UFSC inaugura serviço de Apoio à Amamentação para estudantes e servidoras

19/08/2019 13:00

A Secretaria de Ações Afirmativas e Diversidades (Saad) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) abriu as portas na manhã desta segunda-feira, 19 de agosto, do Serviço de Apoio à Amamentação (Saam), espaço constituído no prédio anexo à Reitoria I (antiga Central de Carreiras) para acolher e apoiar servidoras e estudantes que precisam esvaziar as mamas durante a jornada de trabalho e/ou de estudo, como também auxiliar na retirada e estocagem de leite humano e sanar dúvidas sobre a maternidade, amamentação, desmame e introdução alimentar.

A iniciativa surgiu após uma constatação da secretária de Ações Afirmativas e Diversidades, Francis Solange Vieira Tourinho, de que as mães estavam extraindo e descartando o leite no banheiro para conseguir manter as atividades acadêmicas e/ou laborais. O espaço oportunizará a manutenção do aleitamento materno, preservando a relação mãe-bebê, como ainda a doação a um banco de leite humano.

A solenidade acontece no ‘Agosto Dourado’, mês dedicado a informar e a debater quanto à importância do Aleitamento Materno. O tema da Semana Mundial de Aleitamento Materno (SMAM) deste ano, celebrada mundialmente entre os dias 1 a 7 de agosto, é “Empoderar mães e pais, favorecer a amamentação: hoje e para o futuro!”, definido pela Aliança Mundial para Ação em Aleitamento Materno (WABA).

Ayla Vitória, filha da servidora Adriana Conceição.

Ubaldo César Balthazar, reitor da UFSC, acompanhou a solenidade de inauguração e reforçou a importância deste espaço de apoio. “São alunas e servidoras que poderão usar desta Sala e dos serviços aqui ofertados. Precisamos pensar, também, em um local mais amplo para receber os bebês enquanto as mães estão em sala de aula ou no trabalho”.

A vice-reitora da UFSC, Alacoque Lorenzini Erdmann, frisou a importância do serviço para integrar profissionais em um ambiente de ensino-aprendizagem. “Estamos vivenciando e reconhecendo, aqui, mecanismos de melhoria da saúde integrando ensino, pesquisa e extensão”.

Adriana Conceição, professora no Centro de Ciências da Educação (CED/UFSC), e a filha Ayla Vitória, de 1 ano e 11 meses, prestigiaram a inauguração e conheceram a Sala de Apoio à Amamentação. “Este espaço é um grande passo, uma conquista importante para nós, mães. Em breve virei amamentar a Ayla aqui”, conta ela, entusiasmada.

Os serviços

A atividade central do Saam será a Sala de Apoio à Amamentação, local destinado à retirada e estocagem de leite humano. O serviço oferecerá atendimento individual (com hora marcada ou livre demanda) e coletivo por meio do Grupo de Apoio à Amamentação. O primeiro encontro do Grupo será realizado no dia 22 de agosto, quinta-feira, das 14 às 16 horas, na Pró-reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE), localizada no térreo da Reitoria I). As vagas são limitadas e os interessados podem se inscrever através do endereço eletrônico https://forms.gle/TwjGBozKiEXrUde99.

A Sala conta com uma equipe composta por uma enfermeira e uma técnica em enfermagem que darão suporte à comunidade da UFSC interessada em receber orientações sobre os seguintes assuntos:

  • Retorno ao trabalho/estudo: como se preparar?
  • Extração/ordenha de leite humano;
  • Armazenamento e conservação do leite;
  • Como oferecer o leite extraído/ordenhado;
  • Introdução alimentar;
  • Desmame.

Segundo Bianca Ramos, enfermeira no Serviço de Apoio à Amamentação, o espaço estará aberto para a comunidade das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas. “Além de ser uma sala para amamentação e extração, também daremos orientações sobre maternidade e amamentação, dificuldades e curiosidades sobre o assunto”.

O que são as Salas de Apoio à Amamentação?

As salas de apoio à amamentação são espaços para que a mulher, com conforto, privacidade e segurança, pode esvaziar as mamas, armazenando seu leite em frascos previamente esterilizados para, em outro momento, oferecê-lo ao seu filho. Esse leite é mantido em um freezer a uma temperatura controlada até o fim do dia, com uma etiqueta identificando o vidro com o nome da mãe, a data e a hora da coleta. No fim do dia, a mulher pode levar seu leite para casa para que seja oferecido ao seu filho na sua ausência, e também se desejar, doá-lo para um Banco de Leite Humano.

Mais informações podem ser obtidas por meio dos contatos:

http://saam.paginas.ufsc.br/

Nicole Trevisol / Jornalista da Agecom / UFSC

*Fotos: Pipo Quint /Agecom / UFSC

Tags: aleitamento maternoSaadSaamServiço de Apoio à Amamentação (SAAM/SAAD)UFSC