UFSC Araranguá oferece terceira edição de curso de extensão em inglês

06/03/2019 17:24

A UFSC ofereceu, na última semana de fevereiro, na unidade Mato Alto do Campus Araranguá, o curso de extensão “Study and traineeship opportunities: focus on Germany”. Participaram estudantes da Pós-Graduação em Energia e Sustentabilidade e da graduação em Engenharia de Energia e Engenharia Florestal, alunos da UFSC Araranguá e Curitibanos.

O curso foi ofertado sem custos para a comunidade interna e externa e faz parte das estratégias da pró-reitoria de Extensão (PROEX) e da Secretaria de Relações Internacionais (Sinter) de promover a prática do idioma inglês no ambiente universitário. Esta foi a terceira vez que o curso foi ofertado. A primeira edição do curso ocorreu em agosto de 2017 e a segunda em fevereiro de 2018.  O programa está dividido em três grandes eixos: país e cultura, vida de estudos e social e mercado de trabalho.

A iniciativa, da professora Kátia Madruga, surge devido a realização de estudos e residência em Bonn, Bremen e Stuttgart, uma vez que Madruga desenvolve projetos com o país. Segundo Kátia, nas três edições a interação entre os participantes foi positiva. “A cada nova edição os estudantes foram ganhando mais tempo para se expressarem, não somente com palavras, mas com imagens e gestos. Os conteúdos são importantes, mas a comunicação e a troca de experiências também são relevantes”.

O curso foi organizado em conjunto com Lutz Michaelis que apoia projetos executados pela UFSC em parceria com Organizações não-Governamentais Germânicas, a Plant for the Planet e a Técnica Sem Fronteiras. Lutz é alemão e realizou sua graduação e mestrado nas cidades de Darmstadt e Rottenburg am Neckar, respectivamente. Para ampliar as informações sobre a experiência de estudar no exterior, o curso contou com a participação do acadêmico Gustavo Leme que compartilhou com os estudantes informações sobre o período em que realizou parte da sua graduação em Engenharia de Energia no Canadá.

“Muito mais do que apresentar oportunidades de estudos e estágio na Alemanha, o curso pretende promover o intercâmbio e a vivência no exterior. Para os estudantes e a comunidade externa é uma chance de internacionalizar o interior, algo que muitas cidades pequenas da Europa, por exemplo, realizaram com apoio das universidades”, explica Madruga.

Para Renato Nicoloso, estudante do curso de Engenharia de Energia, o curso foi uma oportunidade ímpar para os alunos. “Pouco se fala sobre intercâmbio hoje em dia, não parece uma realidade possível, principalmente para os estudantes. Assim, o curso veio para demonstrar que o intercâmbio pode ser uma possibilidade para estudar fora e se especializar”. Solange Machado, mestranda do Programa de Pós-graduação em Energia e Sustentabilidade, diz que a oportunidade de internacionalização é uma maneira de  conhecer outra cultura e treinar o segundo idioma. “Tivemos a oportunidade de compartilhar nossas experiências e aprender com a troca de informações entre professores e colegas. Espero que o curso continue a ser ofertado e que outras pessoas sejam incentivadas a conhecer mais sobre o mundo e consequentemente a si mesmas”.

Apesar do foco do curso ter sido a Alemanha, também foram passadas dicas sobre como preparar-se para estudar, realizar estágio ou um voluntariado no exterior. Além disso, a proposta foi motivar os participantes a desenvolverem o espírito de viajante ou cidadão do mundo.

 

Com informações da UFSC Araranguá

Fotos: Divulgação/ Kátia Madruga

 

Tags: PROEXsinterUFSCUFSC AraranguáUniversidade Federal de Santa Catarina