Vestibular UFSC 2019: candidatos deixam as salas de prova confiantes neste domingo

09/12/2018 18:02

Neste segundo dia de prova do Vestibular 2019 da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), realizado neste domingo, 9 de dezembro, os candidatos saíram das salas confiantes. Os candidatos realizam as provas de Ciências Humanas e Sociais (20 questões de proposições múltiplas distribuídas em: sete questões de História, sete questões de Geografia, duas questões de Filosofia, duas questões de Sociologia e duas questões interdisciplinares envolvendo pelo menos duas dessas disciplinas), Física (dez questões de proposições múltiplas e/ou abertas) e Química (dez questões de proposições múltiplas e/ou abertas).

Iaskara Ferlin, 18 anos, não considerou a prova fácil, mas estava acessível. “Tive mais dificuldade na prova de Física. Amanhã (10) penso que vai estar mais díficil”. Já Wendell Victor Santos, 20 anos, conta que a etapa mais complexa da prova do segundo dia foi referente à área de Ciências Humanas. “Para o terceiro dia, redação e questões discursivas, estou mais tranquilo”.

Rafael Godoy, 17 anos, e Lara Farina, 18 anos, encontraram dificuldades distintas. “As Exatas, principalmente Física, foram as que eu achei mais complexas. Este ano, as questões de Filosofia também estavam mais difíceis em comparação ao ano passado”. Rafael sentiu mais dificuldades nas Humanas do que nas Exatas. “Achei História Regional bem difícil, uma vez que sou de São Paulo. A prova de Física estava mais teórica, com poucos cálculos”.

Entre os entrevistados, é consenso de que a maior dificuldade na prova de segunda-feira, 10, serão as discursivas, em que serão aplicadas as provas de Redação e quatro questões discursivas. O programa das disciplinas está disponível aqui.

As provas estão sendo realizadas nas seguintes cidades do Estado de Santa Catarina: Araranguá, Blumenau, Brusque, Caçador, Balneário Camboriú, Canoinhas, Chapecó, Concórdia, Criciúma, Curitibanos, Florianópolis, Itajaí, Jaraguá do Sul, Joaçaba, Joinville, Lages, Rio do Sul, São Miguel do Oeste e Tubarão.

 

MAIS

O Concurso Vestibular 2019 da UFSC está sendo realizado de 8 a 10 de dezembro (sábado a segunda-feira), com as provas iniciando às 14 horas. Das 13 horas, quando abrem os portões, até as 13h45, os vestibulandos podem ter acesso ao setor de realização das provas. Ao entrar no setor, o candidato deve se dirigir imediatamente à sala (grupo) na qual irá realizar a prova. Quem chegar após as 13h45 não poderá entrar.

Para ter acesso à sala, o vestibulando deve apresentar o documento de identidade informado no requerimento de inscrição e a confirmação de inscrição definitiva. O candidato que não apresentar o documento original da Identidade por motivo de perda, roubo ou extravio deverá apresentar Boletim de Ocorrência emitido por autoridade policial competente, expedido há, no máximo, 90 dias; neste caso, o candidato será submetido à identificação especial, compreendendo coleta de dados, assinatura e impressão digital em formulário próprio.

A identificação especial também será exigida quando a Identidade apresente dúvidas relativas à fisionomia ou à assinatura do portador, ou outras situações que não permitam a identificação do candidato.

Duração das provas

O tempo máximo de duração das provas do Vestibular UFSC 2019 é de quatro horas e o candidato só poderá se retirar definitivamente do grupo/sala de realização das provas a partir das 16h30. Não poderão permanecer no grupo/sala de realização das provas menos de três candidatos. Os três últimos candidatos deverão assinar a ata, na qual constará o horário da saída deles.

O que levar e o que não levar para as provas do Vestibular UFSC 2019

Como responder às questões objetivas das Provas do Vestibular UFSC 2019

Como responder às questões discursivas e Redação do Vestibular UFSC 2019

Saiba as causas que motivam a exclusão do Vestibular UFSC 2019

Conheça a ordem das provas do Vestibular UFSC 2019

Confira o Edital do Vestibular UFSC 2019

Mais informações: vestibular2019.ufsc.br

Coperve: (48) 3721-9200

Nicole Trevisol / Jornalista da Agecom / UFSC

*Fotos: Henrique Almeida / Agecom / UFSC