Câmara de Graduação da UFSC emite posicionamento sobre greve estudantil

11/09/2019 14:59

A Câmara de Graduação da UFSC emitiu, por meio de nota, um posicionamento a respeito das atividades de ensino após deflagração da greve estudantil na última terça-feira, 10 de setembro. Leia a nota na íntegra abaixo.

NOTA

Considerando

  1. A circunstância decorrente das deliberações do movimento estudantil na UFSC, tomadas em assembleia realizada em 10 de setembro de 2019, quanto à paralisação de atividades estudantis, afetando diferentes Cursos de Graduação com proporções também diversas;
  2. A ausência de deliberações quanto a paralisação das atividades de docentes e STAEs, que continuam desenvolvendo suas atividades;
  3. A inexistência de normativos que expressem medidas administrativas capazes de dar conta de tal situação
  4. O ambiente de anormalidade gerado por tal quadros;
  5. O contido no Estatuto Geral da UFSC, em seu artigo 19, em que
    “Compete à Câmara de Graduação:
    (…) IX – manifestar-se sobre assuntos, propostas ou planos afetos à sua área de atuação;”

A Câmara de Graduação, em reunião realizada nesta data, encaminha à comunidade acadêmica a seguinte orientação:

– propor, no âmbito dos Colegiados de Cursos, Departamentos e dos Conselhos de Unidades, medidas que permitam a avaliação constante das consequências resultantes do movimento de estudantes, sugerindo, quando for o caso, ações de mitigação de possíveis conflitos;

– agir com cautela, equilíbrio e serenidade, sempre propondo diálogos e condutas que possam estabelecer condições de interlocução qualificadas;

– sugerir que não sejam realizadas atividades avaliativas até a apreciação e deliberação do Egrégio Conselho Universitário sobre as proposições apresentadas na referida assembleia.

 

Sala dos Conselhos, l l de setembro de 2019
Alexandre Marino Costa
Presidente da Câmara de Graduação

Tags: Câmara de GraduaçãoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina