Inaugurações marcam o aniversário de 58 anos da UFSC

19/12/2018 09:16

O aniversário de 58 anos da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) foi marcado pela entrega de obras no Colégio de Aplicação (CA) e no Centro de Ciências Biológicas (CCB). A solenidade de inauguração do novo acesso ao CA foi realizada às 10 horas desta terça-feira, 18 de dezembro, e a inauguração das obras do CCB ocorreu na sequência, às 12 horas. Os eventos contaram com a presença do reitor, Ubaldo Cesar Balthazar, da vice-reitora,  Alacoque Lorenzini Erdmann, pró-reitores, secretários, diretores de centro, servidores e alunos.

Ao todo as obras inauguradas representam investimentos de mais de R$ 40 milhões, sendo a maior delas a inauguração do espaço físico do CCB. São três novos blocos de salas administrativas e laboratórios que levaram cerca de cinco anos para serem concluídos. São mais de 13 mil metros quadrados, uma das maiores construções já executadas na UFSC. Já no CA, a obra inaugurada representou uma nova entrada para o Colégio, com calçadas, rampas, guarita, escadas cobertas e uma plataforma elevatória para cadeirantes significou uma área total de 185 metros quadrados, e investimento de R$ 532.387,11.

“É um sonho antigo que hoje estamos entregando”, enalteceu o reitor durante a inauguração no CCB. Balthazar lembrou a trajetória e os inúmeros integrantes da comunidade universitária que contribuíram para realização de uma das maiores obras já executadas na UFSC, além de citar os representantes de Santa Catarina no Congresso Nacional e os gestores de órgãos governamentais que fomentaram o avanço e a concretização do projeto.

Sobre o Colégio, o reitor salientou a importância de garantir a acessibilidade e a inclusão de todos os públicos ao CA. “Um sistema de acesso é necessário para promovermos a inclusão de toda a comunidade interna e externa ao Colégio de Aplicação”. Após o descerramento da placa, o reitor e duas crianças do educandário utilizaram da plataforma elevatória inclinada para chegar ao colégio.

Novo acesso ao Colégio de Aplicação da UFSC

A construção do novo acesso para o Colégio de Aplicação (CA) da Universidade Federal de Santa Catarina é uma obra a muito esperada pela comunidade interna e externa. Nos 185 metros quadrados de área construída foram investidos R$ 532.387,11 para atender uma demanda especial: a inclusão por meio da acessibilidade. O Contrato n° 331/UFSC/2017 começou a ser executado em janeiro deste ano e as obras foram finalizadas em agosto de 2018, que permitiu aos usuários contarem com guarita, escada coberta, rampas, calçadas e uma plataforma elevatória inclinada.

Para o diretor do Centro de Educação (CED), Antonio Alberto Brunetta, a realização desta obra vai além da entrega concreta de um patrimônio à UFSC. “Se trata de uma entrega imaterial porque se dispõe a incluir pessoas, para que convivamos com as diferenças e com todo ser humano. Sou grato pela conquista e por termos o horizonte da inclusão no nosso desafio”.

O diretor pro tempore do CA, Edson Souza de Azevedo, manifestou a sua alegria com a obra de acessibilidade, que representa o acesso de qualidade à escola. “Além disso, passamos a contar com uma entrada e uma saída seguras para os estudantes, servidores e comunidade. Um agradecimento especial à diretora aposentada do Colégio de Aplicação, Josalba Ramalho Vieira, que lutou por essa conquista”.

Ubaldo Cesar Balthazar, reitor da UFSC, enfatizou a importância da obra, que faz parte da primeira de quatro etapas que visam melhorias ao Colégio de Aplicação. “Em 2019 o CA faz 50 anos e pretendemos avançar nas obras e melhorias tão esperadas com essa. A inclusão é um fator muito importante, necessário, e se trata de uma marca da nossa gestão, herdada das propostas do saudoso reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo”.

Presente na solenidade, o diretor do Centro de Ciência Biológicas (CCB) Alexandre Verzani Nogueira demonstrou a sua alegria em celebrar o seu aniversário no mesmo dia e ano em que era fundado o Campus Reitor João David Ferreira Lima no bairro Trindade, em Florianópolis, sede da Universidade Federal de Santa Catarina. “Sou muito grato à UFSC. Meus filhos estudaram no Colégio de Aplicação e na UFSC, minha filha cursa Arquitetura e me sinto feliz em celebrar o meu nascimento com a UFSC”. Um ‘Parabéns à Você’ coletivo foi cantado para celebrar os aniversariantes. Conheça a história do Colégio de Aplicação da UFSC em http://www.ca.ufsc.br/historico-do-ca/.

Próximas etapas para readequação do Colégio de Aplicação

As readequações visam atender, também, às condições de acessibilidade com base nas legislações vigentes. Segundo a arquiteta e urbanista da Secretaria de Obras, Manutenção e Ambiente (Seom/UFSC), Vanessa Argenta, estão previstas mais três etapas de obras para o CA. “A implantação de um elevado entre os Blocos C e D, as reformas do Auditório e do Refeitório, e a construção da cobertura da quadra de esportes. As primeira e segunda etapas estão previstas para serem iniciadas no próximo ano, sendo que a previsão de conclusão dessas etapas é para final de 2021”, explica ela.

