escola-comunidade.

Refletir sobre essas temáticas, em uma perspectiva dialógica, crítica e decolonial, implica considerar não só a complexidade inerente ao campo educacional, mas também ao fato de esse domínio, dada a sua natureza, estar comprometido, como afirma Spolsky (2016), com a gestão da linguagem. Nesse sentido, torna-se relevante discutir o papel da política linguística educacional – válida, aberta, justa, construtiva, crítica e realista – na mediação do acesso à educação e na equidade do processo de ensino e aprendizagem, de modo a atender às singularidades de distintos sujeitos inseridos em comunidades específicas (cf. Tollefson; Tsui, 2014; Shohamy, 2009).

Mais informações no site do evento ou pelo e-mail crisgorski@gmail.com

‘Connect Ação’: Capacitação, Palestras e Oportunidades
jun 24@20:00 – jun 25@10:30

A Ação Júnior, empresa júnior de consultoria em gestão empresarial do Centro Socioeconômico (CSE) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), organiza o Connect Ação, evento que acontecerá nos dias 24 e 25 de junho. As atividades vão ocorrer no Auditório do CSE e são voltadas para estudantes da UFSC entre a primeira e a terceira fase com interesse em entrar no mercado de trabalho. 

O Connect Ação é o primeiro evento organizado pela Ação Júnior e tem como objetivo promover a conexão entre as empresas do mercado sênior e os estudantes da universidade. A programação conta com palestras e atividades com participação de diferentes empresas. No primeiro dia, as atividades acontecem das 20h às 21h; no segundo, das 9h30 às 10h30.  As inscrições são gratuitas e podem ser feitas neste link. Será fornecido certificado de 2h de participação para cada palestra.

Mais informações no site do evento e no Instagram da Ação Júnior.

jun
27
qui
Oficina: ‘Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro’
jun 27@15:00 – 17:00

O Instituto Kadila de Estudos Africanos e das Diásporas, vinculado ao Centro de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Santa Catarina (CFH/UFSC), promove, do dia 2 de maio até 19 de setembro, a oficina de Leitura Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro. Os encontros ocorrem quinzenalmente, nas quintas-feiras das 15h às 17h, no bloco A do CFH. Para participar das oficinas é necessário realizar as inscrições enviando um e-mail para: atendimentoinstitutokadila@gmail.com, informando o nome completo, CPF e um telefone para contato, até 1 de maio. Os participantes têm direito a certificado de 42 horas.

Os encontros tem como intuito conhecer mais profundamente as vozes das mulheres que fizeram ecoar, nos desdobramentos espaço-temporais do Atlântico Negro, as suas experiências, as dores e alegrias do seu percurso. A proposta é fazer a leitura de escritoras africanas, afro-brasileiras, caribenhas e afro-estadunidenses, para ouvir e compreender o que disseram, seu testemunho histórico e sua criação literária.

Sobre o instituto

O Instituto Kadila reúne um grupo de professores e pesquisadores da UFSC e colaboradores de outras universidades nacionais e estrangeiras, cujo interesse comum é a área de estudos africanos e das diásporas. Participam ainda da equipe, pesquisadoras em estágio de pós-doutorado e estudantes de pós-graduação e bolsistas de doutorado, mestrado e de iniciação científica. O Instituto conta com a parceria de vários laboratórios e núcleos vinculados aos diferentes centros da UFSC.

Para mais informações, acesse o site ou o Instagram do Instituto Kadila.

jun
28
sex
Exibição do documentário ‘Aqui en la Frontera’
jun 28@19:00 – 21:30

O Projeto Cine Ata-me do Núcleo de Estudos sobre Gênero e Sexualidade da Universidade Federal de Santa Catarina (NOS/UFSC) promove a exibição do documentário “Aqui en la frontera” nesta sexta-feira, 28 de junho, às 19h, no auditório do Museu Victor Meirelles. A entrada é gratuita, com limite máximo de 45 pessoas na plateia. A tolerância de atraso após o início da sessão é de até 15 minutos. Os participantes têm direito a certificado de 4 horas.

O evento é uma edição especial em parceria com o Programa Bem Viver do Ministério Público Federal, ONU Migração (OIM) e a Círculos de Hospitalidade, em celebração à Semana Nacional do Migrante e Refugiado, de 19 a 23 de junho. 

Sobre o documentário

Filmado na fronteira entre o Brasil e a Venezuela em meio a uma das maiores crises migratórias da América Latina, Aqui en la Frontera conta a história de três venezuelanos com vivências de acolhida bem distintas. O filme retrata Stephanny, uma jovem mãe de 21 anos que precisa retornar ao país para buscar sua filha; Francis, uma mulher trans e liderança de um abrigo de refugiados militarizado do Governo Brasileiro; e Argenis, que organiza uma ocupação com mais de 300 venezuelanos em Boa Vista, sob ameaça de despejo.

jul
1
seg
Curso: Endocanabinologia para profissionais da saúde
jul 1 – ago 30 dia inteiro

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em parceria com o Dalla Instituto, organiza o curso de extensão “Endocanabinologia para profissionais de saúde”. O objetivo é capacitar profissionais e estudantes sobre o sistema endocanabinóide e suas diversas formas de modulação para atuarem em suas áreas com esse conhecimento. Os coordenadores do evento são o professor Rui Prediger, do Centro de Ciências Biológicas, e a professora Dalla Colletta, do Dalla Instituto.

