Laboratório de enfermagem e reabilitação da UFSC é premiado em congresso internacional

17/12/2018 12:59

O Laboratório de Pesquisa, Ensino e Tecnologia sobre Saúde, Enfermagem e Reabilitação (RE HABILITAR) da UFSC  foi premiado no Congresso Internacional de Enfermagem de Reabilitação – APER 2018. O evento foi realizado na cidade de Évora, Portugal, e a premiação ocorreu no dia 6 de dezembro. Dois trabalhos do Re Habilitar ganharam prêmios, ambos na categoria Comunicações Livres – Concurso Internacional.

O primeiro foi  “Cuidado de Enfermagem de Reabilitação Enquanto Processo Emancipatório”, que ficou em primeiro lugar. O trabalho surge de anos de reflexão sobre clínica de enfermagem de reabilitação, ética e bioética em saúde e filosofia em enfermagem, atreladas às teorias de enfermagem que fundamentam o cuidado terapêutico e pela teoria do reconhecimento de Axel Honneth e pelo princípio da esperança de Ernst Bloch. Esta reflexão teórica aponta para um marco teórico que une estudos desenvolvidos em parceria por pesquisadores de duas universidades, uma no Brasil e outra em Portugal. Participaram da pesquisa Soraia Schoeller, Milena Amorim Zuchetto, Maria Manuela Martins, Caroline Porcelis Vargas e Lucas Antunes.

O outro foi “Construção e Validação de Brinquedo para O Autocuidado da Criança Submetida a Gastrostomia: Um Olhar da Enfermagem de Reabilitação”, que ficou em segundo lugar. O trabalho tem como objetivo criar e validar um brinquedo terapêutico a fim de facilitar a adaptação da criança com a gastrostomia. Participaram da pesquisa Ramon Carlos de Morais, Soraia Schoeller, Lucas Antunes, Caroline Porcelis Vargas e Sara Lopes.

A APER 2018 foi um evento promovido pela Associação Portuguesa dos Enfermeiros de Reabilitação (APER), organização sem fins lucrativos que pretende apoiar, incentivar e desenvolver os cuidados diferenciados prestados pelos enfermeiros especialistas em enfermagem de reabilitação.

 

 

 

Tags: Comunicações Livres - Concurso InternacionalCongresso APERenfermagemRE HABILITARUFSC