Graduandos da UFSC criam rede para auxiliar estudantes da rede pública em educação remota

22/05/2020 20:30

O Centro Acadêmico de Engenharia Química e Engenharia de Alimentos da Universidade Federal de Santa Catarina (Caleqa/UFSC) e o Enactus UFSC Florianópolis desenvolveram o projeto ‘Rede de Monitores”, voltado a auxiliar alunos a partir do sexto ano do ensino fundamental da rede pública de ensino no atual período de isolamento social.

A proposta conecta graduandos da UFSC com estudantes de escolas públicas em fase de educação remota, diante das atuais dificuldades de estudo pela modalidade a distância. O auxílio também e extensivo aos professores, sobrecarregados com os novos desafios vindos da dificuldade de implementar os métodos de ensino tradicionais no cenário atual.

Desenvolvimento do projeto

O projeto teve início na Escola de Educação Básica Padre Izidoro Benjamin Moro, do município de Lindóia do Sul, com o seguinte funcionamento: foram criados sete grupos, um para cada ano escolar, do sexto ao nono ano do ensino fundamental, e do primeiro ao terceiro ano do ensino médio. Em cada um desses grupos estão presentes seis monitores que possuem conhecimentos complementares nas matérias da grade escolar. O grupo dos terceiros anos do ensino médio conta, também, com monitores de cursinho, graduandos de pedagogia e avaliadores de redação, para auxiliar os alunos com interesse em prestar vestibular.

O estudante com dificuldades em alguma atividade, seja pelo conteúdo ou recurso tecnológico a ser utilizado, tem a oportunidade de entrar em contato com o monitor pelo WhatsApp, a partir de um grupo específico para o seu ano escolar. A comunicação é realizada por mensagem, chamada de vídeo ou voz dependendo da disponibilidade e acesso a esses meios por ambas as partes.

Com o projeto, os graduandos da UFSC visam colaborar com a rede pública, com estudantes e professores, diante do atual cenário que implicou na adaptação da educação presencial à educação remota, diante do isolamento social no período de pandemia do novo coronavírus.

Tags: coronavírusUFSCUFSC Solidária