O curso será on-line e terá duração de oito semanas, com início em 1 de julho até 30 de agosto. Após esse período, as aulas ainda ficarão disponíveis para revisão até 31 de outubro na plataforma Eduzz/Nutror.

As inscrições vão até o dia 30 de junho e podem ser realizadas pelo site do evento. Para a comunidade da UFSC e do HU/UFSC/EBSERH (alunos, TAEs, professores e profissionais) a inscrição é gratuita, mediante comprovação de vínculo com a instituição. Demais profissionais devem pagar o valor de R$960 e alunos externos, R$480.

Serão oito módulos com mais de 70 aulas. Ao final do curso haverá emissão de certificado de 120 horas pela UFSC, após uma avaliação do conteúdo apresentado.

Mais informações estão disponíveis no mesmo site da inscrição.

jul
8
seg
Curso de Graduação em Permacultura
jul 8@14:00

O Núcleo de Estudos em Permacultura da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) fará uma apresentação pública da proposta de um curso de Graduação em Permacultura na instituição. Há mais de uma década, o Núcleo trabalha para popularizar a permacultura, uma ciência socioambiental de planejamento de ambientes humanos autossustentáveis.

> Confira o projeto pedagógico do bacharelado em Permacultura

O evento será realizado na segunda-feira, dia 8 de julho, às 14h, no auditório do Centro de Ciências Agrárias (CCA), localizado na rodovia Admar Gonzaga, nº 1346, bairro Itacorubi, em Florianópolis. A entrada é gratuita e aberta para a comunidade acadêmica e sociedade em geral.

Mais informações estão disponíveis no site Permacultura UFSC. 

 

jul
9
ter
Hackeando a educação: segredos e truques de IA dos estudantes
jul 9@14:00 – 18:00
Hackeando a educação: segredos e truques de IA dos estudantes @ Laboratório de Informática – LABINFO

O Academy UFSC, programa da Universidade Federal de Santa Catarina que faz parte do INOVA UFSC, criado pelo Departamento de Inovação (SINOVA/UFSC), promove o evento Hackeando os estudos: Os Segredos e Truques de IA dos Estudantes no dia  9 de julho, às 14h. A atividade é uma capacitação exclusiva aos professores da universidade. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas aqui.

O objetivo da atividade é desvendar as maneiras que os alunos utilizam as IA nos estudos, além fornecer conhecimentos e ferramentas que irão ajudar a navegar neste novo cenário da história da educação. A capacitação ocorre no Laboratório de Informática (LABINFO) do Centro Socioeconômico (CSE).

Mais informações na página das inscrições ou pelo Instagram.

jul
10
qua
Palestra ‘Combate ao idadismo: respeito a todas as fases da vida’
jul 10@14:00 – 16:00
Palestra 'Combate ao idadismo: respeito a todas as fases da vida' @ Neti-Unapi

A Universidade Aberta para as Pessoas Idosas (Neti-Unapi), núcleo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), promove a palestra Combate ao idadismo: respeito a todas as fases da vida, com a enfermeira Jordelina Schier (Nina),  nesta quarta-feira, 10 de julho, das 14h às 16h, no Neti-Unapi. A atividade é gratuita e aberta a todos os interessados.

O evento faz alusão ao mês de Combate à Violência contra a Pessoa Idosa, celebrado em junho. O dia 15 de junho é considerado o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, instituído pela Organização das Nações Unidas em 2011, com o propósito de sensibilizar a sociedade sobre o enfrentamento à violência contra idosos.

jul
11
qui
Oficina: ‘Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro’
jul 11@15:00 – 17:00

O Instituto Kadila de Estudos Africanos e das Diásporas, vinculado ao Centro de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Santa Catarina (CFH/UFSC), promove, do dia 2 de maio até 19 de setembro, a oficina de Leitura Escritas de Mulheres nas Rotas do Atlântico Negro. Os encontros ocorrem quinzenalmente, nas quintas-feiras das 15h às 17h, no bloco A do CFH. Para participar das oficinas é necessário realizar as inscrições enviando um e-mail para: atendimentoinstitutokadila@gmail.com, informando o nome completo, CPF e um telefone para contato, até 1 de maio. Os participantes têm direito a certificado de 42 horas.

Os encontros tem como intuito conhecer mais profundamente as vozes das mulheres que fizeram ecoar, nos desdobramentos espaço-temporais do Atlântico Negro, as suas experiências, as dores e alegrias do seu percurso. A proposta é fazer a leitura de escritoras africanas, afro-brasileiras, caribenhas e afro-estadunidenses, para ouvir e compreender o que disseram, seu testemunho histórico e sua criação literária.

Sobre o instituto

O Instituto Kadila reúne um grupo de professores e pesquisadores da UFSC e colaboradores de outras universidades nacionais e estrangeiras, cujo interesse comum é a área de estudos africanos e das diásporas. Participam ainda da equipe, pesquisadoras em estágio de pós-doutorado e estudantes de pós-graduação e bolsistas de doutorado, mestrado e de iniciação científica. O Instituto conta com a parceria de vários laboratórios e núcleos vinculados aos diferentes centros da UFSC.

Para mais informações, acesse o site ou o Instagram do Instituto Kadila.