O registro fotográfico e outras informações referente às obras em execução e concluídas pela UFSC podem ser acessadas na página http://dfo.seoma.ufsc.br/obras/

Características da obra do CCB

A expansão do CCB localizada no Córrego Grande, em Florianópolis, é constituída por três blocos (E, F, G) e uma subestação de energia elétrica (3.500 kVA). A edificação possui sete elevadores e três escadas protegidas, todos os pavimentos são atendidos por sanitários masculinos e femininos, sanitários para pessoas com necessidades especiais (PNE) e vestiários. A obra iniciada em janeiro de 2014 tem uma área de mais de 13 mil metros quadrados e está orçada em mais de R$ 40 milhões. “É uma das maiores obras já executadas na UFSC”, afirma o diretor do Departamento de Fiscalização de Obras (DFO) da Universidade, Rodrigo Bossle Fagundes.

O Bloco “E” é composto de ambientes destinados a secretarias de departamentos de Graduação, Pós-Graduação e Ensino a Distância (EaD), coordenadorias de cursos de graduação, coordenadorias de Ensino, Pesquisa e Extensão, coordenadoria de apoio pedagógico, sala de informática, salas de apoio, salas de estudo, salas de reuniões, salas da direção e vice-direção do Centro, Centro Acadêmico, cantina e auditório. Os Blocos “F” e “G” são compostos basicamente de laboratórios e gabinetes de professores.

Atualmente, o Centro tem a sua estrutura física espalhada por diferentes partes do campus e há algum tempo algumas edificações apresentam limitações e condições difíceis, especialmente em relação à estrutura física. Conforme o diretor do CCB, Alexandre Verzani Nogueira, o centro atende a inúmeros cursos de distintos Centros de Ensino da Universidade e a comunidade do CCB espera por melhorias e por condições mais adequadas há algumas décadas. “Essa expansão da área é muito importante, pois, vamos ter novas instalações que darão melhores condições para desenvolvermos atividades de forma mais integrada e otimizada”, explicou.

Ainda de acordo com Nogueira, a gestão de oito departamentos e 11 programas de pós-graduação impõe desafios relacionados a uma dinâmica permanente de expansão e atendimento de demandas. “Vamos melhorar muito as nossas condições em relação a laboratórios de pesquisa, somos um dos centros de maior produção científica da Universidade, e as novas instalações vão proporcionar melhorias significativas em relação à quantidade e qualidade de espaços para realização de estudos”, destacou. O diretor do CCB ressaltou que a conquista de uma das melhores estruturas de pesquisa do país é fruto do trabalho conjunto e coletivo de diversas administrações. “Ninguém faz nada sozinho, é preciso reconhecer que essa é uma conquista de muitas pessoas que passaram pela UFSC ao longo dos anos”, concluiu.

Ocupação gradativa da edificação

A entrega realizada nesta terça-feira (18) dá início a uma fase de transição e ocupação gradativa e planejada das instalações que se darão ao longo dos próximos 90 dias, constando a finalização de alguns detalhes relacionados ao acabamento da obra, além de demandas burocráticas em órgãos como a Prefeitura, Vigilância Sanitária e Corpo de Bombeiros.

Obras de infraestrutura de esgoto e rede de água serão realizadas pela Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan), sendo que, a demanda foi encaminha há algum tempo pela Secretaria de Obras, Manutenção e Ambiente (Seoma) da UFSC e a expectativa é que os serviços sejam executados o mais breve possível. Algumas especificidades da região em que a UFSC está instalada impossibilitaram a resolução da demanda em um período mais curto. A previsão é que antes do início do ano letivo de 2019 os tramites burocráticos e questões pendentes estejam sanadas para utilização efetiva das instalações pela comunidade universitária.

Mais informações sobre a obra podem ser acessadas em: http://dfo.seoma.ufsc.br/blocosccb/

Parabéns, UFSC!

Hoje, 18 de dezembro de 2018, a comunidade da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) comemora mais um ano de história. Fundada em 1960, a UFSC está presente em Araranguá, Blumenau, Curitibanos, Florianópolis e Joinville levando para o estado catarinense a qualidade do ensino superior federal público e gratuito.

Em 2017, a UFSC somou mais de 46 mil matrículas do ensino básico à pós-graduação. São 119 cursos de graduação e 67 programas de pós-graduação oferecidos entre os cinco campi da instituição. Em um ano, a pesquisa na UFSC gerou 11.208 produções bibliográficas, 6.542 produções técnicas, além da realização de 12.148 ações de extensão.

Isso tudo a serviço do Brasil e da sociedade catarinense. A UFSC é sua, é nossa. UFSC: 58 anos de conhecimento produzindo cidadania!

Camila Collato / Comicom / UFSC Blumenau

Nicole Trevisol / Agecom / UFSC

Ricardo Torres / Agecom / UFSC

*Fotos: Pipo Quint / Agecom / UFSC