Profissionais de saúde do HU recebem mais de cinco mil equipamentos de proteção em campanha da Udesc

29/04/2020 18:24

Profissionais recebem equipamentos de proteção. Foto: Ricardo Torres/HU-UFSC

O Hospital Universitário Professor Polydoro Ernani de São Thiago da Universidade Federal de Santa Catarina (HU/UFSC) vai receber 5 mil máscaras e 350 balaclavas para uso dos profissionais de saúde, que serão repassados pela Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), como parte de uma campanha desenvolvida naquela instituição, chamada “Cuidando de Quem Cuida”. Já foram entregues 400 máscaras e o restante do material está em produção.

A chefe do Departamento de Fisioterapia da Udesc e coordenadora da iniciativa, Elaine Paulin Ferrazeane, disse que a ideia da campanha começou no Departamento e já englobou todo o Centro de Ciências da Saúde e do Esporte (Cefid), da Udesc. “Nós vimos que vários profissionais da área de saúde, como nós, estão na linha de frente do combate à Covid e decidimos juntar nossos esforços nesta batalha, contribuindo com a distribuição deste material”, explicou a professora.

Segundo ela, já foram distribuídos quase 2 mil equipamentos, como balaclavas, aventais, máscaras face shield (escudos de acrílico), máscaras cirúrgicas e até cápsula acrílica para entubação para várias instituições de Florianópolis. São materiais distribuídos para hospitais, postos de saúde, Corpo de Bombeiros e vigilantes de instituições de saúde.

Elaine Paulin disse que geralmente os contatos são feitos diretamente entre os profissionais de área de saúde e da universidade, como aconteceu com o HU/UFSC. “Fizemos este contato inicial e já entregamos 400 máscaras. No total serão 5 mil máscaras feitas de TNT com SMS e 350 balaclavas de TNT. As máscaras estão em produção voluntárias por costureiras, com parceria da equipe de Moda e Design da Udesc e da Estácio de Sá. É muita gente envolvida”, disse.

Além da Udesc e da Estácio, a campanha conta com parceiros como empresas e 40 costureiras voluntárias e professores e alunos do Cefid, segundo relatório repassado pela coordenadora da campanha.

“Criamos uma conta para receber doações, buscamos empresas, instituições públicas e costureiras voluntárias. Hoje estão envolvidos vários parceiros, estudantes, professores, cursos da Udesc e outros. Com isso, já conseguimos ajudar várias instituições. Conseguimos as doações, levamos para empresas de corte, fizemos kits e levamos para as costureiras. A Defesa Civil ajudou levando o material e assim foi crescendo. É tudo na boa vontade”, resume.

A professora diz que se sente gratificada com este trabalho. “Eu vejo que num momento de crise como este que estamos vivendo, o que temos que fazer é olhar o próximo. E este próximo são os profissionais da saúde, que estão à frente no campo de batalha. O mínimo que podemos fazer é esta mobilização”, explicou a coordenadora da campanha, que conta com a colaboração de todos para continuar na batalha. “É essa nossa motivação”, complementa.

Quem quiser ajudar na campanha pode buscar informações pelo e-mail: cuidandodequemcuida.cefid@udesc.br.

Sinval Paulino/Unidade de Comunicação Social HU-UFSC
Tags: coronavírusHospital Universitário Professor Polydoro Ernani de São ThiagoUFSCUniversidade do Estado de Santa Catarina (UDESC).